Inicio ARTIGOS Patrimônio de Afetação – Entenda o significado

Patrimônio de Afetação – Entenda o significado

14530

Patrimônio de afetação é o regime pelo qual ficam mantidos separados do patrimônio da empresa incorporadora/construtora, o terreno e as benfeitorias que serão objeto de construção de imóveis financiados

Patrimônio de Afetação – entenda o significadoO patrimônio de afetação não se comunica com os demais bens, direitos e obrigações do patrimônio geral do incorporador ou de outros patrimônios de afetação por ele constituídos e só responde por dívidas e obrigações vinculadas à incorporação respectiva.

O incorporador responderá pelos prejuízos que causar ao patrimônio de afetação.

Os bens e direitos integrantes do patrimônio de afetação somente poderão ser objeto de garantia real em operação de crédito cujo produto seja integralmente destinado à consecução da edificação correspondente e à entrega das unidades imobiliárias aos respectivos adquirentes.

De acordo com a redação dada pela Lei 10.931/2004 referentes aos Artigos 31-A até 31 e da Lei 4591/1964.

Público Envolvido

Pessoa Jurídica (incorporadoras/construtoras) com financiamento para construção e conclusão de empreendimentos imobiliários.

Pessoa Física que serão compradores financiadores das unidades.

Agente Financeiro será o anuente e credor da operação

Objetivo

Dar garantia aos compradores e financiadores da conclusão das obras de construção de imóveis residenciais ou comerciais pertencentes ao empreendimento imobiliário e de sua finalização com a entrega do bem ao adquirente.

Essa garantia deve-se ao fato de que para cada empreendimento é constituído um patrimônio próprio, com contabilidade individual separada das demais operações da incorporadora/construtora, porque os valores aportados com a venda dos imóveis é destinado a uma conta bancária do empreendimento para uso exclusivo daquela operação.

Evitar a paralisação das obras no caso de descumprimento do contrato pela construtora haja vista que o contrato da operação prevê a substituição da construtora por decisão da comissão de representantes.

Dar agilidade, segurança e modernização às contratações de imóvel na planta, proporcionando o atendimento da demanda por moradia própria.

Vantagens

Para os adquirentes:

  • A contabilidade e conta bancária são individualizadas para cada empreendimento, sem nenhuma comunicação com a contabilidade geral da empresa incorporadora.
  • Segurança da operação sem risco de perda do valor aplicado na aquisição e/ou construção dos imóveis, caso ocorra a falência da incorporadora/construtora.
  • Criação da comissão de representantes dos adquirentes/condôminos com poderes para fiscalizar toda a movimentação financeira, acompanhar a execução do cronograma físico-financeiro das obras, no caso de descumprimento de obrigações pela incorporadora a comissão poderá contratar outra incorporadora/construtora para término da construção ou transacionar os imóveis sem necessidade de decisão judicial.
  • Anuência das opções de compra e venda pelo Agente Financeiro no caso de unidades financiadas, diminuindo a participação de adquirentes “laranjas”.
  • O patrimônio geral do incorporador responde por eventuais prejuízos que o mesmo originar.

Para a incorporadora/construtora:

  • O incorporador/construtora que optar pelo patrimônio de afetação será favorecido com redução das taxas tributárias (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins).
  • Credibilidade à imagem da empresa perante os consumidores e mercado, aumentando sua clientela.

Formalização

Deve ser feita averbação da constituição do patrimônio de afetação no Registro de Imóveis na respectiva matrícula do terreno do empreendimento imobiliário, juntamente com o memorial de incorporação, o qual terá uma inscrição própria no CNPJ e conta bancária específica.

Extinção do Patrimônio de Afetação

  •   Quando da finalização das obras com a averbação da construção e registro das unidades imobiliárias em nome dos adquirentes.
  •   Revogação, por razão de denúncia de descumprimento por parte do incorporador.
  •   Liquidação por decisão em assembleia dos condôminos, caso a escolha seja de não continuar as obras, neste caso, é autorizada a alienação do terreno e edificações existentes, e demais direitos, mediante leilão ou outra maneira escolhida, sendo que o valor recebido no leilão deverá destinar-se à quitação de débitos trabalhistas, previdenciários e fiscais do patrimônio de afetação, e outros reembolsos de adiantamentos realizados comprovadamente aos envolvidos no contrato excetuando-se a incorporadora, e por fim a arrecadação do saldo à massa falida.

VALÉRIA VIVIANE C FREITAS

Especialista no Crédito Imobiliário

FonteLei 10.931, ANOREG e Lugar Certo

Veja mais:

FGTS para financiamento de Imóvel na Planta

Imóvel na planta: Quais cuidados tomar?

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
18 Comentários
mais recente
mais antigo mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Jabson Evangelista Dos Santos
1 ano atrás

Boa tarde Equipe Click Habitação! Recebi um email da construtora responsável pela obra do apartamento que fiz a aquisição. Conforme relato abaixo, poderia me esclarecer por gentileza o que significa?… Read more »

FABIO TELES FILHO
2 anos atrás

estou cedendo um terreno para construção de apartamentos eu irei ficar com 3 unidades , gostaria de saber se no final terei que pagar ganho de capital tendo em vista… Read more »

Luiz Carlos
3 anos atrás

Estou entrando em acerto com uma construtora, para permutar 2 terrenos, por 20% de área construída num condomínio vertical de apartamentos. O que seria interessante colocar na escritura de permuta,… Read more »

Denise
3 anos atrás

Bom dia !! Por favor, para o comprador (PF), há vantagem nos impostos quando há o patrimonio de afetação ou somente para a construtora/incorporadora (PJ)? Ficando o comprador com as… Read more »

Elide
3 anos atrás

Meu filho entrou numa cooperativa da qual era vinculada à AMMVS (associação pró morar do movimento vida de samambaia) detalhe, essa associação foi criada para beneficiar pessoas de baixa renda… Read more »