Inicio ARTIGOS Patrimônio de Afetação – Entenda o significado

Patrimônio de Afetação – Entenda o significado

12184

Patrimônio de afetação é o regime pelo qual ficam mantidos separados do patrimônio da empresa incorporadora/construtora, o terreno e as benfeitorias que serão objeto de construção de imóveis financiados

Patrimônio de Afetação – entenda o significadoO patrimônio de afetação não se comunica com os demais bens, direitos e obrigações do patrimônio geral do incorporador ou de outros patrimônios de afetação por ele constituídos e só responde por dívidas e obrigações vinculadas à incorporação respectiva.

O incorporador responderá pelos prejuízos que causar ao patrimônio de afetação.

Os bens e direitos integrantes do patrimônio de afetação somente poderão ser objeto de garantia real em operação de crédito cujo produto seja integralmente destinado à consecução da edificação correspondente e à entrega das unidades imobiliárias aos respectivos adquirentes.

De acordo com a redação dada pela Lei 10.931/2004 referentes aos Artigos 31-A até 31 e da Lei 4591/1964.

Público Envolvido

Pessoa Jurídica (incorporadoras/construtoras) com financiamento para construção e conclusão de empreendimentos imobiliários.

Pessoa Física que serão compradores financiadores das unidades.

Agente Financeiro será o anuente e credor da operação

Objetivo

Dar garantia aos compradores e financiadores da conclusão das obras de construção de imóveis residenciais ou comerciais pertencentes ao empreendimento imobiliário e de sua finalização com a entrega do bem ao adquirente.

Essa garantia deve-se ao fato de que para cada empreendimento é constituído um patrimônio próprio, com contabilidade individual separada das demais operações da incorporadora/construtora, porque os valores aportados com a venda dos imóveis é destinado a uma conta bancária do empreendimento para uso exclusivo daquela operação.

Evitar a paralisação das obras no caso de descumprimento do contrato pela construtora haja vista que o contrato da operação prevê a substituição da construtora por decisão da comissão de representantes.

Dar agilidade, segurança e modernização às contratações de imóvel na planta, proporcionando o atendimento da demanda por moradia própria.

Vantagens

Para os adquirentes:

  • A contabilidade e conta bancária são individualizadas para cada empreendimento, sem nenhuma comunicação com a contabilidade geral da empresa incorporadora.
  • Segurança da operação sem risco de perda do valor aplicado na aquisição e/ou construção dos imóveis, caso ocorra a falência da incorporadora/construtora.
  • Criação da comissão de representantes dos adquirentes/condôminos com poderes para fiscalizar toda a movimentação financeira, acompanhar a execução do cronograma físico-financeiro das obras, no caso de descumprimento de obrigações pela incorporadora a comissão poderá contratar outra incorporadora/construtora para término da construção ou transacionar os imóveis sem necessidade de decisão judicial.
  • Anuência das opções de compra e venda pelo Agente Financeiro no caso de unidades financiadas, diminuindo a participação de adquirentes “laranjas”.
  • O patrimônio geral do incorporador responde por eventuais prejuízos que o mesmo originar.

Para a incorporadora/construtora:

  • O incorporador/construtora que optar pelo patrimônio de afetação será favorecido com redução das taxas tributárias (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins).
  • Credibilidade à imagem da empresa perante os consumidores e mercado, aumentando sua clientela.

Formalização

Deve ser feita averbação da constituição do patrimônio de afetação no Registro de Imóveis na respectiva matrícula do terreno do empreendimento imobiliário, juntamente com o memorial de incorporação, o qual terá uma inscrição própria no CNPJ e conta bancária específica.

Extinção do Patrimônio de Afetação

  •   Quando da finalização das obras com a averbação da construção e registro das unidades imobiliárias em nome dos adquirentes.
  •   Revogação, por razão de denúncia de descumprimento por parte do incorporador.
  •   Liquidação por decisão em assembleia dos condôminos, caso a escolha seja de não continuar as obras, neste caso, é autorizada a alienação do terreno e edificações existentes, e demais direitos, mediante leilão ou outra maneira escolhida, sendo que o valor recebido no leilão deverá destinar-se à quitação de débitos trabalhistas, previdenciários e fiscais do patrimônio de afetação, e outros reembolsos de adiantamentos realizados comprovadamente aos envolvidos no contrato excetuando-se a incorporadora, e por fim a arrecadação do saldo à massa falida.

VALÉRIA VIVIANE C FREITAS

Especialista no Crédito Imobiliário

FonteLei 10.931, ANOREG e Lugar Certo

Veja mais:

FGTS para financiamento de Imóvel na Planta

Imóvel na planta: Quais cuidados tomar?

18
Deixe um comentário

9 Comment threads
9 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Jabson Evangelista Dos Santos

Boa tarde Equipe Click Habitação!

Recebi um email da construtora responsável pela obra do apartamento que fiz a aquisição. Conforme relato abaixo, poderia me esclarecer por gentileza o que significa?

“Você pode entrar em contato com a Comissão de Representantes do comitê do patrimônio de afetação do seu empreendimento através do e-mail: [email protected]

Fico no aguardo!

Obg!

FABIO TELES FILHO

estou cedendo um terreno para construção de apartamentos eu irei ficar com 3 unidades , gostaria de saber se no final terei que pagar ganho de capital tendo em vista que meu terreno esta no valor de 100.000,00 e as três unidades totalizarão 600.000,00

Luiz Carlos

Estou entrando em acerto com uma construtora, para permutar 2 terrenos, por 20% de área construída num condomínio vertical de apartamentos. O que seria interessante colocar na escritura de permuta, para garantir que se a incorporação não for bem sucedida eu possa reaver os meus lotes? Grato

Denise

Bom dia !! Por favor, para o comprador (PF), há vantagem nos impostos quando há o patrimonio de afetação ou somente para a construtora/incorporadora (PJ)? Ficando o comprador com as garantias da conclusão da obra ? Obrigada

Elide

Meu filho entrou numa cooperativa da qual era vinculada à AMMVS (associação pró morar do movimento vida de samambaia) detalhe, essa associação foi criada para beneficiar pessoas de baixa renda no início foi firmado um contrato com uma construtora que nao cumpriu o acordo,passando para outra construtora que construiu e quer entregar a obra, esta foi financiada pela caixa e seus respectivos compradores se encontram pagando juros obra pra atual construtora a mais de1 ano. Agora no ato da entrega da chave de entrada,pois as internas já foram entregues na vistoria a construtora antiga que não construiu e a cooperativa… Read more »

alessandra

Comprei um apto por leilão do banco, onde esta averbada a afetação na matrícula , consta que o banco terá que dar baixa, mas sem prazo.vou aguardar eles fazerem a escritura e o registro do leilão. A minha dúvida é, consigo vender esse apto com financiamento, isso pode atrapalhar a venda ?
Atenciosamente.

Marcia Feitosa

Bom dia. Estou comprando um imóvel no qual o registro de imóveis consta o seguinte: “Em virtude da compra e venda do registro 14, fica averbado o CANCELAMENTO da averbação 3 de AFETAÇÃO “.
AV 3 AFETAÇÃO: consta averbada em 16/4/10, com o n. 8, na matrícula xxxx, a constituição do patrimônio de AFETAÇÃO, para o empreendimento. Rio de Janeiro….Obrig.

ERIBERTO FOLLMANN

Pelo que entendi, o loteamento com patrimonio de afetação o IR é menor, ou seja
o percentual de IR é 5,93 % ?
Grato

Alexandre Pontes labrea

O que necessita fazer para desafetar o gravame no RGI de “AFETAÇÃO”
Gato pela atenção.