Inicio 8 DICAS 8. Dicas Especiais

8. Dicas Especiais

2514

Dicas especiais sobre seu financiamento habitacionalDicas para gerir seu financiamento

Dicas Especiais

Dicas especiais sobre seu financiamento habitacionalEncargo

O Encargo total é composto da prestação (amortização e juros) e acessórios (taxa e seguros).

Mas, somente parte da prestação relativa à amortização que é deduzida do saldo devedor financiamento.

Encargo e Prestação

 

*Simulação no site do Bradesco, considerando TR = Zero

O valor da prestação é calculado em função do valor do financiamento/saldo devedor, da taxa de juros, do sistema de amortização e do prazo de financiamento.

Qualquer variação em um dos fatores influencia no cálculo.

Assim, o ideal é financiar no menor valor possível, obter a menor taxa de juros e contratar no menor prazo possível.

Observem as diferenças entre os valores nos sistemas SAC e Price:

Comparação entre os sistemas de amortização: SAC e Tabela Price

Saldo Devedor

O saldo devedor do financiamento habitacional não é calculado multiplicando-se o valor da prestação/encargo pelo número de meses a pagar.

Trata-se da dívida a pagar, que é corrigida periodicamente, de acordo com a cláusula contratual, normalmente de forma mensal.

Usualmente é utilizada a TR, acrescentam-se os juros contratuais e deduz-se a amortização no encargo periódico ou eventual amortização extraordinária.

Nos exemplos abaixo não foi colocado indexador (TR = zero).

Vejamos em exemplos a evolução do saldo devedor:

1) Financiamento = R$ 80.000,00 ; Prazo = 360 meses ; Taxa de juros = 9 % a.a. ; Tabela Price

como calcular a prestação - Dicas especiais

* Simulação no site do Bradesco, considerando TR = Zero

** CET Engloba a taxa juros e todos os demais custos da operação

O que podemos observar e falar sobre o quadro acima?

  • O saldo devedor do financiamento tende a cair mensalmente
  • A redução do saldo devedor é decorrente do valor do A (amortização) do encargo – R$ 80.000,00 – R$ 41,89 = R$ 79.958,11
  • O valor da amortização do encargo (A) é crescente durante todo o prazo do financiamento
  • O valor dos Juros (J) é decrescente em função da redução do saldo devedor
  • A prestação (A + J) é constante durante todo o prazo do contrato
  • O valor do seguro varia em função do saldo devedor, avaliação do imóvel e pela idade do comprador (mudança de faixa etária)
  • O valor do seguro é recalculado mensalmente
  • O valor da taxa de administração é fixo durante do o prazo do contrato
  • O somatório de valores pagos R$ 258.332,81 é superior ao somatório obtido no sistema SAC
  • No último encargo não é devido o seguro habitacional, pois o primeiro prêmio é pago na contratação junto com as taxas à vista

2) Financiamento = R$ 80.000,00 ; Prazo = 360 meses ; Taxa de juros = 9 % a.a. ; SAC

como calcular a prestação e saldo devedor - Dicas especiais

* Simulação no site do Bradesco, considerando TR = Zero

** CET Engloba a taxa juros e todos os demais custos da operação

O que podemos observar e falar sobre o quadro acima?

  • O saldo devedor do financiamento tende a cair mensalmente
  • A redução do saldo devedor é decorrente do valor do A (amortização) do encargo – R$ 80.000,00 – R$ 222,22 = R$ 79.777,78
  • O valor da amortização do encargo (A) é constante durante todo o prazo do financiamento
  • O valor do seguro varia em função do saldo devedor, avaliação do imóvel e pela idade do comprador (mudança de faixa etária)
  • O valor do seguro é recalculado mensalmente
  • O valor da taxa de administração é fixo durante do o prazo do contrato
  • O somatório de valores pagos R$ 209.074,93 é inferior ao somatório obtido no sistema PRICE
  • No último encargo não é devido o seguro habitacional, pois o primeiro prêmio é pago na contratação junto com as taxas à vista

17
Deixe um comentário

9 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Renata

Bom dia. A caixa aprovou uma carta de crédito no valor de R$ 159.000,00, referente a um imóvel na planta de R$ 175.000,00. Como o saldo do meu FGTS é de R$ 15.000,00, não precisaria dar entrada nenhuma para a construtora. Porém, como negociei uns andares acima, pagarei mais R$ 5.000,00 à construtora em 3 parcelas. O corretor me informou que não precisarei pagar a evolução da obra (INCC), pois parcelei essa “entrada” em 3 vezes, e o INCC somente é cobrado quando a entrada é parcelada em mais vezes à construtora. Meu apê ficará pronto em Dez/2019, e até… Read more »

Carolina

Bos noite
Ja li praticamente todas as materias preciso muito tirar uma duvida antes de fechar o financiamento…
Pesquisei um pouco sobreo modo price e pelo que vi tem menos vantagens….
So com a renda do meu esposo 4700 financiou no modo price 184mil com entrada de 46 mil mas a parcela 1370 reais.
No modo sac juntando nossa renda daria 7000 financiaria 184 mil tambem em 360 vezes entrada de 46mil mas a parcela ficaria uns 1750 no inicio….
Pelo que vi no modo price a parcela tende a aumentar e nao seria vantagem?

Rafael

Olá, sobre seguro habitacional, onde você diz que o prêmio é pago…o que quer dizer? Esse seguro enseja algum retorno financeiro no final do contrato ou na quitação? Ou é um seguro obrigatório onde nenhum valor retorna?

DELVAY FERREIRA DA SILVA

Olá,Boa noite!

Comprei uma casa no sistema SAC,me entregaram uma tabela de evolução da divida,porem não atendem a essa tabela, a parcela que pago é sempre maior que o informado na tabela de evolução da divida recebida no momento de assinatura de contrato. A minha dúvida é cabe nesse caso um processo de revisional de contrato e outro exigindo danos matérias,uma vez que estou sendo lesado?
E se você tem advogados que atuam nessa área, revisional?

Gleybson

Boa noite meu nome é gleybson. Comprei uma casa do minha casa minha vida em sao luis Maranhão no residencial Ribeira. Paguei 5 mil pela casa pois o combinado era pagar 5 mil e assumir as prestações que por se tratar de 25,00 não desconfiei de ser um golpe. Agora depois de quase um ano apareceu uma mulher dizendo que a casa era dela, mostrou todos os documentos e sumiu, depois recebir uma entimacao, meu caso está na justiça tenho fotos do imóvel a bondonado depredado e etc.. hj o valor que ela pagou até agora nao passa de 500… Read more »

Sousa

Boa noite,
Me casei em 1974 em regime de comunhão universal de bens. Nos separamos em 2002 com partilha de bens não onerosa. Já vendemos alguns imóveis daquela partilha e agora quando fui fazer a averbação na matrícula de meu imóvel onde resido, o cartório exige que a receita estadual avalie para confirmar se a partilha foi mesmo onerosa ou se vou precisar pagar ITCD. Isso é correto?
Obrigada

Ana Carolina

Bom dia, eu gostaria de saber sobre a lista dos tipos de materiais que podem ser usados na construção de casas do minha casa minha vida com valor de 130.000,00 mil reais. Eu sou de Passos/MG, e fiz o financiamento com esse valor.

valeria

Prezados novamente, muito obrigada pelas informações, ESTÃO DE PARABÉNS, CLICK HABITAÇÃO O MELHOR SITE DO BRASIL!

Cordialmente,
Valeria

valeria

Prezados, desde já gostaria de parabenizá-los pelo profissionalismo e clareza, não é possível encontrar um site de tão alto nível nas informações como o Click Habitação! Aproveito para fazer a seguinte consulta por gentileza: contratei um empréstimo Habitacional na Caixa, por um valor de R$225.000, SAC, prazo 420 meses, do qual já paguei 16 parcelas de aprox R$2250. Para minha surpresa, o meu saldo devedor atual, está quase similar ao inicial, ou seja, o ajuste no saldo devedor está literalmente comendo minhas amortizações (R$500/mensais). Como resultado, paguei até agora R$36.000, e meu saldo devedor baixou só R$3.500 (dos R$9.000 que… Read more »