Transferência de financiamento habitacional

Transferência de financiamento habitacional

3739
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

O processo de transferência de financiamento habitacional é a forma mais simples de vender um imóvel quando ele está financiado e necessita da anuência do Banco

Transferência de financiamento habitacionalNo Brasil o crédito imobiliário é uma relação entre um comprador e o Banco, assim se você quiser trocar de imóvel e ele está financiado junto a um banco, por exemplo, precisa realizar duas operações:

  • Transferir a dívida do financiamento ou vender para um novo adquirente
  • Nova operação de crédito imobiliário para a compra do novo imóvel

Substituição de Garantia (Transferir o financiamento para outro imóvel)

A substituição de garantia do financiamento pode ser aceita se ambos os imóveis estiverem com a mesma titularidade da propriedade, e após a avaliação e autorização do banco financiador.

Assim, na substituição de garantia você efetiva a transferência do financiamento para outro imóvel de sua propriedade, liberando a garantia do imóvel atualmente financiado.

Permuta de imóveis financiados – CAIXA e os bancos aceitam?

O financiamento habitacional no Brasil está vinculado ao imóvel, ou seja, o valor e tipo de imóvel podem determinar as condições de financiamento, inclusive o tipo de modalidade de crédito que vai pode financiar.

Outro fator determinante no financiamento é pessoa, as condições de renda e idade do comprador influenciam nos cálculos das condições do financiamento

Assim, os bancos não aceitam permutar imóvel e manter o mesmo financiamento.

Você terá que colocar o seu imóvel à venda, podendo transferir a dívida para o comprador.

E deverá efetivar um novo financiamento para o novo imóvel. O financiamento será em novas condições de taxa, prazo, etc.

Esclarecemos que na transferência de financiamento para terceiros as condições de financiamento serão atualizadas, assim não acreditamos que o Banco manterá as condições de taxa de juros do financiamento original.

A grande maioria dos bancos tem programas de redução de juros em função de relacionamento com o Banco, talvez seja por aí a saída para a manutenção ou conseguir redução na taxa de juros do financiamento.

Orientamos a procurar o banco e verificar as possibilidades de negociação da taxa de juros e condições do financiamento.

Posso dar meu imóvel como entrada em outro?

Em geral, os bancos não agem como imobiliárias, assim não aceitam o seu imóvel como entrada na compra e financiamento do próximo imóvel.

Assim, você deve colocar o seu imóvel atual à venda, podendo vender por meio de financiamento ou à vista com o comprador.

E efetivar em paralelo ou posteriormente o financiamento para aquisição do novo imóvel.

Venda de imóvel ainda financiado está cada vez mais comum

Posso vender o imóvel que ainda estou pagando o financiamento?

Na venda do seu imóvel que está financiado o banco normalmente aceita a transferência do financiamento para o comprador.

Nessa situação de troca de imóvel financiado, você não consegue manter o financiamento original. Muitas pessoas perguntam sobre essa possibilidade.

Se sua renda, idoneidade cadastral, capacidade de pagamento, avaliação de crédito e risco do Banco permitirem, poderá efetivar o novo financiamento, mesmo com o atual ainda em vigência. Assim poderá efetivar a venda do imóvel atual com calma e em melhores condições.

Inclusive desde 25 de junho de 1998 é permitida a concessão de mais de um financiamento no SFH – Sistema Financeiro da Habitação. Assim, não há óbice na concessão de novo financiamento no SFH ou SFI – Sistema Financeiro Imobiliário. A questão crucial será a capacidade de pagamento e análise do risco do crédito pelo Banco.

O uso do FGTS no novo financiamento depende do cumprimento das regras de uso e verificação dos impedimentos.

Sugerimos a leitura dos artigos abaixo relacionados:

SFH e propriedade de imóveis
FGTS e a propriedade de imóveis

Formas de transferência de dívida

– Transferência a terceiros de dívida vinculada a financiamento mediante reenquadramento das condições contratuais.

– Transferência de parte ideal mediante ratificação das condições contratuais de financiamento.

Transferência (venda de imóvel financiado) a terceiros

Esta operação é caracterizada com transferência de financiamento habitacional com a mudança de devedor, ou seja, um novo cliente adquire o imóvel, ocorrendo reenquadramento das condições contratuais originais como:

  • Utiliza-se o valor da avaliação original devidamente atualizada. Com exceção se o comprador for utilizar FGTS na aquisição, neste caso será efetivada uma nova avaliação do imóvel para verificação de enquadramento nas condições de uso do FGTS.
  • O saldo devedor será atualizado até a data de transferência do financiamento.
  • Poderá ser financiado até 100% do saldo devedor apurado
  • Serão cobradas tarifas para: Análise de Cadastro, Jurídica e avaliação do imóvel (se for usar FGTS).
  • O primeiro encargo vencerá no mês subsequente à transferência de financiamento, no dia correspondente a assinatura do contrato.
    • O cliente poderá escolher uma data de vencimento diferente, cobrando-se os juros diários proporcionais e seguros habitacionais se houver mês sem vencimento do encargo mensal.

Transferência de Financiamento a Terceiros

Transferência de Parte Ideal (venda de imóvel financiado a participante do contrato)

Esta operação é efetivada entre participantes do contrato original de um financiamento, transferindo a propriedade que lhe cabe do imóvel e a respectiva dívida ao(s) outro (s) participante(s).

Transferência de financiamento habitacional - parte ideal

Condições para a Transferência de Financiamento Habitacional 

Em geral não é permitida a transferência de dívida de imóvel em fase de construção, inclusive de imóvel na planta.

Nesta operação será mantida a garantia constante no contrato de financiamento original: alienação fiduciária ou hipoteca.

É dispensada nova avaliação do imóvel/garantia na transferência de dívida, uma vez que na concessão do financiamento original foi efetuada avaliação do imóvel.

A exceção para efetivar nova avaliação do imóvel/garantia pelo Banco será em função da utilização dos recursos da conta vinculada do FGTS para pagamento da poupança ou redução do saldo devedor a ser transferido. Tal fato é decorrente na necessidade de verificação do enquadramento do valor do imóvel nas condições SFH.

Pode-se utilizar o FGTS para efetivar o pagamento da parte ideal que está sendo adquirida.

A operação de transferir financiamento é semelhante à operação de aquisição e relativamente simples se você mantiver o financiamento no banco atual.

Também é importante destacar que não é obrigatório que o contrato atual seja mantido, pois cada adquirente é analisado individualmente, pode apresentar um risco diferente e, por isso, poderá possuir taxas de juros diferenciadas, inclusive, em função do relacionamento com o Banco. Dessa forma, deverá ser feito um novo contrato com os novos valores.

Na transferência de financiamento a terceiros as condições do financiamento habitacional original serão alteradas e os valores totalmente recalculados (condições atuais de financiamento).

Como um novo devedor entrará na relação contratual, novas certidões e documentos deverão ser apresentados e, além disso, deverá arcar com as despesas de impostos – como o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) – e as respectivas custas/emolumentos para registro em Cartório de Imóveis. Depois disso, aprovado o crédito será elaborado um novo contrato e a terceira pessoa será formalmente reconhecida como a nova devedora do financiamento.

Transferência de financiamento – Banco atual ou novo Banco

Mas e se o Banco não aceitar realizar a transferência do contrato com o novo comprador? Nesse caso, a negativa deverá ser justificada e o novo adquirente deverá buscar um financiamento em outro banco.

Caso se opte pela troca de banco financiador a operação será realizada por meio de cláusula de Interveniente Quitante e com a anuência do Banco anterior.

Neste caso a dívida é quitada com o banco atual e nova operação de crédito será efetivada no novo Banco.

Nesse caso, a primeira coisa a fazer é ir ao banco atual e pedir informações relacionadas ao contrato. Tendo conhecimento do Custo Efetivo Total (CET), será possível comparar com outros bancos. O ideal talvez seja sempre procurar o banco em já possui relacionamento, as condições de financiamento podem ser melhores.

Veja mais:

Diferença entre Portabilidade e Interveniente Quitante

Vejam algumas considerações sobre a transferência de financiamento e contrato de gaveta:

A transferência da propriedade imóvel somente se efetiva com o registro do documento de compra e venda no Cartório de Registro de Imóveis.

A legislação brasileira no artigo 1.245 do Código Civil, define que: “transfere-se entre vivos a propriedade mediante o registro do título translativo no Registro de Imóveis.”

Isto quer dizer que a transferência da propriedade imóvel, ou seja, a retirada do nome do então proprietário do bem (vendedor) e a inserção do nome do agora atual e novo proprietário (comprador) na documentação do imóvel somente se efetiva com citado registro do documento de compra e venda no Cartório de Registro de Imóveis.

Para escapar do recálculo do financiamento, devido à transferência de financiamento, muitos dos mutuários, por desconhecimento, ainda optam pelo contrato de gaveta. Os bancos promovem a transferência da propriedade e cessão do financiamento com o valor do encargo sendo adequado à capacidade de pagamento do  adquirente.

Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

Ao fazer a negociação com o banco, o novo mutuário terá direito, inclusive, a utilizar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para abater parte da dívida ou pagar o sinal que o proprietário vai cobrar pela venda do imóvel, pois antes da regularização este tipo de operação não é possível.

E posteriormente utilizar o FGTS no andamento do financiamento para amortização ou liquidação do saldo devedor, bem como para pagamento de parte de pagamento de prestação, se atendidas as condições de uso.

Veja também:

Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

Na hipótese do vendedor (proprietário) morrer, e os herdeiros não aceitarem passar o imóvel para o nome do mutuário, a questão terá de ser resolvida por ação judicial. O que, além de causar transtornos, pode demorar anos e ter custos altos.

Para fugir do contrato de gaveta, a orientação é que proprietário e adquirente entrem em contato,  juntos, com o banco e formalizem a transferência do financiamento do bem.

Conclusão

Atualmente a venda de um imóvel objeto de financiamento, por meio da transferência não traz grandes complicações, e por isso mesmo tem cada vez mais sendo utilizada, considerando que o financiamento não impede a negociação, pelo contrário, pode facilitar a efetivação da compra.

A diferença é que o valor da venda será utilizado, primeiramente, para quitação do financiamento existente, e o restante será entregue ao vendedor, após o registro do contrato do Cartório de Registro de Imóveis.

A melhor opção é sempre efetivar a transferência do financiamento de forma regulamentada. A operação poderá ser efetivada pelo Banco atual ou por outro Banco. O comprador tem o direito de verificar as melhores condições para o financiamento.

Gilberto Ribeiro de Melo

Especialista – Crédito Imobiliário

375 COMENTÁRIOS

  1. ola eu comprei uma casa e fiz o contrato de gaveta, mais so que na casa e forro de gesso e ta toda rachada essas casas tem garatia de 5 anos, eu tenho direito dessa garatia e como faco pra solicitar que troque o gesso por pvc antes de cair em cima de alguem.

    • Olá Deynison

      Bom dia!

      Esclarecemos que para saber mais sobre vícios de construção sugerimos a leitura do artigo. Veja no artigo:
      Vício ou defeito Construtivo: Cuidados com o imóvel

      Se o contrato for do PMCMV orientamos a efetivar a reclamação pelo telefone:
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.
      PROGRAMA DE OLHO NA QUALIDADE.

      Afirmamos que não há possibilidade de troca de material, se houver a reforma pela construtora. Será utilizado o mesmo material original.

      Equipe Click Habitação

  2. Meu esposo tem um apartamento financiado com a caixa econômica que foi adquirido antes de casarmos, devido aos juros ser bem menor, adquirimos somente com a renda dele. Gostaria de saber se é possível mudar esse financiamento somente para meu nome.

    • Olá Kesia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se você se casou, a não ser que tenha adotado o regime de Separação de Bens, todos os bens adquiridos após o casamento serão do casal, assim você não poderia adquirir nada sozinha.

      Equipe Click Habitação

  3. Olá! Gostaria de tirar uma dúvida. Gostei muito de um apartamento e gostaria de compra-lo. A proprietária financiou o apartamento junto a Caixa e ainda tem um saldo devedor. Sendo assim, para quem devo efetuar o pagamento? Para a proprietária ou diretamente para a Caixa?

    • Olá Camila

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos que você junto com a proprietária do imóvel procurem o banco para formalizar a transferência do financiamento.
      Sempre deverá pagar ao Banco.

      Equipe Click Habitação

  4. Olá! Boa Tarde!

    Atualmente moro em um apto financiado no regime de carteira hipotecária e também tenho um outro financiamento no SFH de uma construção, já finalizada, em Itu.
    Nunca usei meu FGTS para nenhum dos casos mencionado e gostaria de saber se é possível neste caso usa-lo neste momento.
    Desde já muito obrigado pelo seu tempo.

    • Olá Alexandre

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o primeiro fato que precisa ser apurado é os imóveis são na mesma região metropolitana?
      Se forem, qual foi adquirido primeiro?

      Se o do financiamento no SFH for o primeiro não haverá óbice para uso do FGTS neste financiamento.
      Se for o segundo e for na mesma região metropolitana, somente após a venda do primeiro poderá utilizar o FGTS no financiamento no SFH.
      Se for o segundo e for em outra região metropolitana, poderá pleitear o uso do FGTS, desde que atenda as demais condições de uso do FGTS.

      Sugerimos a leitura dos artigos:
      FGTS e a propriedade de imóveis
      Dicas para gerir seu financiamento – Uso do FGTS

      Equipe Click Habitação

  5. Bom dia,

    Possuo um imóvel financiado pela caixa. É possível trocar de agencia? Nao quero fazer nenhuma alteração contratual apenas gostaria de trocar de agencia, pois esta muito longe e qualquer procedimento perco um dia de trabalho.

    • Olá Eduardo

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Desconhecemos este tipo de alteração.
      Mas, a grande maioria de serviços podem ser efetivados em qualquer agência e muitos por telefone ou internet.
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.
      Veja os serviços disponíveis no artigo:
      Contrato CAIXA Financiamento Habitacional

      O boleto pode ser obtido pela internet:
      Boleto Habitação CAIXA – Como emitir

      Até proposta de negociação você pode fazer pela internet:
      Proposta de negociação CAIXA

      Equipe Click Habitação

  6. Boa tarde, me chamo Wilker e trabalho em uma empresa que realiza financiamento próprio. Estamos com um cliente que tem o imóvel registrado com alienação fiduciária, porém em diversos casos os clientes optam por passar o financiamento para uma instituição financeira (Banco) já tivemos vários casos bem sucedidos. Porém estamos com um caso junto a CEF de Vila Velha-ES que o pessoal não sabe como proceder, pois alegam que não é possível a empresa assinar como interveniente quitante em casos de imoveis já registrados.

    Já expliquei que realizamos diversos financiamento, mas gostaria de informações para abordá-los com fortes argumentos e se possível com algum embasamento formal.

    Desde já agradeço.

    • Olá Wilker

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que provavelmente é desconhecimento.
      Orientamos a formalizar o pedido junto a agência.
      Caso não receba um retorno orientamos a abrir um SAC no site do Banco pedindo para submeter a direção do banco. Provavelmente, assim agência receberá as instruções e procedimentos.

      Equipe Click Habitação

  7. DUVIDA SOBRE VENDA IMOVEL – Quando comprei o apto fizemos o financiamento eu e meu marido, em seguida eu comprei a parte dele e atualmente na matricula so consta meu nome. O Banco ainda não retirou o nome dele do Financiamento. Posso vender meu imovel?
    recebi uma proposta de compra, gostaria de realizar o contrato de compra e venda e o comprador vai iniciar o financiamento junto ao Banco.
    Meu ex marido vai precisar ir até o banco assinar o término desse financiamento? ou o processo é só meu uma vez que sou a majoritária (com 80%) do financiamento e na matricula só consta meu nome?

    • Olá Natalia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como não fez a Assunção de Dívida junto ao Banco para passar o financiamento somente para seu nome cremos que o Banco pedirá assinatura do seu ex-marido no contrato de transferência do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  8. Fiz a compra de um imóvel nunca habitado e pronto com a Construtora no valor de R$ 280.00,00 a serem pagos da seguinte forma: R$ 75.000,00, no qual foi pago em 10.10.2016, bem como o valor de R$ 35.000,00 de FGTS a ser liberado pelo Banco no momento do Financiamento acrescidos de e 12% da tabela price que montou o valor de R$ 35.667,37 com vencimento em 30 de novembro de 2016 e ainda o valor a ser financiado pelo banco de R$ 178.046,40 já acrescido de juros de 12% da tabela price com vencimento para 30 de novembro de 2016.

    Todavia, como o imóvel encontra-se hipotecado ao banco garantidor da obra, e o banco que financiarei será a CEF foi solicitado pela CEF ao Banco garantidor da obra uma CARTA DE INTERVENIÊNCIA no fito de que nesta carta fosse descrito o valor a ser pago.

    O que me causou tamanha estranheza é o fato de que o saldo devedor é o valor de R$ 35.667,37 a ser liberado através de FGTS acrescido do valor a ser financiado no importe de R$ 178,046,40 ambos com vencimento em 30 de novembro de 2016 que monta o valor de R$ 213.713,77.

    Todavia o banco garantidor da obra expediu Carta de Interveniência na data de 03 de novembro de 2016 com pagamento através de boleto no valor de R$ 223.713,77 com vencimento em 03 de dezembro de 2016

    O BANCO GARANTIDOR DA OBRA PODE EXPEDIR CARTA DE INTERVENIÊNCIA PARA PAGAMENTO NO VALOR DE R$ 10.000,00 SUPERIOR AO VALOR QUE FICOU PACTUADO COM A CONSTRUTORA? Este procedimento está correto? Neste caso se aplica reajuste?

    Desde já agradeço a atenção.

    • Olá Vanessa

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que será necessária a análise das condições de contratação e da documentação para um posicionamento.
      Assim, sugerimos contatar um advogado de sua confiança ou o PROCON para auxiliá-la da interpretação dos contratos e ajudar a defender os seus interesses.

      Informamos que os valores do contrato podem ter clausula de atualização monetária e cobrança de juros. Verifique.

      Equipe Click Habitação

  9. BOA NOITE
    EM PRIMEIRA LUGAR GOSTARIA DE AGRADECER MAS UMA VEZ ATENÇÃO DE VOCÊS.

    TENHO MAIS UMA PERGUNTA.
    EM RELAÇÃO A TRANSFERÊNCIA IDEAL, TRATA-SE DE UMA REGRA, UMA LEI QUE OS BANCOS TEM QUE SER SEGUIR?
    FUI NA CEF ME INFORMAR SOBRE OS DOCUMENTOS NECESSÁRIO, MAS AS PESSOAS PARECEM QUE NÃO SABEM SOBRE O QUE ESTOU FALANDO, FALAM QUE TENHO QUE LEVAR A OS DOCUMENTOS E AGUARDA ANALISE. NÃO SABEM OS CUSTOS QUE VOU TER, NA VERDADE NÃO SABEM NADA.

    • Olá Telma

      Boa Noite!

      Esclarecemos que a transferência de parte ideal é um direito dos compradores, não é uma obrigação legal

      Se a agência não está lhe atendendo a contento sugerimos a abertura de SAC e solicitar a submeter a direção da empresa para resposta.

      Equipe Click Habitação

  10. Boa tarde! Gostaria de tirar algumas duvidas referentes a uma transação de permuta. A situação é a seguinte:

    – tenho um apartamento quitado no valor de R$ 340.000,00
    – estou interessada numa casa em condomínio no valor de R$ 500.000,00
    – o proprietário da casa aceitou realizar permuta com torna
    – os dois imóveis estão localizados na cidade de São Paulo / SP

    As dúvidas são:

    – qual será a base de cálculo do ITBI?
    – o valor da torna pode ser obtido através de financiamento imobiliário? O banco considera o valor de negociação do meu apartamento (R$ 340.000,00) como valor de entrada do financiamento? Ou existe algum contrato específico no banco para permuta?
    – a comissão do corretor imobiliário é devida por ambas as partes?

    Fico no aguardo de resposta e desde já agradeço a atenção!

    • Olá Paula

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Neste caso não é transferência que é o objeto do artigo.

      Entendemos que o valor do ITBI será com base no valor venal de cada imóvel, de acordo com a legislação do município:
      http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/itbi/index.php?p=2513

      O valor da torna poderá ser financiado, mas cremos que a maioria dos bancos não trabalha com escritura de permuta. Consulte o seu banco, pois haveria necessidade de customizar a minuta.
      Se não for aceita deverão ser efetivados 2 contratos ou escrituras de compra/venda.

      A comissão do corretor deve ser paga por quem contratou os serviços, se houverem 2 cada parte pagará o seu. Mas, não há impedimento de eventual acordo entre os envolvidos.

      Equipe Click Habitação

  11. Boa tarde,
    Comprei um imóvel na planta, paguei as chaves em julho desse ano, o imóvel ainda está no nome da construtora, e agora consegui um comprador. A construtora está falando que faz a transferência se eu pagar os impostos dessa venda, isso procede? No contrato está prevista a taxa de administração de 1%, não fala nada de impostos. Vocês poderiam me ajudar, por favor?
    Att
    Lilian

    • Olá Lilian

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Realmente desconhecemos impostos na operação, apenas o ITBI, o qual deverá ser pago quando da escrituração e registro do contrato no Cartório de Imóveis.

      Talvez seja alguma “taxa” que a construtora quer cobrar.
      Orientamos a procurar um advogado ou o PROCON para auxiliar na negociação e verificar o que de fato pode ser cobrado.

      Equipe Click Habitação

  12. Estudo comprar um imóvel (casa) residencial através de um contrato de gaveta, nos bairros mais próximos do centro de preferência pelo lado do bairro todos santos e prolongamento, vila diamante, morada do sol, major Prates, detrás da Rodoviaria, Vila Regina I e II, etc. Aguardo notícias.

  13. Boa tarde, possuo um financiamento imobiliário junto ao banco do Brasil, na época eu financiei com uma outra pessoa, porem a mesma desistiu. hoje pago o apartamento sozinho e gostaria de retirar o nome e alterar o registro do imoveu, compareci no banco, porem foi informado que não posso realizar essa alteração pq o financiamento está no programa Minha Casa e minha vida e por esse motivo não posso alterar o financiamento. Gostaria de saber como devo proceder para realizar essa alteração? se o banco se nega a retirar o nome.

    • Olá Fabio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a experiência do BB no crédito imobiliário é recente e muitas vezes o banco ainda não dispõe de todas as funcionalidades.

      Informamos que é um direito das partes efetivar a transferência de parte ideal do financiamento, mas para tanto você necessita ter a capacidade de pagamento integral do encargo mensal.

      Sugerimos a abertura de SAC no site do Banco e peça para submeter a direção do Banco.

      Se não for atendido abra Reclamação junto ao Banco Central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  14. Boa noite! Gostaria de saber o seguinte: tenho um imovel financiado .Eu posso usar o mesmo para trocar de imovel , apenas pagar a diferenca. Grata

    • Olá Eliane

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como dissemos no artigo não é possível trocar de imóvel mantendo o financiamento. Assim, você deverá efetivar 2 operações:
      – colocar seu imóvel a venda
      – efetivar novo financiamento para o novo imóvel

      Equipe Click Habitação

  15. Obrigada por responder minha pergunta me ajudou muito.
    Mas tenho outra duvida em relação ao preenchimento do imposto ITBI Trata-se de uma transferência e ideal.
    no item natureza de operação eu coloco qual informação?
    nome do vendedor, seria o nome da ninha irma?
    valor da transação qual seria? seria o valor venal total ou somente o valor que sera transferido?
    Tipo de financiamento: Meu imóvel e financiado pela CEF
    O ITBI sera calculado somente pela para transferida?

    desde ja agradeço

    • Olá Telma

      Boa Noite!

      Esclarecemos que não temos informar com este tipo de detalhe, orientamos a procurar a Prefeitura e seu site, onde existem diversas informações.
      Verifique a legislação do ITBI para seu município. O valor será proporcional a parte adquirida.

      Equipe Click Habitação

  16. Boa tarde!
    Seus artigos são ótimos!
    Por favor preciso de ajuda. Possuo um imóvel financiado.
    Recentemente adquiri um outro imóvel(contrato de gaveta) que está em fase de obra, assumimos as dívidas da entrada até a a entrega do empreendimento.

    Antes de vender o imóvel que possuo gostaria de tentar financiar o segundo, em conversa com um gerente da Caixa(banco que está financiado) me informaram que é bem difícil conseguir o segundo financiamento devido a taxa de juros muito alta, esse gerente me informou que eles encaram como um novo financiamento no valor que o apartamento vale, porém que é o vendedor que informa o preço que quer vender, e que há uma modalidade em que o vendedor pode vender o imóvel por um valor abaixo do mercado (casos em que pai vende mais barato para um filho, por exemplo).

    Gostaria muito de saber se na hora em que for possível financiar o imóvel novo, se o vendedor pode informar para a Caixa um valor abaixo do mercado (no caso o valor que ele iria financiar inicialmente, que é o que falta para pagarmos) e tentarmos financiar apenas o que falta: que é praticamente assumir a dívida do financiamento dele. E se isso é legal perante a lei.

    Agradeço desde já e aguardo o retorno de vocês

    • Olá Francieli

      Boa Noite!

      Esclarecemos que o preço de venda nada tem a ver com o valor do financiamento. A não ser o limite de financiamento que será de no máximo 90% do valor do imóvel se o sistema de amortização for SAC ou de no máximo 80% do valor do imóvel se o sistema de amortização for PRICE.

      Ou seja, esclarecemos que deverá ser informado o valor correto da negociação e que o financiamento pode ser o valor que você necessita ainda pagar o vendedor.

      O financiamento será efetivado se tiver capacidade de pagamento e passar na analise de risco do banco.

      Equipe Click Habitação

  17. Boa tarde.

    No meu divorcio feito pela defensoria publica, ficou acordado que o imoveu financiado em 30 anos pago já 3 anos seria meu e eu assumiria as parcelas faltantes, pois bem já se passaram 1 ano e meio e a caixa econômica se recusa a passar o imóvel para meu nome devido meu ex-marido estar com restrição no nome dele inclusive na caixa econômica, mas o que eu tenho a ver com isso? quando nos separamos o nome dele nao tinha nenhuma restrição, eles não aceitam a carta de sentença do meu divorcio onde diz que o imóvel é meu, e meu ex-marido disse que não vai limpar o nome dele por não ter condições, o que fazer para conseguir passar o imovel para meu nome eu consigo provar que posso arcar com as prestações.

    • Olá Gracielle

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se não houver concordância do banco não há como administrativamente efetivar a assunção de dívida.

      Sugerimos consultar um advogado para verificar o que pode ser efetivado.

      Equipe Click Habitação

  18. Boa tarde!

    Comprei imóvel na planta, previsão de entrega em 12/2017 já assinei o contrato na CEF.
    Porem escolhi o apto no calor da emoção, peguei no 4º andar, existe a possibilidade (caso haja disponibilidade) no mesmo empreemdimento mas no TÉRREO. Tem como fazer isso??

    • Olá Melissa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que uma situação complicada para troca.
      Orientamos a verificar preliminarmente com a Construtora.
      Se aprovada a troca, em seguida deverá ser verificado com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  19. Boa noite senhores.
    Tenho um imóvel quitado.
    Estou fazendo uma troca por outro.
    De menor valor. Em outra cidade.
    Esse imóvel de menor valor está alienado ao banco.
    Como devo proceder para transferir a dívida para o meu imóvel atual. E ainda argumentar a dívida do comprador. Uma vez que o imóvel dele vale 100 mil a menos do que o meu. E ainda tem dívida com a CEF?
    Agradeço.

    • Olá Nelson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em geral os bancos não fazem este tipo de permuta de imóveis.

      Entendemos que você deverá fazer 2 operações:
      – Escritura de compra/venda do seu imóvel ou efetivar um financiamento junto ao Banco, se necessário (para pagar a sua parte).
      – Transferência do financiamento do outro imóvel para seu nome.

      Deverá haver um acerto financeiro entre você e o comprador do imóvel, considerando a diferença de valores entre os imóveis.

      Equipe Click Habitação

  20. Boa tarde
    Equipe do Click Habitação!

    Os artigos de vocês são esclarecedores, parabéns!
    Gostaria de esclarecer uma dúvida em relação a transferência de saldo devedor para um novo comprador.
    Tenho um imóvel financiado pela CAIXA. A documentação e outros, estão em dia.
    Resolvi vender e a pessoa interessada questionou se poderia refinanciar o imóvel por outro banco, neste caso o Bradesco.
    Exemplo, saldo devedor da Caixa 80mil.
    Estou vendendo por R$ 200mil.
    O interessado poderá financiar no Bradesco os R$ 200mil e o Bradesco pagar a Caixa o Saldo devedor e para mim, o restante ( R$ 120mil)?

    Desde já agradeço.

    • Olá Shirlei

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que sim!
      Para efetivar a transferência do financiamento para um outro banco a operação deverá ser liquidada no banco atual e existirá uma Cláusula de “Interveniente Quitante” no contrato do comprador com o outro banco.

      É uma operação corriqueira no mercado imobiliário.

      Veja no artigo:
      Diferença entre Portabilidade e Interveniente Quitante

      Equipe Click Habitação

  21. Bom dia, sou casada maritalmente 15 anos, e casado no papel a 4 anos, sendo o total de 19 anos, compramos uma casa a 6 anos no mome dele, pois na epoca o meu estava com restriçoes, sendo eu quem paga a maioria das prestaçoes, sendo eu que negociei e resolvi todo o processo com o comprador, temos um filho de 12 anos, si ele resolver si separa , posso transferir para o meu nome, como. obs tenho um documento em cartório que prova de vivemos maritalmente esses 15 anos

    • Olá Adelia

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que segundo as informações constantes no comentário houve omissão de informações quando da concessão de financiamento.
      Isso pode ser um problema se houve financiamento com subsídios do governo ou do FGTS. Cuidado!
      Se houver denuncia poderá representar a perda dos subsídios.

      Com relação ao imóvel, informamos que a omissão pode ser um problema, mas tem solução, mas se não houver anuência do seu marido, pode necessitar de ingressar com ação ou no processo da eventual separação/divórcio.

      A transferência para seu nome é possível, após a eventual separação/divórcio, desde tenha capacidade de pagamento para arcar com o financiamento sozinha, somente com sua renda.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

  22. boa tarde! pago um financiamento de um lote. quero vender esse lote e comprar um imovel ja pronto. como é o procedimento? eu posso transferir esse financiamento para o novo imovel? passando o lote para a pessoa que irei negociar, e a pessoa desconta o valor pago? como posso sair desse financiamento do lote?

    • Olá Cristiane

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Conforme consta no artigo você não pode trocar a garantia do financiamento.

      São necessárias 2 operações:
      – Você deverá colocar o seu lote a venda e o comprador poderá transferir o financiamento para o nome dele ou quitar como lhe convier.
      – Você deverá efetivar novo financiamento para o imóvel que deseja adquirir.

      Equipe Click Habitação

  23. Boa tarde, gostaria de saber mais sobre a transferência de parte ideal de um imóvel. Eu e me irmão financiamos um imóvel, mas gostaria de transferir o financiamento total para ele. Comofunciona este processo?

    • Olá Thais

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para efetivar a transferência de parte ideal orientamos a comparecer a agência do contrato e efetivar o pedido.
      O seu irmão deverá ter capacidade de arcar com o encargo mensal total sozinho.
      O Banco efetivará a avaliação de risco e cadastral e se aprovado poderão efetivar a transferência.
      Haverão custos: ITBI, contratação com o Banco e registro no Cartório.

      Equipe Click Habitação

  24. Gostaria de dúvidas, com relação ao Destrato antes do Financiamento.
    Existe alguma forma, do comprador receber o valor integral, pago até o momento do destrato?

    • Olá Gabriele

      Boa Noite!

      Esclarecemos que você precisa verificar no seu contrato o que está previsto.
      O comprador que desiste do negócio com o imóvel tem direito a receber pelo menos 80% do valor pago à construtora, conforme acordo recente com as Construtoras, o setor imobiliário, Procons de Estados e a Justiça.
      Esse valor poderá subir para 100% do total pago se a causa do distrato for o atraso na entrega do imóvel.

      Se a empresa quiser reter mais do que 25% do valor pago, o proprietário deve recorrer à Justiça ou o PROCON para auxiliar na negociação.

      Equipe Click Habitação

  25. Olá,
    mas como o banco vai aprovar um novo financiamento, de um valor “maior”, sendo que a primeira vez que eu fiz o financiamento em meu nome, o banco já “quitou” o saldo devedor com a construtora?

    • Olá Gabriele

      Boa Noite!

      Esclarecemos que será um novo financiamento e novas condições podem ser estabelecidas. Não tem relação com a quitação com a Construtora (isso já acabou com sua aquisição).
      O comprador do seu imóvel poderá utilizar em geral até 80% do valor do imóvel atual para financiar.
      O banco quitará a sua dívida e você receberá a diferença do valor de compra e venda.

      Equipe Click Habitação

  26. Boa noite, tenho uma dúvida e gostaria de um auxílio.
    Comprei um apartamento ex.150.000,00, paguei 50.000,00 para a construtora e vou fazer o financiamento do saldo devedor (100.000,00). Caso eu queira vender meu apartamento, depois do financiamento, por um valor maior, exemplo, 200.000,00, como que funciona?
    É feito a transferência do financiamento para o novo comprador e o valor restante ele teria que me dar à vista ou de alguma outra forma planejada, ou o banco faria um novofinanciamento do valor total pelo qual estou pedindo, ou seja, os 200.00,00. E ai daria o saldo devedor para a construtora e o restante para mim?
    Tenho duvidas, pois como o financiamento já foi efetuado uma vez, então a construtora já recebeu o valor do saldo devedor… Não entendo, como conseguiria vender por um valor maior. Fico no aguardo, obrigada!!

    • Olá Gabriele

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a transferência para um terceiro funciona como um novo financiamento, ou seja, as condições serão repactuadas, assim não haverá nenhum impedimento do banco efetivar a sua venda pelo valor total, respeitado o limite de financiamento (quota de financiamento) da operação, mas em geral é possível efetivar financiamento de 80% do valor do imóvel.

      Assim, você poderia vender e o comprador financiar, se necessário for, valor superior ao saldo devedor que o seu contrato tem.
      Logicamente depende da capacidade de pagamento e da aprovação do banco.

      Equipe Click Habitação

  27. Boa tarde,
    Eu e meu marido possuímos um apartamento financiado há 4 anos, gostaríamos adquiri outro imóvel. Seria possível fazer uma troca simultânea entre financiamentos/imóveis? Os 4 anos pagos seriam abatidos no preço do imóvel novo? Qual seria o procedimento?

    • Olá Suellen

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que poderão ser efetivadas 2 operações de transferência. Mas, serão 2 novos financiamentos com novas condições, por se trata de transferência para terceiros.
      Não haverá como manter as condições originais dos financiamentos.

      Equipe Click Habitação

    • Ainda fiquei na dúvida.
      Quais seriam as duas operações a serem feitas?
      O imóvel de interesse tbm é financiado, neste caso devemos transferir nosso financiamento para ele e ele transferir o dele pra gente?

    • Olá Suellen

      Boa Noite!

      Isso mesmo! Serão 2 operações de transferência, uma para cada imóvel.
      Como dissemos as condições dos financiamento serão repactuadas. Você pode efetivar uma simulação no site do banco para ver as condições e ter uma ideia.

      Equipe Click Habitação

  28. Boa noite. Já tenho um financiamento habitacional na Caixa Econômica Federal. Porém, este imóvel me gera renda de aluguel. A diferença entre o que recebo de aluguel e o valor que pago de financiamento é positiva. Minhas dúvidas são:
    1) Consigo fazer um novo financiamento com a CEF para aquisição de imóvel na mesma cidade?
    2) Como sou servidor público federal tenho renda comprovada por contracheque. Então, esse meu novo financiamento vai entrar no limite da margem consignável (considerando o que já pago), ou terei minha margem toda “livre”, já que o financiamento que possuo é 100% coberto pelo aluguel, me gerando inclusive receita?

  29. boa tarde tenho um apartamento financiado junto com minha ex esposa só que na hora de separar os béns o apartamento ficou para ela só que continua no meu nome me impossibilitando de comprar o meu nesse caso o que posso fazer para passar para o nome dela sendo que o imovel está financiado e ela tem renda para assumir o financiamento pq a prestação é de 260,00. por favor me ajude pq vejo essa decisão como erro de justiça me deixar preso a algo que nao me pertençe mais.

    • Olá Anderson,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que são coisas diferentes.
      A separação ou divórcio faz a divisão dos bens.
      Assim, orientamos a averbar a sentença judicial e formal de partilha junto a matrícula do imóvel e pedir uma Certidão de matrícula atualizada.

      Mas, o contrato com o banco precisa ser modificado. Vocês devem procurar o banco, com a documentação e matrícula atualizda e efetivar a assunção de dívida. Veja no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

  30. Estou negociando um imovel financiado pela Caixa e vou pagar parcelado para o proprietario onde ele vai quitando o imovel como faço isso.

    • Olá Rubens

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se quiser efetivar uma operação correta deverá procurar o banco e efetivar a transferência do financiamento para seu nome, onde você efetivará os pagamentos e a respectiva quitação, quando for possível.

      Agora, um contrato particular, dito contrato de gaveta tem riscos. Veja no artigo:
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

      Neste caso tenha cuidado com as clausulas contratuais.

      Equipe Click Habitação

  31. boa noite…eu e minha ex financiamos um apartamento pela cx econômica… agente se separo eu quero tirar do nome dela e passar para o meu… como faço…quais os primeiros passos? 30%esta no nome dela!
    obg fico muito agradecido

    • Olá Michel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Caso não tenha sido definida na sentença da separação ou divórcio você deverá efetivar a transferência de parte ideal do imóvel.
      Deverá ter capacidade de arcar com todo o encargo mensal sozinho.

      Se na separação ou divórcio na sentença judicial e formal de partilha já ficou definida que a propriedade passa para você, orientamos a efetivar a averbação da sentença e formal de partilha na matrícula do imóvel, pedindo uma Certidão de matrícula atualizada.
      Após procure o banco para efetivar a Assunção de dívida do financiamento. Veja no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

  32. Ola, bom dia;

    Estou adquirindo parte de um imóvel que e financiado pela CEF, pergunto se existe possibilidade de fazer a transferencia desta parte do financiamento para meu nome?

    • Olá Marcelo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que a transferência a um terceiro é somente praticada no mercado para o imóvel todo.
      A transferência de parte ideal somente é utilizada entre os participantes do contrato original.

      Mas, faça a pergunta ao gerente do banco.

      Equipe Click Habitação

  33. Boa tarde.

    Possuo (juntamente com meu marido) uma casa financiada ( financiei 128 mil Banco do Brasil), a qual pago há 3 anos.
    Por se tratar de uma casa pequena, almejo , mudar para uma maior (160 mil atualmente) .
    Existe a possibilidade de adquirir esta casa nova , porem , quitando o valor da que já moro á este tempo?
    Caso não , qual seria o melhor método para que possa adquirir a casa maior, considerando as taxas e juros.

    Muito obrigada

    • Olá Rafaela

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que descrevemos no artigo no Brasil o crédito habitacional tem vinculação ao imóvel, inclusive a definição da modalidade, taxas de juros, prazo, etc. dependem do tipo de imóvel e do valor do imóvel.
      Assim, não é possível manter o financiamento atual e transferí-lo para o novo imóvel. Assim, você deverá efetivar 2 operações:
      – Colocar o seu imóvel atual a venda, podendo transferir o financiamento para o comprador, se necessário.
      – Efetivar nova compra de imóvel com novas condições de financiamento.

      Equipe Click Habitação

  34. Olá.. Tenho um imóvel financiado pela caixa.. Porém fiquei desempregada.. É possível continuar pagando as prestações pela minha casa minha vida.. Devido à minha atual condição financeira ?

  35. Eu comprei apartamento, só que entrou no meu nome e do meu irmão para completar renda, a boleta vem no nome dele. queria saber se consigo passa-lo somente pro meu nome?

    • Olá José

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para deverá efetivar a transferência de parte ideal, conforme consta no artigo.

      Precisará ter capacidade de pagamento para assumir o encargo mensal sozinho. Procure seu banco.

      Equipe Click Habitação

  36. Boa tarde Equipe Click Habitação, gostaria de tirar umas dúvidas sobre a seguinte situação;
    Existe um imóvel de terceiros que o Banco CEF tomou após o atraso de 08 parcelas, haveria a possibilidade de eu quitar o saldo das parcelas em aberto, ou até mesmo o saldo devedor do financiamento e ficar com o imóvel antes do leilão, ou realizar um empréstimo junto a CEF e ficar com o imóvel.
    Eu posso me dirigir a uma agência e fazer esta proposta, referente a este imóvel.
    Lembrando que não fui eu que fiz o financiamento antes de ir para o leilão.
    Aguardo o retorno e muito obrigado.
    Att; Léo

    • Olá Léo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Situação é complicada, pois foi informado que houve a consolidação de propriedade pelo Banco.
      Orientamos a fazer uma proposta e verificar a aceitação.
      Proposta de negociação CAIXA

      Equipe Click Habitação

  37. Bom dia,
    Meu namorado comprou uma casa no nome dele e neste caso o financiamento consta no nome dele, mesmo não sendo ele a pessoa que paga as parcelas, e sim o pai dele.
    Quando a compra foi realizada não foi utilizado o FGTS, sendo que este agora está impedido de ser usado para compra de outro imóvel devido este financiamento.
    Gostaria de saber quais são as possibilidade de para uso deste FGTS.
    Conseguiríamos fazer a venda do imóvel pro pai dele como se fosse qualquer comprador?
    Toda compra é necessário dar uma nova entrada? será preciso fazer um refinanciamento?
    Doação do imóvel só pode ser feita após quitação do financiamento?
    Existe possibilidade de comprovar que este imóvel está sendo pago por outra pessoa e ele poder sacar o FGTS para compra de um outro imóvel em nome dele, e que realmente será pago por ele?
    Estamos sem saber o que fazer, queremos compra um apartamento pra gente (como um casal) e estamos nos sentindo presos a esta situação.

    Muito obrigada pela atenção!

    • Olá Thalita,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá ser efetivada a transferência do financiamento. Para tal o “pai” deverá ter renda suficiente e ter idoneidade cadastral.

      O uso do FGTS é para moradia própria. Se seu namorado comprou o imóvel, em tese, ele deveria morar no imóvel e o uso do FGTS tem regras de utilização.
      Veja as regras no artigo:
      Posso usar FGTS na compra de imóvel?

      Com relação ao valor da entrada esclarecemos que por definição do Conselho Monetário Nacional – CMN os bancos podem financiar:
      90% do valor do imóvel – se sistema de amortização for SAC
      80& do valor do imóvel – se sistema de amortização for PRICE.

      Veja detalhes do caminho do financiamento no artigo:
      Financiamento Habitacional – O que considerar?

      Se ele não paga o financiamento por que foi feito em nome dele? Assim, para regularizar deverá transferir o financiamento.

      Equipe Click Habitação

  38. Boa noite.
    Tenho um imovel financiado no meu nome, porem quem o habita e paga esse seria meu pai.
    Gostaria de saber se mesmo financiado seria possivel transferir esse imovel para o nome dele?
    Tentei levantar isso junto ao banco porem ele alegam que uma nova avaliacao seria necessaria para haver uma nova compra, envolvendo novamente todos os tramites incluindo uma nova entrada como da primeira vez , seria esse mesmo a unica possibilidade ?

    • Olá Juan,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Sim, a transferência é como se fosse uma nova contratação pois o Bando vai avaliar as condições do seu pai.
      Será analisado a renda, o valor da prestação, lembre-se por ser mais velho o valor do seguro será mais alto.
      Ainda tem as taxas de cartório e não só do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  39. Bom dia,
    A C.E.F. se nega a fazer a transferência de dívida alegando que o vendedor (ex-marido) está com restrição no SPC/SERASA, o que pode ser considerado “fraude à execução”.
    No divórcio não foi feita a partilha de bens, ficando acordado entre os dois que a mulher ficaria com o imóvel e continuaria a efetuar o pagamento das prestações.
    Se eles fizerem a partilha de bens, a C.E.F. será obrigada a transferir o financiamento para a ex-esposa?
    Desde já agradeço.

    • Olá Janaína,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se for modificado o formal de partilha o problema da propriedade fica resolvida, devendo ser averbado junto a matrícula do imóvel.

      Agora a transferência do financiamento somente será possível se atender as condições estipuladas pelo Banco.

      Equipe Click Habitação

  40. Ola. Quero comprar uma casa q já está financiada pela caixa quero transferi a dívida p meu nome mas se eu transferir a dívida pode ter aumento das prestações atual?

    • Olá Suzana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na transferência de financiamento a um terceiro não presente no financiamento atual as condições serão recontratadas e adotadas de acordo com o perfil e renda do comprador.

      Equipe Click Habitação

  41. Olá, bom dia.

    Tenho uma dúvida quanto a desvinculação do nome em um processo de financiamento de imóvel na Caixa. Meus pais precisarão utilizar meu nome junto a caixa para conseguir o financiamento de um novo imóvel, mas tenho apenas 21 anos e me preocupo quanto ao momento que eu precisar comprar o meu próprio imóvel. Nesse caso, tem possibilidade de desvinculação do nome junto a Caixa? Mesmo antes da quitação do valor total financiado?

    • Olá Bruna

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a desvinculação do seu nome é simples e poderá efetivada por meio da transferência de parte ideal.

      O grande problema é que o este financiamento for com subsídios do Governo Federal, por exemplo, do Minha Casa Minha Vida ou Carta de Crédito FGTS, você não poderá mais obter este tipo de subsídio novamente.

      Equipe Click Habitação

  42. Bom dia
    Tenho um imóvel financiado pelo BB e pretendo repassar esse financiamento para o comprador e pegar uma diferença $, meu nome esta no SERASA, na CAIXA.
    Há algum impedimento ?

    Fico no aguardo

    • Olá Nivaldo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o Banco irá efetivar a pesquisa cadastral do devedor e vendedor.
      Assim, dependendo do tipo de restrição o Banco poderá não efetivar o negócio.
      Consulte seu gerente

      Equipe Click Habitação

  43. Olá, tenho um imóvel financiado pela CAIXA, gostaria de financiar um segundo e possuo margem consignavel para tal, porém, não tenho a entrada, mas tenho um terreno quitado e escriturado. É possível dar o terreno ao vendedor do apartamento que estou interessado e financiar o restante e constar no contrato de financiamento que o terreno foi a entrada do apartamento e por qualidade valor ele foi aceito pelo vendedor do apartamento? Grato pela atenção.

    • Olá Fábio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com certeza que pode, isto depende de acordo entre comprador e vendedor.
      O importa é atender o limite de quota de financiamento: 90% do valor do imóvel para SAC e 80% do valor do imóvel para PRICE.

      Equipe Click Habitação

  44. Boa tarde !
    Estou querendo adquirir um novo imóvel através de permuta, onde meu imóvel atual está financiado pela Caixa.
    É possível transferir o meu financiamento atual para este imóvel que eu estou adquirindo ?
    Se for possível, manterei os valores das parcelas que eu tenho pago atualmente, é se haverá algum custo e de quanto será para realizar esta negociação ?

    Parabéns pelo site !!

    • Olá Marcio

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que somente se os 2 imóveis fossem de sua propriedade poderia pleitear a substituição de garantia com a manutenção do financiamento atual.

      Como não são, pois quer uma permuta. Deverá transferir a propriedade para o comprador e efetivar nova operação de financiamento para o novo imóvel.

      Serão 2 operações, que poderão ser concomitantes ou não.
      Procure seu banco para verificar as condições de efetivar.

      Equipe Click Habitação

  45. Olá,
    comprei um imóvel pelo programa MCMV, porém o mesmo só ficará pronto no final de 2017.
    Já fechei o contrato com a Caixa, estou pagando a entrada para a construtora e um valor referente a obra, que será cobrado até o final do ano que vem (para Caixa), sendo que depois disso começo a pagar as parcelas. Este imóvel está sendo construído com recursos do FGTS. Gostaria de saber se consigo transferir minha dívida para um imóvel de maior valor, sendo que a diferença será paga em dinheiro.

    • Olá Jean

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Programa Minha Casa Minha Vida não admite transferência ou troca de imóvel. Você terá de quitar o financiamento e efetivar um novo financiamento e sem os subsídios.
      Se seu contrato foi lavrado a partir de jan/16 na quitação antecipada requer a devolução dos subsídios recebidos.
      Verifique se será um bom negócio.

      Equipe Click Habitação

  46. Olá, boa tarde!
    Adquiri um imóvel pelo programa Minha Casa minha vida e Não utilizei saldo FGTS.
    Agora quero vendê-lo e o novo comprador pretende utilizar seu saldo de FGTS como entrada. Ao fazer uma simulação no site do banco, o valor de financiamento dele ficou maior do que o meu saldo devedor. ou seja, o valor de financiamento liberado para ele + a entrada em saldo FGTS, cobrem o valor de venda do imóvel.
    Gostaria de saber como fica essa situação, pois li aqui que a diferença entre o saldo devedor e o valor do imóvel será paga individualmente entre comprador e vendedor e o banco fará apenas a transferência do saldo devedor só que com condições diferentes para o adquirente.

    • Olá Raiane

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na transferência a terceiros o comprador poderá financiar um valor superior a dívida apresentada, desde tenha capacidade de pagamento e esteja dentro dos limites de concessão de crédito.

      O que importa para você é o valor da venda. Você receberá a diferença entre o valor da venda e o saldo devedor do financiamento atual.

      O quanto o comprador vai financiar será uma relação entre ele com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  47. Tinha uma casa financiada com minha ex namorada e vou assumir o financiamento sozinho ja foi aprovado na caixa e tudo para ser só no meu nome agora irei ter que pagar o ITBI e as taxas do cartorio novamente ? no casa como foi na epoca pelo programa minha casa minha vida nao foi mim dado os 50% de abatimento no registro do contrato na epoca porque eu nao sabia eu tenho esse direito ainda de abater os 50% nas taxas do cartorio e o ITBI da prefeitura eu pago tudo novamente ???

  48. Ola boa tarde, fiz uma avaliação de credito em uma determinada correspondência da caixa, ela fez o primeiro processo e a provação do credito pela caixa, mas não deu certo a casa a qual ela avaliou, e eu continuo com o credito na caixa, sera que posso transferir este credito para outra agencia da caixa e outro correspondente.

    • Olá Marcio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a aprovação tem validade de 60 dias. Cremos que poderá utilizar em qualquer agência do banco.
      Pergunte ao novo gerente.

      Equipe Click Habitação

  49. Olá, tenho um apto financiado com meu ex namorado pelo que li para transferir o financiamento pra ele teriamos que fazer a transferência de parte ideal. Mas o que não sei é calcular o valor que já pagamos para descobrir qto ele teria que me pagar para fazer uma prospota de venda, já pagamos 5 anos. Me disseram que não e só fazer o valor das parcelas x a quantidade de parcelas pagas, como faço para saber esse valor? Ele continua com as parcelas atuais ou é feito um novo cálculo de financiamento a partir da parcela 1 com juros novos?

    • Olá Karina

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que isto é um acordo entre as partes. Não existe regra definida.

      Cremos que um critério poderia ser:
      Quanto vale o imóvel hoje: Por exemplo R$ 100.000,00
      Assim, a outra parte teria que pagar R$ 50.000,00 para “comprar” a parte ideal do outro.

      Pode-se somar ou diminuir os desembolsos de pagamentos que houveram neste período que coube a cada um.

      Na transferência de parte ideal o valor da prestação (A+J) continua o mesmo, os seguros podem variar pois serão calculados agora somente para uma pessoa, mas se a idade for próxima não haverá grandes variações.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Evandro

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o primeiro lugar ou pessoa a verificar é com o vendedor do imóvel.
      Se ele não tiver deverá verificar junto a Prefeitura ou Engenheiro responsável pela construção.

      Equipe Click Habitação

  50. Ola,bom dia,financiei um apartamento a uns 2 anos atrais ,usando a renda minha e de minha esposa, no contrato esta 55 porcento no meu nome e 45 no nome da minha esposa,bem agora estou querendo financiar um outro imovel só no meu nome. seria possivel qual o melhor jeito transferir a minha parte para minha esposa, mais neste caso eu sou o titular

    • Olá Evandro

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que pessoas casadas não podem adquirir bens sozinhas, a não ser que o regime de bens adotado no casamento seja de Separação de Bens.

      Se o imóvel foi adquirido quando casados, fora o regime de Separação de Bens, os bens são comuns ao casal e não podem ser vendidos entre os cônjuges.
      Tal fato independente do percentual de renda atribuído a caso um na concessão do crédito.

      Assim, você poderá adquirir um novo imóvel, mas ambos deverão constar no contrato. Veja no artigo:
      É possível ter outro financiamento de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  51. Olá! Comprei um apartamento financiado junto com minha namorada, na qual no contrato de financiamento consta o nome dos dois e a renda dos dois, e agora eu e ela não estamos mais juntos gostaria de saber se posso transferir minha parte para ela ou transferir minha parte para a mãe dela. E se gerar algum custo no cartório.

    Obrigado..

    • Olá Fabiano

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se a transferência for para sua namorada ou para você poderá ser efetiva a transferência de parte ideal. A pessoa que assumir deverá ter renda suficiente para pagar o encargo total.
      No caso de transferir para um terceiro o financiamento será totalmente recalculado e novas condições estabelecidas.

      Haverão custos com: ITBI, registro em Cartório de Registro de Imóveis e despesas de contratação com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  52. Boa tarde, gostaria de saber se consigo transferir um financiamento que eu tenho de um apartamento para um outro imóvel que quero comprar?

    • Olá Vanessa,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a resposta consta no artigo.

      Você não pode manter o financiamento se trocar de imóvel financiado.
      Você deverá vender o imóvel atual e pode até transferir o financiamento para um terceiro.
      E efetivar um novo financiamento para o novo imóvel.

      Equipe Click Habitação

  53. Boa tarde!

    Tenho um imóvel financiado pela CEF e estou querendo vendê-lo.

    Tenho uma proposta de um comprador que daria outro imóvel de menor valor na troca, mas a diferença não é suficiente para quitar o saldo devedor.

    Minha dúvida é a seguinte:

    Posso transferir o saldo devedor restante do meu financiamento para esse novo imóvel na transação?

    Grato

    • Olá Paulo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a resposta consta no artigo.

      Você não pode manter o financiamento se trocar de imóvel financiado.
      Você deverá vender o imóvel atual e até transferir o financiamento para um terceiro.
      E efetivar um novo financiamento para o novo imóvel.

      Equipe Click Habitação

  54. Olá, moro num apartamento de 280 mil onde ainda devo 60 mil de financiamento com o CEF. Quero me mudar para uma casa de 300 mil, mas não tenho dinheiro em caixa para quitar o apartamento nem para completar o valor da casa. É possível eu me mudar para a casa e o banco financiar o restante que falta?

    • Olá Kleber

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que conforme escrevemos no artigo o banco não aceita o imóvel anterior como parte do pagamento do novo financiamento.
      Assim, você deverá:
      – Colocar o imóvel atual a venda, podendo transferir a dívida para o comprador.
      – Efetivar um novo financiamento para o novo imóvel

      Equipe Click Habitação

  55. Boa noite! Tenho um apartamento financiado pela caixa que acabei de vender e o valor do imovel quando financiei era de 145 mil e hj devo 111. Porem tenho um apartamento quitado com escritura em meu nome com valor total de 300 mil reais. Gostaria de saber se consigo transferir o imovel garantido para este outro e deixar o outro livre para o novo comprador.

    • Olá Alline

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a substituição de garantia é possível, se ambos os imóveis estiverem no seu nome, mas depende da anuência do banco.

      Sugerimos efetivar a proposta e pedir para submeter ao gestor para deliberação.

      Equipe Click Habitação

  56. Olá,
    Fiz um financiamento com a CEF em 2013 em meu nome sem utilização do FGTS. Casei com comunhão parcial de bens e gostaria de inserir meu marido no contrato de financiamento para utilizar o FGTS dele e abater o meu saldo devedor. Isso é possível?
    Existe uma alternativa para isso?

    Poderia fazer o contrato de credito, repassando para o nome dele a divida e ele utilizar o FGTS dele?

    Obrigada

    • Olá Andréa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando o regime de bens escolhido pelo casal, somente você é proprietária do imóvel
      Para usar o FGTS seu marido terá que se tornar proprietário do imóvel, por meio da aquisição de parte ideal do imóvel.

      Veja detalhes no artigo:
      Inclusão de cônjuge no financiamento

      Assim, o primeiro passo é conseguir a anuência do Banco.

      Haverão custos: ITBI, registro no Cartório e contratação com o banco.
      Veja se o custo/benefício compensa

      Equipe Click Habitação

  57. minha mae compro uma casa junto com o atual marido ja se passaram 3anos agora eles querem deixar so no nome dela isso pode? lembrando que o financiamento foi feito pela minha cas minha vida , usou o nome dele para dar renda mas hoje e totalmente apenas dela

    • Olá Fernando

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Deve ser esclarecido qual a relação que sua mãe tem com o tido “marido”.
      Se eles forem casados, e os casamentos são em geral com adoção do regime de Comunhão Parcial de Bens não há como ela ficar sozinha com o imóvel, pois os bens são comuns ao casal.

      Orientamos a procurar o banco e ver as condições de efetivar a transferência.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Lidia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se você quitar antes de transferir o financiamento terá que averbar o Termo de Quitação junto a matrícula do imóvel no Cartório de Registro de Imóveis.
      Após efetivar uma escritura de compra e venda. E após o comprador deverá registrar no Cartório de Registro de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

  58. Bom dia!
    Consigo comprar um imóvel que já está financiado pelo minha casa minha vida, sem antes a pessoa quitar o saldo devedor?

    • Olá Diego

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Você poderá financiar a compra do imóvel, mas será em novas condições.
      Será uma quitação do financiamento anterior e elaboração de novo financiamento, em novas condições. Não há transferência de condições originais.

      Equipe Click Habitação

  59. Olá, boa tarde.
    Tenho um imóvel financiado pela Caixa, mas gostaria de trocar de imóvel. Posso devolver esse imóvel para a caixa e fazer um novo financiamento de outro imóvel? Quero substituir a garantia e fazer um novo financiamento. É possível?

    • Olá Antonia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que Banco não é imobiliária, em geral, os bancos não aceitam devolução do imóvel;

      O procedimento é você colocar a venda o imóvel e efetivar a transferência do financiamento para o comprador.
      E fazer um novo financiamento para novo imóvel.

      A substituição de garantia, conforme consta no artigo é possível somente se os 2 imóveis estivessem no seu nome, que não nos parece que é o caso.

      Equipe Click Habitação

  60. Boa estou com um problema, estou tentando um financiamento de um apto, entreguei todo documento e o correspondente da CEF ja fez ate o saque do meu FGTS e da pessoa no qual estamos comprando juntos, porem a CEF barrou o processo, pois em 2004 fiz um financiamento de material de construção que seria para um loteamento onde havia comprado um lote, porem o loteamento inviabilizou e nao houve mais venda de lotes, eu ja havia feito compra do material de construção e tentei cancelar, mas nao consegui, no mesmo tempo minha irmã pediu o financiamento para ele que era de 7.000,00 e ela pagou e hj está quitado, porem nao conseguimos transferir o contrato para ela na epoca pois estava com problemas de restrição no nome e nao tinha comprovação de renda. Já entreguei para o correspondente tudo que tenho sobre o caso, inclusive matricula do terreno de onde eu teria o lote, certidao negativa, meu IRRF sem ter imoveis no meu nome, declaração da PMSP, tudo que pude, porem a CEF não reconhece, e eles nao estao querendo liberar o meu FGTS para compra do imóvel. O que poderia fazer ?

    • Olá Ricardo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Precisa esclarecer: o financiamento de Material de Construção foi pago ou não?
      Se existir dívida, por lógica o banco não irá efetivar o financiamento até o pagamento da dívida.

      Agora, se foi pago, não estamos entendendo o motivo da restrição.
      É uma transferência ou um financiamento?

      Equipe Click Habitação

  61. A transferência da dívida se dá, devido ter havido o divórcio entre os compradores e não houve partilha de bens, porém ficou acordado entre as partes que a mulher irá ficar com o apartamento e se responsabilizará pelo pagamento das mensalidades.
    Como o ex-marido está com restrição no nome SPC/SERASA, o Banco não quer fazer a transferência, para evitar “fraude à execução”.
    Existe alguma outra forma da mulher se resguardar, tendo em vista que o ex-marido não efetua os pagamentos das mensalidades e poderá formar uma nova família.
    Desde já agradeço.

    • Olá Janaína

      Boa Tarde!

      Considerando a situação apresentada orientamos a consultar o seu advogado e verificar o que poderá ser efetivado.

      Uma sugestão seria um Compromisso de Venda e Compra devidamente registrado no Cartório de Títulos e Documentos, até que a transferência possa ser efetivada regularmente, mas orientarmos consultar o advogado e Tabelião para orientação.

      Equipe Click Habitação

  62. Boa noite!

    Adquiri meu apartamento em 2012, atraves de financiamento pela caixa economica. Em 2014 quitei o apartamento. Agora ao retirar a onus para negociar o imovel, acusou uma restrição no cartorio de protestos de titulos em nome do ultimo proprietario, A restrição diz respeito a uma ação processual que corre na justiça que foi ajuizada na vara de familia pela ex esposa do antigo proprietario.
    Gostaria que me ajudassem a entender e o que posso fazer para reverter a situação!
    1 – O imovel foi financiado pela CEF, então comprei o imovel pelo Banco, pois até quita-lo o mesmo pertencia a intituição financeira, Certo?
    2 – Para financia-lo o imovel não havia apresentado nenhuma restrição, Certo?
    3- A medida judicial restringindo a venda do imóvel, foi averbada em 2013, depois que eu já havia adquirido o imovel, isso Pode?
    4 – Quitei o imóvel em 2014, e até então nunca recebi qualquer comunicado da justiça ou do Banco, quanto a situação do imóvel, isso pode?
    5 – O ex proprietario pode ter agido de má fé, sendo que o mesmo na epoca do contrato de compra e venda, também feito pela CEF e averbado no cartorio de registro de imovel, citou que era divorciado?
    6 – Nesse caso, como fico e o que devo fazer?
    Por favor me ajudem nas orientações!
    No aguardo, obrigado!

    • Ola Job

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Entendemos que você é comprador de boa fé. Orientamos a procurar um advogado para defender os seus interesses e providências para retirada do impedimento de venda.

      Equipe Click Habitação

  63. Boa tarde, Equipe Click Habitação!

    Estou tentando fazer uma transferência de dívida junto a CEF, porém fui informada pela atendente que o vendedor possui restrição no nome (SPC/SERASA) e por este motivo não será possível transferir a dívida para o meu nome. Mesmo o meu nome não tendo nenhuma restrição.
    No contrato que fizemos na aquisição do imóvel, consta o meu nome e o dele, ou seja, a pessoa quer sair do contrato.
    Não tem nada que possa ser feito judicialmente, o banco pode fazer desta forma?
    Desde já agradeço a atenção.
    Att;
    Janaína Cecília

    • Olá Janaína

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existe uma coisa chamada “fraude a execução”, ou seja, se o vendedor possuir ações judiciais de cobrança a venda do patrimônio pode ser interpretada como fraude a execução. Os credores do vendedor podem anular a venda judicialmente.

      Assim, os bancos não aceitam este tipo de negociação.

      Alertamos que você pode ser prejudicada neste sentido. Avalie, se realmente quer correr o risco.

      Equipe Click Habitação

  64. Ola tenho um apartamento financiado pela minha casa minha vida.
    Esse apartamento esta financiado no meu nome e da minha esposa.Gostaria de sabe se posso financiar outro imovel em meu nome . e se e possivel a utilizacao do FGTS, sendo que ja usei no financiamento anterior.desde ja agradeco

    • Olá Daniel

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Você poderá financiar quantos imóveis a sua capacidade de pagamento permitirem.
      Enquanto o financiamento estiver ativo no SFH você não pode utilizar o FGTS na compra do próximo imóvel.
      E mesmo depois de quitado, se a aquisição for na mesma região metropolitana do imóvel atual somente poderá utilizar o FGTS após a venda do primeiro.

      Assim, utilize preliminarmente o FGTS para amortizar o primeiro financiamento.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      É possível ter outro financiamento de imóvel?
      Posso usar FGTS na compra de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  65. Boa tarde. Adquiri uma casa financiada pela Caixa. Mas com menos de um mês apenas da compra, preciso negocia-la. Neste caso, onde o saldo devedor estará maior do que o valor da casa, qual o melhor procedimento a ser adotado? muito obrigado.

    • Olá Filipe

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a compra da casa própria deve ser planejada para evitar situações como esta.

      Orientamos a colocar o imóvel a venda e quando encontrar o comprador procurar o banco para efetivar a transferência do financiamento.

      Com relação ao saldo devedor, podemos afirmar que ele é menor que o valor do imóvel, pois os bancos não podem financiar 100% do valor.
      O valor máximo de financiamento é de 90% do valor do imóvel, se o sistema de amortização for o SAC e 80% do valor do imóvel se for PRICE.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Financiamento Habitacional – O que considerar?

      Equipe Click Habitação

  66. Boa tarde,
    Comprei um apartamento financiado pela Caixa em 2012, morei 3 anos e agora estou morando em outro imóvel. Gostaria de saber como posso passar este financiamento para outra pessoa? Ou devolver ao banco? Se o banco me devolve o valor que paguei de entrada e as parcelas? O que devo fazer?

    Att.
    Aparecida.

    • Olá Maria Aparecida

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos não são imobiliárias, e em geral não aceitam a devolução de imóvel.

      Assim, a orientação é você colocar o imóvel a venda e o financiamento poderá ser transferido para o novo comprador, conforme descrevemos no artigo.
      A diferença entre o preço do imóvel e o saldo devedor do financiamento deverá pago a você.
      Quando encontrar o comprador procure o banco para os providências de transferência do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  67. Olá, pretendo adquirir um imóvel de 200 mil que está financiado pela Caixa por outra pessoa. No caso, vou transferir o financiamento (que atualmente está em menos de 90 mil) para mim e a diferença do valor do imóvel acertarei com o atual proprietário. Gostaria de saber: precisarei dar alguma entrada a Caixa? A caixa cobrará alguma taxa pelo processo de transferência? Se sim, quais e ficam em torno de quanto? Precisarei ter despesas com tributos como ITBI (sabendo que a atual proprietária já pagou esses custos cartorários quando fez o financiamento dela)? Se sim, por que e terá mais algum outro serviço cartorário?
    Obrigado pela atenção!

    • Olá Thiago

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como se trata de uma transferência de financiamento e o valor do imóvel é superior a 80% do que vai financiar não haverá necessidade de entrada, você poderá financiar até mais do que pretende.

      A transferência no seu caso é como se fosse uma aquisição normal, as tarifas constam na tabela de tarifas do banco. Veja no artigo:
      Tarifas cobradas no crédito imobiliário

      Há custos cartorários sim! Para registro de atos: da compra e venda e da alienação ao Banco.
      Veja o custos de emolumentos no seu estado no link do IRIB:
      Tabela de Emolumentos – IRIB

      Para ver todos os custos do financiamento sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

  68. Bom dia! Quero financiar um apartamento pela caixa. O atual dono não está com o apartamento totalmente quitado, faltando pouco mais de 1000,00 p/ quitar o mesmo. Caso ele quite o imovel, já posso solicitar o financiamento em meu nome e adquirir o imóvel, ou tenho que esperar o prazo de 2 anos?

    Desde ja agradeço!

    • Olá Hule

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que não há impedimento em efetivar novo financiamento com o imóvel após a quitação do financiamento anterior.
      Deverá ser averbado o Termo de Quitação junto a matrícula do imóvel antes da nova operação.

      Equipe Click Habitação

  69. Boa noite
    Tenho um apartamento financiado pela caixa, ele esta em meu nome e no nome da minha irma que fez a composição de renda comigo. Porem preciso tirar o nome dela do contrato, pois ela querendo comprar um imóvel.
    Pergunto: Consigo transferir a parte dela para o meu o nome?
    Qual os documentos necessários?
    Haverá alteração contratual em relação a valores?
    Quais as despesas para efetuar esta transferência?

    Desde ja agradeço

    • Olá Telma

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a transferência é semelhante ao processo de concessão de financiamento. Você deverá apresentar a principio os comprovantes de renda atual e deverá ter capacidade de pagamento para pagar o encargo mensal sozinha.
      A transferência de parte ideal não deve alterar as condições contratuais originais.

      Você terá custos com ITBI, registro no Cartório e contratação com o Banco.

      Orientamos a procurar o banco com a comprovação de renda e Imposto de Renda.

      Equipe Click Habitação

  70. Boa tarde!
    Minha mãe quitou o débito com a Caixa da Casa Própia e agora já passados alguns meses,gostaria de saber se pode transferir o imóvel para o meu nome,no caso filha?
    Ou se tem algum período de carência?!!!
    Grata!

    • Olá Nefertiti

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que já houve a quitação do financiamento orientamos a pegar o Termo de Quitação no Banco e efetivar a averbação na matrícula junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Após a averbação sua mãe poderá efetivar a escritura de compra e venda ou doação, verificando os procedimentos junto com o Tabelião do Cartório. Não haverá carência para este tipo de negociação.

      Equipe Click Habitação

  71. Boa tarde,

    Comprei um imóvel na planta no valor de 120.000,00 dei 15 mil de entrada e financiei o restante pelo Banco do Brasil. Hoje o imóvel está valorizado e valendo entre 300 a 320 mil. Gostaria de saber como posso fazer essa permuta? Somente posso permutar o que foi pago pelo financiamento ou posso dar o imóvel ao banco e permutar para um do mesmo valor que atualmente ele vale?
    Obrigada.

    • Olá Débora

      Boa Tarde! Agradecemos

      Conforme dissemos no artigo o financiamento habitacional no Brasil está vinculado ao imóvel, você não pode permutar imóvel e manter o mesmo financiamento.

      Você terá que colocar o seu imóvel à venda, podendo transferir a dívida para o comprador.
      E deverá efetivar um novo financiamento para o novo imóvel. O financiamento será em novas condições de taxa, prazo, etc.

      Equipe Click Habitação

  72. Boa noite. Estou com uma dúvida a respeito de uma permuta. Tenho um apartamento de 420 mil, com 150 financiados e tenho interesse em fazer uma permuta por um apartamento de 710 mil. Meu crédito já foi aprovado, porém não tenho os 150 mil para quitar meu imóvel. Posso efetuar a transação e quitar os 150 que faltam do meu imóvel com o dinheiro do financiamento do apartamento de 710 mil? Obrigado

    • Olá Marcel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a liberação dos recursos ao vendedor ocorrerá após o registro do contrato de aquisição do novo imóvel. Assim, o valor será liberado ao vendedor, a qual poderá quitar o saldo devedor do financiamento do primeiro imóvel.
      Esta questão ficaria para um acordo entre as partes envolvidas (vendedor e comprador).

      Equipe Click Habitação

  73. Boa tarde
    Eu tenho uma dúvida
    Eu comprei uma casa financiada pelo programa minha casa minha vida faz 2 anos e pago as prestaçoes. Acontece que consegui um emprego muito melhor em outra cidade em outro estado entao me mudei agora pago aluguel mais as prestaçoes da casa tenho interesse em comprar outro imovel na cidade onde resido atualmente. É possivel eu transferir o financiamento pra outro estado?

    • Olá Clenir

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá arrumar um comprador para o imóvel atual para que ele possa efetivar uma nova operação de crédito ou até quitar o saldo devedor, dependendo da situação.

      Você poderá efetivar novo financiamento, mas nunca mais com subsídios do Governo ou do FGTS. Assim deverá utilizar o financiamento com recursos da poupança, que não tem subsídios e tem juros mais altos. Veja no vídeo:
      #Video 9 – Financiamento no SBPE

      Equipe Click Habitação

  74. ola
    eu queria transferir o imovel que eu adquiri pelo pograma minha casa minha vida,mas nesse programa nao permite transferencia, entao eu tenho que realizar a operação de quitação do financiamento atual e se fazer um novo financiamento com o saldo devedor para o comprador com novas condições…
    em base a esso eu tenho duas perguntas :
    primeiro: ao fazer eu a quitacao da divida do imovel o banco vai me reconhecer tambem a entrada que eu paguei pela casa? e;

    segundo: o banco vai exigir para o comprador pagar algum tipo de entrada pelo imovel?
    eu agradeceria me tirar essas duvidas pois estou meia confusa com isso

    • Olá Eve

      Boa Noite!

      Esclarecemos que quando falamos que o Programa Minha Casa Minha Vida não admite transferência, queríamos dizer que as condições de financiamento não podem ser transferidas. Mas, você pode efetivar a venda e novo comprador efetivará um novo contrato, com novas condições.

      Em relação as suas perguntas:
      1) O valor do saldo devedor a ser “transferido” será considerando todos os seus pagamentos, ou seja, o comprador deverá lhe pagar alguma diferença ou poderá financiar. As condições de financiamento devem ser verificadas com o Banco.

      2) Haverá uma nova avaliação do imóvel e o comprador poderá financiar até 90 % do valor do imóvel. A diferença entre o novo financiamento e o saldo devedor do seu contrato deverá ser repassado a você. Orientamos a verificar as condições com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  75. ola,eu queria transferir um imovel que eu financie pelo programa” minha casa minha vida”eu queria saber se ao transferir o imovel o comprador tem que pagar alguma entrada no banco ? ou ele so vai continuar pagando depois de asumir o imovil ?
    e queria saber tambem se qualquer imovel financiado pela minha casa minha vida podem ser transferidos para otra pessoa?
    Agradeço

    • Olá Eve

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que o Programa Minha Casa Minha Vida não admite transferência de financiamento.
      Assim, terá que ser uma operação de quitação do financiamento atual e novo financiamento com o saldo devedor para o comprador, com novas condições.

      A entrada dependerá do valor do financiamento a ser assumido pelo comprador e a relação com o valor do imóvel.
      O banco poderá financiar até 90% do valor do imóvel se o sistema de amortização escolhido for o SAC e de até 80% do valor do imóvel se o sistema de amortização for PRICE.

      Orientamos efetivar a simulação das condições no site do banco, utilizado o saldo devedor e os dados do eventual comprador. Assim, você poderá ter uma ideia das condições de financiamento.

      Equipe Click Habitação

  76. oi,eu tenho uma duvida:
    eu financie pela caixa economica um imovel com o plano “minha casa minha vida” mas agora queria transferir mas o comprador por ter outras propriedades nao entra neste plano… minha” pergunta e a siguente: e posivel transferir mediante outro plano que nao seja ‘Minha casa minha vida?

    • Olá Eve

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá ser procurado o Banco e que as condições de financiamento dependem do perfil do comprador, podendo efetivar a nova contratação em sistema diferente do atual.

      Equipe Click Habitação

  77. Bom dia!

    Minha irmã quer transferir um imóvel, financiado pela Caixa Econômica, pra mim. Ela não utilizou o FGTS para comprá-lo. Tenho o perfil financeiro super parecido com o dela, da época em que comprou. A prestação que atualmente ela paga, será a mesma que pagarei?

    • Olá Raquel

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que na transferência de financiamento a um terceiro as condições de financiamento são repactuadas no momento da compra.
      Assim, não necessariamente serão as mesmas condições e o mesmo encargo mensal.

      Orientamos a simular as condições atuais nos site do banco. Veja no artigo:
      Simulação de Financiamento Imobiliário

      Equipe Click Habitação

  78. olá, tenho um financiamento de uma casa com minha irmã, 50% cada e gostaria de saber se consigo transferir a minha parte para ela, deixando apenas ela como titular do financiamento e liberando o meu nome para eventual novo financiamento.
    obrigada.

    • Olá Franciele

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que é perfeitamente possível efetivar a transferência de parte ideal do imóvel, mas sua irmã deverá ter capacidade de pagamento para assumir o encargo mensal sozinha.
      Procure o banco para ver as tratativas de efetivar o negócio.

      Lembramos que se o financiamento atual foi pelo Programa Minha Casa Minha Vida você não conseguirá efetivar nova operação no Programa, podendo efetivar financiamento pelo SBPE – com recursos de poupança.

      Equipe Click Habitação

  79. Olá tenho um imóvel financiado em conjunto com minha ex-mulher, gostaria de saber se posso transferir o financiamento apenas para o nome dela já que eu tenho 65% do valor e ela 35%.
    Desde já obrigado.

    • Olá Daniel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que é perfeitamente possível efetivar a transferência de parte ideal do imóvel, mas sua irmã deverá ter capacidade de pagamento para assumir o encargo mensal sozinha.
      Procure o banco para ver as tratativas de efetivar o negócio.

      Se houve formalização da separação/divórcio e houve a definição no formal de partilha homologado pelo juiz, que o imóvel ficaria com ela poderá utilizar a assunção de dívida.
      Veja detalhes no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

  80. Boa tarde,
    Tenho o financiamento da minha casa no Banco Caixa Econômica como faço para transferir para o Banco do Brasil?

    • Olá Agilson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a transferência de credor (banco) se dá por meio da portabilidade de crédito habitacional.
      Orientamos a procurar o Banco do Brasil e verificar as condições de aceitabilidade da portabilidade.

      Veja detalhes no artigo:
      Portabilidade de Financiamento Imobiliário

      Lembramos que o momento atual não é tão favorável para portabilidade em função do aumento da taxas de juros em todos os bancos. Verifique as vantagens de portar seu crédito.

      Equipe Click Habitação

  81. meu filho esta tentando comprar o 1o- imóvel – o valor é de R$ 1.150.000,00- o vendedor financiou o imóvel – o valor do financiado era de R$ 728.050,00 ( bco Itau) – o saldo da divida atual é de R$ 680.000,00.
    O meu filho quer dar de entrada R$ 470.000,00 e assumir a divida remanescente de r$ 680.000,00, nas mesmas condições do financiamento inicial ( Taxa de juro e numero de parcelas remanescentes)
    Meu filho já tem o credito aprovado de R$ 650.000,00 no mesmo banco ( bco Itau)
    Como fazer esta operação ? é possível manter a mesma taxa de juros?

    • Olá Jorge

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na transferência de financiamento para terceiros as condições de financiamento serão atualizadas, assim não acreditamos que o Banco manterá as condições de taxa de juros do financiamento original.
      A grande maioria dos bancos tem programas de redução de juros em função de relacionamento com o Banco, talvez seja por aí a saída para a manutenção dos juros.
      Orientamos a procurar o banco e verificar as possibilidades de negociação da taxa de juros e condições do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  82. Bom dia

    tenho um terreno financiado pela caixa, surgiu a oportunidade de compra de uma casa nova (sem uso), gostaria de dar o terreno como parte do pagamento ao proprietário da casa, transferir essa divida para casa e utilizar meu FGTS, a possibilidade?
    acredito que tenha ainda que refinanciar ou fazer um novo financiamento devido ao valor da casa (inteira o valor)
    obrigado
    fico no aguardo
    Rafael

    • Olá Rafael

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que não há como transferir o financiamento de um imóvel para outro imóvel. Assim, você deverá transferir o financiamento do terreno para um terceiro e efetivar um novo financiamento para aquisição da casa.
      Além do que são tipos diferentes de crédito: terreno e caso. As condições são bem diferentes, inclusive no financiamento do terreno não há como utilizar o FGTS, já no futuro financiamento da casa poderá ser pleiteado o uso do FGTS.

      Veja as condições para uso do FGTS:
      Posso usar FGTS na compra de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  83. Boa noite!
    Tenho um imóvel com o saldo devedor de 65 mil, porém estou com uma proposta para vendê-lo por 110 mil!
    É possível que esse futuro comprador possa financiar mais que o saldo devedor? Ou só é possível transferir o saldo para ele e a diferenças teria que ser a vista?

    • Olá Ingrid,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Não há problemas do novo comprador financiar um valor maior que o seu Saldo Devedor mas sem transferência, seria um novo financiamento.
      Só atentar ao novo comprador que este deverá ter, pelo menos 10% de valor de entrada, que pode ser com FGTS ou recursos próprios.

      Equipe Click Habitação

  84. Parabéns pelo site. Bem, eu comprei um apartamento por 310 mil há pouco mais de um ano, tendo financiado 250 mil deste, pelo qual estou pagando regularmente. Agora achei um pelo mesmo preço, numa localização que hoje me agrada mais, mas de uma construtora diferente. Nesse caso eu teria que vender o meu(transferir) e fazer todo um novo processo de compra desse que pretendo ou se for no mesmo banco há uma forma de se trocar apenas o apartamento como garantia?
    E se eu optar por um outro apartamento da mesma construtora, ainda que num valor maior, esse processo se torna mais simples, eu poderia simplesmente adequar o valor do financiamento?

    • Olá Pedro

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no Brasil o crédito imobiliário é vinculado ao imóvel em garantia. Assim, você poderia manter o financiamento e fazer uma substituição de garantia somente se for proprietário dos 2 imóveis e sujeito a aceitação do banco.

      Mas, se não for proprietário, haverá necessidade de transferir o financiamento e efetivar outro, mesmo que se trate da mesma construtora, pois o financiamento é com o banco.

      Poderia efetivar a tentativa de troca de o financiamento caso fosse direto com a Construtora, aí dependeria do interesse da construtora em aceitar.

      Equipe Click Habitação

  85. Olá,gostaria que vcs me esclarecessem umas duvidas.meu esposo quando solteiro financiou um apartamento para meu cunhado,acontece que o mesmo nao tem pago as prestações e nem o condominio,gerando muitos tranastorno o mesmo nao tem condicoes de financialo pois nao tem credito nome limpo ,as prestações tem valores altos posso rebaixar o valor das prestações e adequar a nossa renda atual ou devolver para o banco,ah nao sabemos o que fazer.

    • Olá Mayson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitaçào.

      Esclarecemos que existem possibilidade de negociação do valor, mas redução do valor não deve ocorrer em grande valor.
      Se tiver FGTS pode ser uma saída para baixar o valor das prestações.
      Procure o banco e veja as condições de negociação.

      Agora, se não tiver condições de arcar com a prestação sugerimos colocar o imóvel a venda e tentar recuperar parte do já pagou.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      Equipe Click Habitação

  86. Olá equipe do click, boa tarde!

    Gostaria de esclarecer uma dúvida: comprei um apto quando era solteira e antes de realizar a declaração de união estável(parcial de bens), porém ao financiar o imóvel meu marido entrou no financiamento e tive que fazer a cessão de 50% do imóvel, preciso saber o que pode ser feito para anular ou transferir novamente para o meu nome, o imóvel continua financiado, meu marido concorda em transferir os 50%. Preciso de ajuda. Muito obrigada, Daniela

    • Olá Daniela

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na União Estável, se não constar nada em contrário, o regime de bens adotado é o da Comunhão Parcial de bens, onde os bens adquiridos após a união são comuns ao casal.
      Se o imóvel era seu, por que você incluiu seu companheiro no financiamento? Você tinha capacidade de pagar os encargos mensais sozinha?
      Mas, em todo caso orientamos a procurar o banco e verificar o que poderá ser efetivado.

      Equipe Click Habitação

  87. Bom dia,
    É possível transferir o financiamento de um imóvel para outro em cidades diferentes? Proprietários diferentes, nesse caso o imóvel que estava financiado fica quitado e o outro que estava quitado ficaria com o financiamento. Parece que determinado banco faz, outros não, seria substituição de bem.

    • Olá Francisco

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que conforme consta no artigo o financiamento imobiliário no Brasil é um crédito vinculado a um imóvel.
      Assim, pode transferir o financiamento para um terceiros ou para um dos participantes do contrato.

      Você pode pleitear a substituição de garantia se tiver outro imóvel em seu nome, sujeito a avaliação e autorização do credor.

      Para adquirir outro imóvel você deve fazer 2 operações distintas:
      – Colocar o imóvel atual à venda e efetivar a transferência de financiamento para um terceiro, se for o caso.
      – Efetivar um novo financiamento, com novas condições, para o imóvel pretendido.

      Equipe Click Habitação

  88. Boa Tarde,
    Gostaria de saber como faço pra transferir o imóvel financiado para meu nome (assumir a divida)?
    Obrigada!!!

    • Olá Lara

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se você não fez parte do financiamento original, ou seja, não é coproprietário do imóvel você deverá efetivar a transferência do financiamento para seu nome.
      Deverá possuir renda suficiente para assumir o encargo mensal integral do financiamento. As condições de financiamento serão atualizadas.

      Agora, se você fez parte da contratação original deverá efetivar a transferência de parte ideal do financiamento.
      Os detalhes constam no artigo. Procure o banco e veja as condições.

      Equipe Click Habitação

  89. ESTOU NEGOCIANDO UMA CASA QUE TENHO FINANCIADA, O COMPRADOR PASSOU UM APARTAMENTO PARA MEU NOME, PARA QUE EU PUDESSE TRANSFERIR A ALIENAÇÃO DA CASA PARA O MESMO, LIBERANDO ASSIM A CASA PARA VENDA, A INSTITUIÇÃO FINANCEIRA ESTA SOLICITANDO QUE EU PAGUE UMA AVALIAÇÃO DE MINHA CASA ATUAL E OUTRA DO APARTAMENTO QUE ESTOU PEGANDO NO NEGÓCIO, GOSTARIA DE SABER SE ISSO É CORRETO?
    E POSTERIORMENTE A ESSA SOLICITAÇÃO A INSTITUIÇÃO DISSE QUE SÕA REMOTAS AS CHANCES DE REALIZAR ESSA TRANSFERENCIA DE DIVIDA, MESMO O VALOR DE MERCADO DO IMÓVEL QUE ESTOU PEGANDO, SER DUAS VEZES MAIOR QUE O SALDO DEVEDOR.
    EXISTE ALGUMA NORMATIVA QUE ME GUARDE ESSE DIREITO?

    • Olá Sergio

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que realmente neste caso é necessária a reavaliação de ambos os imóveis.
      A substituição de garantia do financiamento é prerrogativa do banco, ele poderá aceitar ou não e depende da política de crédito do Banco e da análise jurídica e das condições do imóvel a ser dado em garantia.
      Procure se informar com seu gerente.

      Equipe Click Habitação

  90. Boa tarde. Tenho um imóvel financiado que acabou de ser entregue, porém a mesma construtora está com outro empreendimento em uma localização melhor para mim. Gostaria de saber se é possível a troca de imovél já que é da mesma construtora, e se o banco realiza essa troca.

    • Olá Isabely

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não é usual este tipo de troca.
      Mas, procure a Construtora e depois o banco para verificar o que pode ser feito.

      Equipe Click Habitação

  91. Tenho uma dúvida.
    Possuo um imóvel financiado. Tenho também um segundo imóvel, já quitado.
    É possível oferecer ao banco esse imóvel quitado para pagar o financiamento em andamento? Há chances do Banco aceitar?
    Gostaria da sua opinião.
    Obrigado

    • Olá Jader

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a substituição de garantia é possível e pode ser analisada pelo Banco, desde ambos os imóveis sejam de sua propriedade.
      Haverão custos com avaliação, contratação e registro dos imóveis.
      Leve a proposta ao seu gerente.

      Equipe Click Habitação

  92. gostaria de saber como o banco transfere a cessao de creditos de imovel financiado sem que a venda tenha sido concretizada.

    • Olá Maria

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos podem securitizar créditos ou efetivar a cessão de créditos a outra instituição financeira.
      Trata-se de uma operação possível no mercado financeiro e imobiliário.

      Equipe Click Habitação

  93. Olá!

    Construí uma casa financiada pela Caixa. Como faço para tentar transferir para o BB?
    Outra coisa: após a construção, iniciei a obra (não concluída) de uma área de churrasco no fundo. Preciso averbar essa construção inacabada antes de procurar o BB?

    • Olá Alysson,

      Bom dia! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Para transferir o financiamento para o Banco do Brasil, primeiramente você deve procurar o Banco para saber se é possível.
      Se sim, você deve informar todas as alterações necessárias, uma vez que o financiamento possui cobertura de seguro, cujo valor é baseado na avaliação do imóvel, portanto se modificou, o valor será alterado.

      Equipe Click Habitação

  94. Boa tarde,

    Hoje possuo um financiamento imobiliário com a CEF. Tenho interesse em mudar de imóvel. Posso levar o financiamento atual para o novo imóvel?

    Isto é. Eu venderia o que possuo agora, compro o outro imóvel e continuaria pagando o “mesmo contrato” que tenho hoje (valores e juros) porém vinculado a outro imóvel (usado – 1 ano de construção).

    É possível fazer este tipo de transferência?

    • Olá Theo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no Brasil o financiamento é vinculado ao imóvel.
      Somente seria possível você substituir a garantia se ambos os imóveis já estiverem no seu nome.

      Neste caso, você deve colocar o seu imóvel atual a venda, podendo efetivar a transferência da dívida.
      E deve pleitear novo financiamento para o novo imóvel que pretende adquirir.

      Equipe Click Habitação

  95. Boa tarde, há um imóvel que está financiado por uma construtora, com saldo devedor de 80 mil reais. Gostaria de saber se poderia financiá-lo com a caixa econômica, pois entraria no quesito “interveniente quitante”. Caso a caixa não esteja mais fazendo esse tipo de operação, qual a data da vigência dessa legislação que nega esse tipo de operação? E , caso a caixa aceite esse interveniente quitante por construtora, há uma porcentagem mínima de devo dar de entrada ? Ex: 50% do valor do imóvel.

    • Olá Milena

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pelo que relatou você já comprou o imóvel e tem um financiamento direto com a Construtora.
      Neste caso não seria uma aquisição de imóvel, pois já seria a proprietária.

      Orientamos a procurar o banco e verificar as possibilidades de efetivar o negócio.

      A quota de financiamento é 80% do valor do imóvel ou 90% do valor se optar pelo sistema de amortização SAC. Para financiamento imobiliário.

      Se for um Refinanciamento de imóvel próprio a quota de financiamento é 60%. Será uma operação comercial. Veja no artigo:
      Refinanciamento ou Home Equity: veja como funciona

      Equipe Click Habitação

  96. Bom dia, tenho um imóvel financiado como carta de crédito e gostaria de efetuar a troca dele por outro que já tenho em vista tem como? e a entrada que eu já dei e o valor o valor pago nas parcelas entra como entrada no outro imóvel?

    • Olá Juliana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há possibilidade de trocar o imóvel em garantia do financiamento.
      Somente poderia pleitear se ambos já estivessem em seu nome.

      Neste caso precisará efetivar 2 operações:
      – colocar o imóvel a venda e efetivar a transferência de financiamento
      – Efetivar novo financiamento para o imóvel que pretende adquirir.
      Procure o banco para ver as condições.

      Equipe Click Habitação

  97. Olá tenhonsaudades apartamento financiado e gostaria de troca-lo por uma maior no mesmo condomínio e esse maior também está financiado certo ! Eh possível realizar tal mudança ?! Qual seria o procedimento adotado ? Eu iria passar o meu apartamento menor para o dono do apartamento maior e pagar a diferença à vista ! Eh possível ?

    • Olá Junior

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existem diversos comentários semelhantes.
      Informamos que não há como substituir a garantia, a não ser que os 2 imóveis já estivessem no seu nome.
      Desta forma, serão 2 operações:
      – Efetivar nova operação de crédito e com a liberação dos recursos quitar o financiamento anterior;
      – Após a quitação do financiamento anterior efetivar a escritura de compra e venda para o novo dono. Outra possibilidade seria transferir a dívida para o comprador.

      Analise as possibilidades e verifique com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  98. Boa Tarde.
    Adquiri um apartamento através do Minha Casa Minha Vida e Programa Casa Paulista, apesar da minha renda na época ser inferior a 1.500,00 o financiei em 360 meses e não em 10 anos (faixa 1).
    O contrato de financiamento informa que não posso vendê-lo sem a autorização expressa do CREDOR, me parece que não me enquadro no FAIXA 1 e desta maneira poderia efetuar a venda do imóvel.
    Minha dúvida é se haverá a obrigatoriedade de “devolver” o valor do subsídio recebido além do saldo devedor.?
    Atenciosamente
    Idalina

    • Olá Idalina,

      Boa tarde! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Pelo seu perfil, entendemos que você financiou no Minha Casa Minha Vida faixas II e III – recursos FGTS, cujo prazo máximo é de 360 meses.
      Dessa forma, as regras a serem seguidas são do MCMV, exceto as regras específicas do Casa Paulista.
      No MCMV, para os contratos assinados na fase 3 do programa, ou seja, a partir de 04/01/16, a liquidação/venda pode ser efetuada, desde que haja devolução proporcional do subsídio, nos primeiros cinco anos de contrato.
      Para o restante dos contratos não há essa obrigatoriedade nem impedimento.
      Nesse caso, sugerimos entrar em contato o Governo Estadual – Secretaria da Habitação para verificar se não existe outra regra.
      Sugerimos a leitura do artigo Minha Casa Minha Vida fase 3 recursos FGTS. O que mudou?

      Equipe Click Habitação

  99. Boa tarde!

    Tenho uma casa financiada pela caixa no Plano Minha Casa Minha Vida.
    O Valor atual da minha divida é 50,000.00 ( eu gostaria de substituir o bem de garantia da divida, ou seja dar outro imóvel avaliado em 240.000,00 recém construído sem nenhuma alienação e liberar o imóvel que foi objeto do financiamento.
    Liguei no 0800 da Habitação e me disseram que é possível dependendo do contrato, mais essa analise deve ser feita pela agencia da caixa, porém aqui ninguém sabe me informar, alguém sabe se é possível fazer essa essa transferencial?

    • Olá Amanda

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      A situação é incomum, assim é normal as pessoas desconhecerem, ainda mais de um contrato do MInha Casa Minha Vida.

      Desconheço situação semelhante para o Programa.
      Esclarecemos que este tipo de caso deverá ser formalizado junto a agência e esta deverá encaminhar para instâncias superiores para analise e deliberação.
      Não sabemos se contratos do Minha Casa Minha Vida será aceita esta troca de imóvel, pois desvirtua totalmente o Programa. Mas, tente!

      Equipe Click Habitação

  100. Financiei um imóvel pelo BB em meu nome Março de 20014 o valor era de R$ 100.000,00 dentro do programa minha casa minha vida. Conseguir um subsídio de R$ 15.155,00 e usei meu fgts + entrada e o valor para financiamento ficou R$ 76.545,00. Até o momento foram pagas 27 parcelas e o valor devedor é de R$ 71.016,88.
    O valor de investido neste imóvel por hora até é de um pouco mais de R$ 25.000,00. Já atrasei três parcelas e fui notificado que iria para leilão. As parcelas já foram pagas e temo receber nova notificação por estar desempregado e usando algumas reservas.
    A informação que tive é que não pode ser vendido e nem alugado, já que se trata de um imóvel com taxa diferenciada do programa MCV para quem vai morar. Quero vende-lo, pois irei mudar de cidade em busca de novas oportunidades, tenho uma pessoa que tem interesse de comprá-lo, mas não sei como proceder. E poderei financiar outro imóvel depois?
    Gostaria de um esclarecimento neste sentido fico no aguardo.
    Muito obrigado!

    • Olá Cristiano

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o seu caso trata-se de financiamento no Programa MCMV faixa 2 ou 3.
      Estes podem ser vendidos sim! Veja no artigo:
      Posso vender imóvel do Minha Casa Minha Vida?

      Esclarecemos que o contrato será refeito e serão novas condições para o comprador, orientamos a procurar o Banco.

      Informamos que você poderá financiar outro imóvel, mas sem descontos e subsídios, pois são concedidos uma única vez por pessoa ou família.

      Equipe Click Habitação

  101. Bom dia! moro numa casa financiada pela CEF, que não esta no meu nome só tenho em mãos a transferência em cartório do que preciso para transferir para o meu nome o financiamento.

    • Olá Layla

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a comparecer na agência do banco onde foi efetivado o financiamento levando os documentos pessoais, Imposto de Renda e comprovantes de renda para analise e orientação quanto aos documentos para efetivar a transferência do financiamento.
      Informamos que o procedimento é muito semelhante a compra de imóvel com financiamento.

      Equipe Click Habitação.

  102. Olá, gostaria de solucionar uma dúvida, por gentileza. Eu e minha esposa estamos vivendo em um apartamento que compramos há um ano. Eu dei metade do valor do apartamento como entrada e ela financiou com a CEF a outra metade e está pagando as prestações normalmente. Mas nós não estamos gostando de morar lá e queríamos nos mudar, comprar outro imóvel. Mas às vezes nos sentimos de mãos atadas por causa desse financiamento. Gostaria de saber qual o melhor procedimento que podemos adotar para poder nos mudarmos. Obrigado.

    • Olá Bruno,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não deseja continuar com o imóvel orientamos a procurar um corretor ou imobiliária e colocar o imóvel a venda.
      O comprador poderá transferir o financiamento ou até mesmo quitá-lo. Neste caso, após a entrega do Termo de Quitação vocês elaborariam uma escritura de compra e venda no Cartório.
      Até a transferência ou venda você devem continuar a pagar as prestações.

      Equipe Click Habitação

  103. Prezados, bom dia!

    comprei um apartamento com minha antiga esposa, financiado pela CEF, e me separei. Na epoca minha renda era menor e assim sendo entrei com o valor menor no financiamento e assim ela me devolveu o valor que paguei e ela ficou com o imovel. Nos separamos a 3 anos e hoje quero adquiri um novo imovel financiamento pela CEF. como sei que meu nome ainda consta no antigo contrato e para a Caixa eu ainda tenho este imóvel, preciso saber que procedimento tenho que tomar para livrar meu nome deste antigo contrato e assim ficar livre para comprar um outro financiado pela Caixa. Vale sailientar que estou divorciado no Papel. agradecido pela atenção.

    • Olá Leonardo

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se no formal de partilha homologado pela justiça houve a definição de que o imóvel ficaria com sua ex-esposa orientamos a averbar o formal de partilha e sentença judicial na matrícula do imóvel, assim a propriedade do imóvel passará para ela.
      Quanto ao financiamento deverá ser efetivada a assunção de dívida. Veja no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento
      Ela deverá ter renda suficiente para arcar com o encargo mensal sozinha.

      Se não houve a definição no formal de partilha e na sentença do divórcio deverá ser elaborada a transferência de parte ideal, conforme consta no artigo.

      Equipe Click Habitação

    • Boa tarde! Estou com uma dúvida:
      Há um ano atrás comprei um apartamento financiado pela CEF, dando 35 mil de entrada e assumindo as parcelas por meio de contrato de gaveta. Agora, estamos com a documentação no banco para fazer o fiananciamento no nosso nome (meu e de meu esposo).
      Minha dúvida é: visto de já paguei 35 de entrada e que já pagamos mais de 12 parcelas, o financiamento será apenas do saldo devedor da vendedora, certo?

      Agradeço e a ajuda e parabenizo pelo trabalho do Blog.

    • Olá Stephanne

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que valerá o compromisso de compra e venda que efetivaram.
      Se constava somente o pagamento da entrada citada para o vendedor você ficará apenas com o saldo atual do financiamento com o banco para transferir a dívida para você.

      Equipe Click Habitação

  104. Ola Bom dia ! Qual o procedimento correto: Fui contemplado a quatro anos pelo projeto Tchau Aluguel recebendo na época 17mil de subsidio. Meu saldo devedor ainda e de R$ 38.690, pago uma prestação de R$ 300,00 financiado num total de 300 meses. Hoje fiz uma troca com meu irmão, onde ele assumira esse financiamento ( so ira continuar a pagar essa prestação ) e eu irei para a casa dele onde irei também continuar a pagando apenas a prestação. Detalhe: quero transferir essa responsabilidade a ele, colando o Apartamento no nome dele e as prestações também. Conclusão: A troca na verdade não tem troco, e o que já paguei e como se fosse um presente a ele, pois continuará a pagr apenas as prestações, mais assim mesmo quero passar tudo para o nome dele. Obrigado

    • Olá Fernando,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que não conhecíamos o projeto Tchau Aluguel.
      Em pesquisa na internet localizamos o programa no âmbito da Lei 9080/05 do município de Uberlândia.

      Desta forma, sugerimos contatar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Trabalho verificar as condições de efetivar a transferência.

      Equipe Click Habitação

  105. Boa tarde queria saber o seguinte tenho um financiamento pela caixa , mas passei esse financiamento só em procuração mas a equilina não estar fazendo o pagamento das prestações tem alguma coisa que eu possa fazer ???

    • Olá Sandra

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que vender o imóvel por contrato de gaveta ou até por procuração tem riscos. Veja no artigo:
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

      Orientamos a procurar o morador e efetivar um acordo para formalizar a transferência do financiamento junto ao Banco.

      Equipe Click Habitação

  106. Bom dia!
    Minha namorada e eu compramos um terreno a mais ou menos um ano, o mesmo está financiado pelo corporadora (canoeiro) e o juros que eles estão cobrando é extremamente absurdo… Terreno foi anunciado em 96mil, demos 9,6mil de entrada e pagamos a primeira parcela no valor de R$1270,00 em menos de 1 ano a parcela já está em R$1350,00…
    Pedi o calculo de quitação para efetuar a transferência para a caixa em Dezembro no ano passado e o valor era de apenas 87mil, achamos estranho devido a entrada e as parcelas já pagas, pedi outro em Janeiro deste ano e o valor foi de 87mil para 89mil, assustamos, pois ao invés de diminuir o valor de quitação, ele só subiu, pedi outro agora para vencimento dia 07/07/2016 e está em quase 92mil… Gostaria como eu consigo sair deste ciclo de juros absurdo e transferir minha divida para a caixa?

    POR FAVOR, nos ajudem, queremos construir e essa empresa só está nos roubando!

    • Olá Manasses

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que provavelmente o “problema” é a atualização monetária prevista no contrato.
      Em geral as construtoras utilizam o IGP-M, e a inflação está em alta.
      Sugerimos consultar o PROCON e verificar se os valores cobrados estão corretos.

      Com relação a eventual financiamento orientamos a verificar com o Banco a possibilidade e linha de crédito disponível.

      Equipe Click Habitação

  107. Olá boa tarde! Tenho um apartamento financiado pela Caixa Federal. Está em meu nome juntamente com o nome do meu ex marido. Como nos divorciamos, ele abriu mão do apartamento, porém quer que eu tire a divida do nome dele, ele fez uma declaração reconhecida firma informando que abre mão do apartamento, porém não sei como devo proceder para o apartamento ficar só em meu nome.

    • Olá Daiane

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se houve uma sentença judicial e formal de partilha da separação judicial ou divórcio homologados na justiça determinando que a propriedade fique somente para você, deverá efetivar a assunção de dívida:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento
      Neste caso, averbe a sentença e formal de partilha junto a matrícula do imóvel junto ao Cartório e após procure o Banco para formalizar a assunção de dívida do financiamento.
      Você deverá ter capacidade de pagamento para arcar sozinha com o financiamento.

      Caso não tenha ocorrido a separação ou divórcio com determinação da propriedade somente para você, neste caso deverá ser efetivada a transferência de parte ideal do imóvel.
      Procure o banco para verificar as condições de contratação. Você deverá ter renda para assumir o encargo mensal do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  108. Olá,

    tenho um apartamento financiado, quero vende-lo e comprar uma casa,
    estou interessada em uma casa de maior valor,penso em colocar o apartamento no negocio pelo valor total dele como se fosse quitado e continuar pagando o mesmo contrato sem alteração na casa, transferindo o financiamento de um imovel para outro entrando pelo valor que falta quitar…tem como?claro que vou completar com dinheiro.

    • Olá Andreia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que infelizmente somente seria possível a substituição de garantia do financiamento atual se os 2 imóveis estivessem no seu nome.

      Como não estão você deverá efetivar 2 operações:
      – Vender ou transferir o financiamento atual para um comprador.
      – Efetivar um novo financiamento, com novas condições de financiamento.

      Equipe Click Habitação

  109. Boa noite! Comprei um imóvel financiado pela caixa de uma pessoa e estou pagando as prestações. Gostaria de saber se posso transferir esse financiamento habitacional pra mesma pessoa de quem comprei o apartamento? A compra foi realizada já faz um ano.

    • Olá Wilson,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se for uma venda real e não tiver característica de tentativa “fraude” não há óbice a transferência.
      Lembramos apenas a restrição e o intervalo de uso do FGTS, se houve utilização de FGTS na compra (como entrada) do imóvel. Veja no artigo:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Equipe Click Habitação

  110. Boa tarde! Tenho um financiamento imobiliário com a CEF. No extrato das prestacaoes vem acrescido do valor do seguro, nas parcelas, acontece quer de uns seis meses para cá, o bancasses debitando também, além da parcela seguro porém na minha conta corrente. Lembro que quando fiz o financiamento paguei uma taxa bem
    Alta de seguro
    Que era válido
    Por um período que hoje não me lembro.
    Procede cobrar na parcela mais na minha conta corrente?

    • Olá Susana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o seguro habitacional obrigatório por lei é cobrado juntamente com a prestação do financiamento.

      Se existe a cobrança de algum seguro em sua conta corrente que não seja do seu interesse deve pedir o cancelamento imediato, pois não é obrigatório, deve ser sempre a escolha do cliente.

      Equipe Click Habitação

  111. Olá, gostaria de saber como faço para adquirir um imovel usando o meu fgts, porém o dono do imóvel não é sfh. Como faço para usar o meu fgts nesse caso, a posibilidade ?

    • Olá Suelen

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que é perfeitamente possível a aquisição do imóvel com financiamento e usar o FGTS, desde que o imóvel e você se enquadrem nas condições de uso do FGTS.
      Veja no artigo:
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Assim, o valor do imóvel deverá estar nos limites do SFH e você atender as condições de uso.
      Procure seu banco para verificar as condições.

      Equipe Click Habitação

  112. Olá estou com imóvel em financiamento vai fazer 1 ano porém gostaria de saber se posso fazer transferência deste imóvel para outro financiar outro imóvel com 2 dormitório pq este tem 1 e estou com 2 filho tem condições para isso

    • Olá Talita

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá efetivar 2 operações:
      – Colocar o seu imóvel a venda e efetivar a transferência do financiamento para um terceiro
      – Efetivar novo financiamento para o novo imóvel que pretende adquirir.

      Esclarecemos que as condições de financiamento serão atualizadas para o novo financiamento, ou seja, você não necessariamente terá a mesma taxa de juros do contrato anterior. Faça simulações e verifique se tem condições de assumir o novo financiamento.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Simulação de Financiamento Imobiliário

      Equipe Click Habitação

  113. boa noite, uma coisa que ficou a duvida é se nesse processo o vendedor recebe integralmente o que pagou pelo imóvel ou tem prejuizo?

    • Olá Gabriel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o processo de transferência de financiamento tem algumas vantagens, dentre elas que o imóvel já a garantia do banco.
      O valor do financiamento para o comprador poderá ser o saldo devedor existente ou se ele precisar poderá aumentar este valor limitado as regras de concessão de financiamento: 90% do valor da avaliação do imóvel para opção pelo sistema de amortização SAC ou 80% do valor da avaliação para opção pela tabela PRICE.

      Assim, o vendedor receberá o valor do financiamento do banco e o restante, se houver deverá receber do comprador.
      O comprador poderá utilizar FGTS dentro das regras de uso.

      Qual o prejuízo que quis dizer?

      Equipe Click Habitação

  114. Prezado Gilberto, bom dia!
    É possível eu trocar o imóvel alienado por outro de maior valor ?
    Estou negociando a troca do meu apartamento meu de 2 quartos que é financiado , por um de 3 quartos no mesmo residencial com um amigo , é possível transferir a alienação para o apartamento de 3 quartos? E como seria o pagamento do valor alienado a pessoa que está me vendendo?

    • Olá Marcos

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Para fazer este tipo de transação serão 2 operações:
      – Transferir o primeiro financiamento para o terceiro
      – Fazer novo financiamento para o novo imóvel com novas condições.

      Não há como transferir o financiamento atual para um novo imóvel que não seja seu.
      Ou seja, se os 2 imóveis já estivessem no seu nome, poderia fazer a substituição de garantia do banco, mas como está com um terceiro tem de fazer novo financiamento.

      Equipe Click Habitação

  115. Prezado Gilberto,

    Procurei dois bancos que me informaram da impossibilidade de me transferir o financiamento de um terceiro mantendo as mesmas condições contratuais.(banco do brasil e santander)

    A exemplo, a taxa efetiva de juros do contrato do vendedor é de 9% contra uma taxa de 12% de um novo financiamento no atual mercado.

    Vou utilizar FGTS e valor em dinheiro, mas precisaria “receber” o financiamento do vendedor tal qual como está. É realmente possivel? Há força de lei para que eles aceitem isso?

    Nao quero fazer contrato de gaveta.

    Muito Obrigado

    • Olá Rodrigo,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Realmente na transferência de financiamento a terceiros as condições do financiamento habitacional original serão alteradas e os valores totalmente recalculados (condições atuais de financiamento).
      O grande problema é neste momento estamos com viés de alta no financiamento habitacional.
      Vamos corrigir o quadro do artigo, pois no texto colocamos corretamente que as condições de financiamento serão alteradas.
      O que você poderia fazer, no futuro, seria uma portabilidade de crédito para outro banco, quando as condições econômicas do país fossem mais favoráveis (queda da taxa de juros e aumento dos depósitos na poupança).

      Equipe Click Habitação

  116. Olá tudo bem?
    tenho duas duvidas, e gostaria de saber se podem me ajudar.

    1 – Tenho um imovel já quitado em meu nome(fiz a venda dele porem ainda nao transferiram o imovel) e nunca usei o fgts nesse apartamento. Comprei outro apartamento e gostaria de saber se é possivel utilizar o fgts nesse outro apartamento, ele fica em um municipio limitrofe ao antigo apartamento.

    2 – Na epoca que comprei esse novo apartamento meu pai me ajudou a compor renda, porem agora ja tenho renda suficiente para assumir o financiamento do imovel, qual o procedimento pra retirar ele do contrato?

    Grato Eduardo!

    • Olá Eduardo,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com relação as suas indagações podemos comentar:
      1) Para utilizar o FGTS no segundo imóvel você deverá efetivar o registro da compra e venda do primeiro imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis, pedir uma Certidão de matrícula atualizada e levar ao banco.

      2) Para regularizar a propriedade do imóvel você deverá efetivar a transferência de parte ideal. Veja no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  117. BOA NOITE!
    por gentileza adquiri com o programa par um imovel e quero vender.
    Morei como arrendataria durante 7 anos e a tres anos com opçao de venda comprei ,hoje ele tem um saldo devedor pequeno e estou vendendo ,porem quero saber se sou obrigada a quitar antes para vender?
    Grata!

    • Olá Silene

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Entendemos que a quitação do atual e concomitante efetivação de novo financiamento é possível.
      Mas orientamos a consultar o Banco para verificar as condições de enquadramento do comprador.

      Equipe Click Habitação

  118. Boa noite.

    Possuo um imóvel financiado e gostaria de trocar por outro imóvel de valor superior.
    É possível transferir a dívida atual e realizar outro financiamento para o novo imóvel?
    Qual o trâmite necessário?
    Grata.

    • Olá Jurema,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Conforme consta no artigo no Brasil o crédito imobiliário é uma relação entre um comprador e o Banco, assim se você quiser trocar de imóvel, por exemplo, precisa realizar duas operações:
      * Transferir a dívida do financiamento ou vender para um novo adquirente
      * Nova operação de crédito imobiliário para a compra do novo imóvel

      Assim, deverá colocar o imóvel atual a venda e procurar o novo imóvel.
      Sugerimos simular a operação da nova compra para verificar as condições de financiamento de acordo com sua capacidade de pagamento.
      Simulação de Financiamento Imobiliário

      Procure o banco e veja a documentação necessária.

      Equipe Click Habitação

  119. Olá, tenho um apartamento financiado pela Caixa, queria trocá-lo por uma casa de valor equivalente. Existe a possibilidade de eu negociar pelo valor de mercado, um pelo outro, e somente transferir a divida para o outro imóvel? Obrigado.

    • Olá Giuliano

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no Brasil os financiamentos estão vinculados ao imóvel. Se o outro imóvel estivesse no seu nome poderia pleitear a substituição de garantia junto ao Banco.
      Mas, se for de um terceiro (uma permuta) deverá transferir a dívida do imóvel atual e efetivar um novo financiamento para o novo imóvel.
      Serão 2 operações.

      Equipe Click Habitação

  120. Olá , boa tarde,
    Estou querendo comprar um imovel de minha casa minha vida,
    mas não sou registrado e nem tenho renda fixa.
    Minha mãe quer tirar no nome dela, para depois transferir para mim, Poderia?
    Caso minha mãe tenha uma escritura de um casa em seu nome ,mas não está registrada ela poderia fazer a compra?

    • Olá Raphael,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não existe transferência de financiamento no Programa Minha Casa Minha Vida.

      Mas o autônomo pode financiar imóvel. Veja no artigo:
      Autônomo pode financiar a casa própria?

      Equipe Click Habitação

  121. Ola, estou pretendendo comprar um imovel e assumir o financiamento do vendedor, nao vou mudar o nome do financimanto vou continuar pagando no nome dele e ele ira fazer um procuração no cartorio passando todo o direito da casa pra mim. Minha duvida é: Tenho algum risco de perder o imovel fazendo apenas a procuração?

  122. ola tenho um imóvel financiado pelo mcmv e quero transferir o financiamento para outro eh possível? e mais uma coisa estou querendo transferir pois nao estou conseguindo pagar as parcelas caso eu nao pague e vá a leilao eu terei algum retorno do valor ja pago?

    • Olá Douglas

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a modalidade não prevê transferência de financiamento para terceiro.
      Mas, poderá conseguir um comprador que tenha capacidade de assumir um financiamento com o saldo devedor atual e efetivar a operação de compra e venda com a quitação do financiamento anterior. O contrato novo não será mais Minha Casa Minha Vida, mas poderá ser Carta de Crédito FGTS ou outro produto de acordo com a renda e capacidade de pagamento do comprador.

      Equipe Click Habitação

  123. Boa noite,

    Eu sou um dos coobrigados(Possuo 26% de cota) no financiamento habitacional(sbpe) do imóvel dos meus pais, porém, eles possuíam renda suficiente para aquisição do mesmo na época. Hoje eu pretendo mudar de cidade e comprar meu próprio imóvel, utilizando como entrada meu FGTS e queria saber como funcionaria a transferência da minha parte pra eles. Os gastos seriam com cartório e ITIV?Agradeço desde já!

    • Olá Fernando

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a propriedade de imóvel em percentual de até 40% não é óbice ao uso do FGTS na aquisição do seu imóvel, desde o que o imóvel não tenha financiamento ativo no SFH.
      Não configura situação impeditiva ao uso do FGTS:
      * Ser proprietário ou promitente comprador de fração ideal igual ou inferior a 40% de um ou mais imóveis, desde que não ultrapasse esse percentual em cada imóvel.
      Veja mais no artigo:
      FGTS e a propriedade de imóveis

      Esclarecemos que se quiser efetivar a venda da sua parte deverá efetivar uma transferência de parte ideal. Veja as condições com seu Banco.

      Os custos de Cartório variam de estado para estado. Veja no site do IRIB os custos no seu Estado:
      Tabela de Emolumentos – IRIB

      Já o ITBI ou ITIV dependem da legislação de sua cidade, variam em média de 2% a 3%. Veja no site de sua Prefeitura.

      Equipe Click Habitação

  124. Bom dia, tenho um terreno financiado com recursos do SBPE na Caixa Econômica Federal e pretendo transferir a divida a um amigo que tem interesse em adquiri-lo. Gostaria de saber se é possível a realização desta transferência.

    • Olá Robson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que a transferência é perfeitamente viável. Orientamos a procurar o banco para verificar as condições de efetivar a negociação.

      Equipe Click Habitação

  125. Estou com um processo de financiamento (compra de imóvel usado), ele já passou pela giret, e está tudo conforme, agora qual o próximo passo?, já está perto do fim?

    • Olá Joas

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se já passou pela conformidade (GIRET) cremos que falta a marcação da data de assinatura.
      Veja com o gerente da agência ou o Correspondente Bancário a previsão.

      Equipe Click Habitação

  126. Olá, quero comprar um imóvel de uma pessoa que é beneficiaria do McMv, e ela paga 120 parcelas de R$50,00, sendo que 60 parcelas foram pagas, agora restam 60. Porem ela tem subsidio do FAR… Minha duvida é:

    Se as parcelas forem pagas antecipadamente, o imóvel é liberado pela caixa?

    Resumindo.. Ela quer R$30.000,00 e assumir as 60 parcelas de 50.
    O que devo fazer para que eu não tenha problemas no futuro fazendo a compra?

    Obrigada

    • Olá Nhiara,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Antes de fazer essa operação analise bem a situação. Os contratos do MCMV faixa 1 não permitem a transferência de financiamento. Se você fizer, será um contrato de gaveta. Veja os riscos no artigo Contrato de gaveta e seus riscos.

      Segunda situação, os contratos do FAR não podem ser vendidos no prazo do financiamento, ou seja, em 10 anos. Se fizê-lo, deverá devolver todo subsídio recebido pelo governo. saiba mais no artigo Posso vender imóvel no MCMV?

      Equipe Click Habitação

  127. Olá boa tarde

    Gostaria de saber o que significa prédio incorporado.
    Pois estou em negociação para financiar um apt. e no cartório me deram essa informação.
    Isso dificulta o financiamento no banco?

    Obrigado.

    • Olá Adilson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O mercado imobiliário nas questões de venda e aluguel de casas, apartamentos e salas comerciais utiliza elementos muito importantes: como a incorporação, a incorporadora e a construtora.

      A incorporação imobiliária é a parte jurídica. De acordo com o parágrafo único do art. 28 da lei federal nº 4.591/64 – lei de incorporações – trata-se da padronização e formalização junto ao cartório de imóveis sobre a atividade de promover e realizar a construção de edificações indicando várias informações, como qual o número de unidades juntamente com qual será a área de cada uma delas e quantas vagas na garagem, por exemplo. A empresa responsável por esse processo de incorporação imobiliária é chamada de incorporadora.
      A incorporadora é a grande administradora de tudo isso.

      A construtora é a empresa para colocar em prática as obras. Em termos de serviços, ela é a responsável por contratar a mão de obra e os equipamentos necessários, assim como as máquinas.

      null

      Equipe Click Habitação

  128. Adquiri um imóvel financiado pela Caixa,me divorciei,no acordo perante ao juiz ficou determinado que o imóvel e o restante das prestações passariam a ser da minha ex mulher. Sendo que ela não tem renda. Consigo passar o imóvel e o financiamento para o pai dela,sendo que ele possui um financiamento habitacional em outro banco? Ele possui renda q suporta 2financiamentos. ???

    • Olá Rude

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a solução para este tipo de caso seria a assunção de dívida. Veja no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Mas, como ela não tem renda para assumir o financiamento uma solução parcial seria averbar a sentença e o formal de partilha na matrícula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Neste caso, a propriedade passaria a ser somente dela. Mas, o financiamento continuaria em nome dos dois.

      Esclarecemos que a separação e a averbação não impediriam você de adquirir um novo financiamento e inclusive usar o FGTS no novo imóvel, desde que atenda as demais condições de uso.

      A sugestão de transferir para o pai dela implicaria em maiores custos e impostos, pois seria uma operação de compra e venda.

      Equipe Click Habitação

  129. Olá,Boa tarde!

    Tenho um imóvel financiado pela CEF, e já faz um ano e meio. Sendo que gostaria de saber se eu tenho como passar pra frente este imóvel que é uma casa e financiar um novo imóvel que seria um apartamento. Há como realizar uma troca desse financiamento? E qual a melhor opção para que eu possa fazer e financiar um novo imóvel?

    Desde já, agradeço!

    • Olá Adrienny

      Se os ambos os imóveis não estiverem no seu nome não é possível a substituição de garantia.

      Neste caso deverão ser efetivados 2 operações:
      – colocar o seu imóvel a venda, podendo efetivar a transferência do financiamento, se necessário.
      – efetivar novo financiamento para aquisição do novo imóvel

      Equipe Click Habitação

  130. Equipe Click Habitação disse:
    mai 10, 2016 às 18:04
    Olá Marcia,

    Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

    Esclarecemos que somente seria possível a substituição de garantia se ambos os imóveis já estivessem no seu nome.

    No caso relatado seria necessário efetivar 2 operações simultâneas ou não. Uma para quitação ou transferência do saldo devedor do financiamento atual e outra para efetivar nova operação de crédito de compra do novo imóvel.
    O valor da compra pode ser utilizado para quitação do saldo do primeiro contrato.
    Se a opção for pela quitação do financiamento anterior seria necessária a elaboração de contrato de compromisso de compra e venda e posterior escritura no Cartório para efetivar a transferência de propriedade.
    Consulte as condições com seu gerente no Banco.

    Bom dia , no caso dos dois imóveis estarem com escritura em meu nome seria possível a transferência de dívida de um para o outro , ficando apto para transferência de nome o que estava financiado? A Caixa Federal isentaria de compromissos o imóvel , se o outro ficasse como garantia ?
    Os custos para essa operação gira em torno de quanto ?
    Obrigada Márcia.

    • Olá Marcia,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se ambos os imóveis estiverem em seu nome a substituição de garantia no financiamento seria possível de análise pelo Banco.
      Assim, o Banco analisará e poderá aceitar a troca.

      Os custos envolvidos seriam de nova avaliação do imóvel e escrituração pelo banco. Sugerimos consultar os custos junto ao banco.
      Os custos cartorários sugerimos consultar os Cartórios envolvidos.

      Equipe Click Habitação

  131. Boa tarde, tenho um imóvel financiado pela CEF, quero realizar a troca desse imóvel com outra pessoa que tem um imóvel quitado. Há como realizar a transferencia desse financiamento para esse imóvel quitado e continuar pagando as prestações como venho realizando?

    grata.

    • Olá Marcia,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que somente seria possível a substituição de garantia se ambos os imóveis já estivessem no seu nome.

      No caso relatado seria necessário efetivar 2 operações simultâneas ou não. Uma para quitação ou transferência do saldo devedor do financiamento atual e outra para efetivar nova operação de crédito de compra do novo imóvel.
      O valor da compra pode ser utilizado para quitação do saldo do primeiro contrato.
      Se a opção for pela quitação do financiamento anterior seria necessária a elaboração de contrato de compromisso de compra e venda e posterior escritura no Cartório para efetivar a transferência de propriedade.
      Consulte as condições com seu gerente no Banco.

      Equipe Click Habitação

  132. boa noite, gostaria de saber como faço para poder vender um imóvel financiado pela caixa.Ainda faltam prestações ,só que o imóvel já valorizou pois fiz benfeitorias,entao como faço pois tem 100 mil reais pra quitar e quero 360 mil qual possibilidades tenho,e financiado pela CEF.grato

    • Olá Cleitom

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a operação de venda poderá ser efetivado normalmente.

      Se o comprador tiver o dinheiro para lhe passar a sua parte poderá ser transferido o financiamento pelo valor do saldo devedor junto ao banco.

      Mas, se não tiver o banco poderá efetivar a operação de quitação do seu saldo e novo financiamento do valor necessário para o comprador, desde que tenha capacidade de pagamento e passe na avaliação de risco do banco.

      Procure seu gerente.

      Equipe Click Habitação

  133. Olá,

    Tenho um financiamento com a CEF de um terreno que tem um saldo devedor.
    Bem, tenho um outro imóvel que esta quitado sem nehum débito cujo valor é maior que o terreno que esta financiado pela CEF. Gostaria de vender o terreno que esta financiado e transferi o saldo devedor para o imovel que esta quitado.
    Seria como uma TROCA DE GARANTIA para o financiamento que tenho atualmente. Isso é possível?

    • Olá Robson

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se os imóveis estiverem no seu nome será possível pleitear a substituição de garantia.
      Orientamos a levar a documentação ao banco para verificar as possibilidades de aceitação.

      Equipe Click Habitação

  134. OLA BOA TARDE, EU ATASEI A MINHA PRESTACAO DA CASA DOS MES DE 02/2016 AI EU FUI PAGAR NO DIA 30/05 ESTAO ME COBRANDO 130,00 REAIS DE JUROS, E EU AINDA NAO PAGUEI PQ EU QUERIA PAGAR FEVEREIRO E ABRIL…A PRESTACAO E 325,00 E TAO COBRANDO 461,00 E JUSTO ESTE JURO…E EU JA ATRASEI ESSE MESMO TEMPO E NAO PAQUEI ISSO TUDO,,

    • Olá Deynison

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que provavelmente devem existir custas de cobrança pelo atraso.
      Sugerimos verificar junto ao Banco.

      Orientamos a negociar de forma a não atrasar mais e ter que pagar despesas desnecessárias.
      Utilize o FGTS para pagamento de parte da prestação, se tiver. Veja no artigo:
      Como diminuir valor da prestação habitacional?

      Equipe Click Habitação

  135. boa tarde gostaria de sua ajuda ,a uns anos atras fiz a inscricao de minha casa minha vida. fui chamada num escritorio q fica em poa la eles pedirao xerox de alguns documwentos para mandar para caixa ecomomica e mandou eu aguardar .so que depois nunca mais entraram em contato.retornei la e ja eram outras pessoas e expliquei o caso e de fato meu nome tinha saida mais segundo eles nao tinha sido aprovado pela caixa mas nao tenho restricao e ainda era pensionista .fiquei muito triste e deixei para la mas devia ter ido atras e meu direito .mas nao sei o que fazer nesse caso gostaria de uma orientacao

    • Olá Patricia,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Como você comentou sobre inscrição entendemos que trata-se de MCMV faixa 1. Quando te chamaram, você foi informada se foi sorteada, já que os documentos seriam entregues a CAIXA?
      Você comentou sobre escritório, muito estranho pois todo contato deve ser feito junto a prefeitura. E somente esta pode informar os motivos de pendências ou mesmo informar que você foi beneficiada.
      Sugerimos procurar diretamente a prefeitura onde efetuou a inscrição.

      Equipe Click Habitação

  136. Ola,
    Quero vender um apartamento que esta financiado na caixa em meu nome, sendo que existe a possibilidade de eu vender sen que automaticamente o restante do financiamento seja quitado, ou seja, vender por um valor e continuar com o financiamento?

    • Olá Davi

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a transferência é a modalidade para passar o valor do financiamento para um terceiro ou para um co-adquirente do imóvel.

      Procure se informar no Banco. As condições constam no artigo.

      Equipe Click Habitação

  137. Estou pagando o financiamento de um apartamento e gostaria de comprar outro e vender esse aqui. Tem como fazer a transferência do financiamento de um apartamento para o outro? Como funciona?

    • Olá Ana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional não há como transferir o financiamento de um imóvel para outro a ser adquirido. Você deverá fazer 2 operações:
      – Colocar seu imóvel a venda. Você poderá transferir o financiamento para o comprador, se for o caso.
      – Efetivar novo financiamento para o imóvel que pretende comprar.

      Equipe Click Habitação

  138. BOA TARDE, ESTOU FAZENDO UMA NEGOCIAÇÃO DE TROCA DA MINHA CASA (QUITADA E COM REGISTRO EM MEU NOME), POR OUTRA DE MAIOR VALOR (QUE ESTÁ FINANCIADA EM NOME DO OUTRO PROPRIETÁRIO); RESTAM 315 PARCELAS , ONDE EU GOSTARIA DE UTILIZAR MEU FGTS MAIS CERTA QUANTIA PARA AMORTIZAR PARTE DO SALDO DEVEDOR. GOSTARIA DE SABER QUAL O PROCEDIMENTO PARA TAL E TRANSFERIR O FINANCIAMENTO PARA MEU NOME.

    • Olá Paulo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o Banco envolvido para verificar a documentação para a efetivação do negócio.
      Se os imóveis forem no mesmo município as transferências devem ser concomitantes para que você possa utilizar o FGTS na entrada do financiamento, bem como devem ser respeitados os limites de financiamento e avaliação do SFH para o uso do FGTS.

      Veja as condições de uso do FGTS:
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Equipe Click Habitação

  139. OLA BOA TARDE, EU ASSUMI UMA CASA DE AMIGO MEU JA FAZEM SEIS MESES EU QUERIA UMA INFORMAÇAO COMO FAÇO PRA TRANSFERIR PARA MEU NOME…

    • Olá Deynison

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco e verificar as providências para a transferência do financiamento para seu nome.
      Você passará por avaliação cadastral e de crédito para verificar a aceitabilidade e capacidade de pagamento do encargo mensal.
      É uma operação muito semelhante a compra de imóvel, mas neste caso o imóvel já está financiado, havendo a necessidade da operação de transferência.

      Equipe Click Habitação

  140. Bom dia! Temos um apartento que estamos pagando financianto ,gostaria de saber se tem como passar o financiamento do apê para uma casa ?

    • Olá Luciana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não é possível transferir um financiamento de imóvel para outro.
      Você deverá efetivar 2 operações:
      – Colocar o imóvel atual à venda, podendo efetivar a transferência do financiamento atual para um terceiro;
      – Efetivar nova operação de financiamento habitacional para o novo imóvel

      Equipe Click Habitação

  141. Boa noite,
    Comprei um apartamento pelo minha casa minha vida com condicoes muito boas, o problema e que e muito longe de onde moro e nao pretendo morar la o corretor me disse q nao tinha problema assim q pegasse as chaves eu poderia vender alugar sem problemas, o gerente do banco disse a mesma coisa
    mas ja ouvi q nao posso fazer isso por um periodo de 5 a dez anos e agora o que devo fazer.

    • Olá Elandro

      Boa Noite!

      Lembramos que o Programa Minha Casa Minha Vida tem subsídios e juros baratos para propiciar as pessoas de baixa renda comprar seu imóvel.
      Não faz sentido comprar um imóvel onde não se vai morar.
      O prazo de 10 anos para vender é apenas para a Faixa 1 do Programa.

      Você leu o artigo que recomendamos no seu comentário anterior?
      Em qual faixa do Programa que você se enquadra?
      Se não pretende morar no imóvel por que comprou?

      Esclarecemos que não existe transferência para contratos do Programa.
      Orientamos a procurar o banco para ver as alternativas

      Equipe Click Habitação

  142. Boa tarde prezados, a minha dúvida é referente a uma dissolução de união estável extrajudicial, o casal durante a vigência da relação adquiriu um imóvel com o financiamento já em andamento, imóvel este que é financiado pelo Minha Casa Minha Vida, porém nunca o transferiram, apenas continuaram a fazer o pagamento das prestações, o casal em comum acordo resolveu que o imóvel ficará com a companheira, mas devido o imóvel estar em nome de terceiro, não pode entrar na partilha, o que fazer para regularizar esta situação e garantir que o imóvel entre na partilha e garanta direitos relativos a propriedade a companheira?

    • Olá Daniel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em primeiro lugar esclarecemos pelo que foi comentado o imóvel foi comprado em contrato de gaveta.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

      Esclarecemos que o Programa Minha Casa Minha Vida não prevê transferência de financiamento para terceiros, a não ser entre participantes do contrato com o Banco.

      A solução deverá passar pela quitação antecipada do financiamento e efetivar nova operação de compra junto ao banco.
      A companheira deverá possuir renda suficiente para arcar sozinha com o financiamento.
      Orientamos a procurar o banco verificar as condições de efetivar a operação.
      Lembramos que o contrato de gaveta poderá ser um empecilho, pois é uma irregularidade cometida pelo comprador original. Cuidado!

      Equipe Click Habitação

  143. Olá, boa tarde.
    À cerca de 1ano e 8 mêses atras eu comprei um apartamento tipo privê financiado pelo minha casa minha vida, e desde que eu me mudei este apartamento vem apresentando muitos problemas, como rachaduras em todo o muro e nas paredes do térreo, infiltrações de água de chuva, paredes mofadas, descascando, e a parte do esgoto está terrivel, eu não posso nem tomar banho na minha casa que molha toda a casa da minha visinha de baixo, se eu levar roupa a casa de baixo fica inundada. A água cai feito um chuveiro na casa de baixo pelo gesso, nós acreditamos que os canos de esgoto estão estourados.
    Pense em um transtorno. Nós ja acionamos o construtor mas ele nunca deu as caras, não atende nossas ligações e quando vamos no escritorio dele, ele se esconde e não resolve nada.
    Nós também fomos na caixa para ver se eles nos ajudam de alguma forma, mas disseram que quem tem que resolver é o construtor e não eles.

    Eu não sei mais o que fazer. Gostaria de saber se eu posso entrar na justica pra cancelar o financiamento e receber todo o dinheiro que eu paguei de volta, pois não dá mais pra morar nessa casa. E infelizmente eu não posso nem alugar outra já que estou pagando o financiamento. Só queria me livrar desse pesadelo.

    • Olá Marília

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a CAIXA tem um canal exclusivo para atendimento deste tipo de problema:
      De Olho na Qualidade (Exclusivo Minha Casa Minha Vida)
      ​0800 721 6268
      Dúvidas, reclamações, elogios e denúncias referentes ao programa Minha Casa Minha Vida.
      O atendimento ocorre 24 horas por dia, 7 dias por semana.
      ​A ligação pode ser realizada por telefone fixo e celular.

      Orientamos a efetivar a reclamação e aguardar o posicionamento do banco.

      Caso não fique satisfeita com a solução apresentada orientamos a procurar o PROCON ou advogado de sua confiança para defender os seus interesses.

      Equipe Click Habitação

  144. Boa noite!to com uma duviada será que vcs podem me ajudar?tive uma união estável de 5anos.a 2 me separei.nos procuramos uma advogada que fez a dissolução e a separação dos bens onde eu fiquei com a casa que e financiada pela caixa econômica.depois da sentença a advogada disse que a caixa seria notificada e automaticamente seria excluido o nome de meu ex do financiamento mas isso não ocorreu.dai eu fui a caixa pra fazer a transferência somente pro meu nome,mas por motivos pessoais tive que voltar a minha cidade de origem e não posso voltar la na cidade onde tenho a casa e também no momento não tenho a renda que eles me pediram.o fato e:meu ex depois de 2anos se arrependeu e começou a sacar o dinheiro que eu deposito na conta pra fazer o pagamento da casa.no momento não posso ir na caixa da cidade.sera que posso pedir que a caixa me mande boleto pra pagar sem precisar usar a conta que ainda e no nome de meu ex ate poder ir la resolver?desde ja agradeço a compreensao

    • Olá Elane,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o primeiro passo é averbar a sentença e o formal de partilha junto ao Cartório de Registro de Imóveis, pedindo uma Certidão de matrícula atualizada. Isso já garante a publicidade de que o imóvel é somente seu.

      Neste caso deverá efetivar uma Assunção de dívida, quando tiver a capacidade de pagamento para assumir o pagamento dos encargos do financiamento sozinha. Veja no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Com relação ao pagamento dos encargos você poderá alterar a conta de debito.

      Mas, existem opções de você pegar o boleto mensal, inclusive no celular. Veja os artigos:
      CAIXA lança APP para serviços financiamento habitacional
      Boleto Habitação CAIXA – Como emitir

      E ainda a CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Equipe Click Habitação

  145. Boa noite! Tenho uma casa financiada pela Caixa. Desejo comprar uma nova casa, a qual eu daria esta minha atual casa, como entrada na compra desta nova casa. Tenho duas dúvidas:

    1) é possível transferir o financiamento da minha atual casa para esta futura casa?

    2) um exemplo: essa nova casa o valor é 800 mil reais. Dá atual casa tenho um saldo devedor de 100 mil reais. E no caso desta casa nova, como eu faria para dar a minha atual casa, em relação ao atual financiamento que ela já tem e ainda financiar a diferença desta nova casa?

    Obrigado

    • Olá Marcos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para atender ao seu objetivo deverá efetivar 2 operações:
      – Vender o primeiro imóvel ou transferir a dívida para um novo comprador;
      – Efetivar um novo financiamento para a aquisição do imóvel pretendido.

      Assim não é possível transferir o financiamento atual para a compra do novo imóvel.
      Procure o seu banco.

      Equipe Click Habitação

  146. Bom dia.

    Preciso de esclarecimentos sobre a seguinte questão, sendo:

    1. Tenho um imóvel financiado pela CEF com saldo devedor em torno de R$54.000, sendo que a avalização de mercado dele está em R$185.000.

    2. Estou com interesse em adquirir um novo imóvel (novo) no valor de R$200.000. Então onde surgem às minhas dúvidas.

    * Posso usar o primeiro imóvel como parte de pagamento do novo abatendo o saldo devedor e financiando o saldo restante?
    * Posso transferir o financiamento o primeiro para o segundo?
    * Tenho 40 anos com renda comprovada de R$2.400 e FGTS de R$11.495,28.
    * Qual será em média o ônus dessa transação?
    * Há algo que precise saber além do que questionei?

    No aguardo e obrigado antecipadamente.

    • Olá Marcos

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em relação as suas indagações podemos informar:
      – o primeiro imóvel seu não está quitado, portanto para ser objeto de negociação o comprador deverá ajudar você a quitá-lo junto ao banco ou efetivar a transferência e continuar pagamento o financiamento.
      – Não poderá transferir o financiamento atual para o novo imóvel. Deverá fazer um novo financiamento.
      – A média de custos com o financiamento é de 3 a 6% do valor do financiamento.

      Sugerimos a leitura dos passos para financiar seu imóvel constante na pagina inicial do site:
      8 passos para comprar

      Equipe Click Habitação

  147. Prezados,

    Há possibilidade de excluir o participante que não comprovou a renda do contrato de financiamento do imóvel, permanecendo somente a titular? Sendo certo que a titular é mãe da participante e é a titular que tem os valores das prestações descontadas diretamente da sua conta e os boletos de conferência vem em nome desta, bem como ela arca com o valor do condomínio que vem apenas em seu nome?

    Atenciosamente,

    • Olá Fernanda

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco para efetivar a transferência de parte ideal do financiamento.
      Haverão custos com: ITBI, contratação com banco e registro junto ao Cartório de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

  148. Boa noite,
    Tenho um apartamento financiado pela Caixa Econômica Federal mas não estou conseguindo pagar as parcelas do financiamento, por isso quero transferir o financiamento para um amigo que me dará um valor em especie e assumira o financiamento. Contudo a gerente da caixa me informou que não posso transferir o financiamento do meu imóvel e que meu amigo terá que fazer um novo financiamento com condições e taxas de juros diferentes das minhas.
    Essa informação da gerente é correta?
    Obrigado

    • Olá Paulo,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que sim. As condições apenas de manteriam se fosse uma transferência de parte ideal, ou seja, se fosse um participante do contrato atual a comprar a sua parte.
      Se for a transferência para um terceiro será como uma contratação nova, com reenquadramento do contrato as condições atuais e do comprador.

      Formas de transferência de dívida
      – Transferência a terceiros de dívida vinculada a financiamento mediante reenquadramento das condições contratuais.
      – Transferência de parte ideal mediante ratificação das condições contratuais de financiamento.

      Equipe Click Habitação

  149. Adquiri um imóvel a uma construtora, dando uma entrada e financiando o saldo devedor pela própria construtora. Porém chegou ao ponto que ficou inviável o pagamento das parcelas. Existe a possibilidade de transferir esse financiamento para a CEF?

    • Olá Vinicius,

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que não existe este tipo de “transferência de financiamento”.
      Mas, dependendo como foi efetivado o contrato há possibilidade de negociação com a Construtora e inicio de financiamento habitacional com o Banco.

      Orientamos a procurar a Construtora e ver a viabilidade de efetivar a negociação.

      Equipe Click Habitação

  150. Boa noite!

    É o seguinte: tenho um cliente que deseja comprar um imóvel que foi adquirido por outra pessoa em uma construtora, nas seguintes condições:

    1) O imóvel estava na planta e até este mês o vendedor está pagando juros de obras;
    2) O imóvel estava no valor de R$ 145.000,00 Plano Minha casa Minha Vida;
    3) Foi usado R$ 20.000,00 de Fgts para compor a entrada;
    4) O comprador não obteve subsídio por ter a renda alta;

    Agora a pergunta:
    O novo comprador tem renda de R$ 1.850,00, nasceu em 1989, tem apenas R$ 2.000,00 de Fgts. Sei que o fgts ele não pode usar, já que o primeiro comprador usou, mas ele tem direito ao subsídio, já que o primeiro não obteve por ter uma renda alta?

    O vendedor foi até a Caixa e o gerente disse a ele, que o comprador sim, tem direito ao subsídio e eu fiquei bem confusa, pois mesmo que ele não tenha obtido o subsídio, ele foi beneficiado por uma taxa menor, por tratar-se de imóvel do Plano MCMV, não é mesmo?

    Obrigada!

    • Olá Vera

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existem 2 Programas habitacionais com recursos do FGTS e que tem subsídios:
      – Programa Minha Casa Minha Vida – para imóveis novos e
      – Carta de Crédito FGTS – para imóveis usados.

      Assim, é possível ao adquirente, se houver o enquadramento na Carta de Crédito FGTS obter taxa de juros mais baixa e subsídios do FGTS.

      Equipe Click Habitação

  151. Boa tarde

    Exemplo de situação: Tenho um ap financiado, encontrei uma pessoa com uma casa quitada e toda documentação em ordem que deseja trocar o imóvel dela pelo meu ap é possivel fazer a transferência da divida do meu ap pro imovel dela?

    Att.
    Luana

    • Olá Luana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não é possível a troca de garantia no exemplo citado, pois os 2 imóveis teriam que estar no seu nome para ser analisada a possibilidade pelo Banco.
      Mas, poderá ser efetivada a quitação ou transferência do financiamento atual para o dono do novo imóvel.
      E em paralelo, você efetivar novo financiamento para a compra do novo imóvel desejado.

      Assim, deverão ser 2 operações separadas.

      Equipe Click Habitação

  152. Meu esposo quer buscar a portabilidade em um contrato de financiamento imobiliário, no entanto estou com restrição de crédito. Será possível fazer novo contrato?

    • Olá Suzana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que em qualquer concessão de crédito os bancos fazem pesquisa cadastral.
      Não será diferente no caso de portabilidade de financiamento.
      Assim, dependerá da política interna de cada banco e do tipo de restrição.
      Orientamos a consultar o Banco.

      Equipe Click Habitação

  153. Bom dia,
    Tenho um imóvel (casa) financiada pela Caixa, porém moro em um apartamento que minha irmã financiou, agora quero transferir o financiamento do apartamento para meu nome e da casa para o nome da minha irmã (ela mora nesse imóvel). Como faço isso?
    Desde já agradeço

    • Olá Francisco

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que serão duas operações separadas, ou seja, não há como fazer a troca de garantia nestas condições, serão necessários efetivar 2 operações de transferência junto ao Banco.
      Orientamos a procurar o banco para as tratativas de formalização das operações.

      Equipe Click Habitação

  154. Boa tarde,

    Primeiramente gostaria de parabenizar pelo site.

    Minha dúvida agora; Financiei um imóvel em 2012 pelo programa minha casa minha vida.
    O imóvel foi financiado no meu nome e da minha ex namorada.
    Não moro mais com ela á 3 anos, porém a casa ainda está em meu nome e no nome dela.

    Tem como eu deixar o imóvel somente no nome dela, ou seja, retirar o meu nome do financiamento? ou no caso transferir a financiamento para ela? tem um custo por isso?

    Outra dúvida, tirando meu nome do financiamento consigo financiar no futuro outro imóvel pelo minha casa minha vida?

    Obrigado.

    • Olá Nei

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a transferência de parte ideal é possível de ser efetivada.
      Porém, neste caso não terá direito a outra operação com subsídios do FGTS (Programa Minha Casa Minha Vida ou Carta de Crédito FGTS).

      Poderá financiar com recursos da poupança (SBPE).

      Equipe Click Habitação

  155. Estou desempregado e com dificuldades para pagar meu financiamento junto a CEF. Consegui um comprador para casa que ira quitar a mesma.
    Só que estou com uma divida vencida no Cheque especial da CEF a mesma pode embargar a minha venda por causa desta pendencia?

    • Olá Elton

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como mencionou que haverá a quitação da dívida junto ao Banco do financiamento habitacional. O Banco terá 30 dias para entregar o Termo de Quitação.
      A sua dívida comercial (cheque especial) pode ser um problema no caso de transferência de financiamento.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Quitação de Financiamento Habitacional

      Equipe Click Habitação

  156. Comprei uma casa financiada pela caixa econômica, paguei duas mensalidades, dois meses que estou morando, o telhado da casa baixou e o encanamento causa muito cheiro de fossa. Fui atrás dos responsáveis e não sanan o problema, disseram que eu teria que falar com a construtora. Quero saber se posso usar o mesmo financiamento pra outra casa. Sem ter que vender a que estou.

    • Olá Anelise

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não é possível trocar de imóvel financiado, nas condições informadas por você.

      Você deve insistir junto ao vendedor e a Construtora para resolução dos problemas apresentados.
      Caso não seja atendida orientamos a procurar o PROCON para receber orientações ajuda jurídica, se for necessário.

      Veja mais:
      Vício ou defeito Construtivo: Cuidados com o imóvel

      Equipe Click Habitação

  157. Gostaria de saber o seguinte,tenho um financiamento pela minha casa minha vida,,mas o financiamento está no meu nome e do meu ex marido tb,,agora ele quer comprar outra casa pelo financiamento minha casa minha vida e quer saber se pode,,mas não somos separados no papel,então será q ele pode financiar ou tem que separar primeiro??

    • Olá Jucicleia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Na situação apresentada para que ele possa ter o direito de novo financiamento deverá ser formalizada a separação ou divórcio e no formal de partilha o imóvel fique definido como somente de sua propriedade.
      A sentença da separação ou divórcio e o formal de partilha de partilha devem ser averbados junto ao Cartório de Registro de Imóveis.

      Perda do Direito de residência por força de separação Judicial e extrajudicial
      É permitida a utilização do FGTS por trabalhador que tenha perdido o direito de residir em imóvel de sua propriedade por força de separação judicial, divórcio ou separação extrajudicial na forma da Lei 11.441/07, independente da fração ideal da propriedade a ele atribuída e da responsabilidade pelo pagamento de prestação do financiamento para aquisição do imóvel.
      Veja mais no artigo:
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Equipe Click Habitação

    • Olá Carol,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que desde que tenha capacidade de pagamento e passe pela avaliação de crédito do Banco não há óbice em efetivar novo financiamento.

      Equipe Click Habitação

  158. Boa tarde,
    Tenho uma casa financiada em um município pela caixa.
    Gostaria de comprar um lote em outro município e este lote já possui um financiamento em andamento pela caixa que tem o saldo devedor de 57.000,00 consigo transferir este financiamento em andamento para meu nome por já possuir um financiamento pela caixa em andamento e se a caixa aceita transferência de financiamento ?
    Desde já agradeço.

    • Olá TOM

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que a principio não haveria problema em efetivar a transferência de financiamento, desde que, tenha capacidade de pagamento para arcar com 2 financiamentos e passe pela avaliação de risco do Banco.
      Orientamos a procurar a agência do Banco para tratativas de negociação.

      Equipe Click Habitação

  159. Boa tarde, comprei um imóvel financiado pela Caixa e efetuei a quitação no final do ano. Já possuo o termo de quitação da Caixa, gostaria de solicitar a escritura desse imóvel, já que o mesmo está em nome da construtora. Como devo proceder? Att.

    • Olá Cleide,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o contrato de financiamento habitacional já é a escritura definitiva, desta forma basta você averbar o Termo de Quitação no Cartório de Registro de Imóveis e requerer uma Certidão de Matrícula atualizada.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Quitação de Financiamento Habitacional

      Equipe Click Habitação

  160. Olá, boa tarde.
    Premeiro lugar gostaria de parabenizar o site.
    Gostaria muito da ajudar de vocês; tenho um financiamento de apto junto a caixa econômica, fiz com o meu ex marido; entanto venho pagando sozinha. Procurei a caixa pra informar sobre a transferência, porém não tenho condições financeiras de arcar o financiamento sozinha, e não quero vender.
    Gostaria de saber se tem uma forma de fazer um contrato junto com o meu ex, no caso com aceitação dele e pagando o que ele pagou, que ele não paga o financiamento e quando ocorrer a quitação transferir só para o meu nome.
    No aguardo .
    Obrigado

    • Olá Marli,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a melhor saída para garantir isso seria a sentença da separação e formal de partilha passando o imóvel para seu nome.
      Vocês formalizaram a separação ou divórcio?

      Veja detalhes no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Assim, se tiver a sentença passando o imóvel para você basta averbação junto ao Cartório de Registro de Imóveis que a propriedade é somente sua. Pronto!

      O financiamento você depois vê como regularizar, quando for possível, o saldo devedor ficar menor ou sua renda aumentar.

      Equipe Click Habitação

  161. Bom dia,

    Temos um apartamento fianciado pela caixa e preciso saber se posso mudar o bem de garantia que no caso é esse apartamento para um outro imóvel,uma casa, a fim de desaliená-lo.

    • Olá Leandra

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a substituição de garantia é possível, desde o novo imóvel seja compatível com o financiamento tomado e possa ser aceito como garantia.
      Orientamos a procurar a agência para as tratativas de negociação.
      Haverão custos com: contratação com banco, vistoria e avaliação do novo imóvel e registro em cartório.

      Equipe Click Habitação

  162. Bom dia,

    Estou vendendo meu imóvel que encontra-se financiado pela caixa. O comprador pretende adquirir um financiamento no banco santander. Gostaria de saber como funciona esse processo. Eu preciso quitar o imóvel para vender ou a transação pode ser feita entre os dois bancos para que a quitação seja feita com o valor do financiamento adquirido pelo comprador no banco santander?

    • Olá Lucas,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      A operação poderá ser intermediada entre os Bancos, por meio de cláusula de Interveniente Quitante.

      Assim, o Santander pedirá o saldo devedor em determinada data e emitirá uma TED ou cheque ao outro banco efetivando a quitação.
      A CAIXA assinaria o contrato como Interveniente Quitante.

      Veja mais no artigo:
      Diferença entre Portabilidade e Interveniente Quitante

      Equipe Click Habitação

  163. Olá bom dia ,

    gostaria de uma informação, quando o contrato consiste em duas pessoas o proprietario e o cooproprietario, e este cooproprietário foi apenas para compor a renda e o mesmo tem interesse de passar ao proprietario sua parte do imovel, a transferencia para que seja retirado o nome do mesmo do imovel é apenas realizar o refinanciamento junto ao banco ? Quando este refinanciamento for aceito, haverá nova entrada (R$)? o valor do imovel permanecerá o mesmo e apenas será agregado ao proprietario a nova renda ?

    Att,

    • Olá Julia,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a composição de renda é comum e utilizada no mercado. Até temos um artigo sobre este tema:
      Compor Renda para o financiamento imobiliário

      A regularização é efetivada por meio da transferência de parte ideal, as condições contratuais continuarão as mesmas, mas a pessoa deverá comprovar capacidade de pagamento para arcar com a parcela integral.
      Haverão custos: ITBI, contratação com o Banco e registro no Cartório.

      Equipe Click Habitação

  164. Oi! Gostaria que me esclarecesse o seguinte. Possuo um imóvel que adquiri através de financiamento junto a Caixa em 2006. Recebi um subsídio e utilizei o FGTS. Em 2011 adquiri, novamente através de financiamento junto a Caixa, um segundo imóvel, neste caso não recebi subsídio algum. Atualmente tenho saldo no FGTS. Fui a Caixa e me informaram que eu não poderia utilizar o recurso para quitar meu atual financiamento por ser titular de um segundo imóvel no mesmo município. No caso de venda do segundo imóvel (situação em que deixaria de ser titular de 2 imóveis) poderei requerer o uso do saldo do FGTS para quitar o financiamento ativo?

    • Olá Eli

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se vender o imóvel impeditivo para o uso do FGTS poderá utilizar o FGTS no segundo imóvel, desde atenda as condições de uso do FGTS.

      Veja mais:
      FGTS e a propriedade de imóveis

      Equipe Click Habitação

  165. Olá,
    Vivo uma união estável desde 2008, em 2010, minha companheira adquiriu um financiamento de imóvel individualmente pela Caixa (sem meu conhecimento), não figuro como coproprietário deste imóvel e nem no financiamento, só fiquei sabendo em 2013, quando fui financiar um imóvel pela Caixa, agora como casal e usando a declaração de união estável (certidão essa, gerada em 2008), fizemos o financiamento e vivo atualmente nesta residência com minha família. Ressentimento, estive na Caixa para utilizar meu FGTS para abater saldo devedor deste imóvel em que resido. E, fui informado pelo Atendente Imobiliário da Caixa, que não posso usar meu FGTS por dois motivos: primeiro, porque as duas residências são no mesmo município (mas, meu nome só esta no segundo imóvel), e segundo, a declaração de união (gerada em 2008) é antecessor aos dois financiamentos (2010 e 2013), logo não posso usar meu FGTS no segundo financiamento, o qual figuro como proprietário, esta correta a interpretação da Caixa?

    • Olá Evandernay

      Boa Noite! Agradecemos a presença do Click Habitação.

      Para tentar responder ao seu questionamento vamos falar um pouco sobre regime de bens e a união estável.

      União estável é a relação de convivência entre dois cidadãos que é duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição familiar.
      Na união estável prevalece o regime da comunhão parcial de bens, mas pode haver um contrato entre as partes sobre os bens dos companheiros com a mesma flexibilidade admitida no pacto ante-nupcial.

      Ora, no regime de Comunhão Parcial os bens adquiridos após a União Estável pertencem ao casal, assim mesmo o contrato de financiamento esteja somente no nome de sua companheira em tese pertence a ambos.

      Mas, temos uma situação perigosa: houve omissão de informações na contratação de financiamento com recursos públicos e subsídios do FGTS. Somente este fato já poderia ser objeto de questionamento. Cuidado!

      Normalmente as pessoas omitem renda de companheiro para o enquadramento dentro dos limites do programa ou para obter um subsídio maior.

      Voltando ao caso, assim, em tese, você é proprietário do primeiro imóvel, embora não seja financiado, por omissão de informação.
      O caso carece de uma análise jurídica mais aprofundada. Sugerimos verificar a situação com advogado de sua confiança.

      Lembramos que o primeiro financiamento tem indícios de irregularidade e pode ser objeto de questionamento e investigação por fiscalização do FGTS ou do Ministério Público, em função do uso de recursos públicos.

      Equipe Click Habitação

    • O imóvel financiado pela caixa é no nome de meu irmão ele quer repassar pra outro irmão? quais são os procedimentos ?

    • Olá Marivone

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o Banco para tratativas de transferência de financiamento, conforme consta no artigo.
      O programa minha casa minha vida não admite a transferência para terceiros, ou seja não participantes do contrato.

      Equipe Click Habitação

  166. Boa noite.
    Estou em um grande impasse junto a Caixa: quero transferir o financiamento de um imóvel para mim. Assim, acelero o processo de compra para 20 dias e ainda evito a famigerada taxa de avaliação que hoje está em cerca de 5000,00.
    A Caixa diz não existir processo de transferência para este caso. Ou seja, seria necessário quitar o imóvel e refinanciar.
    No novo financiamento terei que pagar a taxa de avaliação além de o processo levar mais de 30 dias pela burocracia…
    Mas o contrato atual de financiamento entre os atuais fiduciantes e caixa tem uma cláusula bem clara que diz ser facultado ao devedor/fiduciante a transferência da dívida para terceiros…
    E aí, estou sendo ludibriado? Alguém já passou por isso e conseguiu resolver.
    Grato pela atenção.

    • Correção, o processo envolvendo quitação e refinanciamento levaria mais de 60 dias.

    • Olá André,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Bem, na realidade, não entendemos bem o motivo do impasse.
      Qual o motivo do banco não aceitar a transferência?
      Orientamos a abrir um SAC e pedir uma avaliação pelo gestor do produto. Explique a situação com detalhes para avaliação do banco.

      Equipe Click Habitação

  167. Boa noite Click Habitação:

    Minhas dúvidas são as seguintes:

    Situação: Pretendo adquirir um imóvel já financiado (não foi financiado pelo MCMV), porém existe uma parcela do imóvel, construída depois, que não está averbada (aprox. 20m²).

    1) Posso utilizar uma carta de crédito de um consórcio contemplado em meu nome, para abater uma parte do saldo devedor do financiamento habitacional no nome do vendedor (e o restante a ser pago em dinheiro no mesmo momento) ou eu preciso transferir o financiamento para o meu nome e aí sim utilizar a carta e o dinheiro?

    2) Caso precise transferir o financiamento, a parte não averbada deverá ser regularizada? Será refeita uma nova avaliação, com a possibilidade de aumentar o saldo devedor? Não utilizarei FGTS no processo.

    A intenção é quitar o valor do saldo devedor do vendedor e depois passar o imóvel para o meu nome.

    Quais os passos a serem seguidos e quais as taxas devidas?

    Obrigado pelo apoio!

    • Olá Felipe,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para utilizar o valor do consórcio haverá necessidade do valor contemplado somado aos seus recursos próprios seja suficiente para quitar o financiamento habitacional.
      Assim, você ficará apenas com as parcelas do consórcio a pagar.
      A dívida ficará transferida do Banco para o Consórcio.

      Você terá despesas com ITBI, escritura e registro do contrato com o Consórcio no Cartório de Registro de Imóveis.

      Cremos que a área não averbada do imóvel não seja problema para efetivar a negociação.

      Procure o Consórcio e verifique as condições de viabilizar a transação.

      Equipe Click Habitação

  168. Olá Click habitação, boa tarde!

    Comprei um imóvel com um amigo pelo banco CAIXA o ano passado, porém esse meu amigo só entrou para me ajudar a compor renda. Porém agora desejo retirar ele do contrato do financiamento. É possível fazer esse procedimento?

    Obrigado

    • Olá Gabriel

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Sim, é possível regularizar por meio da transferência de parte ideal. Veja detalhes no artigo.
      Deverá ter a capacidade de pagamento para assumir o encargo integral.
      Haverão custos: contratação, ITBI e custas de Cartório.

      Equipe Click Habitação

  169. Olá, tenho um apartamento que foi comprado pelo programa MCMV, as chaves foram entregues em 08/2015 e desde então morei nele. Gostaria de vendê-lo, mas como o financiamento está em andamento, gostaria de saber como que funciona para transferir para outra pessoa… Ela assume as mesmas parcelas e condições contratuais que eu ou será feito um novo financiamento para ela? Eu estava pensando em pedir para a pessoa me dar como entrada uma quantia, que corresponde a entrada que paguei e a atualização de valor do apartamento e ela assumir o financiamento.
    Outra questão é que como foi recente a entrega das chaves, ainda não tenho a matrícula individual do apartamento, é possível realizar esta operação mesmo assim?

    • Olá Leticia,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      Infelizmente no Programa Minha Casa Minha Vida não é possível a transferência de dívida nas mesmas condições que você contratou, uma vez que o imóvel não pode ter dois beneficiários diferentes para o mesmo Programa. Segundo motivo é que o imóvel se tornou usado (foi habitado), e no MCMV só pode haver financiamento para imóvel novo.
      A opção que você tem é vender seu imóvel e quem for comprar, adquirir pela Carta de Crédito FGTS, mas sem subsídio ou Pró-cotista e SBPE.

      Equipe Click Habitação

  170. Desculpa não falei que o imóvel está em construção ainda, mesmo assim a pessoa que comprar não consegue entrar no programa Minha casa minha vida?

    • Olá Fernando,

      Bom dia!

      Se for um imóvel novo será passível de enquadramento. Vejas as condições com o banco.

      Equipe Click Habitação

  171. Boa noite como falei no comentário anterior meu apartamento está financiado no SBPE, caso eu consiga vender a pessoa assume o mesmo financiamento meu, ou ela consegue financiamento no Programa Minha Casa Minha?

    • Olá Fernando

      Boa Noite!

      Lembramos que o Minha Casa Minha Vida é somente para imóveis novos e não habitados! Assim, não será possível enquadrar a transferência no Programa, mas dependendo da renda a pessoa poderá comprar no Carta de Crédito FGTS, que admitem imóveis usados.
      Assim, deverá ser verificado os dados do comprador para enquadrar em que modalidade de crédito poderá ser efetivado.

      Equipe Click Habitação

  172. Olá boa tarde.
    Gostaria que me tirassem uma duvida.
    Tenho um apartamento financiado pela caixa econômica em São Luis-Ma,ele está alugado. Eu não moro mas em São Luis,agora moro em outro estado. A minha duvida é caso um dia eu queira quitar o saldo devedor do meu apartamento,eu teria que viajar até são luis para tratar desta questão ou qualquer outra,pois meu contrato de financiamento foi feito e assinado em uma agencia lá. Então pergunto tem como eu transferi o meu contrato de financiamento para resolver qualquer questão para uma agencia na cidade onde atualmente moro?

    • Olá Francisco,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que qualquer agência da CAIXA pode efetivar atendimento sobre seu contrato habitacional, inclusive para amortizações ou a quitação.

      Equipe Click Habitação

  173. Boa tarde, fiz um financiamento pela caixa entrou no SBPE, em setembro de 2015 que na época o meu apartamento não se enquadrava no MCMV, e agora que subiu o teto os apartamentos vendidos estão entrando todos no MCMV, eu gostaria de saber se eu consigo transferir de financiamento, ou se consigo um novo financiamento no MCMV? Obrigado.

    • Olá Fernando

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há como mudar as condições do seu contrato.
      Sempre prevalecem as condições existentes na data da assinatura do contrato.

      Como neste momento você tem imóvel e financiamento não poderia pleitear o financiamento no Programa Minha Casa Minha. Mas, se você vender ou transferir o financiamento poderia pleitear um novo financiamento nas condições atuais do Programa.
      Veja detalhes no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  174. Boa noite, tenho um financiamento de um apto, mas o menos apresenta inúmeros problemas na estrutura e segurança da edificação. Gostaria de saber se tem como eu transferir o financiamento para outro imóvel. Obrigada.

    • Olá Isabel,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o crédito imobiliário no Brasil financia o imóvel e não é um crédito pessoal.
      Você pode transferir o financiamento para outra pessoa, que é a forma de venda de imóvel que está financiado.
      Mas, terá que iniciar um novo processo de financiamento para adquirir outro imóvel.

      Com relação aos problemas construtivos deverá acionar a Construtora ou o vendedor do imóvel. Veja no artigo:
      Vício ou defeito Construtivo: Cuidados com o imóvel

      Equipe Click Habitação

    • Olá Fabricio,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      No Brasil o crédito imobiliário é uma relação entre um comprador e o Banco, assim se você quiser trocar de imóvel, por exemplo, precisa realizar duas operações:
      * Transferir a dívida do financiamento ou vender para um novo adquirente
      * Nova operação de crédito imobiliário para a compra do novo imóvel

      Ou seja, você precisará efetivar 2 operações distintas: vender ou transferir o seu financiamento atual e efetivar uma nova operação de financiamento para adquirir o novo imóvel.

      Você pode inclusive manter os 2 financiamentos ativos se tiver capacidade financeira.
      Veja no artigo:
      É possível ter outro financiamento de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  175. Boa noite, estou fazendo a transferência do meu financiamento, o corretor está cuidado do processo mas estou com dúvidas sobre quais valores serão cobrados e quanto vou receber no fim da transferência, gostaria que informassem se existe alguma matéria que possa me esclarecer esse tipo de dúvida.
    Obrigado!

    • Olá Camilo,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na transferência de financiamento o vendedor receberá o valor líquido entre o valor de compra e venda (negociado com o novo comprador) e o valor do saldo devedor do contrato junto ao banco.

      Equipe Click Habitação

  176. gostaria de saber se pode ser feita a transferencia do saldo devedor que tenho no meu imovel no valor de R$ 70.000,00 para um imovel que pretendo comprar. Aguardo Retorno,

    • Olá Sheilla

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no Brasil não funciona assim. Se ambos os imóveis pertencem a você poderia fazer uma substituição de garantia mantendo o financiamento original, dependendo da aceitação do banco no negócio.

      Mas, se o imóvel novo ainda não te pertence você tem que transferir a dívida do financiamento do imóvel antigo para um comprador e fazer uma nova aquisição de imóvel por outro financiamento.
      Assim, serão 2 operações distintas. Você inclusive pode manter os 2 financiamentos ativos, se tiver capacidade de pagamento para manter os 2 os mesmo tempo.
      Veja detalhes no artigo:
      É possível ter outro financiamento de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  177. Ola, consegui um comprador para a minha casa que está financiada pela caixa. Assinamos o contrato de compra e venda à três meses e ainda está em análise no banco para refinanciamento. Porém estou preocupada pois estou em atraso com três parcelas. Se chegar em quatro parcelas em atraso o banco pode não aceitar a venda e não financiar o imovel para os novos compradores?

    • Olá Débora,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não deveria ter parado de pagar os encargos mensais a partir da assinatura do compromisso de compra e venda.
      Todos os valores que deixou de pagar serão descontados do valor que iria receber líquido da transferência do financiamento, acrescido de multa e juros moratórios e remuneratórios.
      Assim, entendemos que não é vantagem deixar de pagar e ainda ter multa e encargos moratórios que serão descontados do valor a receber.

      Orientamos a procurar o banco e negociar o atrasado e pedir dispensa de multa e juros, se possível.
      Lembramos que a analise do crédito para o comprador pode demorar e nem ser aprovado.

      Além do que o atraso pode ser objeto de tratativas de execução da dívida.
      Sugerimos a leitura dos artigos:
      Dicas para negociar financiamento habitacional
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Equipe Click Habitação

  178. Olá, comprei um imóvel pelo minha casa minha vida em meu nome e no nome da minha ex namorada.

    Rompemos a relação e a casa ficou pra ela, não moro mais na casa.
    Para evitar atraso ou falta de pagamento, tem como passar o financiamento habitacional para o nome dela? posso tirar meu nome do financiamento? se sim, como?

    Se der para tirar o nome do financiamento, consigo financiar outro imóvel pelo mesmo programa em meu nome?

    Obrigado.

    • Olá Rudinei Leite

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no caso de separação onde o casal possui financiamento conjunto deverá ser efetivada a Assunção de Dívida.
      Sugerimos procurar a agência do contrato e a leitura do artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Entendemos que o benefício do subsídio do Minha Casa Minha Vida só pode ser usado uma vez, de acordo com a informação dada pela lei do PMCMV.
      “É vedada a concessão de subvenções econômicas ao beneficiário que tenha recebido benefício de natureza habitacional oriundo de recursos orçamentários da União, do FAR, do FDS ou de descontos habitacionais concedidos com recursos do FGTS, excetuadas as subvenções ou descontos destinados à aquisição de material de construção, na forma do regulamento.”
      Sugerimos verificar a informação junto ao Banco.

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  179. Bom dia, tenho um imóvel financiado pela Caixa e gostaria de vender, tenho um comprador que quer pagar a maior parte à vista. Ele sugeriu pagar o saldo devedor direto para a Caixa e a diferença pra mim. Pelo que pesquisei, eu preciso pedir a liquidação e, depois, pedir o termo de quitação, levar no registro de imóveis e pedir a averbação, certo? A minha dúvida é se depois disso eu já poderia fazer a escritura definitiva no nome do comprador ou se preciso fazer no meu nome primeiro. E também gostaria de saber se esse processo é demorado, além dos 30 dias que a Caixa pede para entregar o termo de quitação. Obrigada.

    • Olá Thaís,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os contratos lavrados no Sistema Financeiro da Habitação-SFH tem a força de escritura pública. Assim, não precisa efetivar escritura definitiva, o seu contrato já é.
      Apenas efetivar a averbação para baixa da alienação fiduciária ou hipoteca.

      Em seguida poderá efetivar a venda por meio de nova escritura.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Quitação de Financiamento Habitacional

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  180. OLÁ! COMPREI UM IMÓVEL FINANCIADO PELA CAIXA. PAGUEI TODAS OS CUSTOS E IMPOSTOS INCLUSIVE O ITBI TORAL PQ NÃO SABIA QUE PODERIA TER DESCONTO JÁ QUE ESTE ERA O PRIMEIRO IMÓVEL.
    APOS MEU DIVÓRCIO PRECISO TIRAR O NOME DO MEU EX-MARIDO DO CONTRATO DE COMPRA E VENDA JUNTO A CAIXA ECONOMICA FEDERAL, QUE ALEGOU QUE TENHO QUE PAGAR TUDO ISSO NOVAMENTE “No dia da Assinatura, você vai ter alguns custou que deve girar em torno de 4% do valor do contrato (ITBI sobre o valor da transferência, taxa de contratação e registro do contrato em cartório)”
    É ISSO MESMO?. VOU TER DE PAGAR TUDO ISSO DE NOVO, PARA PASSAR A DIVIDA PARA MEU NOME?:
    DESDE JÁ AGRADEÇO E AGUARDO RETORNO.

    • Olá Patilla,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Primeiramente pedimos a leitura do nosso artigo sobre assunção de dívida e verifique se não é o seu caso.
      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Com relação a transferência de parte ideal de financiamento esclarecemos que existem custos para a sua efetivação.
      A diferença será que a base de cálculo para o ITBI será da parte a ser adquirida do seu ex-marido (provavelmente 50%).
      E haverá custo de registro no cartório, mas será somente 1 ato, pois no financiamento original foram pagos 2 atos (a compra e venda e garantia do banco).
      Veja no artigo:
      Registro de Imóvel – Veja os detalhes

      A taxa de contratação será cobrada pelo Banco, se constar na tabela de tarifas.

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.