Seguro habitacional varia pela idade

Seguro habitacional varia pela idade

1527
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

O Seguro habitacional varia pela idade. Nele são seguradas os compradores e os imóveis nas operações de financiamento habitacional

Seguro habitacional varia com a idadeTodas as operações de crédito imobiliário são obrigadas por lei a terem, no mínimo, a cobertura de seguro para os riscos de Morte e Invalidez Permanente – MIP e Danos Físicos  no imóvel – DFI.

Somente são aceitos como segurados, pelo prazo integral do financiamento, as pessoas físicas cuja idade, na data da contratação do financiamento, somada ao prazo de amortização da dívida, nas modalidades de empréstimo ou financiamento destinado à aquisição, ou somada ao prazo total (prazo de construção mais prazo de amortização), nas modalidades envolvendo construção, não ultrapasse 80 (oitenta) anos e 6 (seis) meses.

Havendo mais de um participante coobrigado no mesmo contrato, será considerada a idade do comprador mais idoso para definição do prazo máximo de financiamento permitido.

Veja mais:

Vale a pena aumentar o Prazo do financiamento?

Cobertura MIP

Para os riscos de natureza corporal, ou seja, para o seguro de Morte e Invalidez Permanente – MIP, o valor do seguro incide sobre o valor do saldo devedor apurado mensalmente ou dentro da periodicidade estabelecida no contrato de financiamento para o recálculo da prestação.

Para efeitos da cobertura dos riscos de MIP será considerada como:

  • Morte – aquela decorrente de causas naturais ou acidentais.
  • Invalidez permanente – aquela que ocorrer em data posterior à data da assinatura do contrato de financiamento do imóvel, causada por acidente pessoal ou doença, que determine a incapacidade total e permanente para o exercício da atividade laborativa principal do segurado, no momento do sinistro.

Para a cobertura dos riscos de MIP, a indenização corresponderá à quantia necessária à quitação do financiamento, assim entendido o saldo devedor vincendo, na data do sinistro.

Assim, o objetivo da cobertura é a quitação da dívida, mas ela será proporcional a participação do segurado na pactuação de renda para fins de cobertura estabelecida em contrato.

Outro fator que interfere no cálculo do seguro para o seguro de MIP é a idade e a faixa etária de enquadramento para o cálculo do seguro mensal.

A idade e a faixa etária não tem influência no seguro de Danos Físicos no imóvel – DFI, considerando a natureza de cobertura de cunho material e a cobertura e o prêmio tem como base o valor de avaliação do imóvel atualizada pelo índice definido no contrato de financiamento.

Mudança de faixa etária no Seguro Habitacional:

Nas apólices que tem previsão de mudança de faixa etária quando o segurado vai ficando mais velho e por consequência mudar de faixa etária, a nova taxa (coeficiente), para o seguro de MIP, será aplicada após a data de aniversário do segurado, no primeiro recálculo do prêmio.

Existem apólices que somente o cálculo inicial é baseado em faixa etária, mas o coeficiente não muda durante todo o contrato de financiamento.

A partir de Fev/10 os prêmios são recalculados mensalmente.

Pactuação de Renda para fins de cobertura de seguro

A definição da pactuação de renda para fins de cobertura de seguro MIP é importante no cálculo do prêmio e na definição da cobertura total ou parcial do saldo devedor na ocorrência de sinistro.

Nos contratos em que houver pactuação do percentual de responsabilidades para fins de seguro, o prêmio de MIP corresponderá à soma dos prêmios apurados mediante a aplicação da taxa pertinente à faixa etária de cada pactuante sobre a parcela do financiamento ou do saldo devedor de sua responsabilidade. 

Veja também:

Compor Renda para o financiamento imobiliário

Simulação de cálculo para mostrar que seguro habitacional varia pela idade – MIP

Simulação mostra as diferenças de preços entre os seguros de um mesmo financiamento habitacional em função da faixa etária.

O preço do seguro habitacional para um mesmo valor de financiamento habitacional pode variar bastante em função da faixa de idade dos compradores.

Essa foi a diferença encontrada para o seguro na CAIXA conforme demonstra as tabelas de simulação.

A simulação, realizada pelo Click Habitação mostra as diferenças de valores no valor do seguro de Morte e Invalidez Permanente (MIP), de acordo com a idade e com a apólice escolhida pelo comprador.

No caso da CAIXA tem duas opções de Seguradora:

  • Caixa Seguros
  • Tókio Marine

Fizemos a simulação em 3 valores de financiamento considerando apenas 1 comprador:

Seguro habitacional varia pela idade

Podemos observar a variação do valor do prêmio de seguro MIP dependendo da idade do comprador, saindo de R$ 11,50 aos 25 anos para R$ 470,70 aos 75 anos, ou seja quase 4.000% a maior, no exemplo da Caixa Seguros.

O mesmo comportamento ocorre nos valores da Tokio Marine, porém o valor do prêmio permanecerá sendo calculado com o mesmo coeficiente da faixa etária da contratação, pois a apólice dessa Cia. Seguradora não prevê a migração de faixas etárias no decorrer do prazo do financiamento.

No seguro habitacional o gênero (masculino ou feminino) não influencia no cálculo, diferentemente do seguro de veículos, onde o gênero feminino, em geral tem um custo menor.

Seguro habitacional varia pela idade

Outra questão apontada anteriormente é que o prazo máximo de financiamento é determinado pela idade do comprador mais velho, assim observamos que quanto maior a idade menor será o prazo máximo disponível.

Em algumas idades praticamente é inviabilizado o financiamento pelo custo do prêmio de seguro MIP e, também, da prestação do financiamento, a qual exigirá uma capacidade de pagamento e renda maiores.

Seguro habitacional varia pela idade

Nas 3 simulações pode-se constatar que o seguro MIP é proporcional ao valor do financiamento – VF. No exemplo da idade de 25 anos temos o valor do prêmio:

  • R$ 11,50 – R$ 100.000 (VF)
  • R$ 23,00 – R$ 200.000 (VF)
  • R$ 34,50 – R$ 300.000 (VF)

Nas simulações o valor do financiamento foi colocado com quota de financiamento (relação entre valor de financiamento e valor de avaliação) de até 80%. Mas, o valor do imóvel não tem influência no cálculo do seguro MIP, somente para o cálculo do valor do prêmio de DFI.

Substituição da Apólice ou Portabilidade do seguro Habitacional

A partir de fevereiro de 2010, foram criadas medidas pelo Governo para tentar inserir maior competição e permitir maior escolha aos clientes do crédito imobiliário.

Passou a ser obrigatório oferecer pelo menos duas alternativas de seguradoras a quem quer contratar o financiamento imobiliário. A nova regra estabeleceu que só uma Seguradora pudesse ser ligada à instituição financeira.

Com isso, o consumidor pode avaliar melhor o custo-benefício. Se quiser, o mutuário pode apresentar também o orçamento de uma terceira empresa.

Além disso, passou a ser regulamentada a portabilidade do seguro habitacional, assim o mutuário passou a poder mudar de apólice dentro da mesma Seguradora ou até mudar de apólice para outra Seguradora.

Veja também:

Portabilidade do Seguro Habitacional

Para a substituição do seguro contratado, o segurado deverá ter regularizada sua situação de adimplência junto ao estipulante, no caso do seguro coletivo, ou ao financiador, no caso de seguro individual, relativamente a prêmios de seguro vencidos.

Como pode ser observada nas informações do artigo a mudança de apólice pode ser uma hipótese interessante de negociação para todos os compradores financiados, considerando a chance de redução do desembolso mensal.

Gilberto Ribeiro de Melo

Especialista – Crédito Imobiliário

Veja mais:

Seguro Habitacional – Veja os Detalhes

2 COMENTÁRIOS

  1. Fui fazer uma “Simulação de Amortização Extraordinária de Dívida”, meu saldo devedor é 187.761,00, prazo restante 199 meses, taxa de juros efetiva anual 9,9%. Valor do abatimento 50 mil, prazo cairia para 104 meses; juros diários 82,09; encargo total 2.875,83; Seguro MIP 461,77.
    Problema: minha idade 63 anos, o seguro é da caixa seguradora, mas vejo que PAN SEG. cobra muito menos, a atendente disse que não posso mudar de seguradora, isso é verdade? Obs: Meu contrato foi feito no final de 2013 e não me recordo de terem me oferecido outra seguradora senão a Seguradora da Caixa. Me ajude por favor. Grato

    • Olá José Carlos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a portabilidade de seguro é possível desde que o Custo Efetivo do Seguro Habitacional – CESH seja menor que o da apólice atual.
      Oriento a efetivar uma simulação no site da CAIXA com as apólices atuais: Pan Seguros e Tókio Marine.

      Veja detalhes no artigo:
      Portabilidade de seguro habitacional

      Caso o atendente diga não poderia orientamos a abrir um SAC no site do Banco e solicite a análise por área técnica do banco. Trata-se de uma negociação pouco conhecida pelos mutuários e por muitos atendentes do banco.

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.