Inicio ARTIGOS O que é Matrícula do Imóvel?

O que é Matrícula do Imóvel?

13986

Matrícula do imóvel é o que identifica os bens imóveis. Para poderem entender melhor a importância da Certidão de matrícula  apresentaremos a seguir um breve resumo

Financiamento e registro - O que é Matrícula do Imóvel?A matrícula imobiliária é o ato de individualização do imóvel.

Assim como as pessoas físicas possuem uma certidão de nascimento emitida pelo Cartório de Registro Civil, onde constam informações essenciais para identificação jurídica da existência do indivíduo, tais como: nacionalidade, local e data de nascimento, sexo, filiação, etc.
A Certidão de matrícula de imóvel é que identifica juridicamente  existência o imóvel perante a sociedade.

A matrícula do imóvel será aberta, obrigatoriamente:

  • Por ocasião do primeiro registro relativo ao imóvel
  • Nos casos de fusão de imóvel
  • No caso de averbação, quando não houver espaço no livro de transcrição das transmissões;
  • Por requerimento do proprietário; ou,
  • De ofício, para cada lote ou unidade autônoma, após o registro do loteamento, desmembramento ou condomínio e, ainda, no interesse do serviço.

Cada imóvel deve ter sua matrícula legal onde constam: os registros de sua identificação, localização com dimensões e confrontações, descrição detalhada, qualificação dos proprietários, se pessoa física ou jurídica, alterações ocorridas, transações de compra e venda, inventários, doações, hipotecas/alienações fiduciárias, desmembramentos, desapropriações, ações judiciais, usufruto, ou seja, a matrícula contém o histórico completo de todas as ocorrências relativas ao imóvel.

Os atos ocorridos no imóvel são formalizados pelo Cartório de Registro de Imóveis da localidade onde foi criada a respectiva matrícula e de localização geográfica do mesmo.

Veja também:

Registro de Imóvel – Veja os detalhes

A matrícula do imóvel é anotada em um Livro nº 2 de Registro Geral de Imóveis da Jurisdição e recebem um número de ordem. Nela são averbados todos os atos jurídicos do imóvel.

Atualmente, a maioria dos Cartórios de Registro de Imóveis já estão utilizando sistemas informatizados.

Já a averbação na matrícula são os atos ocorridos no imóvel de forma enumerada e cronológica, relatando a história do imóvel.

Os atos jurídicos ocorridos são todos aqueles que afetam ou alteram o imóvel e seus respectivos proprietários.

Exemplo:

  • Demolição,
  • Construção,
  • Habite-se,
  • Conclusão de obra,
  • Compra/venda,
  • Penhora,
  • Pacto antenupcial,
  • Partilha por separação judicial,
  • Inventário, etc.

Veja também:

Há prazo para registro do contrato pelo comprador?

Todos os atos jurídicos devem ser registrados/averbados de imediato na matrícula de imóvel

O que é Matrícula do Imóvel?

Na descrição do imóvel constante da matrícula é possível identificar se é um imóvel urbano ou rural, se houve desmembramento do imóvel em outras unidades, as quais receberam outra numeração de matrícula.

Qualquer ato jurídico que não tenha sido averbado na matrícula do imóvel em sua sequência cronológica somente poderá ser regularizado retrocedendo a outro ato, mediante processo judicial.

Diante disso, antes de qualquer transação é recomendado consultar matrícula do imóvel, por meio de pedido de uma certidão da matrícula atualizada para verificar se o vendedor é o real proprietário do imóvel objeto da transação, bem como, da Certidão Negativa de Ônus, a qual irá informar se existem penhoras ou ônus sobre o imóvel.

Também, por questão de segurança, orientamos solicitar uma Certidão Vintenária, a qual apresentará cronologicamente os atos averbados nos últimos vinte anos.

As certidões de matrícula de imóvel são válidas por 30 dias. Após esta data deve ser solicitada nova certidão, pois podem ter ocorrido novos atos averbados.

Um dito muito popular de que “Quem não registra não é Dono”, serve de alerta, para que antes de comprar ou vender, tomar atenção de checar as informações do imóvel com sua matrícula.

Concentração dos atos na matrícula

A partir a publicação da Lei 13.097/15 – artigo 54 houve mudança legal prevendo a chamada concentração na matrícula.

Assim, apenas serão oponíveis ao adquirente de bem imóvel aqueles fatos previstos os quais deverão ser registrados ou averbados na matrícula do imóvel.

A matrícula de imóvel passou a desempenhar totalmente a sua função de ser o concentrador de todos os fatos relevantes relativos ao imóvel.

Certidão de matrícula de imóvel

A certidão de matrícula é que comprova a propriedade do imóvel, sendo amplamente utilizada pelo mercado imobiliário.

É fonte de informação em inúmeros negócios, garantindo a transparência e segurança em qualquer relações econômicas ou jurídicas.

Hoje em dia, existem diversos sites que disponibilizam a obtenção da Certidão de matrícula de imóvel pela internet, o que facilita a vida dos interessados.

Valéria Viviane Corrêa de Freitas

Especialista – Crédito Imobiliário

Fonte: Lei  6.015/73

Veja mais:

Desconto de Custas Cartório e ITBI – Financiamento 1º imóvel no SFH

115
Deixe um comentário

57 Comment threads
58 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
57 Comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Karina Ding

Boa tarde!
Saiu habite-se na semana passada, mas logo depois recebi um boleto (com beneficiário construtora) pedindo para eu pagar o custo de individualização da matrícula, R$ 1300. Mas pelas pesquisas que fiz na internet (https://www.samuelgomideadvogados.com/single-post/2017/05/30/É-obrigação-da-construtora-o-pagamento-com-despesas-de-Cartório-com-a-individualização-da-matr%C3%ADcula-da-unidade-habitacional-compromissada-decide-Tribunal-de-Justiça-de-São-Paulo), entendo que pela Lei nº 4.591/64, individualização é obrigação total da incorporadora, inclui o pagamento dos emolumentos devidos ao cartório do registro de imóveis. Ou seja, a construtora não pode repassar este custo para mim, correto?

Regina

Bom dia, meu pai comprou um terreno em 1986 no interior do paraná. eu tenho copia da escritura publica de compra e venda(feito no cartório do 2 tabelionato de notas). Em 2012 ele me doou esse terreno (tenho copia da escritura de doação feito 1o oficio de notas.)e tenho matricula nome do meu pai entre vendedor e comprador (so devo ver onde esta matricula no meu nome). Os IPTUs foram pagos todos no nome do meu pai ou do meu. Estou pesquisando para vender esse terreno e o meu tio foi verificar a inscrição imobiliaria. essa não esta atualizada e… Read more »

Cristiano

Ola estou prestes a fazer contrato de locaçao de imovel, e o locador pediu uma matricula de imovel como garantia em meu nome, isto é como uma alienaçao fiduciária? corro risco de perder meu imovel? se o locatario agir de ma fé?

Cristiano

Ola, estou preste a fazer um contato de locação de um imóvel, por conta disso o proprietário pediu uma matricula de imóvel que esta em meu nome como garantia, ao fazer isto terei algum problema em perder meu imóvel? isto seria como alienação fiduciária ?

Fabíola Borelli

Olá,
Estou financiando um apartamento novo, e para o financiamento o banco solicitou a Matrícula atualizada do imóvel e o IPTU. Ambos estão individualizados. Porém nesses documentos o endereço está diferente, isto é, o da matrícula está de uma rua que contorna o condomínio e do IPTU é o da entrada principal do prédio. O banco questiona está divergência. Neste caso como consigo resolver para que o banco prossiga com o financiamento?
Agradeço a atenção.
Grata,

Maria Cássia Ribeiro

Tenho um imóvel que recebi como doação, tenho a carta de adjudicação há 18 anos e não fui ao cartório passar pro meu nome, agora preciso da matrícula atualizada, como fazer é o que preciso fazer para passar pro meu nome.

Salete

Olá vendi um imovel faz 13 e descobri que esse imóvel ainda está no meu nome como proceder neste caso

LUIZA

No caso de um prédio novo (1 ano), o vendedor deverá apresentar ao banco que financiará a compra, uma matrícula mãe ou individualizada? Como funciona neste caso?

Francisca

Olá gostaria de saber como eu faço pra passar um terreno pro nome da minha mãe, foi assim, em 1988 minha mãe ganhou uma terreno como uma casinha de Madeira, de uma amiga dela, até hoje minha mãe não tirou o documento desse térreo, e a amiga dela já morreu. O que devemos fazer nesse caso?

Karina Maia

Boa tarde, achei o site muito interessante e tenho uma dúvida, devo fazer primeiro o contrato no banco de financiamento antes de solicitar a matrícula individualizada do imóvel?