Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

2912
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional? Conheça as dicas para negociar as prestações em atraso

Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?Não existe uma única resposta para essa pergunta. Existem variáveis que podem influenciar como o banco vai agir para cobrar as prestações em atraso. Entre elas:

  • Garantia alienação fiduciária: se o seu contrato tiver essa garantia, o Banco pode iniciar o processo de execução a partir de 30 dias de atraso, a partir da primeira prestação não paga. A praxe do mercado é de 60 dias. Caso o seu contrato já esteja nessa fase, ainda existe a possibilidade de negociação, porém além das prestações, você deve arcar com as custas cartorárias por esse processo.
  • Histórico do cliente: o banco pode analisar o seu perfil para pagamento, seja no financiamento imobiliário ou em outros créditos adquiridos no banco. Se for o primeiro atraso, a negociação será mais fácil.
  • Quantidade de prestações em atraso: quanto mais atraso, maior a dificuldade de colocar em dia e mais exigente o banco vai ser para negociar. Lembre-se que para qualquer negociação, o banco pode exigir um valor de entrada.
  • Prazo: o prazo restante para pagar o financiamento também é considerado na análise, uma vez que quanto maior o prazo, maior é o risco do banco, portanto haverá mais exigências. Porém se o contrato não foi assinado no prazo máximo, existe a possibilidade de elastecer e a prestação diminuir.
  • LTV ou Quota de financiamento: é a porcentagem gerada pela relação valor da dívida sobre o valor da garantia. Quanto maior a quota, maior o risco do banco, portanto quando menor for o seu saldo devedor, melhores são as alternativas negociais.

Não tenho prestações em atraso, o que posso negociar?

  • FGHab Perda de Renda: para os contratos assinados no PMCMV Faixas II e III, existe cobertura do FGHab em caso de desemprego e redução temporária da capacidade de pagamento. Nesse caso, trata-se de empréstimo pelo fundo. Veja mais no artigo Minha Casa Minha Vida Direitos e Deveres.
  • Pausa: alguns bancos oferecem a pausa ou pausa estendida (moratória). A pausa permite o não pagamento de 1 prestação num intervalo mínimo de 12 meses. O valor é acrescido ao Saldo Devedor e diluído no prazo restante. Nos casos de desemprego e redução temporária da capacidade de pagamento, a pausa pode ser por um período maior, mas será concedido de acordo com o histórico e quota de financiamento do cliente. Nesse caso o prazo aumenta conforme a quantidade de prestações com a pausa.
  • Dilação de Prazo: você pode solicitar a ampliação do prazo contratado para que o valor da prestação fique menor, proporcional ao prazo restante. Atentar que existe limite de prazo, e que o prazo final não pode ultrapassar os 80 anos do cliente.
  • Mudança de sistema de amortização: é uma das alternativas oferecidas pelo Banco para quem deseja mudar o sistema de amortização de PRICE para SAC ou SAC para PRICE. Nem todos os Bancos oferecem as duas alternativas. Para saber as diferenças entre os sistemas de amortização, leia o artigo Sistema de Amortização: veja qual o ideal.
  • Portabilidade de financiamento: a portabilidade de financiamento habitacional pode ser considerada uma alternativa negocial. Ela foi regulamentada em maio de 2014 e permite que quem já contratou um financiamento possa migrar o saldo devedor para outro banco que ofereça uma taxa de juros menor. Cabe lembrar que o prazo e demais condições não podem ser alteradas. Veja mais detalhes no artigo Portabilidade imobiliária: é vantajosa?
  • Portabilidade de seguradora e /ou apólice: durante a vigência do contrato de financiamento, o cliente pode solicitar alteração de apólice a qualquer tempo desde que o CESH – Custo Efetivo do Seguro Habitacional seja inferior a apólice atual. A migração é permitida entre as apólices coletivas do próprio Banco que estiver em vigor na data da alteração. Saiba mais no artigo Portabilidade do seguro habitacional.

Tenho prestações em atraso, e agora o que faço?

É verdade que o seu nome nunca sairá do Cadastro Restritivo?

Isso não é verdade, qualquer dívida tem seu prazo máximo de prescrição em 5 anos, a partir do momento em que esta venceu.

Exemplo, se você deixou de pagar uma dívida que vencia em 10 de novembro de 2011, no dia 10 de novembro de 2016, a empresa credora não mais poderá lhe cobrar. E mais, seu nome deverá nesta data ser excluído dos cadastros informativos (restritivos) de crédito como: SPC e o Serasa.

Quando a dívida completa 5 anos, a contar da data de vencimento da última prestação não paga, não pode mais ser cobrada na Justiça ou constar em órgãos de restrição ao crédito como SPC e SERASA.

Porém isso não significa que pode ser cobrada via carta e telefone.

A inclusão do devedor nos órgãos de restrição ao crédito pode ser feita a qualquer momento dentro desse prazo.

A empresa pode cadastrar, retirar e cadastrar novamente a dívida quantas vezes quiser desde que respeitado o prazo de 5 anos e que não seja com nova data de vencimento para a mesma dívida.

Se o devedor assinar documento em que efetuou renegociação, a dívida anterior é extinta e é criada uma nova dívida e, neste caso, o nome do devedor deve ser retirado dos cadastros negativos (SPC, SERASA etc.) após o pagamento da primeira parcela.

Todavia, nos casos de renegociação da dívida deve-se ficar bem atento ao fato de se o acordo não for pago nas datas em que foi negociado o nome do consumidor pode ser incluído novamente nos órgãos de restrição e o prazo de 5 anos passará a contar novamente da data em que deixou de ser pago o acordo e não da data da dívida anterior.

Mesmo a ação judicial de cobrança ou prescrição da dívida não tem o poder de interromper ou suspender a contagem do prazo máximo de cadastro de 5 anos em órgãos de restrição ao crédito como SPC e SERASA, que é estabelecido no Código de Defesa do Consumidor.

Portanto, mesmo que o credor cobre ou execute a dívida na justiça, quanto completar 5 anos a contar da data em que não foi paga, o nome do devedor, obrigatoriamente, deve sair dos cadastros negativos de crédito

Se a dívida foi paga, embora o direito de cobrança judicial da dívida estivesse prescrito, a dívida em si não está e, portanto, segunda a lei, não há o direito de se pedir a devolução do dinheiro.

Dívida em Atraso

No financiamento habitacional sobre os encargos em atraso haverá incidência de atualização monetária, juros remuneratórios, juros moratórios e multa moratória.

Os juros remuneratórios incidem, à taxa de definida em contrato (pro rata die), desde a data do vencimento até a data do pagamento.

Os juros moratórios incidem sobre o atraso à taxa de 1% ao mês (0,03333333 % ao dia). A multa de acordo com o Código de Defesa do Consumidor é limitada a 2% do valor do atraso.

Vamos listar a melhor ordem para aproveitar as melhores alternativas negociais do banco. É muito importante que a negociação seja bem feita, pois a partir do segundo período de atraso, os Bancos serão mais exigentes e as condições não serão as mesmas.

Posso emitir 2ª via de boleto de prestação habitacional em atraso?

Pode a depender da quantidade de prestações em atraso. Alguns Bancos não permitem a emissão da 2ª via do boleto a partir de três (3) em atraso pois pode já ter iniciado o processo de execução extrajudicial via intimação em cartório. Se já estiver nessa situação, além da dívida em atraso, será imputado as despesas com o processo de execução.

A CAIXA, por exemplo, informa em seu site que existe “situação especial impeditiva, não é possível a emissão, procure uma Agência CAIXA”.

Nesse caso, você pode procurar a Agência do Banco ou entrar em contato pelo site: www.caixa.gov.br/negociar.

Pagamento a vista

Nesse tipo de pagamento você pode pedir desconto sobre o valor de juros e multa do valor total em atraso.

Pagamento parcial
  • Uso do FGTS para pagamento de parte de prestação: É a possibilidade de abatimento de até 80% do valor da prestação com uso do FGTS. Essa opção pode ser usada para pagamento de até 3 prestações em atraso. Se o atraso for maior, o cliente pode negociar, por exemplo, a incorporação das prestações em atraso e usar o FGTS a partir da prestação atual. Veja mais no artigo Uso do fgts para pagamento de parte da prestacao.
  • Incorporação: O valor do total em atraso mais os juros de mora e multa são incorporados ao Saldo Devedor e diluído no valor das prestações ao longo do prazo restante. Para isso, o banco exige valor a ser pago como entrada para a negociação.Saiba como no artigo Incorporação das prestações em atraso ao Saldo Devedor.

Lembre-se que os bancos não são obrigados a ofertar as opções descritas. Podem haver restrições caso haja reincidência de atraso no pagamento ou algum item que interfere nas variáveis citadas no começo do artigo.

Nos casos que a inadimplência já ocorre no primeiro ano após a assinatura, mesmo sendo o primeiro atraso do cliente, poderá haver restrições ou maiores exigências pelo banco, considerando o pouco tempo de amortização do contrato.

Como negociar a dívida com o Banco do seu financiamento habitacional?

Os Bancos geralmente oferecem atendimento em vários canais, não somente na Agência. Algumas permitem negociar por telefone e/ou internet. Conheça os canais nas seguintes opções:

Não consigo pagar mesmo com as alternativas negociais oferecidas pelo banco, e agora?

Esperar o banco retomar o imóvel já não é mais uma realidade. Num passado recente, quando a maioria dos contratos possuía garantia hipotecária, o processo de retomada pelos bancos era lento e permitia que o pagamento do atraso fosse postecipado.

Porém cabe lembrar que mais de 95% dos financiamentos imobiliários hoje são assinados com garantia alienação fiduciária.

Quando devo assumir que devo vender meu imóvel?

É muito difícil assumir que não temos mais condições de pagar pelo financiamento. Porém dependendo da situação essa pode ser a melhor decisão a ser tomada. Isso porque se o banco retomar o imóvel, os valores pagos não são devolvidos e seu nome pode ser cadastrado no banco, num cadastro impeditivo, caso no futuro você queira financiar outro imóvel.

O que pode ocorrer é que nessa tentativa de adiar essa decisão, você pode se afogar em outras dívidas, e virar uma bola de neve, caso não haja estrutura financeira de pagar todas as dívidas.

Lembre-se, não há vergonha em não conseguir pagar as prestações. O que pode acontecer é você adiar o seu sonho, ou adquirir um imóvel mais barato ou ainda pagar aluguel com valor mais barato, dentro das suas condições reais.

Mas lembre-se, vender significar quitar um imóvel. Portanto não dívidas ou restrições futuras.

Conclusão

Independentemente de qual for a sua situação, não procure somente o Banco quando suas prestações já estiverem em atraso. Os Bancos já possuem alternativas negociais para clientes adimplentes, desde que comprovadas a situação do desemprego e/ou redução temporária da capacidade de pagamento. Portanto, ficou difícil de pagar as prestações, a primeira coisa a se fazer é buscar a negociação.

Quando conseguir coloca a dívida em dia, faça o planejamento de todas as suas contas e controle os seus gastos.

Patricia Matayoshi

Especialista no Crédito Imobiliário

Veja também o artigo:

Como diminuir valor da prestação habitacional?

127 COMENTÁRIOS

  1. Tenho um financiamento habitacional onde o vencimento é todo o dia 16. Esse mês paguei no dia 21/11, com alguns (12) dias de atraso, mas mesmo assim a caixa economica colocou meu nome no SERASA. Não recebi nenhuma carta comunicando que meu nome seria incluido no Serasa caso não pagasse, nem ligação de cobrança. O que fazer? Eles podem fazer isso?

    • Olá Marta

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a CAIXA envia para os cadastros informativos de crédito a partir de 10 dias de atraso.
      O Serasa ao receber a informação do Banco manda uma carta para você regularizar o débito, assim muito provavelmente seu nome nem sequer foi incluído no cadastro, houve apenas a Notificação do atraso e possibilidade de inclusão se você não regularizar o pagamento.
      Como você regularizou o problema já foi resolvido.

      Em caso de dúvida sugerimos consultar o próprio SERASA.

      Equipe Click habitação

  2. Boa noite
    Estou com uma dúvida comprei um apartamento pela caixa em maio, porém não paguei nenhuma taxa de obra. O que pode acontecer? Tem como eu resolver e não perde o apartamento ?

    • Olá Karla

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco e regularizar os pagamentos em atraso.

      Equipe Click Habitação

  3. Boa noite!
    Assinei o contrato com a caixa a quase um mês e o mesmo está no cartório para registro. A primeira prestação venceu hoje, mas não consegui pagar, só poderei pagar na segunda feira. Corre algum risco de dar problema por ser a primeira prestação?

    • Olá Fernanda

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a consequência é que você pagará multa de 2%, juros moratórios e remuneratórios.
      Procure pagar o mais rápido possível.

      Equipe Click Habitação

  4. ola gostaria de saber porque onde fica EXTRATO DE EVOLUÇAO logo abaixo esta escrito SALDO DEVEDOR TEORICO EM——– esta aumentando ao invés de diminuir ,que é o meu caso

    • Olá Geneci

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que Saldo Devedor teórico apenas quer dizer que considera todas as parcelas pagas, ou seja, se tiver atraso, este valor não está incluso no valor.
      Esclarecemos que a ocorrência, se você não fez nenhuma incorporação de débitos em atraso ao saldo devedor, pode ter ocorrido por 3 fatores:
      1) Escolha do sistema de amortização PRICE, onde a prestação (A+J) é mais baixa, o valor da Amortização mensal é muito pequena.
      Veja no artigo:
      Sistema de Amortização: veja qual o ideal
      2) Prazo de amortização – Você escolheu o prazo máximo = 360 meses ou 420 meses?
      Se sim, este é outro fator que diminuiu o potencial de amortização da prestação (A+J). Veja no artigo:
      Vale a pena aumentar o Prazo do financiamento?
      3) Atualização monetária – O saldo devedor do financiamento tem atualização monetária pela Taxa Referencial – TR, da mesma forma que a poupança e a conta vinculada do FGTS.
      Talvez seja este o pior fator. Tivemos desde 2013 aumento nos juros no mercado e com reflexos no aumento indice da TR.
      Assim, todos os meses, antes da dedução da amortização – A da prestação o saldo devedor é atualizado, após calcula-se e acrescenta-se o juros contratuais – J e deduz-se a amortização constante no encargo periódico.

      Recentemente o Governo começou a reduzir os juros (SELIC), isto é um fator positivo, pois o mercado financeiro espera uma redução maior a partir de agora. A TR agora está com viés de queda, o que é favorável para a amortização dos saldo devedores dos financiamentos habitacionais.
      Veja mais no artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  5. Tenho um financiamento a quatro mas não quero continuar pagando ,quero devolver o imóvel o que devo fazer minha casa minha vida

    • Olá Jailton

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a melhor alternativa é você colocar o seu imóvel a venda, assim você poderá recuperar pelo menos parte do já pagou.

      Os Bancos não aceitam a devolução de imóveis, eles não são imobiliárias.
      Se não tiver jeito, basta deixar o processo de execução correr, haverá a Intimação e a consolidação de propriedade pelo Banco. Veja noa artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Equipe Click Habitação

  6. Primeiramente adorei o Site. O melhor até o momento em questão CEF.

    Recebi do cartório de registro de imóveis, uma cobrança das parcelas que tenho em atraso, que são 05 parcelas de R$2.200,00 (veio um papel cobrando estas parcelas) mas ultrapassa o valor correto, creio que seja as taxas e correções, multas etc… No momento estou sem condição em pagar o valor. Minha empresa está a beira da falência. O que vocês me indicam? Ir ao gerente e tentar uma renegociação? Tenho um filho de 07 anos que mora comigo (dependente) … Quero levantar Dez Mil reais para renegociar os atrasos e baixar a parcela. Eu consigo isso com o gerente? Pois fui uma vez lá e o mesmo disse que não consegue fazer nada….. Fico num aguardo de uma resposta clara e objetivo. Meu muito obrigado!!!

    • Olá Robson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a efetivar uma proposta de negociação no site do Banco:
      Proposta de negociação CAIXA

      A proposta será analisada pela equipe de cobrança do Banco. Talvez consiga efetivar um acordo.

      Equipe Click Habitação

  7. Olá, bom dia…

    Estou precisando de ajuda, tenho um financiamento de um imóvel não estou conseguindo vende – lo e não tenho mas condições de pagar as parcelas, gostaria de saber como devo proceder, para não perder tudo o que foi investido e não ficar com o nome sujo .

    • Olá Iris

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que alguns bancos tem opções de negociação para quem perdeu renda.
      Verifique a possibilidade de conseguir uma moratória (alguns meses sem pagar) até conseguir vender o imóvel.

      Faça uma proposta de negociação. Tem os links no artigo
      Boa Sorte!

      Equipe Click Habitação

  8. ola boa tarde, estava com 4 prestação do meu contrato atrasado MCMV, fui no caixa de ajuda dentro da agencia pois não estava mais emitindo pela internet, emiti o valor das 4 prestações, paguei, mais depois de dois dias voltei no site pra tentar emitir a do mês que vem, la ainda consta que estou em situação especial porque se estou em dias?

    • Olá Marcos

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o pagamento deve ter ficado em pendência. Orientamos a abrir um SAC e solicitar a regularização.

      Equipe Click Habitação

  9. Olá gostaria de saber como proceder quando a casa financiada e atrasada em parcelas vai para o leilão da caixa.

    • Olá Maria Rosa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deve efetivar tratativa de negociação com o Banco.
      As opções de negociação constam no artigo, você que dar uma entrada.

      Caso não faça a negociação o banco poderá retomar o imóvel. Veja no artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Equipe Click Habitação

  10. Bom dia

    Tenho contrato habitacional com a caixa no programa minha casa minha vida e estou utilizando o FGHAB no período de 12 meses a vencer agora em novembro/2016. Ainda estou com a redução da renda e impossibilitada de pagar. O imóvel está a venda mas não obtive retorno, nesse caso posso fazer FGHAB novamente? Quais os meus direitos ainda? A atendente do banco que informou que só posso usar por 12 meses

    Obs: A renda na contratação era de até 5 salários mínimos.

    Parabéns pelo site!!

    • Olá Daiane

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que depende da data de assinatura do contrato. Mas, as contratações realizadas após 16.6.2011 o número máximo de prestações por contrato de financiamento, de acordo com a renda familiar verificada no ato da contratação, limitado a:
      a) 36 prestações para renda até R$ 2.500,00;
      b) 24 prestações para renda entre R$2.500,00 e R$ 4.000,00;
      c) 12 prestações para renda entre R$4.000,00 e R$ 5.000,00.

      Antes de 16/06/11 para contratações até 5 salários mínimos o limite era de 36 meses. Verifique onde você se enquadra.

      Equipe Click Habitação

  11. Boa noite, estou com 4 parcelas do meu financiamento atrasadas, recebi da caixa um boleto de Proposta de renegociação de dívida do ffinanciamento habitacional, falando que foi identificado um atraso no pagamento de minhas prestações e para realizar o pagamento da prestação mais antiga com o uso do boleto impresso abaixo e começa a regularizar sua dívida, será esse uma proposta de incorporação?

    • Olá Silvana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Sim! Aproveite a oportunidade de negociar e ficar em dia!
      Procure negociar e passar a pagar em dia os encargo mensais e evitar sustos de cobrança.

      Equipe Click Habitação

  12. Olá, prezados.

    Meu contrato na cef dá direito ao acionamento do FGHAB, meu contrato está em dia, porém a dois meses atrás houve uma incorporação de 3 prestações ao saldo devedor, diante disto é possível acionar o FGHAB ou a incorporação é uma restrição?
    Meu gerente disse ter acionado a Cehma mas faz 2 semanas e não obtive resposta.

    Obrigado.

    • Olá Daniel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Entendemos que esteja se referindo a perda renda para cobertura do FGHAB.
      Não há impedimento na utilização, desde que atenda aos preceitos do Fundo.

      Lembramos apenas que é um empréstimo e que você ficará com 2 dívidas a pagar.

      Equipe Click Habitação

  13. boa tarde eu estou com tres prestaçao em atraso tem mais di anos eu fiz uma emcoporaçao eu posso faze outra imcoporaçao

    • Olá Wanderson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que depende da política de renegociação do banco.
      Sugerimos efetivar uma proposta de negociação no site do Banco. Existem link dentro do artigo ou procure seu gerente.

      Procure negociar de forma definitiva e no sentido de ter condições de continuar o pagamento dos encargos mensais.

      Equipe Click Habitação

  14. Entrei com uma proposta de financiamento de imóvel na Caixa. Sou servidor público federal e minha esposa trabalha com carteira assinada. Há alguns anos, minha esposa contraiu uma dívida no Banco do Brasil e teve seu nome registrado nos serviços de proteção ao crédito por conta dessa dívida. No iício deste ano, ela fez renegociação dessa dívida e vem cumprimento fielmente com o acordo, tendo sido restiradas as restrições em seu nome. Será que a Caixa poderá negar o financiamento por esse motivo? Será que essa renegociação fica registrada no Banco Central?
    OBS: nosso financiamento será pelo Programa Minha Casa Minha Vida, devido o valor do imóvel e a nossa renda.

    • Olá Carlos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se ela renegociou a dívida com o BB, este deve retirar o CPF dos cadastros informativos de crédito.

      O que os bancos tem é informações que ela tem uma dívida com o banco e o comprometimento com esta dívida, que provavelmente será considerando na apuração da capacidade de pagamento do financiamento habitacional.
      Assim, fique tranquilo.

      Para entender a apuração veja no artigo:
      Comprometimento de renda

      Equipe Click Habitação

  15. olá eu comprei um imovel no inicio do ano eu estou com 3 parcelas atrasadas eu gostaria de saber se eu posso usar o fgts para abater as parcelas em atraso? lembrando que eu financiei o imovel sem o uso do fgts, sera que posso usa lo agora?

    • Olá Reginaldo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Para poder utilizar o FGTS o seu contrato deverá ser no SFH e atender as condições de uso.

      Informamos que se atender as condições você poderá utilizar o FGTS para o pagamento de parte das prestações, limitado a 80% do valor do encargo, com até 3 prestações em atraso. Mas, o valor será utilizado por 12 meses.
      Veja as condições de uso nos artigos:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação
      Dicas para gerir seu financiamento – Uso do FGTS

      Procure seu banco.

      Equipe Click Habitação

  16. Olá bommdiaaa,primeiramente estão de mesmo por este sait..é muito esclarecedor
    De o pai criador vós abençoe..

  17. Há mais de dois anos pago prestações do imóvel ao qual resido, financiado pela Caixa, mas não estou me adaptando ao local; eu posso trocar esse imóvel por um outro imóvel também financiado?

    • Olá Aguinaldo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que somente é permitida a substituição de garantia, se ambos os imóveis, já estiverem em seu nome.

      Se quer adquirir um novo imóvel deverá efetivar 2 operações:
      – Colocar seu imóvel a venda, utilizando a transferência do financiamento, se necessário.
      – Efetivar um novo financiamento para a compra do novo imóvel.

      Não há como transferir o imóvel financiado, será efetivado um novo financiamento, com novas condições.

      Veja no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  18. Olha boa tarde! estou com duas prestações do meu imóvel atrasadas e temo que o banco entre com execução, foi financiado pelo SFH sera que a caixa com essas duas atrasadas podem tomar o imóvel? estou aflita pois minha renda caiu bastante e é só o meu marido praticamente que esta pagando tudo em casa! Obrigada fico no aguardo de uma reposta.

    • Olá Fabiana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que uma opção interessante e ainda mais agora com a perda de renda é o uso do FGTS, se tiverem, para pagamento de parte da prestação.
      A utilização poderá ser efetivada com até 3 prestações em atraso e no limite de até 80% do valor do encargo. Veja detalhes no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      O artigo tem as opções negociais disponíveis no mercado. Veja com o Banco e verifique as opções viáveis.

      Equipe Click Habitação

  19. boa noite , atrasei uma parcela da evolução de obra , queria saber se depositar o dinehiro na conta automaticamento o nome sai do spc ?

    • Olá Ary

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se o encargo mensal é por débito em conta você deve depositar o valor na conta e aguardar o débito pelo Banco.
      Após o débito o banco tem 5 dias para retirar o seu nome dos cadastros informativos de crédito.

      Equipe Click Habitação

  20. Estou me divorciando e temos um financiamento. O imóvel ficará comigo. Sou obrigada a alterar o contrato de financiamento ou podemos pactuar no divórcio que após a quitação o imóvel será transferido apenas para o nome de um?

    • Olá Fabiana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que sim. É possível apenas mudar a propriedade do imóvel e não mudar as condições de financiamento.
      Orientamos, neste caso, a averbar o formal de partilha e sentença do divórcio junto a matrícula do imóvel.

      Veja detalhes no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

  21. Boa Tarde,

    Tenho a parcela do mês 7 em atraso, porem pagas as do mês 8 e mês 9. Ainda não consegui os valores para quitação da parcela do mês 7. Mandei solicitação de renegociação mas não tive resposta até o momento. Corro risco de perder meu imóvel ?

    • Olá Lara

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que normalmente com uma prestação em atraso ainda não é motivo para o início do processo de execução.
      Mas, a parcela em atraso é antiga e pode ser objeto de cobrança.
      Orientamos a procurar o banco de imediato para regularizar a situação.

      Equipe Click Habitação

  22. Olá. No meu caso financiei 40% do meu imóvel, ou seja paguei a maior parte a vista. O banco tem o direito de tomar meu imovel por conta de atraso nas prestações e ainda por cima não me devolver o valor que eu paguei a vista, mesmo tento pago a maior parte?

    • Olá Rodrigo,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      No caso de execução de dívida por inadimplência, não se leva em consideração o valor pago como entrada mas sim a dívida contraída que não está sendo paga.
      Somente poderá ser devolvido algum valor se no leilão de venda houver um arrematante que pague valor superior ao valor da dívida e acréscimos de processo de cobrança e execução.
      Se não houver arrematante e a propriedade ficar com o Banco você não receberá devolução alguma.

      Para saber mais sobre o assunto veja o artigo Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  23. Boa tarde! fui avalista de um financiamento habitacional, o devedor principal não paga as parcelas desde 2014, como faço para saber a situação real da dívida e se a casa já foi para leilão?

    • Olá Thiago

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco para verificar.

      Se você é “avalista” deveria ter recebido algum aviso de inclusão em cadastro informativo de crédito.

      Outra forma é pedir uma Certidão de matrícula junto ao Cartório de Registro de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

    • Olá bom dia meu pai paga um lote no nome do meu irmão,ele sumiu não deu mais notícias ai meu pai ta pegando o lote e agora ele tá desempregado e tem 3 parcelas vencidas e a vendedora BURITI REALIZANDO SONHOS está querendo vender ou transferir a terceiros! Eu queria saber cm ele pode passar pro nome dele ou pegar o que já pagou! Preciso de ajuda será que dá pra resolver esse problema?

    • Olá Rosivan

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar um o PROCON para análise e orientação quanto as providências que podem ser efetivadas.
      Há necessidade de análise da documentação.

      Equipe Click Habitação

  24. Boa tarde tenho uma parcela do meu imóvel em atraso já fiz uma negociação a alguns anos atrás eu gostaria de saber se eu conseguiria fazer uma nova negociação com essa parcela em atraso .

    • Olá Clayton

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Cremos que não haveria problemas para nova negociação.
      Mas, depende da política de crédito do banco.
      Sugerimos efetivar consulta junto ao seu gerente

      Equipe Click Habitação

  25. Olá, tenho uma dúvida. Suponhamos que eu consiga um dinheiro e pague 6 parcelas do financiamento do meu imóvel de uma só vez, e futuramente por algum tipo de dificuldade não consiga pagar uma parcela de um mês qualquer. Eu ficarei em atraso? ou terei créditos por tempos atrás ter feito o pagamento das 6 parcelas? Obrigado pela sua atenção, desde já agradeço pela sua resposta.

    • Olá Diogo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existe uma modalidade de pagamento denominada Pagamento Antecipado.
      Nela você poderia pagar antecipadamente prestação a vencer. Você teria desconto nos juros das prestações pagas antecipadamente.
      Você ficaria sem pagar durante o prazo estipulado, pois encargos estariam pagos antecipadamente.

      Verifique a disponibilidade com seu banco.

      Equipe Click Habitação

      Equipe

  26. Boa tarde!
    Parabéns pelo site…
    Preciso tirar uma dúvida, para falar verdade confirmar uma situação.
    Estou em fase final para financiar um apartamento pelo MCMV, a construtora pediu os últimos 3 holerites para enviar ao banco, porém fiz muitas horas extras nos últimos 2 meses e meu salário bruto elevou um pouco do normal ficando assim…
    Junho – 4.356
    Julho – 5.535
    Agosto – 6.160
    Sendo que meu salário normalmente fica em torno dos 3.700, como a caixa irá fazer este cálculo para as parcelas mensais do financiamento.
    Obrigado.

    • Olá Diego,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Por se tratar de regra interna do Banco e não do Programa Minha Casa Minha Vida, não temos como precisar essa conta. Sugerimos efetuar a avaliação de risco no Banco para verificar a renda e os valores possíveis para o seu financiamento.

      Equipe Click Habitação

  27. Boa Tarde!
    Estou com muita dificuldade de efetuar o pagamento do meu crédito habitacional, estou desempregada e meu esposo também,nossa parcela é de R$ 2.700,00 elas vão diminuindo mas até isso ocorrer já perdi o bem que consegui com tanto custo.
    O que eu gostaria de saber, que inclusive já fui a CEF para tentar e não tem possibilidades, é existe algum órgão que posso recorrer para tentar baixar o valor da minha parcela pela metade, estamos vivendo um momento de crise, não quero deixar de pagar, mas o valor hoje se tornou inviável.
    O que posso fazer para conseguir isso.
    Obrigada.
    Como faço para diminuir as parcelas

    • Olá Marcela

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que reduzir o encargo mensal a metade é uma negociação muito difícil, a não ser que você efetivasse uma amortização.

      Conforme descrito no artigo a CAIXA oferece diversas opções negociais, mas a redução neste nível é complicado.
      Você podem requerer uma moratória (pausa estendida) por alguns meses.
      Podem requerer uma dilação de prazo contratual, mas não haverá uma redução tão significativa do encargo mensal. Veja no vídeo:
      #Vídeo 15 – Dilação de prazo do financiamento

      Outra opção, se tiverem FGTS, é utilizar o FGTS para pagamento de parte da prestação. Veja no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Uma possibilidade de diminuir um pequeno valor do encargo mensal é verificar a vantagem em fazer a portabilidade de seguro. Veja no artigo:
      Como diminuir valor da prestação habitacional?

      Outras questões estão descritas no artigo, como por exemplo, o desfazimento de parte do patrimônio pessoal para fins de adequar a capacidade de pagamento do financiamento. Por exemplo: vender o carro ou trocar um veículo mais barato e utilizar o valor para amortizar e reduzir a dívida ou utilizar para pagamento das parcelas.

      Equipe Click Habitação

  28. Bom dia,,,

    Em maio de 2014 completei 5 anos em atraso das prestações. neste periodo tentei por diversas vezes fazer acordo, e sempre fui encaminhado a um gerente habitacional que não aceitava… entao deixei para lá… no final de 2015, a CEF entrou com uma ação para suspender o prazo prescricional,…
    Resolvi estudar o caso, e percebi que a CEF perdeu o direito de retomar o imovel….
    Posso entrar como uma Ação para solicitar a baixa da hipoteca?

    • Olá Fabricio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o eventual situação do banco não ter executado a dívida no prazo legal não dá quitação da dívida.
      A cobrança pode e vai ser efetivada por meio administrativo.

      A baixa da hipoteca pode ser requerida após a quitação da dívida.
      Com certeza você poderá ter grande chance de fazer um grande negócio com o Banco, dada a situação mencionada no comentário.

      Equipe Click Habitação

  29. oi boa noite,
    gostei do site entrei em vários, esse é o único que está bem completo em assuntos do interesse ,
    estou com uma duvida , a dona da casa me deixou morando na casa até retornar , a mesma foi morar em outro local a trabalho e me deixou pagando , só que atrasou umas 3 prestações e não consigo mais imprimir pelo site, tem uma msg pra procurar sua agencia caixa , posso ir na agencia pra imprimir os boletos total pra pagar eu mesmo resolver o só a proprietária?

    • Olá Jonas,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Você pode pedir os boletos de pagamento porém sugerimos que não mencione o histórico citado, pois pode haver questionamento.
      Atentar que pode existir custas de cartório somando ao valor total do atraso, uma vez que o Banco já pode ter iniciado o processo de execução da dívida.

      Equipe Click Habitação

  30. Ola boa noite, primeiramente muito obrigado pelo conteúdo desse site nos ajuda muito….
    Eu tenho um imovel financiado pela minha casa minha vida e estou vendendo financiado pela própria caixa , os dados da pessoa q esta comprando jah foram aprovado, eu estou com a parcela atrasada pois no momento estou sem condição e gostaria de saber se implica no processo da venda? Ou a caixa só quita realmente todo saldo devedor
    Alinda não foi gerado As primeiras taxas para serem pagas mais creio q não vai demorar
    Desde jah muito obrigado

    • Olá Elton,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Não há problema em liquidar o contrato com prestações em atraso, até porque você está vendendo o imóvel para outra pessoa.
      O valor que você receberá será a diferença entre a dívida do contrato (Saldo Devedor + Atraso) e o valor de compra e venda.

      Equipe Click Habitação

  31. Boa tarde, estou com 14 parcelas do meu contrato em atraso, em março recebi a intimação do cartória, porém um dia antes de ir pro hospital ter bebê, então não compareci a CEF, dia 16/08/2016, fui lá e fui informada que já tinha sido pago o ITBI e o IPTU, liguei pra um numero e me informaram que eu não tinha mais como pagar, que agora esperasse a casa ir a leilão, mas ela deixou claro que ainda não tinha ido, o cartório também me passou a mesma informação, quero pagar o valor total com todas as despesas de encargos, tudo de uma vez só, vcs acham que ainda consigo, o gerente da CEF passou minha proposta adiante, o que faço, segundo o gerente da caixa a transação está com uma empresa de nome GIREC eles que tão dificultando, pela CEF eu tinha pago na hora. não tenho FGTS, mas tô com o valor de tudo pra pagar, tanto dos atrasados como dos encargos.

    • Olá Sheyla

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Sugerimos efetivar uma proposta de negociação no site do Banco:
      Proposta de negociação CAIXA

      A proposta será analisada pela área de cobrança da CAIXA.Faça a melhor proposta possível

      E sugerimos, também, fazer uma comentário no facebook do Banco:
      https://www.facebook.com/caixa/?fref=ts

      Eles irão lhe dar um retorno. Faça as duas coisas.

      Equipe Click Habitação

    • 14 PARCELAS, E O BANCO NÃO TOMOU, ENTÃO TO PREOCUPADO A TOA,RS.BRINCADEIRA, TO NÃO,JÁ TO COMEÇANDO A COÇAR A CABEÇA.QUE DEUS NÓS AJUDE.

  32. Boa tarde,

    Estou com 3 prestações vencidas do mcmv, e não consigo mais acessar o site da caixa e pegar a 2ª dos boletos para pagamento, pois consta ” contrato liquidado ” gostaria de saber se consigo quitar toda a dívida em dinheiro ou com fgts e tirar meu nome dos orgãos cobradores e findar o risco de perder o apartamento, e quanto tempo eles levam ppra retomar os imóveis? Estou preocupado, vou amanhã ao banco resolver isso e gostaria de ir com estas informações!
    Obrigado

    • Olá Lucas

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que após determinado período os boletos param de ficar disponíveis para acesso.
      Assim, orientamos a procurar a sua agência para tratativas de emissão e pagamento dos boletos em atraso.

      Equipe Click Habitação

  33. Estou com 4 prestações do meu financiamento em atraso. A Caixa repassou meu caso para uma empresa recuperadora de crédito, na qual fiz um acordo para pagar vai boleto bancário. Mas fui informado que devo procurar o cartório para assinar a intimação, pois meu contrato está em fase de execução. Gostaria de saber se eu pagando as 3 parcelas mais atrasadas dentro dos 15 dias que se tem para negociar corro o risco de perder meu apartamento?

    • Olá Clayton

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se você pagar as parcelas em atraso o processo de execução é extinto. Existem custas do processo que serão cobradas de você

      Orientamos a negociar de forma a não atrasar mais. Se tiver FGTS utilize para pagamento de parte das prestações:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Equipe Click Habitação

  34. Estou com 7 parcela em atraso o fasso agora para regularizar estava parado mas agora comecei a trabalhar o q fassa

    • Olá Wellington

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Orientamos a efetivar uma proposta de negociação junto ao banco.
      Você ter algum valor para entrada.
      Se seu contrato for da CAIXA orientamos a efetivar a proposta negociação pela internet:
      Proposta de Negociação CAIXA

      Equipe Click Habitação

  35. boa tarde no meu caso ja estamos com mais de 14 parçelas e ja fomos no banco umas 10x e o banco fala que eles não tem nada a ver com isso mais que o caso da casa não esta mais com eles e mandão ligar num numero que não funciona ja não sabemos o quer fazer tamos querendo acertar a divida mais pra quem pagar ?

    • Olá Fernando

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a pedir ajuda ao PROCON para auxiliar nas tratativas de negociação da dívida.

      Equipe Click Habitação

  36. Boa Noite, estou com duas parcela do meu apartamento em atraso dia 15 vence a próxima, tenho o valor para pagar uma dessas parcelas mais o banco não aceita, e também não quer negociar as parcelas pois alega que eu utilizei o fgts para desconto nas parcelas por esse motivo não podem negociar as que estão em atraso, o que fazer neste caso?

    • Olá Graziele,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Não existe regra oficialmente de que não existe negociação quando se está usando FGTS para pagamento de parte de prestação porém a única opção permitida é a incorporação de encargos em atraso, porém se exige o pagamento de valor de entrada equivalente ao valor de uma prestação no seu valor total.
      Você diz que só tem valor de uma prestação já descontada com FGTS, então realmente fica difícil negociar nessa situação.
      Não tem mesmo como conseguir esse valor já que possui o desconto?
      Porque se você ficar com 3 prestações em atraso, o Banco iniciará o processo de execução extrajudicial via intimação e mais custas serão imputadas a esse total.
      Você pode propor sua forma negociar por meio do site da CAIXA (se for esse o Banco). Mas precisa oferecer uma proposta, senão o Banco não vai aceitar.

      Equipe Click Habitação

  37. Olá boa noite.Gostaria de saber como faço,o meu salário foi reduzido consideravelmente,porém meu financiamento e de 420 meses,e estou com muita dificuldade pra pagar,estou com uma prestação em atraso,consigo diminuir o valor das parcelas?Consegue me da uma sugestão?

  38. Olá eu tenho uma apartamento sendo que as parcelas são no valor de 630 reais! No dia 29/06 venceu a terceira ! Sera que consigo no dia 4 paga pelo menos uma das que está em atraso?

    • Olá Raabe

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco para tratativas de negociação.
      Se tiver FGTS você como alternativa utilizar o FGTS para pagamento de parte da prestação. Veja detalhes no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Procure negociar, pois os bancos estão mais rápidos na execução dos contratos.

      Equipe Click Habitação

  39. Ola Boa Tarde,

    Comprei um apartamento financiado pela Caixa imovel usado, e estou com 14 parcelas atrasadas e meu advogado me instruiu a mandar uma carta para a Caixa a gerencia e superintendencia para tentar negociar ainda não foi para leilao deixei de pagar devido ao desemprego e baixa renda e tambem tenho uma criança de 6 anos que mora na casa como devo me proceder diante dessa situação, passei uma negociação que minhas parcelas tem que ser de R$ 928,00 para R$ 500,00 existe solução para o meu caso já que não tenho aonde morar?

    • Olá Carol,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Sua situação é muito complicada, você deve procurar urgentemente o Banco para negociar sua dívida.
      Não há necessidade de carta, o que você precisa é ver as alternativas possíveis para o seu caso.
      Primeira coisa, colocar as prestações em atraso “em dia”. Saiba que além dessa dívida, você terá incluído o valor das custas de todo o processo de execução, e quanto mais tempo você demora, mais custos vão ter.
      Você precisa na negociação, apresentar uma proposta com valor de entrada. Veja se é possível incorporar as prestações em atraso, mas essa opção irá aumentar o valor da prestação.
      Sobre a opção de diminuir o valor das parcelas, você tem algumas opções. Você pode tentar aumentar o prazo do financiamento caso não tenha assinado no prazo máximo da sua modalidade.
      Porém não vai diminuir tanto como deseja. Para alcançar tal queda, talvez o uso do FGTS na prestação em que poderá reduzir em até 80% do valor total da prestação.
      Mas para isso você deve ter saldo na conta vinculada e pré-requisitos para o uso.

      Saiba mais no artigo Como diminuir valor da prestação habitacional?Como diminuir valor da prestação habitacional?.

      Agora se nenhuma das opções for possível, veja a possibilidade de vender outros bens, conseguir dinheiro emprestado da família ou mesmo a venda o imóvel e adquirir outro que consiga pagar.

      E lembre-se: nunca deixe tanta prestação em atraso sem negociar com o Banco, você será o maior prejudicado.

      Equipe Click Habitação

  40. BOA NOITE, ATRASEI MINHAS PRESTAÇÕES E PARA EVITAR PERDER MINHA CASA ENTREI COM UMA REVISIONAL NA JUSTIÇA, SO QUE O JUIZ JULGOU IMPROCEDENTE A DOIS DIAS, O QUE ACONTECE AGORA?

    • Olá Jovivalto,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      A primeira coisa a se fazer é saber como está a situação do seu financiamento.
      Quantas prestações em atraso? Está em fase de execução ou já foi disponibilizado para leilão?
      Se ainda não foi para leilão, procure o Banco e faça uma proposta de negociação.
      Lembre-se que você deve, pelo menos oferecer uma entrada, como forma de mostrar o interesse de colocar as prestações em dia.

      Veja no artigo se uma das opções de negociação são plausíveis para o seu caso.

      Equipe Click Habitação

  41. Boa tarde,,, poderia me ajudar comprei um terreno e termina em de pagar as prestações,, porém ficaram 5 parcelas atrasadas pois a lotadora quando quis pagar duas ou três ela não quis me enviar os boletos, só me enviaram si eu paga em todas atrasadas e eu não tinhá dinheiro para pagar todas somente em duas em duas,,,o valor da prestação era de 780 reais, liguei agora para eles me mandarem um boleto para quitação eles me informaram que o calor agora está em 6.700 reais, li no contrato que o valor da multa esta em 0000,3% AO DIA ISTO ESRA CERTO,,, EU POSSO PERDER O TERRENO POIS JA ESTA NO FINAL…

    • Olá Carlos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando as informações orientamos a procurar ajuda do PROCON para investigar e negociar com o credor.

      Equipe Click Habitação

  42. Olá, pessoal.

    Comprei um apartamento há 4 anos, porém mudei de cidade (há 3 anos) e agora não tenho mais como arcar com os custos do financiamento tampouco do condomínio. O apartamento está fechado desde que me mudei, infelizmente não consegui vender nem alugá-lo. Atualmente ele está com 5 parcelas atrasadas, sei que o banco ainda não o retomou, pois já entrei em contato e eles me comunicaram isso, inclusive tentaram me oferecer um acordo.

    Agora estou prestes a quitar esse acordo que o banco me fez, porém receio que novamente irei acumular as prestações, pois minha esposa está desempregada e não temos mais como arcar com o aluguel de onde moramos e os custos desse apartamento.

    Minha dúvida é: levando em conta que eu não me importo em perder o que já paguei, o que acontece caso eu deixe de pagar o financiamento? Qual será minha situação? Terei mais algum custo?

    Não tenho mais interesse no apartamento e seus custos estão nos sufocando.

    Se puderem responder ficarei muito agradecido.

    • Olá Junior

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a melhor alternativa seria a venda do imóvel.

      Informamos que a consequência é a inclusão do nome dos cadastros informativos de crédito externos até a quitação do atraso ou do registro da retomada no Cartório de Registro de Imóveis.
      Uma vez retomado o imóvel a dívida é quitada.
      Após a consolidação de propriedade pelo Banco existem leilões de venda do imóvel, se houver lance superior a dívida e despesas de cobrança do banco poderá haver devolução de valores pagos por você.
      No cadastro interno do banco ficará o histórico de atraso e a retomada do imóvel, o que poderá prejudicar eventual crédito futuro.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Equipe Click Habitação

  43. Boa noite, postei recentemente uma duvida a cobrança de cartorio referente a atraso nas prestações, e me foi repassado que a caixa pode acondicionar essas cobranças nas prestações,mas essa semana resolvi dar uma lida aprofundada no contrato que constatei um equivoco por parte da caixa economica, segundo a ouvidoria :
    A CAIXA notifica os contratos habitacionais com atraso de 35 a 65 dias , até 2 prestações em atraso , conforme previsto no Parágrafo 1º, Art. 26 da Lei 9514/97:
    Art. 26. Vencida e não paga, no todo ou em parte, a dívida e constituído em mora o fiduciante, consolidar-se-á, nos termos deste artigo, a propriedade do imóvel em nome do fiduciário.

    § 1º Para os fins do disposto neste artigo, o fiduciante, ou seu representante legal ou procurador regularmente constituído, será intimado, a requerimento do fiduciário, pelo oficial do competente Registro de Imóveis, a satisfazer, no prazo de quinze dias, a prestação vencida e as que se vencerem até a data do pagamento, os juros convencionais, as penalidades e os demais encargos contratuais, os encargos legais, inclusive tributos, as contribuições condominiais imputáveis ao imóvel, além das despesas de cobrança e de intimação.

    ate aí tudo certo mas esqueceram de analisar o que diz o seguinte paragrafo:

    § 2º O contrato definirá o prazo de carência após o qual será expedida a intimação.

    e contatei no contrato o seguinte :
    clausula vigessima nona – do prazo de carencia para expedição da intimação para os fins previstos no 2º , art 26 da lei 9514/97, fica estabelecido o prazo de carencia de 60 ( sessenta dias ) contados da data de vencimento do primeiro encargo mensal vencido e não pago , e analisando os dias em que fiquei em atraso não passa de 60 dias conforme tabela abaixo:
    28/09/2015 paga 18/11/2015
    28/10/2015 paga 15/12/2015
    28/11/2015 paga 18/01/2016
    28/12/2015 paga 25/02/2016
    28/01/2016 parga 23/03/2016
    28/02/2016 paga 04/04/2016
    28/03/2016 paga 04/05/2016
    28/04/2016 paga 02/06/2016

    Gostaria de saber analisando todo esse contexto se estou correto em dizer que a caixa se equivocou em fazer cobranças de cartório mesmo não excedendo o período de carência ?
    agradeço desde já.

    • Olá Thiago

      Bom dia!

      Esclarecemos que provavelmente a Notificação recebida ou efetivada pelo Banco não é do processo de Intimação previsto na Lei 9514/97, mas uma Notificação apenas de cobrança.
      Ou seja trata-se de uma notificação administrativa de cobrança e não tem validade no processo de execução previsto na lei 9514/97, inclusive a Intimação deve ser efetivada pelo Cartório de Registro de Imóveis e provavelmente a notificação recebida foi expedida por um Cartório de Notas.

      Verifique o tipo de notificação e o tipo de Cartório que a expediu.
      A Intimação, inclusive, tem um custo bem superior ao da Notificação.

      Equipe Click Habitação

  44. Bom dia!
    Tenho um financiamento pela caixa juntamente com meu irmao e me arrependi do financiamento se não pagar mais e meu imovel for tomado pelo banco meu nome fica no SPC e Serasa? Por quanto tempo? Nunca mais poderei financiar outro imovel pela Caixa ou Banco do Brasil? Se for vendida pelo preço maior que a divida eu recupero algum valor? Grato.

    • Olá Alessandro

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o seu nome ficará no cadastro informativo de crédito pelo prazo máximo de 5 anos, conforme consta no artigo.
      Mas, se o banco retomar o imóvel deverá retirar do cadastro, a partir do registro da retomada no Cartório de Registro de Imóveis.

      A retirada é nos cadastros externos, mas no cadastro interno permanece o seu histórico de atraso e a retomada do banco, o que poderá impedir ou minimizar limites e a aprovação de crédito futuro.

      Se o imóvel for vendido nos leilões após a consolidação de propriedade pelo banco e o valor pago pelo comprador for maior que a dívida atualizada e a soma das despesas de cobrança e registro da retomada o valor que sobrar será devolvido aos ex-mutuários.
      Veja detalhes no artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Equipe Click Habitação

  45. bom dia, estou com 3 meses de atraso das minhas prestação. Posso perder meu AP?
    Posso usar o FGTS para amortizar mesmo em atraso?

    • Olá Viviane

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Lembramos que uma das obrigações previstas no seu contrato é o pagamento dos encargos mensais, se não o fizer estará sujeita a providências de cobrança e execução pelo Banco.
      Veja detalhes no artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Orientamos a efetivar tratativas de negociação com o banco o mais rápido possível.

      Esclarecemos que para utilizar o FGTS para amortização você deverá estar em dia. Assim, precisaria negociar primeiro o atraso.

      Mas, na modalidade de pagamento de parte da prestação você poderá estar com até 3 prestações em atraso, e poderá utilizar o FGTS para pagamento de até 80% do encargo por 12 meses. Você deverá ter saldo na conta do FGTS para o período de 12 meses no momento da negociação. Não podem ser depósitos futuros.
      Deverá atender as condições de uso. Veja os detalhes no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Equipe Click Habitação

  46. Meu filho comprou imovel MRV em Outubro 2013, só assinou na Caixa financiamento Fev. 2014, as chaves só entregaram 14 Maio 2014. Tudo indo normal em Outubro de 2014 meu filho perdeu emprego a empresa fechou.Todas as dividas amontoaram, o FGTS ja tinha sido retirado para abater a entrada, o que restou em dinheiro foi pagando carro, imovel, cartão, gastos em casa.
    O dinheiro acabou entrou em depressão, só conseguiu outro emprego sem registro 1 ano depois, fomos na Caixa e nos disseram que ja foi pra execução, mas enviaram uma demanda para ter um acordo mas avisaram teria que pagar a vista todo atraso (isso foi no mes de Fevereiro 2016, disseram que em 5 dias enviariam uma resposta ja estamos em Junho ate agora nada,como fica a situação, prestação $ 1.800,00 decrescente fora juros, não temos total $$ de 1 ano de atraso, pode trocar por imovel mais barato, ou diminuir as prestações, estamos em desespero

    • Olá Sonia,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O primeiro passo é verificar com o Banco se ainda há negociação, ou seja, se o imóvel não foi retomado.
      Não podem ficar aguardando respostas, deveriam ter ido atrás delas!

      Se ainda tiver negociação orientamos a priorizar o imóvel em detrimento de outros bens, por exemplo: o carro citado e outros que tiver.
      Procure negociar e se for o caso avalie a possibilidade de vender o imóvel para recuperar o que foi pago. E a partir daí recomeçar.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Martonio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que perfeitamente possível negociar a venda de imóvel financiado.
      Este processo se denomina transferência. Veja os detalhes no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  47. olá boa tarde.tenho um imóvel financiado pela caixa,mais ñ estou mais querendo continuar com essa dívida.então queria saber se posso trocar com outra pessoa outro imóvel.ou seja quero saber se posso passar o meu financiamento para alguém que tenha interesse em
    ficar com minha casa?
    posso trocar meu imóvel,e passar a minha dívida para outra pessoa?

    • Olá Gisele

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que perfeitamente possível negociar a venda de imóvel financiado.
      Este processo se denomina transferência. Veja os detalhes no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  48. Boa tarde, me Ajudem!
    Apos Acabar o Financiamento de 288 prestaçoes a qual está em 400,00*R$ a Caixa economica continuou mandando boleto alegando prorrogaçao por mais 60 meses de 800,00R$ isso é Legal?
    se for.. tem como ir ao banco e pedir para alterar para 120 meses de 400,00?

    • Olá Edson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que seu contrato deve ser dos antigos e provavelmente pela Equivalência Salarial ou com desequilíbrio na relação entre a prestação paga e o saldo devedor.
      O valor pago não era suficiente para amortizar o saldo devedor e sobra saldo devedor residual.
      Se o contrato não tiver cobertura do FCVS o saldo residual é de responsabilidade do comprador.
      Veja no artigo:
      Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo

      Com relação a dilação do prazo de prorrogação não sabemos se é viável. Orientamos efetivar uma proposta de negociação no site da CAIXA:
      Proposta de Negociação

      Pode efetivar pelo Facebook:
      Facebook CAIXA

      Equipe Click Habitação

  49. Bom dia..
    Estou com 4 prestações atrasadas e disposta a paga a vista mas foi bloqueado o sistema de pagamento do meu financiamento , fui instruída a mandar um pedido formal para o desbloqueio, com o pedido feito preciso saber se consiguirei quitar minhas prestações sem perder minha casa do cdhut que possuo a 6 anos…

    • Olá Leandra

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se houve instrução da CDHU para efetivar o pedido orientamos a fazer o pedido e efetivar o pagamento o mais rápido possível.
      Cremos que o prazo ainda é insuficiente para a retomada do imóvel. Mas, fique de olho e procure não atrasar mais.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Maria

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o banco de imediato. Com este número de prestações em atraso o imóvel já ter sido retomado.
      Você deverá ter uma entrada.

      Equipe Click Habitação

  50. Tenho apro com financiamento de 230.000 quero trocar num sobrado que gostei de 410.000 ainda ficaria devendo 80.000, conseguiria fazer essa negociação de que forma, já que preciso pagar os 80.000 através de financiamento? E a caixa permitirá troca de apto por sobrado?

    Obrigada.

    • Olá Cleonice

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Neste caso você precisará fazer 2 operações:
      – Vender ou transferir a dívida do financiamento do primeiro imóvel
      – Efetivar novo financiamento para adquirir o novo imóvel

      Não é possível misturar as operações.

      Equipe Click Habitação

  51. Por favor eu tenho um financiamento da caixa de um apartamento e nao consigo mais pagar e ele ainda está na fase de construção nao tenho como negociar pois estou sem condições o que acontece quando eu parar de pagar isso da prisão

    • Olá Pamela

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que este tipo de problema não gera prisão.
      O máximo que pode acontecer é você ficar com nome nos cadastros informativos de créditos durante o período da inadimplência até a eventual retomada do imóvel pelo banco.

      Por isso, quando se vai efetivar a compra de um imóvel é importante efetivar o planejamento financiamento da empreitada.
      Sugerimos colocar o imóvel a venda, pois de repente você pode conseguir um comprador, transferir o financiamento e recuperar pelo menos parte do que pagou.
      Verifique junto a Construtora ou corretores essa possibilidade.

      Equipe Click Habitação

  52. Por favor, tenho financiamento pela caixa e não consigo mais pagar as prestações
    A Caixa pode reter meu FGTS?
    Depois da retomada do iimóvel e quitação da dívida em leilão meu nome continua nos órgãos de inadimplentes?

    Obrigada

    • Olá Gisele

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGTS não pode ser retido por qualquer banco em função de inadimplência. Fique tranquila.
      Informamos que após a retomada do imóvel o seu nome deve ser retirado de imediato pelo Banco dos cadastros informativos externos.
      Provavelmente o banco manterá a informação interna sobre o histórico de atraso e a retomada do imóvel.

      Neste caso, orientamos a vender o imóvel, por meio de transferência de financiamento ou novo financiamento para o comprador, pois poderá recuperar tudo ou pelo menos parte do que você pagou.

      Equipe Click Habitação

  53. Bom dia, minha namorada comprou um imovel, não está conseguindo pagar, os atrasados já está em 1 ano e meio, mais pelo que sabemos o imovel ainda não foi tomado, o financiamento dela é para 30 anos, ela pagou apenas dois anos, e está um ano e meio sem pagar, o que vocês especialista indicam para ela? Compensa ainda ela tentar voltar a pagar? a Caixa deixara ela voltar a pagar depois de tanto tempo? Obrigado

    • Olá Daniel

      Bom Dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que enquanto o imóvel não for retomado pelo Banco é passível de negociação.
      Orientamos a efetivar uma proposta de negociação.

      A questão de compensar a negociação é necessário verificar o valor do imóvel em comparação com a dívida acumulada.
      Para negociar ela poderia se desfazer ou trocar bens, por exemplo, um carro, com objetivo de dar de entrada.

      Orientamos a procurar o banco e verificar as condições de negociação.

      Equipe Click Habitação

  54. Boa noite
    Tenho três parcelas do financiamento em atraso, o meu FGTS está retido, pois me demiti da empresa, e o gerente me informou q não posso utiliza lo, poderia me orientar como proceder!
    Obrigada

    • Olá Juan

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o fato de ter pedido demissão é impeditivo para usar o valor da conta do FGTS, a não ser que seja uma conta RECURSAL (demanda judicial).

      Considerando a situação orientamos a efetivar uma proposta de negociação ao banco dentre as elencadas no artigo.

      Se não tiver dinheiro para entrada deverá fazer a opção de vender ou trocar algum patrimônio (ex. carro).

      Se o contrato for da CAIXA faça uma proposta de negociação no site:
      Proposta de Negociação
      A proposta será analisada pela área de cobrança do Banco. Faça a melhor proposta possível, de forma de possa continuar pagando depois da negociação.

      Equipe Click Habitação

  55. Tenho uma casa do projeto minha casa minha vida e fiz uma reforma nela e ficou super boa tipo ela tinha 50 metros de casa e agora tem 100, e muita gente fica falando que posso perder minha casa por que quebrei e modifiquei muita coisa falam que eu nao precisava por que tipo gastei uns 45 mil na reforma isso pode srr verdade tenho chances de perder meu imovel?

    • Olá William

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há impedimento na efetivação da reforma. Lembrando que a reforma deve ter regularização e aprovação pela Prefeitura local e averbação junto a matrícula do imóvel.

      O que acontece é com relação a cobertura do seguro de Danos Físicos no imóvel que ficará restrita ao projeto inicial.

      Equipe Click Habitação

  56. Boa tarde, fiquei desempregada e ainda não estou com prestações de minha casa em atraso, porém gostaria de evitar esse problema até conseguir vende-lo, pois comprei em dezembro de 2014 com financiamento 420 meses. Agora estou com medo de perder tudo. Posso interromper o contrato por 7 meses até conseguir vende-lo.
    Atenciosamente,

    Angela

    • Olá Angela,

      Boa tarde! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Não sugerimos ficar com o contrato inadimplente pois isso pode trazer outros ônus como: inclusão do nome em cadastros restritivos, aumento da dívida por inclusão de custas pelo processo de execução extrajudicial, isso sem contar o risco de perda de imóvel.
      Os Bancos hoje oferecem alternativas negociais para quem ainda não está em atraso. Inclusive o aviso prévio é visto com bons olhos para os Bancos pois demonstra interesse do cliente.
      A CAIXA oferece, por exemplo, a pausa estendida, em que você pode incorporar de 3 a 6 prestações futuras. Ou seja, você deixa de pagar as prestações, mas o valor total das prestações é somado ao saldo devedor e diluído no restante do prazo do contrato.
      Isso pode te dar um tempo para conseguir vender o imóvel.
      Procure logo a agência ou entre em contato pelo site, se CAIXA: Renegociação Habitacional.

      Equipe Click Habitação

  57. Sou aposentado. Quando estava trabalhando( mesmo aposentado) fiz um financiamento.. Mas fui demitido. A minha renda caiu R$ 6.000,00. Não estou tendo condições de pagar as prestações. Tem como cancelar esse contrato.

    • Olá Luiz Antônio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Acreditamos que a melhor opção é você vender o imóvel. E o financiamento pode ser transferido ao novo comprador. Veja no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Assim, você pode recuperar parte do que já pagou.
      Os bancos, em geral, não aceitam a devolução do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  58. ola estou com duas prestacoes do imovel atrasadas do financiamento da caixa ,sera que corro risco de perder o imovel?

    • Olá Tiago,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o credor (Construtora ou Banco) podem executar a dívida e a consequência poderá ser a perda do imóvel.
      Orientamos a procurar o credor e negociar o atraso.

      Equipe Click Habitação

  59. como faço para consseguir desconto coma quitaçao do imovel.pois ja tentei, e disseram que nao teria jeito.

    • Olá Marco,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com relação eventual desconto de juros em função da quitação antecipada esclarecemos que nos contratos habitacionais os juros contratuais são cobrados no cálculo das prestações de amortização e juros (A+J) não implica em apurar juros futuros, ou seja, os juros são apurados a cada evento, no caso em pauta mensalmente, pelo método juros simples (j=i/1200*C).

      Quando da liquidação haverá apuração dos juros contratuais proporcionais desde a data do último vencimento do encargo mensal até a data da liquidação. Assim, não há desconto de juros, pois eles são pagos junto com as prestações mensais.

      Os bancos não concedem descontos nos contratos atuais, somente os contratos antigos e desequilibrados tinham descontos, em função do potencial de saldo residual existente.

      Para entender melhor a evolução do saldo devedor. Sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.