Minha Casa Minha Vida – Direitos e Deveres

Minha Casa Minha Vida – Direitos e Deveres

2492
Fonte: Caixa
COMPARTILHAR

Programa Minha Casa Minha Vida nas Faixas II e III, e agora também na faixa 1,5, é financiado com recursos do FGTS: veja informações importantes sobre os contratos

Programa Minha Casa Minha Vida nas Faixas II e III é financiado com recursos do FGTS: veja informações importantes sobre os contratos

Direitos e deveres do contrato

Atualmente as Faixas II e III do Programa Minha Casa Minha Vida incluem as pessoas com renda familiar de até R$ 6.500,00, sendo que estes valores são ajustados periodicamente pelo governo.

A garantia da dívida é o seu imóvel

No Programa Minha Casa Minha Vida, o seu imóvel é dado como garantia de pagamento ao financiamento feito com o Banco (CAIXA ou BB). Isso significa que você pode morar na casa com a sua família, durante o tempo em que durar o contrato, mas não pode:

  • Alugar;
  • Deixar de pagar as prestações ou
  • Descumprir as regras até que o contrato dessa casa termine ou você pague toda a dívida.

Você pode perder o imóvel adquirido no Programa Minha Casa Minha Vida

Isso pode acontecer quando você atrasa o pagamento de duas ou mais prestações. Nesse caso, a dívida é cobrada toda de uma vez e você não pode comprar outro imóvel com os descontos e vantagens do Programa Minha Casa Minha Vida. Por isso, quando tiver qualquer problema para pagar as prestações, procure o Banco imediatamente.

Veja mais:

Programa Minha Casa Minha Vida – Esclarecimento aos compradores

Possui cobertura do FGHab

Os financiamentos habitacionais contratados no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV, com recursos do FGTS, são garantidos pelo Fundo Garantidor da Habitação Popular – FGHab, fato que dispensa a contratação de seguro com cobertura de Morte, Invalidez Permanente – MIP e Danos Físicos ao Imóvel – DFI.

O FGHab é um fundo privado constituído com patrimônio próprio dividido em cotas, com prazo indeterminado, regido por Estatuto específico e pelas disposições legais e regulamentares que lhe forem aplicáveis. Cabe à CAIXA administrar, gerir e representar judicialmente o Fundo. 

Esse fundo tem por finalidade conceder as seguintes garantias:
  • Quitação total ou parcial do saldo devedor do financiamento habitacional em caso de Morte e Invalidez Permanente (MIP) do comprador ou dos compradores;
  • Pagamento de despesas para recuperação de Danos Físicos no Imóvel (DFI);
  • Concessão de empréstimo ao comprador ou aos compradores para pagamento de prestações do financiamento habitacional em caso de desemprego e redução temporária da capacidade de pagamento.

O valor do FGHab varia de 2% a 7,14% sobre o valor da prestação (Amortização e Juros) e deve ser pago junto com a prestação habitacional. Esse valor varia conforme o aumento da idade dos financiados, mas não pode ultrapassar 7,14%.

Veja como funciona:

1. O FGHab assume as despesas de recuperação relativas a Danos Físicos no Imóvel (DFI) em consequência de incêndio ou explosão, inundação ou alagamento, destelhamento causado por ventos fortes ou granizos e desmoronamento total ou parcial.

2. O comprador, seu sucessor ou herdeiro pode solicitar a quitação do imóvel nos seguintes casos:

  • Morte do comprador em nome de quem esteja o imóvel;
  • Invalidez permanente que impeça o desempenho de trabalho habitual de forma definitiva, desde que não esteja recebendo auxílio-doença.

Atenção:

  • Quando o imóvel a composição de renda foi feita por mais de uma pessoa (financiadas), a quitação pode ser apenas parcial (proporcional);
  • Não há cobertura para os riscos de invalidez permanente decorrente e/ou relacionada à doença manifesta em data anterior à assinatura do contrato de financiamento, de conhecimento do comprador e não declarada na proposta do financiamento ou decorrente de eventos comprovadamente resultantes de acidente pessoal ocorrido em data anterior à data de assinatura do contrato.

3. O comprador pode solicitar ao Banco a concessão de empréstimo por conta do FGHab para pagar prestações nos seguintes casos:

  • Perda de mais de 30% da renda familiar, na data da solicitação do comprador para a concessão do empréstimo por conta do FGHab;
  • Perda do emprego.
O empréstimo por conta do FGHab pode ser usado por quem:
  • Já pagou seis ou mais prestações do contrato;
  • Está em dia com todas as prestações nos meses anteriores à solicitação;

A solicitação do “empréstimo” é feita por escrito ao Banco, comprovando o desemprego ou a perda de renda;

Fique atento: o requerimento deve ser refeito a cada três prestações cobertas pelo FGHAB.

Lembre-se:

  • Cada vez que você utiliza o FGHab por perda de renda ou desemprego, deve pagar 5% do valor do encargo mensal;
  • O FGHab, em caso de desemprego ou perda de renda familiar, pode ser utilizado pelo prazo máximo de 36 meses. Esse prazo será calculado de acordo com a renda familiar bruta;
  • As prestações pagas pelo fundo deverão ser pagas por você com juros e correção monetária no final do período de utilização ou após 12 meses contados da última prestação assumida pelo FGHab (o que ocorrer primeiro). Em caso de impossibilidade de pagamento imediato, o Banco pode parcelar ou inserir o valor da dívida no final do contrato (a data final do contrato será adiada).
Como acionar a cobertura do FGHAB:

Em caso de sinistro de MIP e DFI ou Perda de Renda, o Banco deve ser informado para acionar o pedido de cobertura junto à Administradora do FGHab.

Fim do FGHab

A lei 11.977 de 07/07/2009 que trata do Minha Casa Minha Vida prevê a concessão de garantia para até 2.000.000 (dois milhões) de financiamentos imobiliários contratados exclusivamente no âmbito do PMCMV.

Em dezembro de 2015, essa cota de 2 milhões chegou ao fim. Como não houve suplementação dessa quantidade, para evitar que os contratos de financiamento imobiliário ficassem sem cobertura de MIP e DFI, os Bancos incluíram a cobertura por seguradoras.

Isso significa que agora existe diferença no valor da prestação por conta do CESH.

Para saber mais, veja o artigo:  Seguro: Veja os detalhes.

Dessa forma, antes de assinar, compare o valor praticado pelas seguradoras entre os Bancos que financiam pelo Minha Casa Minha Vida.

Atraso no pagamento das prestações

Caso haja atraso no pagamento das prestações, os valores serão acrescidos de multa de 2% ao mês e de juros de 0,033% por dia de atraso.

Recálculo e atualização

O contrato prevê a atualização mensal do saldo devedor pelo mesmo índice de atualização monetária das contas vinculadas do FGTS e o recálculo periódico do Encargo mensal, de acordo com claúsula contratual.

É importante informar que os reajustes do contrato não dependem do reajuste dos rendimentos dos devedores.

Problemas na construção

Quando o imóvel é escolhido diretamente pelo comprador, a responsabilidade pelos vícios construtivos é da construtora e não do Banco. Caso você entre em contato com a construtora e não obtenha resposta, procure o Banco.

Programa DE OLHO NA QUALIDADE – CAIXA

Por meio do programa De Olho na Qualid​ade, o cliente pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.

As reclamações recebidas são encaminhadas diretamente aos construtores, que devem emitir um laudo de contestação ou resolver o problema no menor tempo possível. Caso fiquem constatados vícios construtivos, como a utilização ou aplicação incorreta de materiais, as construtoras, seus sócios, dirigentes e responsáveis técnicos ficam impedidos de realizar novas operações de crédito até que o problema que deu origem ao apontamento seja solucionado.

Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268. Lá você também pode tirar dúvidas, dar sugestões ou elogiar.

Em casos assim, você também pode procurar o PROCON, seu advogado ou a Defensoria Pública da União ou dos Estados.

Veja também:

Cuidados com o imóvel – Vício ou Defeito Construtivo

Fonte: CAIXA e Estatuto do FGHAB

138 COMENTÁRIOS

  1. Fiz um financiamento do minha casa minha vida e já paguei 5 anos só q a casa está cheias de vícios de construção já acionei a caixa e a construtora é nada foi feito e agora a caixa diz q perdi a garantia tendo em vista q já passou os 5 anos.
    Isso é verdade mesmo?
    Vou ficar no prejuízo?

    • Olá Vandeval

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você deveria ter efetivado a reclamação desde o início da constatação dos problemas de construção. Veja no artigo:
      Vício ou defeito Construtivo: Cuidados com o imóvel

      Como é contrato do PMCMV orientamos a efetivar a reclamação pelo telefone:
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.
      PROGRAMA DE OLHO NA QUALIDADE.

      Equipe Click Habitação

  2. Prezados boa tarde, Meu pai, único nome do contrato Caixa Econômica “Minha casa minha vida” faleceu e não deixou informado no contrato quem seria o beneficiário. após acordado com minha irmã dei entrada no seguro que me informou a falta de beneficiário. para me tornar esse beneficiário cumpri todas as exigências impostas pela seguradora bem como continuei pagando o apartamento. Após três anos o seguro foi deferido, fui reembolsado em minha conta pessoal do valor integral das parcelas pagas após o falecimento de meu pai e informado que agora eu era o beneficiário. no entanto para realizar a transferência de titularidade a cx esta exigindo um inventário. que não fiz na época do falecimento. isso não deveria ter sido exigido tb para deferir o seguro? desde já agradeço a ajuda

    • Olá André

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que são coisas bem diferentes.

      A cobertura do seguro habitacional apenas quita o saldo devedor do contrato.

      A propriedade no Cartório de Registro de Imóveis você e os demais herdeiros precisam fazer o inventário e o formal de partilha.
      Procure o PROCON ou a Defensoria Pública para lhe ajudar nesta questão.

      Equipe Click Habitação

  3. Boa tarde.
    Comprei uma casa no qual esta financiada no programa minha casa minha vida. estou pagando o financiamento no nome do Comtemplado e fiz apenas um contrato de compra e venda com ele e registrei no cartorio.
    Este contrato tem validade? Depois de quitada, a casa pode ser passada para o meu nome (Comprador)?

    • Olá Jr Aranha

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que contrato de gaveta não é a melhor solução.
      Se for contrato do faixa 1 do Programa MCMV o Banco poderá retomar o imóvel por descumprimento contratual pelo comprador.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Posso vender imóvel do Minha Casa Minha Vida?

      Equipe Click Habitação

  4. Oi boa noite….
    Moro conjunto habitacional governo federal,sou obrigado a pagar condomínio porém não tem melhoria.
    As prestações da caixa estão em dia.
    Que devo fazer neste caso….

    • Olá Everton

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que viver em condomínio é um exercício de cidadania.
      Sugerimos conversar com o sindico e propor ideias para melhorar o condomínio.
      Existem despesas comuns a todos e os custos são divididos entre os moradores. O pagamento é obrigatório.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Rafael

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se o seu contrato prevê a cobertura do FGHAB poderá pleitear o empréstimo do FGHAB

      Lembre-se que é um empréstimo, você ficará com 2 dívidas.
      Verifique a possibilidade de pedir uma moratória junto ao Banco.
      Veja detalhes no artigo:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      Equipe Click Habitação

  5. Ola grupo, boa tarde
    Se uma pessoa que conseguiu ser comtemplada no minha casa minha vida a 2 anos e nesse período nunca morou na residência , sendo o qual a mesma foi invadida por uma outra família no qual é uma mulher e uma criança de 6 meses essa que foi contemplada mais nunca morou lá pode vim morar no imóvel ou recorrer a ações judiciais pra que essa família não permaneça na casa? Obrigado!

    • Olá Paulo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Situação estranha!
      Uma pessoa que é contemplada com uma casa e não vai morar, é por que não precisa de moradia, ou não?

      Orientamos a questionar junto a Prefeitura da cidade e efetivar a denuncia para averiguação.

      Equipe Click Habitação

  6. olá: peguei o fundo garantidor durante 12 meses, logo em seguida comecei a pagar as parcelas corretamente, mas não veio nenhuma cobrança do fundo garantidor no ano seguinte, depois de quase dois anos me mandaram a cobrança com um valor absurdo e ameaças de perda do imóvel… se não efetuar o pagamento isto procede? o que devo fazer.

    • Olá Luciano

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGHAB faz um empréstimo e você fica com 2 dívidas.
      Realmente é lamentável este tipo de cobrança. Orientamos a questionar a cobrança junto ao Gerente e falar que não tem condições de pagar de uma vez só e pedir o parcelamento no restante no prazo de financiamento.

      Você não é obrigado a pagar de uma vez só.
      Se não for atendida orientamos a abrir uma Reclamação junto ao Banco Central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  7. Boa Tarde!
    Solicitei junto à Caixa o FGHab – Fundo Garantidor Habitacional, por redução da renda, pois minha casa é no nome do meu esposo e no meu, fiquei desempregada e depois de algum tempo fui ler meu contrato, e vi esta possibilidade do fundo nos ajudar, (só fiquei sabendo deste Fundo garantidor porque tive a curiosidade de ler meu contrato, por não estar com condições financeiras para pagar as prestações, infelizmente o banco só tem interesse de nos informar no ato do financiamento o que favorece a eles) dei entrada no FGHab, levei toda documentação, foi feita a análise e foi constatado que realmente nós nos encontrávamos enquadrados na clausula da perca de 30% (trinta) da renda, no contrato é especificado, que deve ser feita a solicitação da cobertura das prestações pelo FGHab, a cada 03(três) meses, e assim foi feito, colocamos a casa em dia, como foi exigido pelo banco para dar entrada no FGHab, na primeira solicitação houve a cobertura das 03(três) prestações, mas na segunda vez que fomos da entrada o FGHab só cobriu uma prestação quando deveria cobrir 03 (três), fomos ao banco quando nos foi informado o que ocorreu, e tentamos da entrada novamente, mais unas 03(três) vezes, e sempre as prestações ficavam em aberto no sistema do banco, e para piorar eles nem sabiam o que estava acontecendo, não nos davam nenhuma explicação, e após várias tentativas frustradas, para piorar, o sistema barrou as entradas das solicitações do FGHab, ligamos para ouvidoria da caixa, que mandaram o gerente resolver nossa situação, mas o que ele nos propôs foi diluir as prestações em atraso e pagar um valor que foi calculado por eles, para que assim pudéssemos resolver nossa situação, liguei novamente para ouvidoria e a informação que costa no sistema e que o gerente repassou nossa situação para um superintendente da caixa, estamos com 16(dezesseis) prestações em aberto, estamos com medo de perder o imóvel, gostaria de saber como proceder nesse caso pois não queremos mais aguardar respostas do banco, que até agora não soube explicar o que houve, porque nossas solicitações do FGHab não estão dando certo, eu estou exigindo um direito que esta explicito do contrato que me dá até 36( trinta e seis) meses, no caso até 03 (três) anos, para restabelecer minha renda, preciso muito da ajuda de vocês, pois a meu ver, a Caixa estar descumprindo uma clausula do contrato, da qual tenho direito, e quero correr atrás dos mesmos, pois não estou em condições financeiras para arcar com uma dívida tão alta.

    Agradeço a atenção, obrigada.

    • Olá Nicole

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGHAB faz é um empréstimo, ou seja, você fica com 2 dívidas. ok?
      A cada 3 meses, você deverá comprovar a continuidade da condição de perda de renda e efetivar o pagamento de 5% do encargo.
      O número de parcelas que o Fundo pode cobrir (emprestar) depende da época de assinatura e da renda.
      Se a condição de perda de renda acabar, você deverá começar a pagar o empréstimo do FGHAB no encargo seguinte.

      Se a Reclamação junto ao Banco não funcionou orientamos abrir uma Reclamação junto ao Banco Central e o PROCON. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  8. Bom dia. Comprei uma casa no programa minha casa minha vida, quando comprei a casa o engenheiro da caixa veio olhou e disse que estava tudo ótimo, tem 7 anos que moro na casa. Já tem uns 2 anos que começou aparecer rachaduras, e só tá aumentando, e não tenho condições no momento de construir outra, nesse caso tenho algum direito. Desde já agradeço.

    • Olá Andreia

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a CAIXA tem um atendimento diferenciado para o Minha Casa Minha Vida.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  9. Boa tarde…
    Parabéns pelo site…
    Comprei uma casa usada ( totalmente reformada com 3 anos de construção )pela imobiliária no plano minha casa minha vida (banco Caixa) faz 5 meses e a pouco tempo estão aparecendo rachaduras, concreto caindo da parede, e infiltrações no piso do banheiro….
    Será que eu tenho o direito de reclamar com o banco ou com a imobiliária?
    Pago um valor alto nas prestações da casa e não tenho condições de pagar para reparar essas não conformidades. .. Não sei o que fazer…

    • Olá Anderson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos em primeiro lugar que era uma imóvel usado, então não é Programa Minha Casa Minha Vida, mas sim Carta de Crédito FGTS, a qual admite imóvel usado.

      Você deverá reclamar com o vendedor e/ou responsável técnico pela obra.

      Embora não seja Minha Casa Minha Vida tente ligar para o Programa de De olho na qualidade:
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  10. Boa tarde !
    Meu noivo é dono de 33% da casa dos pais dele , ele financiar uma casa mesmo sendo dono e uma parte desta casa ?

    • Olá Kelen

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que é permitida a concessão de financiamento no Minha Casa Minha Vida ou Carta de Crédito FGTS ao proponente detentor de imóvel residencial recebido por doação ou herança e gravado com cláusula de usufruto vitalício.

      Outra possibilidade é enquadrar: a concessão de financiamento ao proponente proprietário de fração ideal igual ou inferior a 40% de imóvel residencial, financiado ou não, considerando-se a participação em um único imóvel, isoladamente, inclusive no caso de casal.

      Equipe Click Habitação

  11. Ola pessoal !! Caiu um raio atras da minha casa (minha casa minha vida via CEF)
    e queimou o motor do meu portão eletronico,não possuo seguro da casa mas ja escutei falar que nas parcelas da casa ja tem um seguro para sinistros,isso procede?
    E se existe voces sabem me informar se cobre? ja que isso foi uma obra minha fora o imovel,se é que voces me entendem coloquei após comprar a casa!!!
    E por onde começarei a mexer com isso?
    Att Sandro Minella

    • Olá Sandro

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existe cobertura para Danos Físicos no imóvel, sim. Veja no artigo:
      Seguro: Danos Físicos ao Imóvel

      Mas, acreditamos que este tipo de dano você deveria contratado um seguro de Danos elétricos ou um seguro residencial.

      Equipe Click Habitação

  12. COMPREI UM CASA PELA MINHA CASA MINHA VIDA A 03 ANOS E CHOVE MAIS DENTRO DE CASA DO QUE NA RUA, MOFO RACHADURAS , FUI RECLAMAR MAS O RAPAZ SEMPRE TEM UMA DESCULPA. O QUE FAZER?

    • Olá Fernanda

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a formalizar a reclamação junto ao Banco e pedindo a convocação do construtor para arrumar o imóvel, sob pena de impedimento de novas contratações.

      A CAIXA tem linha direta por telefone:
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  13. boa noite mim ajude comprei uma casa no banco do brasil e estou insastifeito porque o gesso esta caido tenho um filho pequeno em casa e a casa esta com infiltração o piso do quintal esta afundando moro na casa apenas 2 e quatro meses ja falei com o construtor e ele diz que vem mas so enrrola cinco pessoas aqui procurou o banco e disseram que temos que contratar um advogado particular porfavor mim ajude pois não sei a quem procurar

    • Olá Silvio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a formalizar a reclamação junto ao Banco e peça providências junto a Construtora, inclusive de impedimento de contratar novas operação até a solução dos problemas.
      Se não for atendido faça reclamação junto ao Banco Central e ao PROCON.
      Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Caso tudo isso não revolva a solução será acionar o Construtor e o Banco, se ele financiou a construção.

      Equipe Click Habitação

  14. Bom dia, aqui no condomínio todas as casas estão com o mesmo problema, é só vir a chuva que as goteiras aparecem, minha pergunta é a seguinte : Os 2 últimos reparos feito pela construtora focou em colocar uma manta térmica por baixo das telhas para a água que entra no telhado escoar para fora, todos do condomínio e mais alguns pedreiros concordam que o certo seria o levantamento do telhado, pois o mesmo não tem queda suficiente! Oque podemos exigir da construtora?!? O certo é buscar colocar esse paliativo que seria a lona, ou levantar o telhado pra dar a queda certa?!? Ou até mesmo colocar lage na casa?!? Me auxiliem por favor, todos as 10 casas do condomínio estão com o mesmo problema..
    Obrigado!!

    • Olá Marcelo.

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Orientamos a utilizar:
      Programa DE OLHO NA QUALIDADE – CAIXA
      Por meio do programa De Olho na Qualid​ade, o cliente pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.
      Em casos assim, você também pode procurar o PROCON, seu advogado ou a Defensoria Pública da União ou dos Estados.

      Equipe Click Habitação

  15. Olá, boa noite!
    Adquiri um imóvel do programa minha casa minha vida pela construtura MRV com financiamento pelo Banco do Brasil. Estou insatisfeita, pois o corretos que me vendeu o apartamento disse que seria totalmente ao contrário do que está acontecendo comigo, estou tendo gastos ao dobro e nada saiu como desejado. Me mudei de cidade e fiquei desempregada nesse meio tempo sem condições de manter o financiamento. Teria como fazer o cancelamento desse financiamento pelo banco? Fui uma vez e me disseram que eu perco o dinheiro investido e ficaria com o nome sujo. Tem mais alguma alternativa, ou até mesmo vendê-lo?
    Desde já agradeço!

    • Olá Adriele

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o distrato, deve ser requerido junto ao Vendedor e posteriormente ao Banco.
      O Banco não tem como cancelar o financiamento.
      Esclarecemos que o nome fica nos cadastros informativos de crédito até a retomada do imóvel pelo Banco.

      Se teve informações incorretas orientamos a procurar o PROCON para orientação do que fazer.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Posso vender imóvel do Minha Casa Minha Vida?

      Equipe Click Habitação

  16. Boa dia dia 16 de agosto assinei na caixa e dia 1 de setembro peguei a chave da casa e dia 07/09/2016 nudei e quado foi dia14 a casa jaficou cem água na sistema procurei o contruto e não obitive resposta. Porque o setor não tem a água de rua tiver que procurar possoar que fais esti tipo de trabalho para da fudo na sistema e colocar mais tubos ou manilias e er um serviço que e altomono e tive que paga para não ficar sem água o que devo fazer. O que deveria te feito gastei um dinheiro que não podia se não ficava sem água ?????

    • Olá Diógenes

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Por meio do programa De Olho na Qualid​ade, você pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  17. Boa tarde! primeiramente quero parabenizar vocês pela iniciativa de esclarecimentos de duvidas sobre habitação.
    Assinei Meu contrato com a caixa na ultima terça feira dia 13/06, na planilha de evolução teórica para demonstração dos fluxos de pagamentos a caixa, mostra os valores que constituem o encargo cobrado no mês, na planilha vi cobrado os seguros DFI e MIP, que juntos formam o seguro FGHAB, do qual pesquisei e vi que é obrigatório, em seguida tem uma tarifa de 25,00 nas 360 parcelas do financiamento, e nas 34 de evolução de obra também os mesmos 25,00, contudo comparei a mesma planilha com uma amiga minha que assinou a mais de 1 ano com a CEF e a mesma foi isentada dessa tarifa eu questionei na CAIXA o por que eu tinha que pagar e queria solicitar a isenção, me informaram que meu contrato ultrapassou um teto (que eles não me falaram qual era), e me disseram que eu teria que pagar, assinei pra não barrarem meu contrato, como essa tarifa não esta descriminada no contrato e na planilha tbm não existe nenhum dizer informando do que se trata, gostaria de saber se posso pedir isenção, ou se sou obrigado a pagar?
    grato desde já!

    • Olá Diego

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a taxa de administração cobrada pelos bancos é autorizada pelo Conselho Monetário Nacional, limitado ao valor de R$ 25,00.

      Desconhecemos qualquer tipo de isenção de cobrança da taxa.

      Equipe Click Habitação

  18. Bom dia.
    Comprei um imóvel pelo minha casa minha vida e depois de um bom tempo tive que utilizar o FUNDO GARANTIDOR para o pagamento das parcelas e utilizei por 15 meses, sendo que, completei um ano desempregado usando o fundo, depois voltei a trabalhar , ai nesse período paguei as parcelas normalmente e depois fiquei desempregado novamente e utilizei mais 3 prestações do fundo garantidor. Minha última vez que utilizei o fundo garantidor já tem mais de 8 meses.
    A caixa econômica agora me enviou o total de R$ 3.185,00 para pagar do fundo garantidor que utilizei, fui até ao banco e mostrei meu contra cheque no valor de R$ 1.900,00 e disse que não tinha condições de pagar, dei entrada em um requerimento e depois me deram a resposta dizendo que eu tinha que pagar o valor todo mesmo e nem parcelava o valor cobrado, devido a umas contas que eles fazem lá (80% do valor, etc,etc,etc)
    Eu não tenho como pagar, vou continuar pagando as parcelas que vão vim normalmente. Este imóvel eu comprei pelo preço de R$ 125.000,00 e paguei a vista R$ 100.000,00 e ficou parcelas de R$ 25.000 e fração para pagar.
    Como vocês me assessoram neste caso, dou entrada na justiça, etc. posso perder o imóvel e o mesmo a ir leilão ou não. Eu não tenho condições nenhuma de pagar o valor de R$ 3.185,00 e vou continuar pagando normalmente as parcelas que vão vim, uma outra situação que me disseram foi que se eu não pagar os R$ 3.185,00 eles vão cobrar o valor total R$ 25.000 de uma vez só ou então o imóvel vai para leilão. como posso proceder, me ajudem por favor

    • Olá Helder,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      O valor utilizado do Fundo Garantidor refere-se a um empréstimo para pagamento das prestações para evitar a inadimplência e possível execução do contrato.
      Com certeza, fica difícil o pagamento no valor total, uma vez que ainda tem a prestação mensal a pagar.
      Nesse caso, sugerimos apresentar uma proposta de negociação da dívida e se for CAIXA, propor no próprio site da CAIXA.
      Veja as alternativas negociais no artigo Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?
      Lembre-se que você deve propor um valor para pagamento a vista de pelo menos uma prestação. Informar qual o valor máximo que poderá pagar por mês, incluindo a prestação mensal.

      Equipe Click Habitação

  19. Olá, fiz um financiamento minha casa minha vida recentemente e só assinei com a construtora, ainda não assinei com a caixa.fiquei desempregada e usei parte do FGTS ,o qual já havia sido usado como simulação de cálculo pra entrada.tenho outro emprego em vista mas a renda é menor, porém consigo pagar as prestações. Mas isso tudo pode fazer eu perder o financiamento quando for assinar com a caixa?

    • Olá Anna

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Com certeza haverá influencia no cálculo do seu financiamento e na sua capacidade de pagamento.
      Orientamos a efetivar nova simulação, pois as suas condições financeiras, inclusive a capacidade de pagamento da entrada mudou …

      Equipe Click Habitação

  20. boa noite, adquiri um apartamento na planta pelo minha casa minha vida em 2013, acontece que a obra atrasou pelo contrato da construtora, demorou sair o contrato com a caixa, enfim assinei o contrato com a caixa no inicio de 2015 aguardando 18 meses a obra, passou os 18 meses eles pediram mais 6 meses para conclusão dando os 24 meses de prazo legal de obra pela caixa, problema que falta 4 meses para a entrega da obra e visivelmente se ve que esta em atraso, se a obra atrasar que medidas devo tomar?? posso pedir para cancelar o contrato e o financiamento? devo procurar a justiça?
    Pois pago mensalmente a “taxa de juros” e esta altíssima…

    • Olá Nadia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando a situação apresentada orientamos a procurar o PROCON para análise dos fatos e verificar as providências a serem adotadas.

      Equipe Click Habitação

  21. olá minha pergunta é a seguinte: minha sogra era titular de um apartamento MCMV faixa 1 , mas ela faleceu ha mais de um ano deixando o apartamento para minha esposa. neste caso o apartamento foi quitado? ele pode ser vendido a partir disso?

    • Olá Vitor

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá ser informado a morte junto ao Banco para providências relativas a quitação da dívida no sistema.
      Cremos que haverão diversos passos ainda a serem seguidos, pois deverá ser elaborada a escritura para registro em Cartório.
      A sua esposa deverá providenciar o inventário.

      Orientamos a procurar o banco e verificar os passos a seguir.

      Equipe Click Habitação

  22. Boa noite, tenho um financiamento pelo minha casa minha vida desde 2013, com prestações fixa. No entanto, devido a TR e ao FGHab as prestações vêm sendo acrescidas em um percentual e mais R$ 25,00, respectivamente, todos os meses, essa cobrança é realmente devida?
    Grato.

    • Olá Celso

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a nossa economia é indexada. Assim, o funding dos financiamentos: a poupança e o FGTS tem atualização monetária. Assim, os contratos habitacionais tem o mesmo critério.
      Ocorre que até meados de 2013 o índice da TR era baixo e até foi ZERO em muitos meses. Mas, tudo isso acabou, a economia se desestabilizou e os juros aumentaram e por consequência a TR tem índices maiores.

      Por que a prestação do financiamento pode aumentar?
      Elevação ou a queda dos juros no mercado muda o valor da TR, a qual atualiza o saldo devedor dos financiamentos habitacionais e pode pesar ou aliviar na prestação, quando do seu recálculo ou atualização.
      Assim, é possível afirmar que o decréscimo mensal que ocorria em passado recente para os contratos com sistema de amortização SAC era, em parte, decorrente de TR num patamar mais baixo que o atual. Já os contratos com sistema de amortização PRICE passarão a ter recálculos das prestações com maior acréscimos de valores.
      O recálculo reequilibra a relação entre a prestação (A + J) e o saldo devedor, e por consequência limita o eventual saldo devedor residual ao período entre o último recálculo (anual ou trimestral, em geral) e o mês do decurso (final) do prazo contratual.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  23. Boa noite, eu tenho um apartamentos através minha casa minha vida a 5 anos, e preciso mudar de cidade por conta de emprego, mas a promoção social da minha cidade fala que somos obrigados a morar até quitar, que seria em 10 anos…..isso procede? Não posso fechar o apartamento e alguém cuidar? Ou sou realmente obrigada a morar?
    Desde de já agradeço

    • Olá Eliane,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      As regras do programa do Minha Casa Minha Vida não preveem a devolução ou venda do imóvel nos 10 primeiros anos, exceto no caso de pagamento do valor do subsídio a ser pago na liquidação.
      A informação da prefeitura procede uma vez que se trata das condições para moradia no município.

      Equipe Click Habitação

  24. Meu esposo foi aposentado por invalidez permanente, ja entramos com os papeis para serem analisados afim de acionarmos o seguro, qual o tempo máximo para obtermos o parecer da seguradora?

    • Olá Esther

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Após a entrega da documentação completa, normalmente o prazo de manifestação quanto a cobertura é de 30 dias.
      Poderá ser requerida documentação complementar.

      Equipe Click Habitação

  25. Boa tarde,
    Estou tendo alguns problemas na casa que adquiri. Está tendo umidade nas paredes, agua com pouca pressão, cerâmicas ocas, e cheiro de esgoto voltando para dentro de casa.
    Ja tentei contato com a imobiliária, com o dono, e ambos nao solucionaram o problema.
    Qual o procedimento a tomar?

    • Olá Tania

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a CAIXA tem o Programa de olho na Qualidade:
      A Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  26. Olá, minha casa ta toda se rachando, falei com o construtor ele disse que irá fazer o reparo mas so vai pintar so em cima da rachadura, quero saber se o coreto não seria pinta a parede toda onde rachou ou pinta so onde rachou,pood na minha vizinha ele pintou so onde rachou só que deu diferença na cor, ficou horrível, o certo não seria pintar a parede toda?
    Desde ja muito obrigado!

    • Olá Mairton

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.
      Trata-se de Programa de Olho na Qualidade.
      Faça sua reclamação e peça orientação sobre o que deverá ser arrumado.

      Equipe Click Habitação

  27. Bom dia!

    Meu marido ficou desempregado e não teremos como pagar as prestações enquanto ele não estiver empregado novamente. Podemos acionar o fundo e o tempo que não pagarmos poderá ser jogado lá para o final do contrato? Como conseguimos fazer isso? Pois na agência aqui da cidade fomos informados que se aderirmos à utilização do FGHB teremos que pagar todo valor utilizado junto com as prestações da casa, isso está correto?

    • Olá Isabel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos a CAIXA disponibiliza outras alternativas negociais para ficar um prazo sem pagar as prestações moratória.
      Orientamos a efetivar uma proposta de negociação no site da CAIXA:
      Proposta de Negociação – CAIXA
      Veja mais:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      O FGHAB é um empréstimo e após você retornar ao trabalho terá que retornar a efetivar o retorno do empréstimo.
      A cada período você terá que provar que não poderá retornar o valor integral ao Fundo e continuar o parcelamento do retorno do empréstimo.

      Equipe Click Habitação

  28. ola comprei uma casa pelo banco do brasil,vai fazer 3 anos que estou morando nela o banco me disse que tem garantia de 5 anos para estar fazendo os reparos nela,so que desde quando comprei vem aparecendo mofo em todos os cômodos da casa sem estar chovendo,chamei o rapaz que me vendeu pra olhar o acontecido,ele ate arrumou so que voltou tudo de novo ou seja nao arrumou o suficiente para durar o concerto.. chamei ele de novo para arrumar os estragos ele me disse que nao tem como ele efetuar o concerto mais pq nao tem mais garantia sendo que a garantia nem venceu e a casa esta puro mofo,as tintas ocas,piso molhado sem ter encanação,situação ta complicado.. o que devo fazer?

    • Olá Regiane,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Você tem dois caminhos para efetivar a reclamação:
      – SAC junto ao Banco que financiou ou
      – efetivar reclamação no PROCON.

      Explique que já foi tentado acordo mas que não obteve sucesso.

      Equipe Click Habitação

  29. Bom Dia!
    Sou construtor e tenho procurado construir da melhor forma possivel, dando a devida atenção aos meus clientes no serviço pós venda.
    Mas tenho tido algumas situações onde o cliente abusa.
    Gostaria de saber ate onde vai o dever de garantia do imovel em relação a mal uso do cliente?
    Pois como a caixa /B B tem uma linha direta de reclamação os clientes acham que tudo que acontece na casa ao decorrer os 5 anos e responsabilidade do construtor, tipo ( clientes que já se encontra morando no imovel ha 2 anos liga pedindo para darmos manutenção em tomadas, torneiras, chuveiros etc… ) como posso resolver esta situação ? uma vez que a caixa aceita todo tipo de reclamação feita pelo cliente ?
    Obrigado

    • Olá Clauio,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Sobre o Programa De Olho na Qualidade da CAIXA, existem 3 situações em que o construtor pode se manifestar, após a reclamação do cliente:

      – Agendar uma vistoria no imóvel e posterior execução dos reparos;ou
      – Encaminhar ateste assinado pelo cliente confirmando a execução dos serviços;ou
      – Emitir uma justificativa, mediante emissão de laudo técnico, para a não realização dos reparos.

      Alguns casos em que é claro a reclamação por mau uso pelo cliente ou manutenção, o atendente não costuma registrar a reclamação e informa que a responsabilidade é do cliente.

      Nesse caso concreto em que não houve orientação, sugerimos abrir reclamação (SAC) pelos custos gerados.

      Saiba mais na página De olho na Qualidade – CAIXA.

      Quanto ao Banco do Brasil, desconhecemos canal específico para esse tipo de reclamação.

      Equipe Click Habitação

  30. queria uma informação sobre a minha casa minha vida estou comprando uma casa pela caixa no programa minha casa minha vida
    . a proprietaria do imovel pediu 120,000 e o engenheiro avalio a casa em 110 dei a entrada de 21,000 esta no fianaciamento 99,00 esses 10,000 e certo a proprietaria pega por fora

    • Olá Jailson,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.

      O cálculo para enquadramento no Minha Casa Minha Vida é o valor de compra venda (R$ 120.000,00). Para fazer o cálculo de quanto deverá pagar entrada, basta calcular 10%. Ou seja, você deverá pagar no mínimo R$ 12.000,00. Como você vai pagar R$ 21.000,00, o restante será tudo financiado pelo Banco. Não precisa pagar mais nada.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Laís,

      Boa Noite!

      Entendemos que em função da situação de obra paralisada a cobrança é indevida.
      Orientamos a questionar junto ao PROCON e pedir intermediação visando a solução do problema.

      Equipe Click Habitação

  31. Olá! Estou a vários meses aguardando uma autorização da Caixa para retomar a obra da minha casa. Comprei uma casa em outubro de 2013 e em 2015 a construtora declarou incapacidade de terminar. Mediante o fato, a Caixa ficou com a gestão da obra. Já foi realizado o processo de licitação, mas até hoje à Caixa não autorizou a retomada. Cada vez é falado um prazo e nada é feito. Já não sabemos o que fazer. São 30 casas do programa minha casa, minha vida.

    • Olá Laís

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando a situação apresentada e toda a problemática orientamos a procurar o PROCON, visando análise da situação e negociação com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  32. Financiei um imóvel pelo FGTS, e agora perdi o emprego e não consigo pagar a prestação, o FGHab paga as prestações pra mim? o que devo fazer?

    • Olá Victor

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os financiamentos no Programa Minha Casa Minha Vida até nov/15 tem previsão de cobertura do FGHAB.
      Se for este o seu caso poderá pleitear o empréstimo por perda de renda. Procure o seu banco.
      Mas, lembre-se é um empréstimo, você terá que pagar posteriormente.

      Outra alternativa é você pleitear uma pausa estendida (moratória) e ficar alguns meses sem pagar. Veja no artigo:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      Equipe Click Habitação

  33. minha mae adquiriu uma casa do minha casa minha vida a 04 anos mais ou menos ela é idosa e não se adapitou ao local ate devido a violencia q se tornou ,ela não quer mais ficar la,esta indo morar com um dos filhos.ela pode devolver ou seja acabar com este contrato? porq não tem como ficar pagando uma coisa q ninguem vai usar e q sabemos q vazio corre o risco de ser invadido,gostaria de uma orientaçaõ

    • Olá MCS,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Entendemos que esse caso é uma exceção, portanto não existe legislação que possa prever/atender esse pedido.
      Sugerimos nesse caso procurar o Banco onde contratou para eles verificarem a possibilidade.

      Equipe Click Habitação

  34. Olá,
    Adquiri uma casa no programa MCMV em 2013, vinha pagando as prestações regularmente, só que sou mais uma vítima do desinvestimento da Petrobrás no RN e estou de aviso para ser demitida. Gostaria de saber:
    Ainda posso usar o fundo garantidor para o caso de desemprego ou já esgotou a cota de 2 milhões?
    Meu contrato é de 2013. A cota esgotou apenas para quem adquirir uma casa depois de dez/15 ou para qualquer pessoa que for solicitar o seguro depois de ter esgotado, independente da data de contrato?
    O cálculo pra saber quantos meses tenho pra ficar sem pagar é baseado na minha renda na época que fiz o financiamento ou na atual renda familiar baseada na renda do meu esposo?

    • Olá Leilane

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para os contratos com cobertura do FGHAB podem requerer o empréstimo por perda de renda. Procure a agência para efetivar a negociação.

      Outra possibilidade é você pedir uma pausa estendida (moratória) por alguns meses, até a família conseguir recuperar a renda. Veja as condições no artigo:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      Equipe Click Habitação

  35. Bom dia !estou comprando uma casa pelo programa minha vida no momento,como Fasso caso eu perca um emprego e tenha como pagar as prestações,oq eu Fasso ?o banco min ajuda a eu não perca a casa?.

  36. Boa noite!

    Estou financiando uma casa usada no valor de R$100, 000, minha renda familiar é de R$2,500,00, já assinei o contrato, mas o gerente do banco disse que meu financiamento não é MCMV, será que esta informação procede, não me enquadro no perfil do programa? Outra coisa, observei que é cobrado o seguro FGHab que próprio do MCMV, ou não?

    • Olá Nádila

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que financiamento no Programa Minha Casa Minha Vida é somente para imóveis novos (180 dias do Habite-se).

      Se o imóvel for usado você poderá financiar no Programa Carta de Crédito FGTS, o qual também tem subsídios e condições especiais para a baixa renda.
      O FGHAB era utilizado no Programa Minha Casa Minha Vida, porém os recursos do Fundo terminaram em DEZ/15.

      Na carta de crédito FGTS tem um seguro habitacional normal. Veja detalhes no artigo:
      Seguro Habitacional: Veja os Detalhes

      Equipe Click Habitação

  37. Boa noite! Gostaria que me ajudassem a esclarecer as seguintes dúvidas:

    FGHab é seguro exclusivo para os imóveis financiados pelo “Minha Casa Minha Vida”?

    Quando cobrado o valor do FGHab na parcela de pagamento da casa, sou obrigada a contratar outros seguros MPI e DPI?

    Observo que o valor do imóvel, usado, é de R$96,000,00 e minha renda familiar é de R$2,300,00.

    Desde já agradeço, a informação.

    • Olá Fabiana,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGHAB é exclusivo para o Programa Minha Casa Minha Vida, mas os recursos do Fundo terminaram em DEZ/15. Assim, hoje em dia está sendo contratado um seguro habitacional diferenciado para o produto. (Isto consta no artigo)
      Esclarecemos que o FGHAB possui as coberturas de seguro habitacional obrigatórias por lei: Morte e Invalidez Permanente e Danos Físicos no imóvel – DFI.

      O programa Minha Casa Minha Vida somente podem ser financiados imóveis novos (180 dias de Habite-se).

      Para imóveis usados o produto é Programa Carta de crédito FGTS, sendo que o seguro habitacional é obrigatório em qualquer financiamento habitacional. Veja detalhes no artigo:
      Seguro Habitacional: Veja os Detalhes

      Equipe Click Habitação

  38. BOA NOITE,FINANCIEI UM APARTAMENTO PELO (PMCMV) AS PARCELAS SAO DECRESCENTES,MAS A CADA 12 MESES VOLTA O VALOR DAS PRIMEIRAS PRETAÇOES . ISSO ESTA CORRETO?

    • Olá Francisco

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que nos contratos habitacionais (Pós-fixados) existe cláusula de atualização monetária, em geral, o índice constante é a Taxa Referencial – TR. Esse índice influencia na evolução do saldo devedor do contrato.
      Assim, todos os meses, antes da dedução da amortização – A da prestação o saldo devedor é atualizado, após calcula-se e acrescenta-se o juros contratuais – J e deduz-se a amortização constante no encargo periódico.

      Por que a prestação do financiamento pode aumentar?
      Elevação ou a queda dos juros no mercado muda o valor da TR, a qual atualiza o saldo devedor dos financiamentos habitacionais e pode pesar ou aliviar na prestação, quando do seu recálculo ou atualização.

      Assim, é possível afirmar que o decréscimo mensal que ocorria em passado recente para os contratos com sistema de amortização SAC era, em parte, decorrente de TR num patamar mais baixo que o atual. Já os contratos com sistema de amortização PRICE passarão a ter recálculos das prestações com maior acréscimos de valores.
      O recálculo reequilibra a relação entre a prestação (A + J) e o saldo devedor, e por consequência limita o eventual saldo devedor residual ao período entre o último recálculo (anual ou trimestral, em geral) e o mês do decurso (final) do prazo contratual.

      Veja detalhes no artigo:
      Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo

      Para você entender melhor como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  39. Bom dia, gostaria de saber quanto tempo a construtora tem fica fazendo manutenção, nos apartamentos plano minha casa minha vida, se é cinco anos a partir da data do habite – se da obra.

    • Olá Regina

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Por meio do programa De Olho na Qualid​ade da CAIXA você pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268. Lá você também pode tirar dúvidas, dar sugestões ou elogiar.

      Orientamos a ligar e obter a informação desejada ou abra um SAC no site do Banco.

      Equipe Click Habitação

  40. Ola, tenho o imovel financiado no mcmv faixa 2, queria saber se posso alugar, com intenção de conseguir mobiliar o ap e ir morar em menos tempo

    • Olá Gustavo,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Sugerimos a leitura do texto abaixo:
      O beneficiário do Programa Minha Casa Minha Vida pode vender o imóvel?
      Os beneficiários que têm rendimentos mensais até R$ 1.600, ou seja, aqueles considerados da Faixa 1 do Programa, não podem comercializar ou alugar a residência antes de terminar o prazo do financiamento, que é de 10 anos. No caso das Faixas 2 e 3, por se tratar de operações de mercado, nada impede que logo em seguida à assinatura do contrato de financiamento, o adquirente venda o imóvel.

      A mesma regra vale para o aluguel

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Posso vender imóvel do Minha Casa Minha Vida?

      Equipe Click Habitação

  41. Bom dia ..possua uma casa do programa minha minha vida do governo já faz uns 5 anos. Gostaria e saber se com 6 anos posso quitar ela é como funciona a quitacao. Obgado ..

    • Olá Jordana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o financiamento no Programa Minha Casa Minha Vida nas faixas 2 e 3 podem ser quitados normalmente.
      Basta procurar a agência e pedir o boleto para quitação da dívida.

      Já se for do faixa 1 orientamos a procurar a agência para verificar a viabilidade.

      Equipe Click Habitação

  42. Minha mãe não financiou o apartamento, ela foi retirada de sua casa pois morava em área de risco, resumindo não paga nenhuma mensalidade pelo imóvel. Mas onde ela mora hoje o condomínio está uma bagunça e muito violento, ela não deseja mais ficar lá pois nada é resolvido. Se ela entrar com um pedido judicial ela consegue vender antes dos 10 anos?

    • olá Ediane

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no Programa Minha Casa Minha Vida faixa 1 não é um financiamento mesmo!
      Ela não tem escritura definitiva portanto não há como vender legalmente.

      Agora, se houver uma decisão judicial favorável … Deverá ser cumprida.

      Equipe Click Habitação

  43. Bom dia,
    Assinei o contrato final do financiamento do PMCMV, estou apenas esperando receber a chave do imóvel.
    Minha dúvida é:
    Assinado o contrato posso pedir demissão de onde trabalho? Pois vou iniciar um negócio próprio… Minha companheira é funcionária pública e tem condições tranquilamente de assumir a prestação. Mas minha dúvida é se já posso pedir demissão, pois o imóvel/contrato está somente em meu nome é assinei a menos de uma semana.
    Está demissão pode prejudicar meu contrato?
    Obrigado.

    • Olá Fernando

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que ninguém pode impedi-lo de pedir demissão do seu emprego e não ligação disso com seu contrato de financiamento.

      O que preocupa é o fato de você ter uma companheira e ela não fez parte da apuração de renda familiar. Isto pode ser um problema.
      O Programa é para famílias e não podem existir omissões que possam ser interpretadas como fraude ou omissão de dados para ter benefícios de juros baixos e subsídios do Governo.
      Se isto for descoberto pode ser um problema para manter seu contrato.

      Equipe Click Habitação

  44. Boa tarde!
    Se o cliente compra um imóvel que esteja dentro do PMCMV e deseja pagar a vista, ele não teria direito a alguns benefícios como isenção de ITBI e registro por exemplo? Entendo que o imóvel está dentro do programa, mas o perfil econômico do cliente não. Seria a mesma coisa que ele tivesse uma renda superior a permitida, correto? Ele pode fazer a compra com a construtora, mas não se enquadraria nos benefícios. Vc pode confirmar esta informação? Obrigada

    • Olá Cíntia

      Boa noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o ITBI é um imposto de tem legislação municipal, assim depende da lei de cada cidade.
      Existem municípios que dão descontos e outros que não, tanto no Programa minha Casa Minha Vida como no SFH.
      Assim, orientamos a procurar no site da Prefeitura informações sobre a forma de cálculo e as isenções e descontos previstos na legislação, se houverem.

      Já o desconto no registro do primeiro imóvel é legislação federal e vale para todo o país.
      Mas vale somente para primeiro imóvel residencial financiado no SFH.
      Veja detalhes no artigo:
      Desconto registro primeiro imóvel SFH e Desconto ITBI

      Equipe Click Habitação

      Equipe Click Habitação

  45. gostaria de saber se posso, fazer alguma modificação na casa antes da garantia da construtora acabar, porque a suite veio com duas janelas e deixa o comodo muito iluminado e entra muita poeira mesmo com as janelas fechadas por ser litoral e o vento ser muito forte, eu posso eliminar uma das janelas?

    • Olá Misael

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você está no caminho contrário da maioria das pessoas que preferem a casa arejada e iluminada.
      A iluminação tem como consequência economia de energia.
      Cremos que existem outras formas de cortar a iluminação (“cortina blackout”, dentre outras formas) ou trocar o tipo de janela. Pense Bem!

      Qualquer alteração orientamos a consultar o banco.

      Equipe Click Habitação

  46. Olá minha dúvida é o seguinte , quando financiei minha casa pelo programa minha casa minha vida,minha renda era 3.500,00 pois eu era militar temporario,mas aí vim a sair deste trabalho é hj estou em outro onde só é salário mínimo 880,00 . Minha prestação está em 740,00 reais ficando assim pesado para eu pagar. Quero saber como proceder para diminuir o valor dessas prestações para caber no orçamento do salário do novo emprego. Desde já agradeço a atenção!

    • Olá Erivan

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a perda de renda é muito acentuada! Não há negociação que cubra este tipo de queda.
      Infelizmente você precisa recuperar um nível salarial compatível com a aquisição do seu imóvel.

      Como alternativa temporária veja se seu contrato tem cobertura do FGHAB – Fundo Garantidor da Habitação Popular. Onde poderá pleitear empréstimo para perda de renda:
      O empréstimo por conta do FGHab pode ser usado por quem:
      * Já pagou seis ou mais prestações do contrato;
      * Está em dia com todas as prestações nos meses anteriores à solicitação;
      A solicitação do “empréstimo” é feita por escrito ao Banco, comprovando o desemprego ou a perda de renda.

      Mas é uma solução temporária, pois você passaria a ter 2 dívidas.

      Uma alternativa se tiver FGTS e saldo na conta vinculada seria a utilização do FGTS para pagamento de parte da prestação. Veja no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Equipe Click Habitação

  47. Olá,acabei de comprar um apartamento pelo projeto MCMV e a laje nao veio coberta e ainda esta com uma rachadura,assinei o contrato tem umas 2 semanas .Voce sabe me dizeer se pra liberar o financiamento teria que vir coberto? Porque ate onde sei nao liberaria sem estar coberta!Onde posso recorrer? obrigado

    • Olá Paulo,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se seu financiamento for pela CAIXA:
      Por meio do programa De Olho na Qualid​ade, você pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.
      As reclamações recebidas são encaminhadas diretamente aos construtores, que devem emitir um laudo de contestação ou resolver o problema no menor tempo possível. Caso fiquem constatados vícios construtivos, como a utilização ou aplicação incorreta de materiais, as construtoras, seus sócios, dirigentes e responsáveis técnicos ficam impedidos de realizar novas operações de crédito até que o problema que deu origem ao apontamento seja solucionado.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268.

      Equipe Click Habitação

  48. Boa noite eu comprei minha casA em 2012 e ai fui pagando normalmente as parcelas, infelizmente por causa de desemprego estou com 2 anos em atraso e hoje um homem veio tirar fotos para vistoria ele me disse que já que eu nunca tinha tentado um acordo, eu podia ir na caixa renegociar a divisa, ele me afirmou que quando a caixa manda para fazer a vistoria é porque a casa ainda não foi para leilão. ….por favor preciso de ajuda!
    Tenho muito medo de perder minha casa eu não fui antes para renegociar a dívida porque não tenho nada em mãos! Estamos desempregados eu e meu esposo,será que um corretor pode resgatar a minha casa e assim eu fico pagando o que faltar para a caixa econômica ou para o corretor! Tô desesperada md ajudem por favor!

  49. Bom dia, eu fiz o financiamento do minha casa minha vida para construçao so que gostaria de cancelar o contrato pois o dinheiro não esta dando pra concluir a obra, sera que posso fazer um acordo e pagar somente o que peguei para o terreno? desde ja agradeço

    • Olá Kelly,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que este tipo de opção não existe, pois desvirtuaria o Programa Minha Casa Minha Vida, que é para construção ou aquisição da moradia.
      Orientamos a procurar o banco e verificar o que pode ser feito.

      Equipe Click Habitação

  50. Boa noite, minha mãe adquiriu um apartamento pelo Programa Minha Casa Minha Vida, após 7 anos morando no local, nunca houve alagamentos que prejudicasse todos os móveis da casa, nos últimos 4 meses, com uma obra de revitalização de um canal próximo (essa é a suspeita dos moradores da rua), houve alagamentos, e por 2 vezes entrou muita água nos apartamentos térreos, chegando a mais de 1 metro, e ela perdeu todos os móveis, roupas, eletroeletrônicos e prejudicou toda fiação elétrica dos apartamentos, gostaria de saber se a Caixa, pausa as parcelas por certo período, ou paga aluguel, ou até mesmo, ajuda com empréstimos para que ela adquira tudo que ela perdeu?

    • Olá Flávio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Por meio do programa De Olho na Qualid​ade, você pode registrar reclamações sobre ​as condições físicas do seu imóvel e exigir providências dos construtores.
      Para receber sua reclamação, a Caixa colocou à disposição uma linha exclusiva, o 0800-721-6268. Lá você também pode tirar dúvidas, dar sugestões ou elogiar.

      Equipe Click Habitação

  51. Bom Dia

    Financiei uma casa em 1998 esse financiamento foi feito com a imobiliaria e a construtora em primeiro momento assim que assinei o contrato perdir meu emprego e comecei outro ganhando menos foi infomado que poderia colocar meu irmao como renda complementar assim foi feito e entrou financiamento da caixa . deste periodo ate o de hoje periodo nem eu nem meu irmao tivemos condicao de comprar a parte do outro e meu irmao nunca quis vender sendo que tenho 60% do valor do imovel, sempre tivemos disavencas entao resolvir comprar um agio de uma casa porque tinha um desejo de ter minha casa e depois que comprei foi tive a informacao que era pela minha casa minha vida questionei com o dono ele disse que podia vender porque ja tinha mais de 5 anos que comprou, entao meu irmao esta de acordo vender a casa . estou tentando vender a casa que comprei com o meu irmao nao estamos conseguindo pois com a parte da outro se vender quitaria a que eu comprei, e hoje com a crise estou desempregada e com problemas de saude nao consigo o inss e nao estaou conseguindo pagar as prestacoes em dia, no memento estou com 4 em atraso e tenho medo do que pode acontecer o que devo fazer.

  52. Olá..Pretendo financiar um apartamento de no máximo 212 mil , porem ainda estou pesquisando se financio pelo PróCotista ou Minha Casa Minha Vida. Gostaria de saber ,quanto por cento tenho q ter para dar de entrada no financiamento de ambos??
    Obrigada..Aguardando contato.

    • Olá Eli,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      No MCMV, se o sistema de amortização escolhido for o SAC você deve dar 10% de entrada e PRICE 20%.
      No pró-cotista, esse valor varia de 70 a 90%, também a depender do sistema de amortização.
      Pra saber exatamente como fazer esse cálculo, sugerimos verificar no simulador dos Bancos que operam com essas modalidades e ver o máximo permitido. Assim você consegue saber até o valor da prestação que irá pagar.

      Veja como fazer a simulação aqui.

      Assista também nossos vídeos sobre MCMV e Pró-cotista.

      Equipe Click Habitação

  53. Bom dia,a quaze dois anos tive que vender minha casa,porque atrasei prestações,mas eu não sabia que podia refinanciar até 36 prestações,pois havia sido demitido do emprego ,e estava fazendo bicos,eu ainda tenho como recarcir o prejuízo,pois se ao menos o gerente da caixa me avisasse sobre o refinanciamento,eu não tinha vendido a casa,me mande um email com seu entendimento,obrigado

    • Olá Arnildo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que trata-se de uma questão jurídica, se entender que foi prejudicado deverá procurar um advogado de sua confiança para avaliar a conveniência e oportunidade de ingressar com ação judicial pertinente.

      Equipe Click Habitação

  54. Cancelei meu seguro de vida do minha Casa minha vida. Isso pode dar algum problema? Tem como eu fazer de novo esse seguro? Esse seguro também inclui o seguro do imóvel.

    • Olá Luciana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que eventual seguro de vida que fizer deve sempre ser uma opção de compra sua, desta forma, pode cancelar a qualquer momento.

      Já o seguro habitacional ou FGHAB é obrigatório e não tem relação com eventual seguro de vida que tenha contratado.
      São obrigatórias as coberturas de Danos Físicos sobre o imóvel e de Morte e Invalidez Permanente.

      Equipe Click Habitação

  55. Tenho visto pessoas comprando apto pelo MCMV com os subsidios, mas não se adaptam no local. Pergunta: Ele pode vender ou repassar a outro? As prestações estando em dia, existe alguma possiblidade da caixa vir a tomar o imóvel da pessoa que comprou estando ela em dia? Obg

  56. Olá gostaria de saber se posso comprar um imóvel que está dentro do programa Minha Casa Minha vida à vista somente para obter o desconto?

    • Olá Patrícia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Programa Minha Casa Minha Vida tem subsídios, taxas de juros e condições de pagamento visando possibilitar a compra da casa própria para pessoas sem condições de adquirir sem os benefícios.
      Assim, uma pessoa que tem condições de comprar à vista precisa de subsídio?

      Sugerimos a leitura dos artigos sobre a nova etapa do Programa, onde se o comprador liquidar em até 5 anos deverá que devolver o subsídio.
      Minha Casa Minha Vida fase 3 recursos FGTS. O que mudou?
      #Vídeo 10 – Minha Casa Minha Vida – Recursos FGTS

      Equipe Click Habitação

  57. Perdi meu emprego em dezembro do ano passado, pedi a pausa na prestaçao por 1 mes, agora estou recebendo seguro desemprego, gostaria de saber e posso pedir a o adiamento das parcelas pelo FGHab, mesmo recendo o seguro desemprego.
    obrigado!

    • Olá Evanio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos conforme consta no artigo que o comprador pode solicitar ao Banco a concessão de empréstimo por conta do FGHab para pagar prestações nos seguintes casos:
      * Perda de mais de 30% da renda familiar, na data da solicitação do comprador para a concessão do empréstimo por conta do FGHab;
      * Perda do emprego.

      Equipe Click Habitação

  58. Comprei minha casa a dois anos e meio, ela está apresentando problemas elétricos e até queimando coisas como chuveiro elétrico e chaleira elétrica, quanto tempo tenho de garantia para solicitar uma manutenção?

    • Olá Divaldo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Informamos que a CAIXA tem o Programa De Olho na Qualidade (Exclusivo Minha Casa Minha Vida)

      ​0800 721 6268

      Dúvidas, reclamações, elogios e denúncias referentes ao programa Minha Casa Minha Vida.
      O atendimento ocorre 24 horas por dia, 7 dias por semana.
      ​A ligação pode ser realizada por telefone fixo e celular.

      Equipe Click Habitação

  59. sofri um acidente vou ficar, tres meses afastado do trabalho tenho algum direito em relação as prestações da casa!

    • Olá Helcio

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o simples afastamento do trabalho ou o dito auxílio-doença ou invalidez temporária não tem cobertura securitária ou do FGHAB (Minha Casa Minha Vida). Apenas a invalidez Permanente tem cobertura para quitação do saldo devedor.

      Em função da perda de renda orientamos a procurar o banco e ver as condições negociais. Veja no artigo:
      Dicas para negociar financiamento habitacional

      O comprador com contratos assinados até nov/15 podem solicitar ao Banco a concessão de empréstimo por conta do FGHAB para pagar prestações nos seguintes casos:
      * Perda de mais de 30% da renda familiar, na data da solicitação do comprador para a concessão do empréstimo por conta do FGHAB;
      * Perda do emprego.

      Equipe Click Habitação

  60. Olá Equipe Click

    Adquiri um a apartamento pelo plano minha casa minha vida, estou desempregado a mais de um ano e agora não tenho mais como pagar as parcelas do financiamento.
    Procurei a Caixa Econômica para saber sobre a cobertura do FGHAB. A mesma informou que o empréstimo feito junto ao FGHAB deveria ser quitado imediatamente após o final o do referido empréstimo ou quando estivesse novamente empregado, porem deveria pagar o valor deste empréstimo a vista em uma unica parcela!
    Como eu poderia pagar todas as parcelas adimplidas pelo FGHAB de uma só vez! IMPOSSIVEL!!!
    O que eu poderia fazer a respeito deste caso?

    Obrigado;

    Fábio Ruiz.

    • Olá Fábio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a informação relatada está incorreta.

      Conforme colocamos no artigo, veja como funciona:
      Lembre-se:

      “Cada vez que você utiliza o FGHab por perda de renda ou desemprego, deve pagar 5% do valor do encargo mensal;
      O FGHab, em caso de desemprego ou perda de renda familiar, pode ser utilizado pelo prazo máximo de 36 meses. Esse prazo será calculado de acordo com a renda familiar bruta;
      As prestações pagas pelo fundo deverão ser pagas por você com juros e correção monetária no final do período de utilização ou após 12 meses contados da última prestação assumida pelo FGHab (o que ocorrer primeiro). Em caso de impossibilidade de pagamento imediato, o Banco pode parcelar ou inserir o valor da dívida no final do contrato (a data final do contrato será adiada).”

      Assim, orientamos a retornar a agência ou abrir SAC junto ao Banco pedindo para submeter a área técnica do Banco para posicionamento.

      Equipe Click Habitação

  61. As casas financiadas pela caixa devem ter fio terra em todas as tomadas ou somente no chuveiro?
    O atendimento da caixa diz que eu tenho que ir ate a agencia. Nao existe uma cartilha onde diz as obrigacoes que os construtores tem de cumprir antes de entregar o imovel?

  62. Ola.
    A casa foi adquirida pelo MCMV e tem cobertura pelo FGHAB.
    Foi utilizado a 4 anos o FGTS para abater a entrada.
    Pergunta:
    1) Posso quitar o meu saldo devedor?
    2) Quando posso usar novamento o FGTS ?
    3) Posso comprar outro imóvel pelo Caixa?
    4) Caso eu consiga quitar esse financiamento posso comprar outro financiado pela CAixa e utilizar o FGTS?
    Desde já agradeço.

    • Olá Margareth

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os contratos das faixas 2 e 3 do Programa Minha Casa Minha Vida podem efetivar a quitação antecipada do financiamento normalmente.
      Para saber quando pode utilizar o FGTS novamente orientamos a leitura do nosso artigo:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Com relação a novo financiamento pela CAIXA esclarecemos que poderá efetivar normalmente, mas não poderá ter mais subsídios ou descontos do FGTS ou do Governo Federal.
      Para o uso do FGTS existem regras, pois é para moradia própria.
      Assim, se o novo imóvel for na mesma região metropolitana do primeiro imóvel não poderá utilizar o FGTS, a não ser que venda o primeiro imóvel.
      Veja mais no artigo:
      FGTS e a propriedade de imóveis

      Equipe Click Habitação

  63. Tive um problema de saúde, não poderei mais trabalhar.Posso usar o fghab para quitar todas as prestações do imóvel ?

    • Olá Leda

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o FGHAB tem cobertura para aposentadoria por Invalidez.
      Assim, se estiver aposentada por Invalidez poderá pleitear a cobertura do Fundo proporcional a sua participação.

      Lembramos que a invalidez temporária (auxílio-doença) não tem cobertura do FGHAB.

      Caso tenha dificuldades em efetuar os pagamentos dos encargos procure o banco de imediato. Veja no artigo:
      Quantas prestações posso atrasar no financiamento habitacional?

      Equipe Click Habitação

  64. Ola, já já estou com três prestações atrasadas e esta faltando uns 15/dias para entrar a Quarta, mais antes de entrar a quarta estou quitando os atrasos. A risco da caixa tomar minha casa? ( minha casa minha vida)

    • Olá Marcio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Orientamos a efetivar os pagamentos o mais rápido possível.
      Esclarecemos que os financiamentos no Programa Minha Casa Minha Vida são iguais aos demais e estão sujeitos a cobrança, execução da dívida e retomada do imóvel.
      Veja detalhes no artigo:
      Mutuários inadimplentes: atenção com retomada do imóvel

      Se tiver FGTS sugerimos verificar a possibilidade de utilizar o FGTS para pagamento de parte da prestação. Isto poderá ser útil e minimizará o valor a ser pago mensalmente. Veja detalhes no artigo:
      FGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Equipe Click Habitação

  65. Bom dia, tenho um imóvel comprado pelo plano minha Casa minha vida, acontece que o meu muro é a parede da minha vizinha, as casas dividem um só terreno. Minha vizinha está com a parede da sala dela toda mofada, decorrente de umidade vinda do seu próprio telhado, não tem nada encostado na parede dela que venha do meu imóvel. Ela acha que eu tenho que impermeabilizar o meu lado. Isso procede? Não seria ela ou a construtora que fez a obra a fazê-lo. Porque eu fiz a impermeabilização na parede da minha sala, que dá parao lado do outro vizinho porque considero que seja minha obrigação. Estou certa? Tem alguma lei que fale sobre isso?

    • Olá Mônica,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando se tratar de contrato do Programa Minha Casa Minha Vida e se tratando de contrato com a CAIXA orientamos a ligar para o Programa “De olho na qualidade” pelo telefone 0800 721 6268.

      A CAIXA irá avaliar a questão e verificar junto a Construtora, se for o caso.

      Equipe Click Habitação

  66. minha casa tem aparecido rachaduras e a pintura de fora ou seja textura esta saindo toda da parede em menos de 3 anos o que devo fazer
    por favor me ajude

    • Olá Ricardo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se o seu contrato for do Programa Minha Casa Minha Vida orientamos a ligar para o telefone: 0800 721 6268.
      Trata-se do atendimento da CAIXA chamado De olho na qualidade. Faça sua reclamação.

      Equipe Click Habitação

  67. Diante a lei 12424 at 20 informa que a perda temporária da renda.pode acionar o fghab.a lei não fala do inss e nem mesmo de auxilio doença.

    • Olá Jailson,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Seguem abaixo as condições para o comprador pleitear o empréstimo do FGHAB em função de perda de renda.
      “O comprador pode solicitar ao Banco a concessão de empréstimo por conta do FGHab para pagar prestações nos seguintes casos:
      – Perda de mais de 30% da renda familiar, na data da solicitação do comprador para a concessão do empréstimo por conta do FGHab;
      – Perda do emprego.”

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.