Quitação de Financiamento Habitacional

Quitação de Financiamento Habitacional

4586
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

Os contratos, em geral, possuem cláusula com previsão para a Quitação de Financiamento Habitacional

Quitação de financiamento habitacional

A quitação pode ser efetivada por iniciativa do (s) devedor (es) ou por eventual ocorrência de sinistro, reconhecido pela Seguradora vinculada ao financiamento.

Como quitar o financiamento?

A quitação por iniciativa do(s) devedor(es) deve ser solicitada à Instituição Financeira/Banco responsável pelo financiamento.

Qual a forma de pagamento? Quais as formas de efetuar a quitação de financiamento? Quais os recursos que podem ser usados na quitação?

A quitação pode ser realizada com recursos próprios em moeda corrente nacional ou com recursos do FGTS.

Na utilização total ou parcial dos recursos do FGTS, o imóvel, o contrato e o devedor devem atender às regras e pré-requisitos para uso do FGTS conforme artigo:

Dicas para gerir seu financiamento – Uso do FGTS

Qual é o valor para Quitação de Contratos Habitacion​ais?

O valor da quitação compreende o saldo devedor integral atualizado para o dia da liquidação, com a cobrança de juros contratuais proporcionais, se devidos, conforme previsto em contrato, acrescido de eventuais encargos em atraso com seus acessórios e diferenças de prestação, se houver. Para contratos que se enquadram nas regras de utilização do FGTS, podem ser pagas eventuais prestações em atraso com recursos do fundo.

Simulador de Quitação de Financiamento

CAIXA lança aplicativo para celular onde o cliente pode efetivar serviços para o seu financiamento habitacional. Um dos serviços disponíveis é a simulação e a quitação de Saldo Devedor.

Para saber como usar o aplicativo, veja o artigo:

CAIXA lança APP para serviços financiamento habitacional

É cobrada alguma tarifa?

Não. De acordo com o artigo 5º, § 1º – II da Resolução nº3.919 de 25/11/2010 do Conselho Monetário Nacional não é passível de cobrança de tarifa– Serviços Diferenciados nos casos de quitação ou amortização antecipada, cancelamento ou rescisão de contratos.

Valor das Tarifas bancárias – Banco Central

O que fazer depois de quitar financiamento imobiliário?

Após a quitação da dívida, a Instituição Financeira/Banco emite o termo de quitação do imóvel. Com este documento o devedor deverá procurar o Cartório de Registro de Imóveis para solicitar a averbação da quitação na matrícula do imóvel e consequentemente a liberação da hipoteca ou da alienação fiduciária sobre o bem.
Dessa forma o imóvel estará livre de qualquer ônus referente ao financiamento, podendo ser transacionado. Caso o termo de quitação entregue pela Instituição Financeira/Banco, não esteja com a firma reconhecida da assinatura do representante que assinou o documento, o devedor, deverá fazê-lo antes de levar o termo de quitação ao Cartório de Registro de imóveis.

Quando levar o Termo de quitação de imóvel ao Registro de Imóveis?

Este procedimento é muito importante e deve ser efetivado logo após o recebimento do termo de quitação. Se for o caso, com reconhecimento das firmas das assinaturas.

Uma vez que a demora em efetuar a averbação pode ocasionar o pedido de atualização do termo de quitação pelo Cartório, em razão de muitas vezes as procurações públicas dos representantes da Instituição Financeira/Banco ter data de validade ou podem ser canceladas.

Caso haja a necessidade de emissão de uma segunda via o devedor terá que retornar à Instituição Financeira/Banco para nova solicitação.

Custo para averbar Termo de Quitação

Para saber os valores dos emolumentos ou custas cartorárias, consulte o link do seu estado no site do IRIB.

Após ter sido feita a averbação do Termo de quitação, na matrícula de registro de imóveis, o proprietário deve solicitar ao cartório uma Certidão de Matrícula atualizada, devendo guardar para eventual necessidade de apresentação futura.

Valéria Viviane C. Freitas

Especialista – Crédito Imobiliário

OBS. do Click Habitação:

Antes de tomar a decisão de quitação da dívida é preciso fazer contas e definir as prioridades. De maneira geral vale a pena quitar o imóvel antecipadamente e pode representar um bom ganho financeiro, mas é necessário fazer contas. Verificar o CET (Custo Efetivo Total) + Projeção da TR e comparar com a taxa de rendimento líquida do investimento que poderia fazer com o valor da quitação.

Lembre-se que existem encargos acessórios ao financiamento como o seguro habitacional obrigatório e taxa de administração, estes custos não estão embutidos na taxa de juros do financiamento, mas compõem o CET.

Veja também:

Compare o Custo Efetivo Total – CET

A quitação do contrato de financiamento habitacional pode ser realizada com recursos próprios em moeda corrente nacional ou com recursos do FGTS. Na utilização total ou parcial dos recursos do FGTS, o imóvel, o contrato e o devedor devem atender às regras e pré-requisitos para uso do FGTS.

Se o mutuário optar por não liquidar, em função de querer ter reservas financeiras, a opção mais inteligente é a opção pela amortização com a redução do prazo. Neste caso, você diminuirá a dívida, aumentará a capacidade de amortização mensal da prestação e diminuirá o prazo de pagamento das parcelas remanescentes. Repita a opção sempre que possível! Em breve conseguirá liquidar a dívida. Veja mais:

As vantagens de amortizar com redução do prazo

Após a quitação da dívida o Banco tem o prazo legal de até 30 dias para entregar o Termo de Quitação ao cliente para os contratos com garantia de alienação fiduciária.

Caso não seja respeitado o prazo de entrega do Termo de Quitação o cliente tem direito a de multa equivalente a meio por cento ao mês, ou fração, sobre o valor do contrato. Tal fato está previsto no artigo 25 da Lei 9514/97.

Para os demais tipos de garantia, como por exemplo a hipoteca, a partir de 05/09/16 o prazo para entrega do Termo de Quitação será de 30 dias a partir da liquidação da dívida, em função da Lei 13.294.

Atualizado em 09/08/16.

408 COMENTÁRIOS

  1. Estou tentando imprimir a segunda via do boleto pelo site da habitação da Caixa, porém consta como contrato liquidado. O que pode ter ocorrido?

    • Olá Rudney

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Vários questionamentos já foram efetivados de forma idêntica

      Cremos que o Banco travou o sistema, limitando o número de parcelas disponíveis para visualização pelo mutuário.
      Assim, cremos que o seu contrato esteja com parcelas em aberto acima do limite estabelecido pelo banco.

      Orientamos a procurar qualquer agência do Banco para dirimir a dúvida.

      Equipe Click Habitação

  2. Boa Tarde.

    Fiz a quitação do meu imóvel através do pagamento do boleto gerado pelo APP da Caixa.
    Isso já faz alguns dias, porém o saldo da dívida continua constando, inclusive há cobrança da parcela que teria vencimento no dia 01.

    Entrei em contato com a Caixa e me foi informado que preciso ir até uma agência, com o comprovante de pagamento solicitar o Documento de Quitação.
    É isso mesmo? Eles não dão baixa no sistema e nem enviam para o endereço do imóvel?

    Muito obrigada pela ajuda.

    • Olá Karina

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que provavelmente a quitação do valor ficou pendente de processamento no sistema do Banco.
      Orientamos a questionar o problema junto ao seu gerente no Banco.

      Cremos que o Termo de Quitação não é enviado pelos Correios, precisa ser retirado na agência do contrato.

      Você poderá pedir por telefone a verificação da quitação do contrato:
      Pós-venda da habitação pelos 3004.1105(capitais e regiões metropolitanas) e 0800-726-0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Outra forma é fazer um comentário no facebook. Você receberá a informação ou orientação sobre a questão:
      https://www.facebook.com/caixa/?fref=ts

      Equipe Click Habitação

  3. Boa Tarde, tenho um imóvel financiado pela Caixa, vou utilizar meu FGTS para quitação do saldo devedor. E vou fazer a venda do imóvel, o comprador por sua vez vai financia-lo novamente. Minha dúvida após eu realizar a quitação preciso fazer a escritura em meu nome para depois o comprador poder financiar? Qual é o procedimento nesses casos?

    • Olá Francieli

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que seu contrato de financiamento já é a escritura definitiva.

      Você deverá pegar o Termo de Quitação e averbar na matrícula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Peça uma Certidão de matrícula atualizada constando a baixa da garantia do banco.

      O comprador poderá procurar o banco escolhido para efetivar o novo financiamento normalmente.

      Equipe Click Habitação

  4. Boa noite,

    Levei o termo de quitação do meu terreno ao Cartório de registro de imóveis de minha cidade e me foi passado um orçamento de aproximadamente R$760,00 reais para averbar o termo de quitação. Achei o valor cobrado muito caro, e devido a isso, estou pesquisando para saber se este valor está correto. Eu abri o link da tabela de emulentos, que foi disponibilizado no início da matéria, porém não estou conseguindo identificar as taxas que eu devo pagar para realizar este serviço no cartório. Poderia me ajudar? Eu moro no estado do ES.

    • Olá Charles

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que o Cartório não cobraria um valor incorreto.

      Verificamos na página 9 da Tabela:
      “II ­ AVERBAÇÃO:
      A) SEM VALOR DECLARADO ….. R$ 37,20
      B ) COM VALOR ­ CINQUENTA POR CENTO DOS EMOLUMENTOS PREVISTOS NO ITEM I, B, DESTA TABELA
      C) AVERBAÇÃO DE CONSTRUÇÃO ­ METADE DO PREVISTO NO ITEM I, B, LIMITADO A R$ 2.481,12 POR EMPREENDIMENTO”

      Em caso de dúvida fale com o PROCON.

      Equipe Click Habitação

  5. Bom Dia!
    Tem um ap financiado pela CEF , seu saldo devedor hoje é de R$ 5.500,00 . Gostaria de saber se eu resolver quitar este valor, quais seria os próximos passos. E se eu fosse vender este imóvel o que seria necessário? Quais taxas ?

    • Olá Alessandro

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para quitar o financiamento basta comparecer na agência e pedir a emissão do boleto para quitação.
      Após a quitação o banco terá até 30 dias para entregar o Termo de Quitação. Você deve averbar o Termo de Quitação junto ao Cartório de Registro de imóveis, requerendo após uma Certidão de matrícula atualização constando o imóvel totalmente liberado da garantia do banco.
      Não há taxas para quitação.

      Se for vender o imóvel financiado basta efetivar a transferência do financiamento. Veja no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  6. Olá! Fui sorteado no MINHA CASA MINHA VIDA, mas infelizmente por conta de mudança, não sabia em qual das caixas havia guardado os boletos. Sendo assim atrasei 3 prestações. Quando fui no site gerar a segunda via do boleto, constou com CONTRATO LIQUIDADO. Li mais acima, que após 3 prestações em atraso o site é inibido. Ocorre que, após serem abertas todas as minhas caixas, os encontrei. Paguei todos, inclusive o que vencerá ainda amanhã 13/11/2016. Ou seja, está regularizado e sem qualquer débito. O proximo será que consigo acessar através do site da CAIXA ? Durante qto tempo haverá essa inibição ?? Desde já agradeço a atenção e aguardo retorno !!!

    • Olá Andrea

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o boleto mensal deve ser entregue em seu endereço de correspondência.
      Você não está recebendo?
      Somente os contratos com débito em conta é que a emissão do boleto é inibida.

      Normalmente o boleto voltará a ser exibido na internet para seu acesso.

      Outra opção é você pedir o código de barras do boleto por SMS: Peça por telefone
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Equipe Click Habitação

  7. Bom dia,
    Meu pai tem um financiamento pela CEF e o saldo devedor teórico está girando em torno de R$23.000,00. Eu e meu marido gostaríamos de quitar esse valor, já que somos nós que moramos no imóvel, no momento da quitação o valor do seguro é retirado para o pagamento? Quais os procedimentos? devo depositar esse valor na conta dele ou eu devo ir junto com ele ao banco e proceder com a quitação?
    obrigada.

    • Olá Janaina

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na agência do Banco será emitido um boleto o qual poderá ser pago por qualquer pessoa, inclusive no Internet Banking do banco que você tem conta.
      Se ele tiver conta no banco você poderá transferir o valor para débito em conta, negociando com o gerente do banco.

      Com relação ao seguro, informamos que o prêmio do último mês não é devido, pois o comprador paga o prêmio à vista na data de assinatura do contrato.
      Assim, se a quitação for antes do vencimento do encargo o valor do seguro do mês da quitação não será cobrado, e se a quitação for posterior a data do vencimento do encargo o valor do seguro deverá ser diminuído do valor para quitação do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  8. Boa noite amigos. Tudo bem? Gostaria de fazer-lhes uma pergunta.

    Comprei um imóvel financiado pela Caixa. Custo R$190.000,00 mas dei R$32.000,00 de entrada e financiei apenas R$158.000,00.

    Já estou na prestação número 41, elas giram desde o início na casa de R$1.480,00 mensais.

    Fui ver o meu saldo devedor e ele está em R$159.000,00, isto é, estou devendo R$1.000,00 a mais, do que financiei. Não houve redução alguma do saldo devedor, pelo contrário, houve aumento.

    Essa situação está certa?

    Financiei pelo SFH.

    Aguardo a vossa resposta.

    Muito obrigado.

    Att.

    Daniel Martins

    • Olá Daniel

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a ocorrência, se você não fez nenhuma incorporação de débitos em atraso ao saldo devedor, pode ter ocorrido por 3 fatores:
      1) Escolha do sistema de amortização PRICE, onde a prestação (A+J) é mais baixa, o valor da Amortização mensal é muito pequena.
      Veja no artigo:
      Sistema de Amortização: veja qual o ideal

      2) Prazo de amortização – Você escolheu o prazo máximo = 360 meses?
      Se sim, este é outro fator que diminuiu o potencial de amortização da prestação (A+J). Veja no artigo:
      Vale a pena aumentar o Prazo do financiamento?

      3) Atualização monetária – O saldo devedor do financiamento tem atualização monetária pela Taxa Referencial – TR, da mesma forma que a poupança e a conta vinculada do FGTS.
      Talvez seja este o pior fator. Tivemos desde 2013 aumento nos juros no mercado e com reflexos no aumento indice da TR.
      Assim, todos os meses, antes da dedução da amortização – A da prestação o saldo devedor é atualizado, após calcula-se e acrescenta-se o juros contratuais – J e deduz-se a amortização constante no encargo periódico.
      Veja como funciona a evolução do saldo devedor no artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Recentemente o Governo começou a reduzir os juros (SELIC), isto é um fator positivo, pois o mercado financeiro espera uma redução maior a partir de agora. A TR agora está com viés de queda, o que é favorável para a amortização dos saldo devedores dos financiamentos habitacionais.

      Equipe Click Habitação

  9. olá, tenho um financiamento de um imóvel junto a caixa. meu saldo devedor estava em torno de 123.000,no dia 13 de outubro de fui na agencia e solicitei um boleto no valor de 25.000 para amortizar no saldo devedor,porém agora chegou a fatura referente a parcela desse mês e não consta a amortização do valor pago. vc pode me explicar o que aconteceu,eu ja liguei mais os atendentes não sabem informar o que aconteceu.grato

    • Olá Charles

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que provavelmente houve algum problema com o processamento do recebimento de sua amortização ou a emissão do boleto foi anterior a data da amortização.
      Sugerimos efetivar uma ligação para reclamar sobre a diferença no boleto:
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Equipe Click Habitação

  10. Minha esposa tem um apartamento Minha casa Minha Vida e atrasou 3 parcelas. Quando foi efetuar o pagamento no site, constava contrato liquidado. Gostaria de saber se ela perdeu o apartamento. Grato!

    • Olá Adalberto

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que após 3 prestações em atraso o site é inibido.
      As informações e boletos somente na agência. Procure sua agência. Coloque seu contrato em dia!

      Equipe Click Habitação

  11. Olá! Fui sorteado no MINHA CASA MINHA VIDA, mas infelizmente atrasei 3 prestações. Quando fui no site gerar a segunda via do boleto, constou com CONTRATO LIQUIDADO. Nunca nesse período recebi alguma notificação etc… Será que corro o risco de ter perdido o meu apartamento? Obrigado.

    • Olá Elisandra

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que após 3 prestações em atraso o site é inibido.
      As informações e boletos somente na agência. Procure sua agência. Coloque seu contrato em dia!

      Equipe Click Habitação

  12. Olá, quando eu pegar a carta de quitação da instituição financeira, quanto tempo no máximo eu tenho para ir ao cartório?

    • Olá Luciana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há prazo legal para efetivar a averbação. Mas, deverá ir o mais rápido possível, pois o Cartório depois um tempo poderá pedir a revalidação da assinatura do Termo de Quitação pelo Banco.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Rubens

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Banco tem até 30 dias para entregar o Termo de Quitação, conforme informamos no artigo.

      Equipe Click Habitação

  13. Boa noite!!! Vou quitar meu financiamento caixa. No valor de 135 mil com recursos próprio em conta corrente , posso ir direto à agencia ou é preciso agendar??

    • Olá Danilo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que você poderá comparecer na agência quando lhe for conveniente.

      Equipe Click Habitação

  14. Olá!
    Estou negociando a compra de um apartamento( à vista) que está financiado pela Caixa Econômica. O valor já pago pelo proprietário, que é de 30% do total do valor do imóvel, será pago diretamente a ele. Tenho a seguinte dúvida: Como fica essa questão da quitação? A parti daí já posso considerar o Apartamento como meu ou somente depois da escritura?

    • Olá Sara

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como você não vai transferir o financiamento, mas quitá-lo, você deverá pegar o Termo de Quitação e averbar na matrícula do imóvel.
      Pedir uma Certidão de matrícula atualizada.
      Deverá ser efetivada uma escritura de compra e venda e posteriormente deverá ser registrada no Cartório de registro de Imóveis. Após o registro da escritura você será a proprietária formal do imóvel.

      Assim, tenha cuidado com o compromisso de compra e venda para não correr riscos na negociação. Estabeleça multas por atraso, etc.
      Boa sorte!

      Equipe Click Habitação

    • Olá Maciel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a quitação antecipada dos contratos do Programa Minha Casa Minha Vida faixas 2 e 3 são possíveis, sem problemas.

      Os contratos assinados na faixa 1 deverão devolver os subsídios recebidos para efetivar a quitação antecipada.

      Equipe Click Habitação

  15. Bom dia!

    amanha quero pagar parte da minha divida (saldo devedor) com a Caixa utilizando meu FGTS e outra parte com dinheiro de poupança. Preciso agendar a minha ida a caixa junto ao Gerente?

    • Olá Raquel

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você deverá ser atendida quando for na agência.
      Lembramos que o uso do FGTS tem legislação própria e dependerá de análise antes do comando.

      Se já usou FGTS no seu financiamento atual e como tem conta no banco o pedido de amortização poderia ser efetivada por telefone:
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.
      Veja os serviços que podem ser efetivados por telefone no artigo:
      Contrato CAIXA Financiamento Habitacional

      Equipe Click Habitação

  16. Olá

    Estou querendo financiar um apartamento popular da caixa econômica (faixa 1), o apartamento usado está quitado, gostaria de saber se os apartamentos populares (baixa renda) podem ser refinanciados após quitados ou se existe alguma cláusula no contrato desse tipo de imóvel dizendo que ele só pode ser refinanciado mesmo após a quitação em um prazo de 5 anos! Outra dúvida é a seguinte sobre o seguro que o primeiro vendedor pagou ele será ressarcido ou o seguro fica para mim ou será feito um novo seguro caso eu financie. Aguardo com urgência essas respostas.

    • Olá Isaac

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que nenhum contrato no MCMV faixa 1 tiveram o seu prazo de decursado, portanto não existe contrato quitado, a não ser que o proprietário tenha devolvido todo o subsídio.

      O PMCMV não admite imóveis usados, assim não poderia nem ser “refinanciado” no Programa.

      A devolução até 5 anos é para o faixa 2 e 3.

      Orientamos a procurar o banco para ver as condições de financiamento.

      Equipe Click Habitação

  17. Boa tarde…
    Fiz um financiamento pela fix urbanismo, sou a segunda dona do lote… No contrato diz que o valor do bem é de 35.000, em 2011 com parcelas reajustaveis de 180,00. Ja paguei o referente a 59 parcelas das 180. Hoje esta no valor de 350,00 a parcela e estao me cobrando R$44.500,00 pela quitação. Isso pode acontecer? Achei um absurdo pois quero quitar mas o valor é muito alto e só me oferecera 0.20% de desconto em cada parcela. O que fazer nesse caso? So quero pagar logo .

    • Olá Patricia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Considerando a situação há necessidade da análise das cláusulas contratuais do contrato.
      Assim, orientamos a procurar o PROCON, solicitando análise da situação e orientação quanto as providências.

      Equipe Click Habitação

  18. Boa Tarde!

    E 2003 fiz um contrato de gaveta e em Setembro de 2016 quitei o apartamento, gostaria de saber se eu posso usar o mesmo contrato que fiz em 2003, ou se tenho que fazer um atualizado para dar entrada no cartório de registro?

    • Olá Amanda

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o primeiro passo deverá ser pegar o Termo de Quitação junto ao Banco e levar ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação da baixa da garantia do banco.
      Após peça uma Certidão de Matrícula atualizada.

      Cremos que o contrato particular deverá ser levado ao Tabelião para efetivar a Escritura de compra e venda, que após deverá ser registrado no Cartório de Registro de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

  19. Bom dia,
    Em 2001 adquiri um imóvel atraves de um contrato de compra e venda (“contrato de gaveta). Em 2006 quitei o imóvel e ano passado me dirigi à CEF para solicitar o termo de quitação para poder escriturar em meu nome. Porém a CEF não quer me dar esse termo, alegando que o contrato de meu imóvel (que era do ano de 1984) era uma situação especial liminar 81, onde os mutuários haviam entrado com uma ação coletiva contra a CEF pedindo reajuste das prestações pela equivalência salarial. E para eu conseguir o termo de quitação, estão me solicitando entregar os contra-cheques do mutuário original de 1997 a 2006, poi isso teria relação com a não cobertura de FCVS. Isso procede? Tem como eu contestar isso e exigir o termo de quitação? A ação na justiça já está concluída, baixada e arquivada no TJ4 Região. Não consegui acesso à sentença, mas mesmo assim isso já faz 20 anos do encerramento da ação. O que faço? Quais são meus direitos?
    Abraços,
    Sandra

    • Olá Sandra

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que este é um dos riscos de adquirir imóvel por meio de contrato de gaveta.

      Informamos que a solução mais fácil e simples seria obter os documentos junto ao mutuário.
      Ilustramos que a cobertura do FCVS, que é um Fundo público, exige que para a cobertura com os índices solicitados na ação judicial que os documentos do mutuários sejam entregues e analisados, pois em contrário provavelmente haveria algum resíduo não coberto pelo FCVS.

      Outra medida seria contratar um advogado e pedir análise e conveniência de ingressar com ação judicial solicitando a baixa do Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

  20. Bom dia! Vendi meu primeiro e único apartamento, o qual estava financiado pela Caixa. Já assinei um contrato de compra e venda, quitei o financiamento da Caixa e estou aguardando o termo de quitação. Posso apresentar o termo de quitação para o novo comprador e ele fazer toda a burocracia do Registro de Imóveis e, após isso, marcarmos a assinatura da escritura (nesse momento ele me pagaria o restante que foi acordado, sem financiamento). A minha dúvida é se eu (vendedor) preciso dar a baixa da alienação no Registro de Imóveis e pagar essa averbação, ou se o próprio comprador já faz tudo junto. Muito obrigado pela atenção e parabéns pelo site Click Habitação!

    • Olá Enaldo

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que qualquer pessoa pode requerer a averbação do Termo de Quitação junto ao Cartório de Imóveis, sem problemas.

      Equipe Click Habitação

  21. Boa tarde

    tenho um financiamento minha casa minha vida e pela primeira vez estou fazendo a amortização do meu FGTS, procurei minha agencia para e levei toda a minha documentação, na assinatura ela me cobrou um valor de R$ 124,00 referente ao FGHAB. O que é isso ? sou obrigada a pagar? porque não foi abatido junto com as parcelas?

    • Olá Luana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGHAB é Fundo de Habitação Popular com objeto de garantir a cobertura de MIP – Morte e Invalidez Permanente e DFI – Danos Físicos no imóvel, bem como empréstimo no caso de perda de renda. Veja mais detalhes no artigo:
      Minha Casa Minha Vida – Direitos e Deveres
      O FGHAB é cobrado junto com o encargo mensal, que paga todos os meses.

      Realmente é estranha a cobrança.
      Sugerimos a abertura de SAC questionando a cobrança no site do Banco.

      Equipe Click Habitação

  22. Comprei um imóvel e financeiro pela caixa. Porém gostaria de saber se a caixa aceita um outro imóvel que possuo quitado (de menor valor) para amortizar o financiamento do imóvel novo?

    Grato

    • Olá Gustavo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos não são imobiliárias, portanto este tipo de negociação acreditamos que não é aceita pelo mercado, inclusive pela CAIXA.

      Orientamos a vender o seu imóvel, e com o dinheiro da venda efetivar a amortização do saldo devedor do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  23. BOA TARDE.
    TENHO UM FINANCIAMENTO COM A CAIXA ECONÔMICA.
    JÁ QUITADO
    E JÁ PEQUEI O TERMO DE QUITAÇÃO.
    TENHO QUE PAGAR ALGUMA TAXA AO CARTÓRIO?
    PARA TIRAR MINHA ESCRITURA. OU NÃO.

    • Olá Luiz

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os contratos lavrados pelos Bancos no SFH já são a escritura definitiva.

      Assim, você deverá averbar o Termo de Quitação para baixar a vinculação da garantia do imóvel junto ao Banco.
      Existe um custo pelo serviço do Cartório.

      Sugerimos pedir uma Certidão de matrícula constando a averbação do Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

  24. Boa tarde! temos um financiamento na caixa e no contrato está no nome do meu pai, da minha irmã e no meu, porém uma outra irmã não pode entrar no contrato por causa da renda, mas ela nos ajudou a pagar todas as parcelas. Iremos realizar a quitação em breve. Meu pai após quitar, pretende registrar o imóvel no nome dos 3 filhos que ajudou a pagar a casa sem colocar o nome dele como proprietario. Minha duvida é: Ele tem mais 3 filhos (total 6 filhos), ele pode registrar o imóvel somente no nome de 3? Existe alguma lei que proibe isso?

    • Olá Simone

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Entendemos que a operação é possível de ser feita, mas merece cuidados especiais.
      Sugerimos que quando for o momento procurar o Tabelião do Cartório para elaboração da minuta do doação.

      Os demais irmãos podem contentar, neste sentido é melhor contratar um advogado para verificar as providências e medidas prudenciais mais adequadas.

      Equipe Click Habitação

  25. Bom Dia;

    Em fevereiro de 2014 fiz a compra de uma casa no valor de R$ 125,000 mil reais sendo dado R$ 35,000 mil reais de entrada e financiado o restante R$ 90,000 mil reais em 300 meses pela Caixa Econômica Federal já paguei 30 prestações, meu saldo devedor teórico atual e de R$ 84.088,44 quero fazer a quitação da divida já este mês, gostaria de saber qual seria o valor de quitação, é o atual saldo devedor teórico? ou se tenho direito a uma revisão para baixar mais o valor da quitação pois estou quitando a divida em menos de três anos após o financiamento pois já paguei juros sobre 300 mese?.

    • Olá Alexandre

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que nos contratos habitacionais não existe juros embutidos no saldo devedor. Os juros são calculados e cobrados mensalmente junto o encargo mensal, mas precisamente na prestação (A-amortização + J-Juros). Assim, não existe desconto para quitação antecipada.
      Veja no artigo:
      Por que não existe desconto para quitação no crédito imobiliário?

      Com relação ao valor para quitação será o saldo devedor na data do último vencimento acrescido de atualização monetária (TR) e juros contratuais pró-rata, desde o vencimento do último encargo até a data da quitação.

      A CAIXA disponibiliza aplicativo para celular onde você pode simular e efetivar a quitação. Veja no artigo:
      CAIXA lança APP para serviços financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  26. Boa noite,
    Comprei um imóvel financiado pela CEF e com subsidio
    Quero quitar o saldo devedor e vender o imóvel.
    Por motivos de trabalho vou deixar o RJ .
    Perguntas:
    Posso fazer essa quitação com o financiamento iniciado a menos de 24 meses ?
    Tenho que devolver algum valor referente ao subsidio?
    Após a quitação exite algum prazo para a transferência para terceiro ?
    desde já agradeco.

    • Olá Jefferson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a partir de jan/16 se a quitação antecipada for anterior a 5 anos deverá ser efetivada devolução proporcional do subsídio recebido, se o financiamento for anterior não há devolução do subsídio.

      Na transferência para terceiros o critério é o mesmo. Mas, neste caso não haverá manutenção das condições originais de financiamento. O contrato de financiamento para o terceiro será recalculado.

      Veja mais no artigo:
      Minha Casa Minha Vida fase 3 recursos FGTS. O que mudou?

      Equipe Click Habitação

  27. Ola boa tarde!!!
    Minha duvida e a seguinte, tenho um financiamento pelo minha casa minha vida na caixa , foi feito em 310 x e foram pagas 70 parc, o valor para quitar e realmente aquele q vem no demonstrativo de debitos para pagamento a vista ou tem algum abatimento ou acrescimo sob aquele vslor. Obrigado.

    • Olá Anderson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Lembramos que o Programa já possui inúmeras vantagens para os compradores: subsídios e taxa de juros reduzida.

      Esclarecemos que os financiamentos habitacionais não tem juros embutidos no saldo devedor, portanto não cabe desconto para quitação antecipada do saldo devedor. Veja mais no artigo:
      Por que não existe desconto para quitação no crédito imobiliário?

      Equipe Click Habitação

  28. financiei uma casa pelo minha casa minha vida com 420 prestação e pagas 13 na média de 500,00 mensal. como fica na hipótese de quitar agora essa casa?

    • Olá José Maria,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Um pouco estranha essa situação pois você ganhou subsídio do governo do Minha Casa Minha Vida e já vai vender o imóvel?
      Segunda informação que não bate, o prazo máximo do Minha Casa Minha Vida é de 360 meses. Não existe prazo de 420 meses.
      Caso seu contrato tenha sido assinado nas condições da fase 3 do Minha Casa Minha Vida, você deverá devolver na liquidação o subsídio proporcional ao recebido.
      Isso ocorre quando a liquidação é feita nos primeiros cinco anos após a assinatura.
      Se não for fase 3 do MCMV, não há necessidade de devolver o subsídio.
      Se não for Minha Casa Minha Vida, não existe nenhuma diferenciação na liquidação.

      Equipe Click Habitação

  29. Boa tarde!

    Minha irmã atualmente mora em SP capital e a 4 anos comprou uma casa no interior de SP.
    Caso ela quite o financiamento hoje, o TERMO DE QUITAÇÃO pode ser retirado na cidade onde ela mora atualmente ou só na cidade onde a casa foi comprada? Quem pode efetuar a retirada desse TERMO?

    Grato!

    • Olá Alex

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Termo de Quitação deverá estar disponível para entrega até 30 dias após a quitação.

      Orientamos que a melhor alternativa é retirar o Termo de Quitação na própria cidade, pois é necessário o reconhecimento de firma da assinatura do gerente do Banco e a entrega do documento junto ao Cartório de Registro de Imóveis local.
      Sem a entrega do Cartório o documento em si não tem tanta eficácia.

      Caso não seja possível, ela deverá procurar um agência e negociar com o gerente a entrega onde está atualmente.

      Equipe Click Habitação

  30. Boa tarde
    Liquidei minha divida Habitacional no dia 18/08/2016 e até hoje não recebi a Liberação da CEF. Por lei quanto tempo eles podem demora ? e por causa da greve ta demorando mais ainda. O que devo fazer?

    grata

    • Olá Jussara

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O prazo para liberação é de 30 dias, mas normalmente antes do prazo já está providenciado.
      Orientamos a abrir SAC no site do Banco e pedir posicionamento sobre o assunto.

      Equipe Click Habitação

  31. Boa noite,

    Eu baixei o aplicativo da caixa e quando clico para liquidar a dívida ele mostra o saldo devedor mas não gera o boleto, tenho um amigo que trabalha caixa mas que não é na agência contrato, ele também consegue ver o saldo devedor mas não gerar o boleto. Tenho uma ação contra a caixa econômica por conta de juros de obra abusivos cobrados quando eu já estava morando no apartamento. Essa pode ser a causa de eu não conseguir quitar meu apartamento? Eu não entendo o porquê uma vez que eu quero quitar meu apartamento e não querer outro financiamento.

    • Olá Jonnys

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que não temos como saber.
      Orientamos a procura do gerente do Banco ou a abertura de SAC no site pedindo o saldo devedor/boleto para quitação.

      Equipe Click Habitação

    • Jonnys Sales, eu estava com o mesmo problema, pois tentei pessoalmente por duas vezes, liquidar o financiamento com o próprio gerente responsável , pois o mesmo me informava que só poderia liquidar o financiamento se eu cancelasse o processo que também tinha, por juros abusivos . mais graças a Deus ,que entrou no negocio hoje dia 03/10/2016 estou indo ao banco para pegar o termo de quitação.

  32. boa tarde , poderiam me ajudar numa duvida .

    comprei um terreno no valor de 215,000 em setembro de 2015 com alienação finduciaria
    dei de entrada o valor de 21.000,00 + 24 parcelas de 699 + 94 de 3700,00 parcelas ajustasdas pelo ipca.
    Ja paguei ate o momento o valor de 33.210,00 total
    entrei em contato com a financeira que adquiri o terreno para saber quanto ficaria hoje para eu quitar meu terreno , para minha surpresa o valor hoje para quitação e maior do que negociei quando comprei , valor pra quitação me passaram e 218.000,00.
    Minha duvida é a seguinte , o valor que paguei mes a mes , nao é abatido em nada no saldo devedor ?
    grato pela possivel ajuda.
    obrigado

    • Olá Paulo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a compra provavelmente não foi efetivada com financiamento habitacional.
      Verifique seu contrato. Se precisar peça ajuda ao PROCON para verificar se está certo ou não o cálculo efetivado pela financeira.
      Cremos que há juros embutidos

      Equipe Click Habitação

  33. Meu contrato habitacional foi decursado.
    Quero saber o que significa essa situação “decursado”?

    • Olá Antonio Pedro,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Decursado significa que houve decurso do prazo, ou seja, se você contratou em 300 meses, ao pagar a 300º prestação, seu contrato decursa/finaliza.
      Atentar se ao decursar o prazo, não ficou saldo residual ou mesmo alguma diferença ou prestação em aberto.
      Se houver, voce deverá regularizar para que possa receber o Termo de Quitação do contrato.

      Equipe Click Habitação

  34. Boa noite!
    Comprei e quitei um imóvel ainda solteira, por um grande descuido meu, após doze anos de quitado, somente agora, depois de casada pelo regime de separação parcial de bens, vou fazer a averbação. É preciso informar o cartório meu estado civil atual? Isso não vai modificar em nada a minha aquisição anterior ao casamento?
    Muito agradecida.

    • Olá Norma,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Não haverá modificação uma vez que quando você buscar o Termo de Quitação do imóvel, estará contido a informação da data de liquidação do imóvel.
      Caso seja necessário emitir a 2º via do termo de quitação, o Banco poderá te cobrar uma taxa sobre esse serviço.

      Equipe Click Habitação

  35. Boa noite, vou quitar meu imóvel financiado pela CEF, gostaria de saber se o boleto de quitação pode ser pago em qualquer banco? No caso, uma pessoa vai me emprestar o dinheiro e pagará o boleto pra mim no seu banco. Isso pode ter algum problema?

    • Olá Priscila

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o boleto poderá ser pago em qualquer banco, dentro da validade do boleto e também na própria CAIXA, mesmo com um cheque de um terceiro.

      Equipe Click Habitação

  36. Boa tarde, gostaria de saber de eu quitar um financiamento e retirar o imóvel do meu nome , eu posso fazer outro financiamento pelo programa minha casa minha vida?

    • Olá Junior

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Informamos que no Programa Minha Casa Minha Vida ou Programa Carta de Crédito FGTS com taxa de juros reduzida e subsídios você tem direito de usufruir somente uma vez.

      Assim, se o primeiro financiamento já foi em qualquer dos programas com vantagens você poderá financiar quantos imóvel puder, mas terá que utilizar o financiamento com recursos da poupança (SBPE).
      Veja no vídeo:
      #Video 9 – Financiamento no SBPE

      Agora, se não recebeu as vantagens e vender o imóvel poderá pleitear o financiamento, se enquadrar nas condições do Programa.

      Equipe Click Habitação

  37. Boa Tarde,

    Meu noivo tem uma casa que ficou de herança pq minha sogra faleceu. Nós estamos vendendo a residencia e descobrimos que temos algumas parcelas atrasadas ref ao cdhu mas ao tempo, temos uma carta que nos recebemos dizendo que o imovel foi quitado pelo falecimento da minha sogra. O que eu faço

    • Olá Katia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a cobertura do seguro habitacional cobre somente o saldo devedor do contrato.
      Assim, se houvessem prestações em atraso antes da data do falecimento da sua sogra vocês devem procurar a CDHU e negociar o pagamento do atrasado.

      Após o pagamento do atraso pedir o Termo de Quitação para a devida averbação em Cartório.

      Equipe Click Habitação

  38. Boa Tarde! Tenho um imóvel que é financiado pela Caixa e gostaria de saber se posso estar fazendo a quitação desse imóvel, utilizando da contemplação do consorcio?

    • Olá Rogerio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que é uma operação perfeitamente possível de ser efetivada.
      Verifique a aceitabilidade com seu Consórcio.

      Equipe Click Habitação

  39. Bom dia! No caso de quitação antecipada de financiamento imobiliário, o valor a ser pago seria o que consta como saldo devedor, ou haveria algum acréscimo ou mesmo um eventual abatimento sobre esse valor? Obrigado.

    • Olá Silvio

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Qual é o valor para Quitação de Contratos Habitacion​ais?
      O valor da quitação compreende o saldo devedor integral atualizado para o dia da liquidação, com a cobrança de juros contratuais proporcionais, se devidos, conforme previsto em contrato, acrescido de eventuais encargos em atraso com seus acessórios e diferenças de prestação, se houver. Para contratos que se enquadram nas regras de utilização do FGTS, podem ser pagas eventuais prestações em atraso com recursos do fundo.”

      Esclarecemos que será o valor do saldo devedor atualizado pro-rata desde a data do vencimento do ultimo encargo e acrescido de juros pro-rata até o dia da quitação.

      No financiamento habitacional não há desconto de juros, pois os juros contratuais não estão embutidos no saldo devedor, sendo cobrados mensalmente na prestação (A+J). Veja detalhes no artigo:
      Por que não existe desconto para quitação no crédito imobiliário?

      Equipe Click Habitação

  40. Olá senhores. antes de tudo, parabens pelo site e obrigado pelas dicas.
    Possuo um financiamento junto a CEF numa agencia do RS, porém hoje resido no RJ e preciso quitar meu financiamento. Entrei em contato com a CEF e as orientações mudam. minha dúvida é: Preciso ir até a agencia onde assinei o contrato para quitar?

    • Olá Gilson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há necessidade de ir da agência de contratação, poderá ser efetivada em qualquer agência da CAIXA.

      Inclusive você poderá fazer a Liquidação com recursos próprios por meio do débito em conta na CAIXA por telefone:
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Equipe Click Habitação

  41. Bom dia!
    Poderia me auxiliar com a seguinte dúvida: É possível adquirir uma fração ideal média de 2.155,37 m², sendo por enquanto parte ideal de 2,74% de um terreno de cultura? Se sim, quais os procedimentos? É preciso instituir condomínio? Pois há apenas uma matrícula para um imóvel com quase 80.000,00 m². Quais os critérios a serem respeitados neste caso?
    Muito obrigada!

    • Olá Magda

      Boa Tarde!

      Orientamos a consultar o Tabelião do Cartório de Imóveis sobre a possibilidade de desmembramento ou divisão da matrícula, bem como sobre o que é necessário para efetivar a compra.

      Equipe Click Habitação

  42. É possível incluir meu companheiro no meu contrato habitacional e usar o FGTS dele para quitação do débito? Obrigada.

    • Olá Rosangela

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para utilizar o FGTS no financiamento habitacional é imprescindível ser proprietário do imóvel.
      Assim, seu companheiro deverá adquirir parte ideal do imóvel.
      Veja no artigo:
      Inclusão de cônjuge no financiamento

      Assim, primeiro verificar se o banco aceita a negociação.
      Verificar se custo/benefício compensa, pois tem custos com: ITBI, registro no Cartório e tarifa do banco.

      Equipe Click Habitação

  43. Tenho um financiamento feito pela caixa onde foi utilizado o fgts do meu marido e a renda dele não foi declarada só a minha assim tivemos o subsídio do governo e a prestação ficou no valor menor isso tudo foi feito através do correspondente bancário. Nos só assinamos o contrato pois ele informará que estava tudo ok .agora depois de 6 anos com tudo em dias não consigo usar meu fgts pois eles dizem que tem um erro no contrato e estão analisando estou com medo de peder meu imóvel. Alguém pode me ajudar.

    • Olá Graciele

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que o Programa Minha Casa Minha Vida utiliza recursos do FGTS.
      Lembramos que o trabalhador que se utilizar, direta ou indiretamente, de meio fraudulento para a movimentação intempestiva de recursos do FGTS ficará obrigado a ressarcir, através de medidas administrativas ou judiciais, todos os valores indevidamente utilizados, acrescidos de juros e atualização monetária e ficará, além disso, sujeito às medidas criminais propostas pelo Ministério Público Federal.

      Esclarecemos que em eventual fiscalização for descoberta a irregularidade haverá possibilidade de reenquadramento do contrato. Assim, provavelmente haverá a inclusão da renda do seu marido para fins de apuração do subsídio correto e por consequência haverão diferenças de valores a ser pagas por vocês em função da irregularidade encontrada.
      Resta aguardar a finalização da análise do banco.

      Equipe Click Habitação

  44. Boa noite,no ano passado fiquei desempregado e usei Fundo Garantidor de Habitação Popular. programa Minha Casa Minha Vida por seis meses só que esse mês veio o boleto normal do mês e mais um boleto com um valor muito alto,gostaria de saber se por ter usado esse fundo eles podem me cobrar as parcelas de uma vez só pois quando fiz esse tramite o funcionário da caixa não me explicou nada disso e agora fui tentar ver no site da caixa habitação e o contrato esta como Contrato decursado.

    att

    • Olá Ricardo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Sugerimos ligar e pedir esclarecimento sobre a diferença de prestação no atendimento pós-venda da CAIXA:
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Lembramos que a utilização do FGHAB deve ser renovada a cada 3 meses junto a agência do banco.

      Equipe Click Habitação

  45. À CAIXA ECONÔMICA FEDERAL,
    É COM GRANDE INSATISFAÇÃO E MUITA INDIGNAÇÃO QUE VENHO MANIFESTAR-ME DIANTE DE FATOS QUE ESTÃO OCORRENDO ATUALMENTE COMIGO, 04-08-2016, JUNTO À CAIXA CONÔMICA FEDERAL, REPRESENTADA POR SEU PROCURADOR SUBSTABELECIDO NESTE ATO, CARLOS AUGUSTO DOS SANTOS MELO, CARTEIRA DE IDENTIDADE CNH 00230196200, EXPEDIDA PELO DETRAN-PA EM 04 DE SETEMBRO DE 2015 E DO CPF: 353.364.802-82, MAT. 057151-8, FUNCIONARIO RESPONSÁVEL PELO CONTRATO Nº 855552683540 DE FINANCIAMENTO DE IMÓVEL, BOSQUE VILLE, E TAMBÉM A CONSTRUTORA PRIME ENGENHARIA LTDA CNPJ: 081693010001-55, REPRESENTADA POR GISANDRO GIL PADRÃO MASSOUD, POIS ESTOU NECESSITANDO UTILIZAR O MEU FGTS PARA ABATIMENTO DAS PARCELAS DO FINANCIAMENTO, CONTRATO DESCRITO, E ATÉ O MOMENTO, DIA 4 DE AGOSTO DE 2016, NÃO CONSEGUI, POR FATOS QUE NÃO DEPENDEM DE MIM, QUE EU NÃO ESTOU DANDO CAUSA, POIS A CONSTRUTORA NÃO APRESENTOU ATÉ HOJE, 04-08-2016, DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A REGULARIZAÇÃO DESTE EMPREENDIMENTO, CERTIDÃO DE AVERBAÇÃO DA CONSTRUÇÃO, CND DO INSS E INSTITUIÇÃO DO CONDOMÍNIO E AINDA REGISTROU O IMÓVEL JUNTO À CAIXA NO CARTÓRIO COMO SE FOSSE A PROPRIETÁRIA DA MINHA UNIDADE, APTO 503, DEIXANDO-ME IMPOSSIBILITADA DE TUDO, UTILIZAÇÃO, VENDA OU QUALQUER OUTRA TRANSAÇÃO, OU SEJA, ESTOU PAGANDO UM IMÓVEL QUE NÃO ME PERTENCE, QUE NÃO É MEU. PORTANTO ESTOU AQUI EXTERNANDO A MINHA INSATISFAÇÃO COM A CAIXA ECONOMICA FEDERAL, EMPRESA DETENTORA DO MERCADO IMOBILIÁRIO, QUE PARA MIM, JUNTO COM ESSA CONSTRUTORA JÁ SÃO FALIDAS.

  46. Boa tarde!
    Meu pai realizou a quitação do imóvel através do FGTS, ontem assinou o novo contrato e está aguardando para pegar o contrato assinado com o banco e levar no cartório, o programa de arrendamento foi o PAR ( Programa de Arrendamento Residencial), uma vizinha veio me perguntar se ele irá receber algum valor de volta referente alguma coisa, quero saber se isso procede e de que se refere?

    • Olá Rosangela

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que desconhecemos qualquer devolução nesta situação.
      Somente seria devida a devolução se houve algum cálculo errado.
      Orientamos a consultar a agência do Banco.

      Equipe Click Habitação

  47. Adquiri um apartamento, financiado, com meu ex-namorado. Na realidade ele nunca pagou nenhuma prestação, tanto que o débito cai em minha conta. Depois de um ano, nós terminamos o namoro e ele saiu de casa. Fizemos um termo de cessão de direitos, onde ele abriu mão do imóvel e em contrapartida, eu teria que pagar o valor que ele deu de entrada. Eu já paguei e nada mais devo a ele. Agora estou pensando em quitar o imóvel, mas ele figura no contrato de financiamento com 50%, e combinamos que em agosto de 2016 eu tiraria o nome dele. Gostaria de saber se posso quitar e passar diretamente o imóvel apenas para o meu nome. Ou qual a melhor saída, já que eu paguei integralmente o imóvel.

    • Olá Flávia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Sugiro consultar o Tabelião do Cartório de Imóveis no sentido de que se o Termo de Cessão de Direitos devidamente averbado garante a transferência da propriedade para você.
      Se sim, bastaria a averbação. Tire uma Certidão de matrícula atualizada após a averbação.
      Caso contrário, após a quitação você deverá elaborar outro documento para a transferência ou cessão, consulte o Tabelião quanto ao correto documento a ser elaborado ou um advogado de sua confiança.

      Equipe Click Habitação

  48. Gostaria de esclarecer, o que é e para que fim pode ser utilizada uma declaração de quebra de sigilo bancário, para os casos de processos de interveniente quitante, com saldo de financiamento ativo do atual proprietário.
    Desde já agradeço.

    • Olá Magda

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que desconhecemos o motivo de tal exigência.
      Orientamos a questionar ao banco. E se não for atendida junto ao Banco Central ou PROCON.

      Equipe Click Habitação

  49. Olá! É possível uma empresa adquirir imóvel do sócio, estando o bem financiado junto à CEF, com quitação da operação de crédito, via consórcio imobiliário? Obrigada.

    • Olá Magda

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para o Banco a operação será de quitação, com clausula de Interveniente Quitante, sem óbice.
      Se houver a aceitação pelo Consórcio não haveria nenhum problema.

      Equipe Click Habitação

  50. BOM DIA,QUITEI O MEU FINANCIAMENTO PELA CAIXA ECONÔMICA,POSSO DAR ESSE IMÓVEL QUITADO COMO ENTRADA E FINANCIAR OUTRO?

    • Olá Evanilsa

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos não aceitam imóveis em troca de novo financiamento.
      Você poderá colocar a venda seu imóvel e fazer um novo financiamento para aquisição do novo imóvel.

      Ou poderá adquirir o novo imóvel com financiamento e manter o antigo. Veja mais:
      É possível ter outro financiamento de imóvel?

      Equipe Click Habitação

  51. Olá,

    Tenho um terreno comprado e financiado por uma construtora.
    Fiz a quitação do débito e me informaram que o prazo para entrega do termo de quitação seria de 180 dias, hoje já se passam 30 dias.
    Existe um prazo legal para que possam emitir esse termo?

    Muito obrigado.

    • Olá Gross

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a única hipótese de existência de prazo legal para entrega do Termo Quitação é se a garantia for alienação fiduciária do terreno.
      Neste caso o prazo para entrega é de 30 dias conforme artigo 25 da Lei 9514, abaixo transcrito:
      Art. 25. Com o pagamento da dívida e seus encargos, resolve-se, nos termos deste artigo, a propriedade fiduciária do imóvel.
      § 1º No prazo de trinta dias, a contar da data de liquidação da dívida, o fiduciário fornecerá o respectivo termo de quitação ao fiduciante, sob pena de multa em favor deste, equivalente a meio por cento ao mês, ou fração, sobre o valor do contrato.

      Nos demais tipo de garantia não existe prazo legal de entrega do Termo de Quitação. Sugerimos, neste caso consultar um advogado ou PROCON para verificar o que poderá ser efetivado.

      Equipe Click Habitacão

  52. amigo meu saldo devedor acabou antes de terminar as prestações no total de 15 parcelas, como fica agora. meu contrato foi assinado em 1997. grato

    • Olá Itamar

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o saldo nulo ou ZERO é motivo para pedir junto ao Banco o Termo de Quitação.
      Após averbar o Termo junto a matrícula do imóvel no Cartório de Registro de Imóveis e pedir uma Certidão de Matrícula atualização constando a baixa da garantia.

      Equipe Click Habitação

  53. Quitei a Dívida do meu imóvel, e agora preciso ir no cartório para tirar a alienação.
    Qualquer pessoa pode ir no lugar do titular do imóvel, ou somente o responsável ?
    Obrigado.

    • Olá Rafael,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      De posse do termo de quitação, qualquer pessoa pode efetuar a baixa da garantia.
      Somente atentar que alguns cartórios exigem reconhecimento de firma do termo de quitação (assinatura do gerente do Banco).

      Equipe Click Habitação

  54. Boa noite, há algum tempo quitei meu apto financiado, recebi o termo de quitação mas até hoje não fiz a transferência no cartório ou na sub prefeitura.

    Quais problemas podem ocorrer por não ter efetuado esa transição e o que eu preciso fazer para atualizar a escritura.

    Agradeço.

    • Olá Walter,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      O termo de quitação, após emitido pelo Banco, tem validade de 1 ano. Se passou desse prazo, sugerimos emissão de 2º via junto ao Banco.
      Ao emitir a 2ª via, o Banco pode te cobrar taxa pela emissão de 2ª via.
      O único problema de não ter feito a Baixa da Garantia no Cartório é que oficialmente o imóvel não está no seu nome e sim do Banco.

      Equipe Click Habitação

  55. Boa tarde! Gostaria de uma informação. Tenho um contrato habitacional da Caixa desde 2008, utilizei em Fevereiro do ano passado recursos do FGTS e próprios para amortização do saldo devedor, com isso meu contrato finaliza em Outubro desse ano. Porem tenho 6 prestações em aberto até a presente data, gostaria de saber se posso utilizar meu FGTS para quitação total do contrato, mesmo com débitos em aberto, visto que meu saldo de FGTS é maior do que meu saldo devedor total. Desde já agradeço atenção.
    Fábio

    • Olá Fabio,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Infelizmente no seu caso você não pode usar o FGTS na quitação por dois motivos: menos de 2 anos de uso para amortização e uso de FGTS para prestação somente para 3 prestações em atraso.
      O que você pode fazer para usar o FGTS é aguardar até fevereiro do ano que vem ou quitar 3 prestações em atraso, e usar o restante como pagamento de parte de prestação (80%).

      Sugerimos a leitura dos seguintes artigos:

      FGTS para Pagamento de Parte de PrestaçãoFGTS para Pagamento de Parte de Prestação

      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Equipe Click Habitação

  56. Boa tarde,
    Meus pais era casados e financiaram um imóvel. Atualmente estão separados mas acredito que não houve a divisão do imóvel, mas é a minha mãe que tem quitado todas as parcelas sozinha e também irá fazer a quitação total que falta. Na hora de averbar, meu pai terá que assinar algo manifestando que deixou o imóvel apenas para ela?

    • Olá Elizama

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se houve definição no formal de partilha e sentença de separação bastará averbar o formal de partilha e sentença junto a matrícula do imóvel.

      Se não houve esta definição de propriedade quando da separação será necessária a aquisição de parte ideal, por meio de contrato de compra e venda, com posterior registro no Cartório de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

  57. Gostaria de saber se sou obrigada a ir no cartório reconhecer firma da gerente do Banco ou eles devem me entregar o documento para ir ao cartório de imóveis já com firma reconhecida?

    • Olá Natalia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que não há definição normativa quanto a isso.
      Mas, cremos que a autenticação tem custo de pequena monta.

      Equipe Click Habitação

  58. Boa tarde,
    Estamos quitando o financiamento imobiliário junto à caixa com recursos do fgts e devido à demora (22 dias) para processar a documentação, estão nos cobrando os juros referente a esses dias, pois os juros da parcela anterior, que estão incluídos no saldo devedor, não foram pagos.
    Isso está correto?
    Obrigada de

    • Olá Andréa,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Conforme consta no artigo:
      Qual é o valor para Quitação de Contratos Habitacion​ais?
      O valor da quitação compreende o saldo devedor integral atualizado para o dia da liquidação, com a cobrança de juros contratuais e atualização monetária proporcionais, se devidos, conforme previsto em contrato, acrescido de eventuais encargos em atraso com seus acessórios e diferenças de prestação, se houver. Para contratos que se enquadram nas regras de utilização do FGTS, podem ser pagas eventuais prestações em atraso com recursos do fundo.

      Assim, são devidos juros contratuais e atualização monetária pró-rata desde a data do vencimento do último encargo até a data da quitação.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Por que não existe desconto para quitação no crédito imobiliário?

      Equipe Click Habitação

  59. Quando era casado com minha ex-esposa juntamos a renda e adquirimos um imóvel através de financiamento junto a Caixa Econômica. Com o divórcio ocorreu a divisão do patrimônio e o imóvel em questão ficou comigo. Pretendo efetuar a quitação, mas como devo proceder para que seja retirado o nome dela no momento de registrar no RGI?

    • Olá Eduardo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se houve a divisão do patrimônio basta averbar na matrícula do imóvel o formal de partilha e sentença judicial passando a propriedade do imóvel para você junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Peça uma Certidão da matrícula atualizada e pronto.
      Como pretende quitar o financiamento não haveria necessidade de efetivar a assunção de dívida junto ao Banco.

      Veja mais no artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Equipe Click Habitação

    • Boa noite, gostaria de uma ajuda de vcs, tenho um imóvel financiado pela caixa, o meu apto foi financiado em nome do meu pai, fiz umas economias e vou amortizar nos próximos dias 10mil do saldo devedor de 17,7mil e pretendo no máximo em agosto quitar, a minha dúvida é quanto vou gastar de documentação, pra averbar ele pro nome do meu pai(e da minha mãe,) depois passa pro o nome meu é da minha esposa, a cidade do imóvel e rio de janeiro. Obrigado

    • Olá Mark

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os custos cartorários variam de estado para estado.
      Sugerimos verificar diretamente no Cartório.

      Para ter uma ideia veja no link abaixo do site do IRIB:
      Tabela de Emolumentos

      Além das custas você tem o ITBI. Veja no site da Prefeitura.

      Equipe Click Habitação

  60. Quitei o meu apartamento em um acordo feito no juizado isso ja fazem uns 3 anos e ate hj a caixa não me deu a escritura.

    • Olá Teresa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se for um financiamento habitacional o contrato é já definitivo você deverá pleitear o Termo de Quitação.

      Orientamos a pedir na agência do contrato ou abrir um SAC no site do Banco e efetivar a reclamação para entrega do Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

  61. Olá boa noite. Gostaria de uma ajuda.
    Tenho um imóvel que pretendo fazer a quitação antes do término do contrato. Acontece que este imóvel, na época quando adquiri pedi a um amigo o nome para o financiamento pois minha renda na época não era o suficiente. Minha pergunta é: Qual o procedimento que devo fazer para passar o imóvel para o meu nome depois de quitado?
    Muito obrigada

    • Olá Ana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que o primeiro passo é pegar o Termo de Quitação junto ao Banco e averbar na matrícula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Peça uma Certidão de matrícula atualizada com a averbação.

      Após deverá procurar um Tabelião para efetivar a escritura de compra e venda e passar a propriedade para seu nome.
      A escritura deverá ser registrada na matrícula do imóvel e deverá requerer uma nova Certidão de matrícula atualizada.

      Equipe Click Habitação

  62. Boa noite!
    Por gentileza, gostaria de saber se há possibilidade de quitação de financiamento habitacional na fase de construção do imóvel. Há alguma tarifa ou multa nesse caso? Muito obrigada, desde já!

    • Olá Ana Carolina

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que possível é, o grande problema é a viabilidade técnica.
      Se for uma construção isolada, poderia pedir a autorização para desistência das parcelas, desde que não haja FGTS utilizado na fase de construção.
      Se a origem de recursos for o FGTS somente haverá a liberação do Termo de Quitação após a averbação do término de construção na matrícula do imóvel.

      Se for um empreendimento cremos é inviável a quitação na fase de construção.

      Mas, consulte o seu banco.

      Equipe Click Habitação

  63. Ola
    Quitei mes passado meu consorcio imobiliario caixa , que usei para pagar um financiamento do bradesco do meu imovel, e gostaria de saber o que devo fazer agora para ter o imovel em meu nome, sem alienação caixa, e poder vende-lo futuramente ?

    grata,
    Fatima

    • Olá Fatima

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a ligar para CAIXA Consórcios e pedir o Termo de Quitação. Ela tem até 30 dias para entregar o documento.

      O documento deverá ser averbado na matrícula do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  64. boa tarde ,dra. fui pegar uma segunda via do boleto da casa própria..deu a seguinte mensagem: CONTRATO DECURSADO, GOSTARIA DE SABER O QUE SIGNIFICA…?…

    • Olá Roberto

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que contrato decursado significa que o prazo do contrato decursou ou seja terminou o prazo estipulado em contrato.
      Orientamos a pedir na agência o Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Sandy

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que conforme descrevemos no artigo os contratos com garantia de alienação fiduciária os bancos tem prazo de até 30 dias para entregar o Termo de Quitação aos clientes.
      A CAIXA costuma liberar em prazo bem menor. Procure sua agência e verifique.

      Já os contratos com garantia de hipoteca não existe um prazo legal para entrega, mas a CAIXA costuma respeitar o prazo de 30 dias para entrega.

      Equipe Click Habitação

  65. Bom dia
    Preciso da 2 via do termo de quitação do meu financiamento junto a caixa ?
    O que devo fazer ?
    Na época foi apresentado ao cartório e foi averbada na matrícula . Vendi o apartamento e me mudei a 5 anos para outra cidade .
    Agora preciso de uma cópia do termo de quitação .
    Como faço para conseguir ?

    • Olá João Batista

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a maneira mais fácil de obter, já foi averbado junto a matrícula será pedir junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Qual a razão de precisar o documento que já consta na Certidão de matrícula?

      Equipe Click Habitação

  66. Caros, Amigos!

    Alguém pode me ajudar, eu possuo um imóvel financiado na Caixa. Porem ele tem um saldo residual a pagar de R$ 10.000,00 .
    Eu vendi a casa, o meu comprador financiou pelo Itaú, no entanto a Imobiliária não deixou eu quitar o valor residual, alegando que ia demorar mais tempo a Liberação da Casa para financiamento.
    Nossa já estou com raiva, já faz duas semanas que os Bancos se trocam e-mails e o assunto ainda não está resolvido.
    Alguém sabe me informar como funciona esse trameti entre Bancos?É demorado assim mesmo?
    Já conversei com o Gerente da Caixa, que me informou que o assunto é tratado diretamente com o Itaú, e que não pode me copiar nos emails. Nossa somos trados como Lixos por esses caras.

    Att.

    Fabiano

    • Olá Fabiano

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que quando há envolvimento de bancos diferentes, ou seja, o financiamento original foi por um banco e o comprador irá financiar por outro banco a negociação sempre deverá partir do Banco que irá receber o crédito, no caso o Banco Itaú.
      Para a CAIXA será uma operação de quitação do saldo devedor existente.

      A CAIXA assinará o contrato como Interveniente Quitante. Veja no artigo:
      Diferença entre Portabilidade e Interveniente Quitante

      Orientamos a pedir para o comprador contatar o banco e verificar o andamento do processo.
      Se não for atendido deverá utilizar o SAC no site do Banco e posteriormente a Reclamação junto ao Banco Central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  67. Já quitei a 2 anos o meu imóvel financiado com a Caixa Econômica Federal e peguei o Termo de Quitação no banco, reconheci firma do gerente e levei no cartório para averbar e peguei no mesmo dia a Matricula Atualizada.

    Minha pergunta é a seguinte: Verifiquei que no Nome do Proprietário dessa matricula consta o nome da Construtora, eu devo pedir outra matricula atualizada para verificar se o nome do proprietário mudou? e se não mudou o que devo fazer?

    OBS.: tenho também o contrato de financiamento que vale como escritura.

    Agradeço e aguardo.
    Ricardo

    • Olá Ricardo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pedimos para analisar por inteiro a Certidão de matrícula atualizada.
      Esclarecemos que a cada operação de compra e venda existe um registro. Assim o registro 1 (R1) deve ser em nome da construtora.
      Provavelmente quando você assinou o contrato de financiamento foi cancelado o R1 e registrado um novo registro 2 (R2) do seu contrato de compra e venda com o Banco e um registro 3 (R3) relativo ao registro da garantia do imóvel (hipoteca ou alienação fiduciária) com o Banco.

      O Termo de Quitação justamente cancela o registro da garantia do banco.
      A matrícula descreve todo o histórico de compra e venda do imóvel.

      Orientamos assim a ver toda a Certidão de matrícula, onde deve constar o registro do seu contrato.
      Veja mais:
      O que é Matrícula do Imóvel?

      Equipe Click Habitação

  68. Prezados, boa tarde

    Efetuei recentemente a quitação de um imóvel na caixa, na qual usei recursos próprios e FGTS para quitação.
    Neste caso estou vendendo este imóvel e comprando um maior.
    Primeira pergunta, como é o segundo imóvel, daqui a dois anos consigo utilizar novamente recursos do FGTS para amortização?
    Segunda pergunta, fiz a quitação recentemente e preciso do termo de quitação, preciso solicitar este termo após 30 dias da quitação ou já posso solicita-lo na agencia e após 30 dias já tê-lo disponível?
    terceira pergunta, como já efetuei a negociação da venda deste imóvel, preciso realmente esperar este prazo de 30 dias para iniciar o fluxo de cartório para o processo de formalização da venda do imóvel?

    Desde já agradeço.

    att.

    Kleveson

    • Olá Kleveson

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em relação as suas perguntas vamos comentar:
      1) O Uso do FGTS tem 3 tipos de modalidade: aquisição (entrada), amortização/quitação e pagamento de parte da prestação.
      Elas são independentes. Assim, mesmo utilizando o FGTS para quitação do financiamento você poderá utilizar o FGTS para aquisição (entrada) do novo, desde tenha vendido o primeiro e atenda as condições de uso do FGTS.
      E posteriormente a cada 2 anos poderá continuar utilizando para amortização.
      Veja os detalhes no gráfico e artigo:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      2) Na CAIXA o Termo de Quitação tem sido liberado com rapidez. Orientamos a procurar a agência de imediato e pedir a emissão do Termo de Quitação. Não precisa necessariamente esperar 30 dias.

      3) Considerando que venda foi por um contrato particular e não por meio de transferência do financiamento com o Banco você precisa aguardar o Termo de Quitação para averbar a baixa da garantia junto ao Cartório de Imóveis.
      E depois poderá efetivar a escritura de compra e venda do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  69. Olá,

    Em 2014 adquiri um imóvel em SP utilizando meu FGTS.
    Em 2015 surgiu uma ótima oportunidade imobiliária e com uma folga para a entrada comprei um outro imóvel ainda em construção com previsão para conclusão final 2016 (recursos próprios e prestações direto com a construtora).
    Em Junho de 2016 pretendo quitar meu financiamento contratado em 2014 com o saldo do FGTS.

    IMPORTANTE: Minha dúvida começou ao ler o formulário de Autorização para movimentação de conta e a Declaração para utilização do FGTS. No formulário de Autorização é solicitado apenas declarar que eu não sou promitente comprador de imóvel adquirido em data anterior à da assinatura do contrato de financiamento, ou seja, me enquadrando na possibilidade de quitação. Já na Declaração para utilização do FGTS, essa mais genérica, apenas solicita minha confirmação em não ser promitente comprador de imóvel residencial no mesmo município, sem repetir os termos da Autorização que diz “em data anterior a assinatura do contrato de financiamento”…. Formulários conflitantes e que me geraram duvida!! Agradeço a atenção em sanar minha dúvida.
    Obrigado.

    • Olá Adriano,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se o primeiro imóvel foi contratado no SFH e você se enquadra nas condições de uso do FGTS você poderá utilizar sempre o FGTS neste financiamento, independentemente de possuir outros imóveis adquiridos posteriormente.

      Hoje em dia o SFH permite que se tenha mais de um financiamento, mas o FGTS deverá ser utilizado no financiamento mais antigo.

      Veja no artigo:
      FGTS e a propriedade de imóveis

      Equipe Click Habitação

  70. Boa tarde,
    Quitei meu imóvel com a caixa em 2012,porém só fui no cartório fazer a averbação agora pois estou vendendo o mesmo
    Após levar o termo de quitação o cartório me disse que não seria possível devido ao motivo abaixo
    pois o imóvel possui um registro de abertura de crédito na qual o mesmo foi oferecido como garantia hipotecária.
    O que fazer nesse caso é onde ir,

    • Olá Rogério,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos sempre a levar o Termo de Quitação de imediato para averbação em Cartório.

      Sugerimos levar a exigência do Cartório junto ao Banco para análise e elaboração de novo documento, se for o caso.

      Equipe Click Habitação

  71. moro no RJ e comprei um apto da gafisa financiado pela gafisa. Terminei de pagar. Acabei de receber o termo da baixa da alienação fiduciária assinado e com firma reconhecida dos procuradores da Gafisa, junto o termo de quitação e a procuração também autenticada para dar entrada no cartório de registro. Agora o que devo fazer e quanto custa?

    • Olá Suzane,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando que já possui um contrato de compra e venda com a construtora e já recebeu o Termo de Quitação basta levar ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação.
      Após a averbação peça uma Certidão de matrícula atualizada.

      Os custos variam de Estado para Estado. Veja a Tabela de Emolumentos do IRIB:
      Tabela de Custas Cartório – por Estado – IRIB

      Equipe Click Habitação

  72. Boa tarde, click Habitação!
    Gostaria, de esclarecer uma dúvida:
    Já peguei a carta de quitação com a Caixa Econômica, ´só falta averbar no cartório de registro de imóvel.
    A minha dúvida é a seguinte: depois de averbar posso vender para outra pessoa ou preciso fazer a escritura do imóvel primeiro?
    Obrigado!

    • Olá Suellen

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o contrato de financiamento habitacional já é a escritura definitiva, assim não há necessidade de efetivar nova escritura.
      Após a averbação do Termo de Quitação poderá vender o imóvel sem problemas, devendo efetivar escritura de compra e venda.

      Equipe Click Habitação

  73. Boa noite!

    Estou precisando da baixa da hipoteca do meu imóvel para que eu possa fazer junto ao Rgi a escritura definitiva, como proceder?

    • Olá Jussara

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos procurar o banco e solicitar a emissão do documento.
      Esclarecemos que se for um financiamento habitacional o contrato já é a escritura definitiva, você apenas averbará a baixa da garantia (hipoteca ou alienação fiduciária).
      Peça uma Certidão de matrícula atualizada após a averbação.

      Equipe Click Habitação

  74. Bom dia,
    Tenho um imóvel financiado pela caixa, na época foi adquirido por mim, e meus pais.
    Gostaria de saber como faço para retirar o meu nome do contrato?
    Atenciosamente.

  75. Tenho um apartamento financiado junto a CEF, desejo quitar o financiamento com recursos do fgts e logo vende lo. O comprador podera usar recursos de fgts?

    • Olá Diego

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os tipos de utilização não se misturam e tem regras de intervalo independentes.

      O uso que você vai fazer durante o financiamento para amortização tem intervalo a cada 2 anos para o mesmo trabalhador, ou seja, pode-se utilizar a cada dois anos.

      Já o uso na aquisição (entrada) o restrição e intervalo é para o mesmo imóvel, ou seja, para fins uso pelo comprador do seu imóvel a sua compra tem de ter ocorrido há mais de 3 anos ou você não ter utilizado o FGTS como entrada, se comprou a menos de 3 anos.

      Sugerimos a leitura do artigo e do gráfico:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Equipe Click Habitação

    • Olá Valdemi

      Boa Tarde!

      Já respondemos o seu outro questionamento.

      Esclarecemos que o valor retirado da sua conta do FGTS na contratação do financiamento é a entrada é disponibilizada ao vendedor do imóvel.

      O financiamento é sobre a diferença entre o preço de compra e a entrada.

      Na dúvida consulte a agência do banco.

      Equipe Click Habitação

  76. Bom dia,
    Vou quitar meu financiamento com a CEF agora no início de Julho, pois vou morar em outro país. Pergunta: O Termo de quitação poderá ser entregue a minha irmã por exemplo que terá uma procuração minha?
    E após retirado esse Termo ela poderá Averbar junto ao Cartório de Registro de Imóveis e pedir a Certidao de Matrícula atualizada por mim, ou o cartório vai exigir que somente eu faça isso?
    Att
    MNunes

    • Olá MNunes

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que sua irmã com procuração poderá retirar o Termo de Quitação junto ao Banco, sem problemas.
      Da mesma forma, poderá providenciar a averbação junto ao Cartório de imóveis e pedir uma matrícula atualizada, neste caso nem precisa de procuração, qualquer pessoa pode fazer.

      Equipe Click Habitação

  77. eu comprei uma casa financiada pela caixa economica federal e na epoca eu tirei 51 e um mil reais e o resto financiei pela caixa em 180 prestacao e paquei em cinco anos e quando eu sai da firma ele descontou o 51 mil mas corrigido do fundo de garantia isso e correto sim ou nao

    • Olá Valdemi

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você utilizou o valor do FGTS como entrada do financiamento com certeza o valor é retirado de sua conta vinculada do FGTS.

      Assim, se foi demitido você receberá a multa de 40%, inclusive sobre o valor já retirado para compra do imóvel. Mas o valor é pagar o vendedor do imóvel e é descontado de sua conta do FGTS.

      Você financiou a diferença entre o valor da entrada (FGTS) e o preço de venda. Verifique no seu contrato.
      Se tiver dúvida procure a agência do banco para o devido esclarecimento.

      Equipe Click Habitação

  78. QUERO INFORMAÇÕES PARA QUITAR MINHA MORADIA DO PROGRAMA SOCIAL MINHA CASA MINHA VIDA,PELA CAIXA ECONOMICA FEDERAL EM BARBACENA-MG

    • Olá Edna

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você pode obter o valor para quitação por meio de serviço por telefone:
      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      A CAIXA também disponibiliza o serviço por meio de aplicativo no celular CAIXA HABITAÇÃO. Veja os detalhes no artigo:
      CAIXA lança APP para serviços financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  79. Tenho um imóvel financiado pela caixa. Pretendo quitar o imóvel em janeiro de 2017 pagando o saldo devedor. A minha pergunta é a seguinte: tenho direito a algum desconto? o banco é obrigado a me dar desconto já que estou quitando o imóvel antecipadamente?

    • Olá Ailton

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que diferentemente do crédito comercial (Ex. crédito pessoal, cheque especial, etc.) os juros contratuais no financiamento habitacional não estão embutidos no saldo devedor, portanto a quitação antecipada do contrato não resulta em desconto.
      Os juros contratuais são calculados e cobrados mensalmente em sua prestação (A-amortização + J-Juros).

      Como os contratos estão equilibrados os bancos não tem interesse em quitação antecipada e em geral não concedem descontos.

      Para entender melhor como funciona o desdobramento do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  80. como faço para diminuir o valor das prestaçoes o que precisa de documentos para quitar uma casa obrigado

    • Olá Ednalia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que para diminuir o valor da prestação existem algumas maneiras. Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Como diminuir valor da prestação habitacional?

      Para quitar o financiamento você deve comparecer na agência e efetivar o pedido de quitação. Não há nenhum documento específico para atividade, alguns bancos pedir para formalizar um requerimento.

      Equipe Click Habitação

  81. Olá. Eu e meu ex marido quitamos nosso imóvel em 2011 junto ao banco real. Eles nos deram o Termo de quitação e a procuração. Levei ao cartório de imóveis somente agora em 2016. O cartório prenotou o documento dizendo q a procuração está vencida.
    1 – A procuração era da época da assinatura do Termo. Pq não pode ser aceita?
    2 – Há algum outro documento que possa ser pedido junto ao banco?
    3 – Na duvida meu ex marido pediu outro termo. Qual prazo padrão para entrega?
    Obrigada

    • Olá Iracema

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos como informamos no artigo os compradores devem levar a Cartório o Termo de Quitação de imediato.

      Vamos transcrevemos o trecho do artigo sobre a questão:
      Quando levar o Termo de quitação de imóvel ao Registro de Imóveis?
      “Este procedimento é muito importante e deve ser efetivado logo após o recebimento do termo de quitação. Se for o caso, com reconhecimento das firmas das assinaturas.
      Uma vez que a demora em efetuar a averbação pode ocasionar o pedido de atualização do termo de quitação pelo Cartório, em razão de muitas vezes as procurações públicas dos representantes da Instituição Financeira/Banco ter data de validade ou podem ser canceladas. Caso haja a necessidade de emissão de uma segunda via o devedor terá que retornar à Instituição Financeira/Banco para nova solicitação.”

      Considerando a orientação do Cartório o correto é pedir uma 2a. via do documento.
      Não há prazo legal para entrega de 2a. via, mas cremos que 30 dias é um prazo razoável.

      Equipe Click Habitação

  82. Estou comprando uma casa e pagando a vista mas esta casa está com financiamento pela Caixa. Como devo proceder para compra-la e passa-la quitada para meu nome?

    • Olá Esdras

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no seu caso deverá após receber o Termo de Quitação averbar na matrícula do imóvel no Cartório de Registro de Imóveis.
      Após a averbação deverá ser efetivada uma escritura de compra e venda registrando na matrícula.

      Equipe Click Habitação

    • Assim como o Esdras, quero comprar um apartamento à vista, mas ele está financiado pela CEF, com alienação fiduciária. A princípio, me foi sugerido quitar o financiamento e depois de 30 dias, com o termo de quitação em nome do atual mutuário, fazer a escritura em meu nome. Estou com receio de que alguma coisa aconteça nesses 30 dias, e mesmo que eu tenha pago, o imóvel será do vendedor. Existe uma forma mais segura de fazer essa compra?

    • Olá Cristina

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a opção será você efetivar a transferência do financiamento e após o registro do contrato no Cartório de Registro de Imóveis efetivar a quitação do financiamento.
      Veja detalhes no artigo:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  83. Boa noite, estou me formando em contabilidade, porém, já tenho um escritório. Pois bem, estou com um cliente que me procurou sobre um Financiamento Imobiliário feito pela CAIXA. Ele está querendo quitar esse financiamento, parcelou em 360 vezes e foram pagas 49, foi feito pelo o método de Amortização PRICE, e as parcelas são decrescentes. Ele está querendo quitar de uma única fez, terá algum desconto ? e se tiver como posso proceder ?.

    desde já, agradeço.

    • Olá Henrique

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional existe o desdobramento mensal do saldo devedor e os juros contratuais não estão embutidos no saldo devedor.
      Os juros contratuais são cobrados junto com a prestação (A-amortização + J-juros). Assim, não existe desconto a ser dado para antecipação de quitação do saldo devedor.
      Em função dos contratos serem equilibrados os bancos não tem interesse na quitação antecipada e não concedem descontos.

      Equipe Click Habitação

  84. Boa noite! A casa do meu pai esta em meu nome. Ele já quitou tudo e me disse que eu tenho que buscar o termo de quitação. Algo assim. Mas tenho ataque de pânico e a dois anos não consigo sair de casa. Eu gostaria de saber se sou obrigada a ir. Tenho medo de perder a nossa casa. Só por não ter ido buscar. É amanhã. Por favor alguém pode me ajudar. Tem como meu pai levar meus documentos e ele mesmo buscar? E se depois disso terei que ir assinar outros papéis? Agradeço desde já se me responderem hoje!

    • Olá Cris

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o Termo de Quitação é o documento necessário para averbar a liberação da garantia que o banco possui sobre o imóvel.
      É uma questão básica e simples. Se o financiamento está quitado não se preocupe com cobranças e perda do imóvel, mas é importante efetivar a averbação do Termo de Quitação junto ao Cartório.
      Seu pai poderá fazer a retirada com tranquilidade.

      Equipe Click Habitação

  85. Bom dia Equipe Click Habitação,

    Fiz a quitação do financiamento habitacional na CEF, logo em seguida, solicitei a baixa da alienação fiduciária(hipoteca) no Cartório. Foi informada as custas para tal procedimento e agendado o dia para retorno no mesmo. Porém ao chegar no cartório, eles queriam cobrar o dobro do valor pago alegando que foi utilizada uma “cédula de financiamento diferenciada”, existe fundamentação ou amparo legal para isso?
    (Paguei o valor de R$ 1.654,72 e o cartório quer que eu pague o mesmo valor novamente)

    • Olá Anderson,

      Bom Dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos a CCI – Cédula de Crédito Imobiliário é emitida pelo Banco, com o objetivo de facilitar e simplificar a cessão do crédito e podem contar ou não com garantia.
      Ou seja, é um instrumento que a CAIXA passou a utilizar e serve para negociação de papéis no mercado financeiro, visando a obtenção de mais recursos para novos financiamentos.
      A CCI é averbada junto com o contrato de financiamento na matrícula do imóvel e pelo que soubemos é somente cobrada custas pelo Cartório na baixa da garantia.

      Equipe Click Habitação

  86. Tenho um financiamento imobiliário na CAIXA e pretendo quitar o saldo de 80mil. Terei algum desconto na quitação?

    • Olá Renata

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional diferentemente do crédito comercial não existe juros embutidos no saldo devedor.
      Os juros são calculados e cobrados na prestação (A-Amortização + J-Juros).

      E, por outro lado, os contratos atuais estão equilibrados e os bancos não tem interesse na quitação antecipada, assim os bancos não concedem descontos.

      Para entender como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  87. Boa tarde!
    Quero fazer a quitação de um imóvel financiado pela Caixa Econômica através de procuração, só que a procuração foi feita em 2007 e tenho uma de 2012, só que a original ficou na agencia da caixa. Gostaria de saber se tenho que fazer outra mais atual ou se a antiga serve?
    Obrigada.

    • Olá Robjany

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a quitação do financiamento poderá ser efetivado por qualquer pessoa.
      O Banco emitirá o Termo de Quitação em nome do mutuário original.

      Com relação a transferência ou venda do imóvel após a averbação do Termo de Quitação orientamos a consultar ao Cartório a real necessidade de atualizar ou revalidar a procuração existente.

      Assim, depende do objetivo a ser efetivado: somente a quitação do saldo devedor no banco ou a regularização da compra ou venda do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  88. Boa noite, para quitação do financiamento imobiliário da Caixa é considerado o valor do saldo devedor ou é realizado algum cálculo para alcançar o valor a ser pago? É verdade que existe desconto nessas situações por causa da incidência de juros futuros neste saldo devedor?
    Obrigado

    • Olá Fernando,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o saldo devedor do financiamento habitacional não tem juros futuros, isso ocorre em empréstimos comerciais.
      Assim, não há desconto para quitação antecipada.
      Os juros do financiamento habitacional é cobrado mensalmente junto a prestação (A-amortização e J-Juros).

      O saldo devedor na data do vencimento do encargo consta no seu boleto de pagamento, mas considera o encargo vencido naquela dia como pago, assim você deve pagar o boleto e o saldo devedor.
      Se for quitar em data diferente do vencimento da prestação, ao saldo devedor constante no boleto serão acrescidos atualização monetária e juros contratuais pró-rata.

      Você pode acompanhar o seu saldo devedor diariamente no aplicativo (app) Habitação CAIXA. Veja no artigo:
      CAIXA lança APP para serviços financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  89. Olá!

    Tenho uma grana e mais o saldo do fgts para quitar o meu Ap. É válido? Vantajoso??

    Tks!

    • Olá Jefferson

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o valor do FGTS será sempre vantagem financeiramente utilizar para amortizar ou quitar o financiamento, considerando sua baixa remuneração.
      Já o dinheiro, dependendo do valor, você poderá encontrar no mercado aplicações com rentabilidade superior ao CET – Custo Efetivo Total do seu financiamento. Se não for um valor relevante acreditamos que será melhor a quitação da dívida.
      A quitação propiciará melhoria no orçamento mensal e formação de novas reservas para o futuro.

      Equipe Click Habitação

  90. Bom dia , quitei o meu imóvel agora em março , pedi ao banco o termo de quitação , porém me forneceram errado, faltando dados nºde matrciula, etc. e faltou o um doc. chamado cessão de crédito
    visto que, quando fiz o financiamento era outro banco ( alvorada), ( o bradesco comprou o alvorada) ,
    pedi de novo ao banco, os documentos, só que estão demorando para entregá-los .
    Pergunto , o banco é obrigado a entregar os referidos documentos sem erros? e pode demorar muito,?
    existe algum respaldo jurídico para tais fatos ? pois não confio nos funcionários do banco , parece que não tem conhecimento do assunto.
    agradeço .

    • Olá Valdir

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que este tipo de crédito que não é originado no banco, em geral, tem problemas de controle e falta de documentos e até de conhecimento dos atendentes nas agências.
      Isso é normal, e acontece em outros bancos também.

      Cremos que a falha não foi intencional, mas sim em decorrência de falta de cuidado ou de gestão de documentos e informações do contrato recebido em cessão.

      Considerando a informação de falta de confiança orientamos a efetivar reclamação formal junto ao Banco por meio de SAC e depois junto ao Banco Central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  91. Boa noite…
    Fiz a venda de um apto e junto a isso fiz a quitaçao do mesmo, a minha duvida é se posso transferir o termo de quitaçao do imovel e o novo proprietario ja transfere pra ele o imovel ou se preciso solicitar a liberaçao, aguardar os 30 dias e apos isso fazer a transferencia do imovel??? Obrigado

    • Olá Douglas

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que como quitou o financiamento antes de fazer a transferência no Banco, o Termo de Quitação sairá no seu nome.
      Você deverá averbar junto ao Cartório de Registro de Imóveis.

      Após a averbação da baixa da garantia do banco deverá efetivar uma escritura de compra e venda. O Tabelião do Cartório poderá te orientar a respeito.

      Equipe Click Habitação

  92. Ola tenho uma casa financiada pela Caixa depois que eu quitar ela tenho direito d receber o seguro de volta ?

    • Olá Rogerio,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que não há reembolso de prêmios pagos em meses anteriores a quitação da dívida.
      O prêmio é mensal e iria ser cobrado durante todo o contrato. Infelizmente ocorre apenas a cessação da cobrança de prêmios a partir da quitação e o prêmio no mês da quitação não é devido, em decorrência do primeiro prêmio ser pago à vista.

      Equipe Click Habitação

  93. fIZ UM FINANCIAMENTO A 5 ANOA ATRAS, JUNTAMENTE COM UM SEGURO OBRIGATORIO QUE NAO E O DE VIDA PUDE OPTAR ENTRE OS 2, QUANDO POSSO RETIRA~LO?

    • Olá Jean

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o seguro habitacional é obrigatório por lei e não pode ser cancelado.
      O objetivo é garantia da quitação da dívida em caso de morte ou invalidez permanente dos financiados e seguros com Danos Físicos no imóvel.
      Veja mais no artigo:
      Seguro Habitacional: Veja os Detalhes

      Equipe Click Habitação

  94. Opa só mas uma dúvida estes 30 dias são dias úteis obrigado pós estão tirando todas minhas dúvidas

    • Olá João,

      Boa Noite!

      Esclarecemos que são 30 dias corridos para a garantia de alienação fiduciária.

      Equipe Click Habitação

  95. Boa tarde mais uma dúvida eu tenho um contratado de compra desse imóvel eu posso ir em qualquer caixa para pedir o termo de quitação e tenho o número da matrícula ou só o ex proprietário pode tirar obrigado e bom domingo

    • Olá João

      Boa Noite!

      Você já havia feito esta pergunta anteriormente.
      Ratificamos que pode pedir em qualquer agência do Banco. Acreditamos pode ser entregue a qualquer pessoa, mas talvez o banco exija a entrega ao mutuário.
      Mas, será mais rápido a entrega se o pedido for feito na agência em que foi efetivado o financiamento.

      Equipe Click Habitação

  96. Boa noite já está fazendo quase 30 dias fiz a quitação do imóvel com o antigo dono agora a Caixa está pedindo o número da matrícula no caso a cópia da matrícula demora muito pra sair a quitação agora obrigado

    • Olá João

      Boa Tarde,

      Esclarecemos que o banco tem o prazo de 30 dias para entregar o Termo de Quitação se o financiamento tiver como garantia a alienação fiduciária do imóvel.
      Se a garantia for hipoteca não há legal, mas em geral os bancos entregam o Termo no mesmo prazo.

      Equipe Click Habitação

  97. Comprei um imóvel e quitei o débito com a caixa com o antigo dono agora estamos esperando o termo de quitação eu posso eu mesmo e buscar esse termo de quitação em qualquer agência Ou tem que ser na agência que ele realizou a compra do imóvel Obrigado e boa noite

    • Olá João Carlos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que você poderá requerer o Termo de Quitação em qualquer agência.
      Mas, com certeza o processo será mais rápido na agência de origem do contrato.

      Equipe Click Habitação

  98. boa noite!!!!!
    gostaria de saber como faço para ir pagando as últimas prestações do meu apartamento financiado junto a caixa.sei que posso ir pagando do mês e também as ultimas que sao mais baratas.

    fico no aguardo.
    obrigada.

    • Olá Elaine

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional não existe hipótese de quitar o último encargo antecipadamente.
      Você poderá efetivar a amortização do saldo devedor para redução do prazo do financiamento. Ou seja, você diminui o número de parcelas a pagar.

      Veja os detalhes no artigo:
      As vantagens de amortizar com redução do prazo

      Equipe Click Habitação

  99. Boa noite!

    O imóvel estava no nome do meu marido e da irmã dele, meu marido faleceu, quitei o apartamento para regularizar a situação, eu posso pedir a carta de quitação, ou é só ela. Sou inventariante.

    Desde já agradeço.

    • Olá Vanessa

      Boa Noite! Agradecemos que a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Termo de Quitação pode ser entregue a qualquer pessoa.
      Mas, alguns bancos podem criar empecilhos.
      Cremos que você como inventariante não terá problemas em conseguir a entrega.

      Após a entrega deverá averbar junto ao Cartório de Registro de Imóveis e pedir uma Certidão de matrícula atualizada.

      Equipe Click Habitação

  100. Olá boa tarde

    Estou com uma dúvida, eu e meus irmãos conseguimos quitar a casa por morte do nosso pai é estamos aguardando o termo de quitação, que o funcionário da caixa mandou irmos semana que vem agora, só que ele também nos informou que existe um saldo no valor de R$ 1100,00, que só seria liberado depois de recebermos o documento de quitação. Esse dinheiro demora a sair? Ou é liberado logo após o documento de quitação sair.

    • Olá André

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que devem ser prestações pagas após a data do falecimento do seu pai.
      Como se trata de valor de pequena monta cremos que a devolução seja rápida. Orientamos a procurar o gerente o banco.

      Equipe Click Habitação

  101. Boa Tarde
    Fiz um financiamento imobiliário junto a CEF em Junho de 2014,porém por problemas de adaptação ao novo bairro resolvemos vender o imovel,quitamos a divida e já transferimos para o comprador tudo certinho.
    Considerando que não sou mais proprietário de nenhum imóvel,minha duvida é a seguinte:Eu utilizei o meu FGTS em 2014 no financiamento que já foi quitado.Posso utiliza-lo novamente agora em 2016 na compra de um outro imóvel?

    Att.
    Carlos

    • Olá Carlos,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os prazos de intervalo (interstício) entre os tipos de utilização não se misturam:
      1) na aquisição (entrada) – 3 anos para nova utilização (entrada) para compra/venda do mesmo imóvel;
      Ou seja, a restrição de uso do FGTS a cada 3 anos é para o imóvel.

      2) na amortização – se usou na entrada pode usar de imediato para amortização, podendo o trabalhador efetivar a cada 2 anos.
      Ou seja, a restrição de uso do FGTS é para o mesmo trabalhador a cada 2 anos.

      3) para pagamento de parte de prestação – se usou na entrada e até para amortizar o saldo devedor poderá utilizar normalmente, podendo renovar a cada 12 meses.
      Pode Utilizar para pagamento de até 80% do valor do encargo mensal, dependendo do valor do saldo de sua conta vinculada do FGTS.

      Assim, desde que o imóvel que vai adquirir seja novo ou não tenha sido utilizado FGTS na aquisição anterior dele a menos de 3 anos poderá utilizar o FGTS para compra do imóvel.

      Veja mais nos artigos:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Equipe Click Habitação

  102. Tenho um financiamento de um apartamento e pretendo quitalo, só que a pouco tempo teve uma mudança de numeração na rua, devo fazer a averbação dessa mudança primeiro ou depois do termo de quitação?

    • Olá Alexandre,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na realidade não faz muita diferença.
      Para economizar seu tempo orientamos a fazer em conjunto.

      Solicite uma certidão de matrícula atualizada após as averbações.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Witley

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que seu contrato de financiamento já é a escritura definitiva.
      Apenas existe uma alienação fiduciária para garantia do financiamento pelo Banco.

      Você receberá um Termo de Quitação, o qual deverá ser averbado na matrícula.
      A escritura de venda deverá ser efetivada em Cartório após a averbação do Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

  103. TENHO UMA PROCURAÇÃO QUE ME FOI PASSADA EM 2009, PELA PROPRIETÁRIA DE UM IMÓVEL QUE FOI FINANCIADO PELA CAIXA ECONOMICA FEDERAL. QUITEI O IMÓVEL HOJE E GOSTARIA DE ESTÁ VALIDA, SABENDO-SE QUE A MESMA NÃO CONSTA VAALIDADE?

    • Olá Raimundo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando a quitação orientamos a pegar o Termo de Quitação e averbar junto a matrícula do imóvel no Cartório de Registro de Imóveis.
      Peça uma matrícula atualizada.

      Com relação a procuração orientamos consultar o Tabelião do Cartório.

      Equipe Click Habitação

  104. Boa noite,

    Tenho um financiamento pela CEF, no extrato mensal aparece o saldo devedor total. Porém o valor da amortização é XX quando vem a próxima fatura o valor abatido é muito menor.
    saldo devedor teórico no mês 03/16 R$ 136.982,68
    Amortização do mês 03/16 R$ 549,21 prestação paga.
    Saldo devedor teórico no mês 04/16 R$ 136.715,36
    Está correto?

    • Olá Celso

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que nos contratos habitacionais (Pós-fixados) existe cláusula de atualização monetária, em geral, o índice constante é a Taxa Referencial – TR. Esse índice influencia na evolução do saldo devedor do contrato.
      Assim, todos os meses, antes da dedução da amortização – A da prestação o saldo devedor é atualizado, após calcula-se e acrescenta-se o juros contratuais – J e deduz-se a amortização constante no encargo periódico.

      Em função do aumento do juros de mercado a TR também tem tido indices maiores e isso tem prejudicado a amortização real dos financiamentos habitacionais.

      Para saber mais sobre a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  105. tenho financiamento na caixa de R$69.220, no saldo devedor .amortizando R$30.000 quanto ficaria o saldo devedor pondo em consideração o desconto dos juros?

    • Olá Ronaldo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no saldo devedor do financiamento habitacional não juros embutidos.
      Isto pode ocorrer nos créditos comerciais.

      Os juros contratuais são pagos mensalmente junto com o encargo mensal.
      Para entender como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  106. Srs. boa noite,

    Financiei um imóvel pela CEF, não foi utilizado o FGTS e já está quitado há 6 anos porém vendi em contrato de gaveta e ainda não foi feita nenhuma movimentação documental.
    Preciso usar o meu FGTS para aquisição de outro imóvel. Isto pode ser feito por não haver mais débito junto a financeira? Um segundo imóvel pode ser adquirido sem que haja baixa hipotecária ou devo proceder a baixa para liberação total do vinculo comercial?

    Saudações,

    Paulo Roberto

    • Olá Paulo Roberto

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que para regularizar a situação é imprescindível a formalização da transferência de propriedade junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Existem riscos e prejuízos ao fazer um contrato de gaveta. O impedimento de utilizar o FGTS é um deles.

      Agora, se a nova aquisição for em região metropolitana diferente do primeiro imóvel poderá ser utilizado o FGTS, desde que atenda as condições de uso. Veja no artigo:
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Equipe Click Habitação

  107. COMPREI UM IMÓVEL DA CAIXA DE TERCEIRO QUITEI O BANCO ME DISSE QUE A ESCRITURA CHEGARIA EM 30 DIAS ATE AGORA NADA DE CHEGAR .JA FAZ MAIS DE 50 DIAS OQUE EU FASSO RECLAMO NA AGENCIA?

    • Olá Aldo

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pelo que disse o Banco deve entregar o Termo de Quitação do financiamento.
      A Escritura poderá ser elaborada em Cartório após a entrega e averbação do Termo de Quitação.

      Orientamos a abrir SAC junto ao Banco.

      Equipe Click Habitação

  108. Estou pensando em financiar um imóvel pela caixa, mas estou em dúvida em qual tabela escolher (sac ou price). Gostaria de uma orientação, pois a intenção é quitar em aproximadamente 1 ano.
    No aguardo e obrigada.

  109. meu cpf é xx-49, tenho um financiamento hipotecario e gostaria de saber o saldo devedor do contrato para quitação, aguardo reposta pelo email.

    • Olá José Tarciso

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em primeiro lugar orientamos a não fornecer dados pessoais na internet. Por este motivo estamos suprimindo o numero do CPF informado.
      Outra coisa, não somos o Banco. Somos um portal que procura passar informações de qualidade a todos os interessados.

      Orientamos a procurar o seu gerente.

      Se for contrato com a CAIXA, o banco disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos.

      Equipe Click Habitação

    • Olá José Tarcisio,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      Para saber o valor do seu saldo devedor, sugerimos entrar em contato com o Banco em que você financiou.
      Se for a CAIXA, o serviço esta disponível pelos telefones 3004 1105 ou 0800 726 0505.

      Equipe Click Habitação

  110. Boa tarde,

    Fiz um financiamento de imóvel pela caixa e agora estou vendendo o imóvel para uma outra pessoa, fui ao banco pedir a emissão do boleto para quitação total, porém pelo que entendi não registraram internamente na caixa o imóvel na época e faz 15 dias que estou esperando esse boleto. As cobranças mensais do financiamento vieram normalmente e nem tinha como eu saber que eles não registraram. Enviei cópia do contrato e da matricula e a gerente abriu uma reclamação, mas não me deu um prazo e o comprador esta querendo desistir. O que eu faço? tem alguma lei dizendo o prazo máximo para me entregarem o boleto?

    • Olá Kleyton

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      A situação apresentada é estranha.
      Orientamos a abrir um SAC no site do Banco, contanto os fatos e pedimos providências com urgência.
      Se não for atendido orientamos a abrir Reclamação junto ao Banco Central.
      Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  111. Boa tarde. Minha mãe tem uma casa financiada pela Caixa e agora ela conseguiu um auxílio doença, mas a advogada diz que esse auxílio será pro resto da vida, ela consegue quitar o financiamento dela?
    Obrigada

    • Olá Marilsa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que junto com o financiamento é pago um seguro habitacional e uma das coberturas é da MIP – Morte e Invalidez Permanente.
      Assim, é necessário que ela seja aposentada por Invalidez Permanente pelo Órgão de Previdência para que possa pleitear a cobertura de seguro.
      O auxílio-doença é uma benefício temporário e não tem cobertura do seguro.

      Para mais informações sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Seguro Habitacional: Veja os Detalhes

      Equipe Click Habitação

  112. Financiei uma casa pela caixa e terminei a quitação, peguei o Termo de Quitação junto ao Banco e
    Levei ao cartório de registro de imóveis para averbação. Paguei taxa de 160,00 reais. Agora o cartório esta pedindo cedula crédito imobiliário e o banco nem sabe o que fazer….
    Como devo fazer? Quero finalizar essa compra corretamente.

    • Olá Werlem,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      A CCI – Cédula de Crédito Imobiliário é obrigatório para todos os contratos assinados no SBPE na CAIXA.
      Tal documento também é levado ao cartório de registro de imóveis na assinatura do contrato com o Banco, portanto ao liquidar a dívida, além do Termo de Quitação, deve-se dar baixa na CCI.
      Caso o Banco não localize a cédula, sugerimos abrir SAC ou reclamação BACEN.

      Equipe Click Habitação

  113. Boa noite comprei um imoveis pela caixa e ja paquei todos os documentos itbi rgi e escritura quando eu quitar o imoveis tenho que pagar mas algumas. Coisa

    • Olá Atonio

      Boa Noite!Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que conforme consta no artigo ao quitar você receberá o Termo de Quitação do Banco.
      Deverá levá-lo ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação. Sugerimos pedir uma Certidão de matrícula atualizada.

      Equipe Click Habitação

  114. Boa tarde!

    Tenho um financiamento e lembro que na época que fiz, tive que juntar minha renda com a da minha ex namorada para ser aprovado. Hoje não estamos mais juntos, conversamos e decidimos que como eu paguei todo o financiamento, eu irei ficar com o imóvel. Este mês, quitarei o financiamento com a Caixa e gostaria de saber:
    1- Assim que quitar o financiamento, o que devo fazer primeiramente?
    2- Minha ex namorada terá de assinar o termo de quitação também?
    3- É um processo complicado para retirar o nome dela do imóvel?

    Muito obrigado desde já.

    • Olá Rene,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deverá pegar o Termo de Quitação junto ao Banco e averbar junto à matrícula do imóvel, pedindo uma Certidão de matrícula atualizada.
      Não haverá necessidade de nenhuma assinatura dela para este procedimento.

      Após, orientamos a procurar o Tabelião do Cartório para fins de lavrar escritura de aquisição de parte ideal.
      Neste documento será efetivada a transferência de propriedade do imóvel. O Cartório lhe passará as instruções necessárias.
      Haverão custos com: escritura, ITBI e registro.
      A escritura deverá ser assinada por sua ex-namorada.

      Equipe Click Habitação

  115. Boa tarde!
    Este mês irei quitar meu financiamento com a Caixa, porém, quando fiz o financiamento minha EX noiva fez parte do contrato. A emissão do termo de quitação na Caixa, ela deverá também assinar algo?

    • Olá Alex,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a assinatura importante no Termo de Quitação é a do Banco.
      Assim, não é necessária a assinatura da sua ex-noiva.

      Leve o Termo de Quitação ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação e peça uma Certidão de Matrícula atualizada.

      Equipe Click Habitação

  116. Boa noite. Adquiri minha casa no ano de 2009, sendo que tive que financiar um valor de apenas R$67.000,00 à época, com primeira prestação em dezembro/2009, total de 180 meses. Atualmente a prestação n. 76 (março 2016) está em R$717,03 e a planilha que consta no contrato a previsão era que a mesma fosse R$629,75. Pergunto: 1) É normal esta discrepância entre a prestação teórica e a prestação que pago? 2) Mesmo pagando mais de seis anos, o saldo devedor ainda está em R$42.025,08. Os juros, correção monetária, seguros, taxas e FCVS superam a amortização anual. Pode isso? 3) o valor pra quitação do financiamento é o saldo devedor? 4) Como faço pra saber se compensa quitar o infinito financiamento? 5) Existe alguma possibilidade da CEF quitar o financiamento por valor abaixo do saldo devedor, pois considero meu financiamento exorbitante? Obrigado pela atenção.

    • Olá Rogério

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com relação a amortização mensal no seu saldo devedor vamos fazer uma conta simples:
      67.000 / 180 = 372,22
      Ou seja a amortização mensal do seu saldo devedor numa situação ideal (sem atualização monetária) seria de R$ 372,22.
      E a quitação do saldo devedor se daria no final de 180 meses.

      O grande problema que temos em nossa economia é o desequilíbrio de contas e inflação.
      Assim, da mesma forma que a poupança e o saldo do FGTS o saldo devedor dos contratos habitacionais pós-fixados tem atualização monetária.

      Até meados de 2013 a TR que atualiza o saldo devedor estava em patamares baixos e por muitos meses foi ZERO.
      Neste momento, os juros estão em alta e TR – Taxa Referencial que atualiza a poupança e FGTS e o seu saldo devedor subiu.

      Para entender como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Por que a prestação do financiamento pode aumentar?
      Elevação ou a queda dos juros no mercado muda o valor da TR, a qual atualiza o saldo devedor dos financiamentos habitacionais e pode pesar ou aliviar na prestação, quando do seu recálculo ou atualização.
      Assim, é possível afirmar que o decréscimo mensal que ocorria em passado recente para os contratos com sistema de amortização SAC era, em parte, decorrente de TR num patamar mais baixo que o atual. Já os contratos com sistema de amortização PRICE passarão a ter recálculos das prestações com maior acréscimos de valores.
      O recálculo reequilibra a relação entre a prestação (A + J) e o saldo devedor, e por consequência limita o eventual saldo devedor residual ao período entre o último recálculo (anual ou trimestral, em geral) e o mês do decurso (final) do prazo contratual.
      Veja detalhes no artigo:
      Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo

      Com relação a eventual desconto para quitação do saldo devedor esclarecemos que os contratos atuais são equilibrados periodicamente e os bancos não tem interesse na quitação antecipada e em geral não concedem descontos.

      Equipe Click Habitação

  117. Comprei um imóvel,o vendedor assinou um recibo e me deu uma pasta com documentos ref.ao imóvel,onde havia um contrato da CEF, carnê uma procuração de terceiro.Paguei algumas prestações e logo depois quitei.Quando precisei da assinatura para liberação da carta de Hipoteca do Imóvel a proprietário disse que não assinaria pois tinha dado uma procuração ao Sr. Luciano,fui atrás do Sr. Luciano e ele disse que não assinaria pois mora em outro estado e não quer saber nada referente o imóvel ora em tela.Isso foi nos anos 90.Como procedo para regularizar esse imóvel pois não tenho contato nenhum com essas pessoa.O imóvel está alugado e o morador tem interesse em comprar.Gostaria de ajuda para resolver esse problema.
    Atenciosamente,
    Wagner Rodrigues de Sousa

    • Olá Wagner

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      A compra de imóvel por contrato de gaveta ou neste caso nem contrato existe, apenas uma procuração tem riscos.
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

      Sugerimos primeiro pegar o Termo de Quitação junto ao Banco e averbar junto ao Cartório de Registro de Imóveis e pedir uma Certidão de matrícula atualizada.

      Orientamos a procurar o Tabelião do Cartório de imóveis e ver quais documentos ou providencias deve adotar e como seria possível a regularização.
      Outro caminho é procurar advogado de sua confiança para analisar a questão.
      Talvez a saída seja por usucapião, mas requer análise por advogado.

      Equipe Click Habitação

  118. Considerando toda a evolução do financiamento e o fato de ter efetivado amortizações com redução do prazo cremos que o eventual saldo residual seja de pequena monta.
    Sugerimos a leitura do artigo:
    Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo…..não consegui calcular esse residuo.. a+j? nem sei com calcular…me ajude dra…

    • Olá Roberto

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esse resíduo não dá para calcular assim sem ver a evolução do saldo devedor.
      Para ter uma noção orientamos a pedir ao Banco uma planilha de evolução do seu financiamento.

      E para você entender melhor como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  119. Fiz o financiamento de um imóvel enquanto solteira. Casei e ainda estou pagando o financiamento. Tenho obrigação de comunicar o casamento ao cartório? Após quitação o imóvel é reconhecido como bem comum ou apenas meu? Casamento por comunhão parcial de bens.

    • Olá Luciana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que em função do de regime de bens adotado no seu casamento (Comunhão Parcial), os bens adquiridos antes pertencem a cada um dos cônjuges e os após o casamento serão comuns ao casal.
      Assim, no seu caso o imóvel é somente seu.
      A averbação é o ideal do casamento é ideal, mas pode ser efetivada posteriormente.

      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      FGTS e o Regime de Casamento

      Equipe Click Habitação

    • Olá Sergio

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que você deve pegar o Termo de Quitação junto ao Banco.
      Levar ao cartório de registro de imóveis para averbação.
      Solicitar uma Certidão de matrícula atualizada e pronto!

      Os contratos de financiamentos no SFH e SFI já são a escritura definitiva.
      Veja detalhes no artigo:
      Registro de Imóvel – Veja os detalhes

      Equipe Click Habitação

  120. Bom dia, usei o FTGS para aquisição de imóvel a mais de 10 anos, porém usei novamente no mês passado para quitar o financiamento do mesmo imóvel. Gostaria de saber quanto tempo terei que aguardar para utilizá-lo novamente para aquisição de um novo imóvel.

    Grata.

    • Olá Claudia,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O uso do FGTS tem regras de utilização. Vejas as condições:
      Esclarecemos que os prazos de intervalo (interstício) entre os tipos de utilização não se misturam:
      1) na aquisição (entrada) – 3 anos para nova utilização (entrada) para compra/venda do mesmo imóvel;

      Ou seja, a restrição de uso do FGTS a cada 3 anos é para o imóvel.

      2) na amortização – se usou na entrada pode usar de imediato para amortização, podendo o trabalhador efetivar a cada 2 anos.

      Ou seja, a restrição de uso do FGTS é para o mesmo trabalhador a cada 2 anos.

      3) para pagamento de parte de prestação – se usou na entrada e até para amortizar o saldo devedor poderá utilizar normalmente, podendo renovar a cada 12 meses.
      Veja mais:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Mas, lembramos que o FGTS é para moradia própria, assim para comprar na mesma região metropolitana, deverá vender o primeiro imóvel para poder utilizar em nova compra.
      Veja as condições no artigo:
      Como usar FGTS na compra de imóveis?

      Equipe Click Habitação

  121. Olá. Minha mãe e meu ex-padastro, fizeram um financiamento habitacional na CEF. Aconteceu que os dois se separaram e o imóvel ficou para minha mãe, onde ela continuaria pagando as prestações, porém o imóvel ainda no nome dos dois, pois na época somente a renda da minha mãe não suportaria a parcela para que o financiamento ficasse somente no nome dela. O advogado que fez o processo de separação tem tudo devidamente arquivado deste acordo.
    Agora, minha mãe deseja quitar o financiamento, minha dúvida é o que ela deve fazer para que o imóvel quitado fique somente no nome dela. Onde ela deve ir e o que fazer?
    Desde já agradeço.

    • Olá Alessandro

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Após a quitação do financiamento ela deverá pegar o Termo de Quitação no Banco e levar ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação.

      Sugerimos verificar com o advogado e levar o formal de partilha e decisão judicial para registro junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Após pedir uma Certidão de matrícula atualizada.

      Equipe Click Habitação

  122. Estou quitando hoje meu imóvel. O termo de quitação sai em “até” 30 dias. Existe alguma forma de antecipar a entrega do termo? Tenho a necessidade da antecipação pois estou indo trabalhar fora e fica difícil voltar a qualquer momento.

    • Olá Ane

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O prazo legal é de até 30 dias, o que não impede que o Banco o faça em menos tempo.
      Orientamos a procurar o gerente de sua agência e pleitear a liberação antecipada do Termo de Quitação ou o mais rápido possível.
      Cremos que o seu pleito poderá ser atendido.

      Equipe Click Habitação

  123. Boa tarde, gostaria de saber o que vale mais a pena na hora de amortizar valores no financiamento da caixa economica: terei mais lucro se abater as prestações do final ou diminuir o valor das prestações e continuar com o mesmo prazo?

    • Olá Elke

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se o encargo mensal estiver dentro da capacidade de pagamento mensal, ou seja, dentro do orçamento, será sempre vantagem optar pela amortização para redução do prazo do financiamento.
      Veja no artigo:
      As vantagens de amortizar com redução do prazo

      Se encargo mensal estiver “pesando” no orçamento mensal a melhor opção será a amortização para redução do encargo.

      Equipe Click Habitação

  124. Vou terminar de pagar a última prestação do meu apartamento neste ano de 2016. Ou seja no mês de dezembro. Foram 120 meses. Estou na prestação de número 110. Meu saldo devedor é de R$1.110.76. Minha dúvida: Ainda terei que pagar mais algum valor? Qual o documento que eu recebo da caixa econômica? Ainda terei despesas de cartório? Muito obrigada pela atenção
    Gostei desse site.

    • Olá Maria Alcione

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O valor do saldo devedor está bem pequeno.
      Você poderá terminar de pagar todos encargos mensais ou até quitar antecipadamente. Parabéns antecipadamente!

      No caso de esperar o término do prazo o saldo residual costuma ser de pequena monta, ainda mais com o saldo que está informando.

      Após a quitação o Banco tem 30 dias para entregar o Termo de Quitação do financiamento. Você deverá levar este documento ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação.

      Equipe Click Habitação

  125. desejo quitar meu financiamento com a caixa econômico federal com recurso próprio tenho algum desconto?
    eu fiz o financiamento o ano passado.

    • Olá Ademir

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que diferentemente de crédito pessoal ou comercial, o financiamento habitacional não embute no saldo devedor juros futuros, desta forma não há juros a descontar quando da quitação do saldo devedor.
      Os juros são calculados e cobrados mensalmente no seu encargo mensal.
      Os contratos novos estão equilibrados e os bancos não tem interesse em antecipação de pagamentos, e portanto não concedem descontos.

      Equipe Click Habitação

  126. Bom dia !
    tenho um imóvel quitado na época usei meu FGTS para quitar.
    Adquiri um outro imovel pensando futuramente poder usar o FGTS para quitá lo o que foi conversado na época com o vendedor e disse que poderia fazer, só que ao procurar a caixa me disseram que não posso utilizar o FGTS para diminuir minhas prestações.
    Procede esta informação?

    atenciosamente

    Meire

    • Olá Meire

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o FGTS para uso em financiamento habitacional é restrito para moradia própria.

      Se o imóvel que possui e está quitado está situado na mesma região metropolitana do segundo imóvel você somente poderá utilizar o FGTS neste segundo imóvel após a venda do primeiro.

      Veja as condições e restrições nos artigos:
      FGTS e a propriedade de imóveis
      Impedimentos para uso do FGTS

      Equipe Click Habitação

  127. Uma dica, por favor. Tenho um financiamento (terreno), 240 meses/40pagas; taxa 9,48%.
    O problema é que estou com 63 anos de idade e pago $628,00 de seguro. Tenho $50 mil disponível, o que vale a pena fazer? e o seguro tambem diminuirá? Posso continuar pagando uma prestação como a atual de +- $2910,00. Me deem uma luz por favor. Grato.

    • Olá Jose Carlos

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que na amortização o seguro de MIP – morte e invalidez permanente é reduzido proporcionalmente ao valor amortizado do saldo devedor.
      O ideal seria efetivar a amortização para redução do prazo, assim pagará menos parcelas com esse seguro tão alto.

      Seja mais no artigo:
      As vantagens de amortizar com redução do prazo

      Equipe Click Habitação

  128. Boa tarde.
    Eu tenho um terreno financiado pela Caixa, as parcelas estão todas em ordem, tenho interesse em fazer a quitação total com recurso próprio,
    A duvida é o seguinte, eu terei algum desconto? e assim que eu quitar vou precisar ir no Cartório levar o termo de quitação?
    Aguardo uma resposta
    Obrigado

    • Olá Carlos

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que diferentemente dos créditos pessoais (comerciais) o financiamento habitacional não tem juros embutidos no saldo devedor.
      Os juros são calculados mensalmente e são pagos no seu encargo mensal.
      Assim, não há juros a descontar em função da antecipação do pagamento.

      Para os contratos antigos do financiamento habitacional, em função do seu desequilíbrio financeiro foram passíveis de descontos especiais pelos Bancos.

      Os contratos atuais são equilibrados e os bancos não tem interesse na quitação antecipada e portanto não concedem descontos.

      Após a quitação o Banco tem 30 dias para entregar o Termo de Quitação, o qual deverá ser levado ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Sara,

      Bom dia! Agradecemos a sua presença no Click Habitação.

      O novo objetivo é repassar informações de qualidade a todos os interessados.

      Equipe Click Habitação

  129. Prezada Valéria Freitas,
    Boa tarde,
    Leio sempre os seus posts, são muito bons e esclarecedores! Bem, aproveitarei o espaço e gostaria de verificar se estou no caminho certo, tenho um financiamento imobiliário que fiz em 120 meses, estou na parcela 88, já paga, e estou pretenso em realizar à quitação do financiamento assim que possível. Então, minha pergunta é, ou melhor um esclarecimento: Hoje, em 13.02.2016, o saldo devedor teórico é de R$ 6.623,87 + Acessórios de R$ 33,20 + Juros/Correção mensal de +/- R$ 45,00 dando um valor de parcela de aprox. R$ 289,00. E, vendo tudo que li no seu site, se eu fosse quitar neste mês os cálculos ficariam +/- assim: R$ 6.623,87 + 33,2 x 32 parc. futuras = 1.062,40 + 45,00 x 32 parc. futuras = 1.440,00 dando um total aprox. de R$ 9.126,27??, no contrato tem cláusula de tabela SAC e reajuste do saldo devedor é apurado mensalmente… Será que os cálculos acima mostram uma realidade final que poderei pagar em breve? Obrigado e abraço.

    • Olá Ivo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Repetimos abaixo o texto relativo ao valor do saldo devedor para quitação constante no artigo:
      Qual é o valor para Quitação de Contratos Habitacion​ais?
      O valor da quitação compreende o saldo devedor integral atualizado para o dia da liquidação, com a cobrança de juros contratuais proporcionais, se devidos, conforme previsto em contrato, acrescido de eventuais encargos em atraso com seus acessórios e diferenças de prestação, se houver.

      Assim, o valor para quitação da sua dívida é o saldo devedor, por exemplo, no dia do vencimento do encargo mensal, o valor para quitação será o saldo devedor constante no seu boleto de pagamento, devendo efetivar o pagamento do encargo daquele mês.
      Se a quitação for em dia diferente do vencimento serão acrescidos atualização monetária pro-rata e juros contratuais pro-rata desde a data do último vencimento da prestação até a data da quitação.

      Desta forma, não necessita cálculo dos encargos futuros.

      Para entender melhor a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  130. Boa tarde dra.estou prestes a quitar meu imóvel,fiz no ano de 2000,porem andei adiantando umas parcelas,fiz em 300 meses,já faz 16 anos,e falta agora 4 parcelas,que devo fazer após o termino da quitação?onde pego a escritura?tem resíduos?e o seguro que pago posso ressarcir?que custos vou ter?

    • Olá Roberto

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em primeiro lugar parabéns por mais essa vitória em sua vida!
      Esclarecemos que os contratos de financiamento habitacional efetivados no SFH tem força de escritura, assim não há necessidade de efetivar a escritura definitiva, o seu contrato já o é.
      Basta efetivar a averbação do Termo de Quitação feito pelo Banco junto ao Cartório de Registro de Imóveis. Após a averbação é interessante pedir uma Certidão de matrícula atualizada contendo todo o histórico do seu financiamento e a baixa da garantia do banco.
      Os custos para averbação variam de Estado para Estado. Você pode consultar no site do IRIB:
      Emolumentos Cartorários por Estado – IRIB

      Considerando toda a evolução do financiamento e o fato de ter efetivado amortizações com redução do prazo cremos que o eventual saldo residual seja de pequena monta.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo

      Com relação ao seguro habitacional esclarecemos que ele é pago mensalmente enquanto durar o financiamento, e cessa no término do prazo ou na quitação antecipada. Não há devolução de valores pagos.

      Equipe Click Habitação

  131. Dr Valéria comprei um imóvel já paguei até as chaves, agora preciso quitar o saldo devedor
    estou buscando financiamento bancário, minha dúvida qual o prazo legal para eu quitar meu saldo devedor junto a construtora?

    Muito Grata
    Neuza

    • Olá Neuza

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o prazo para quitar o saldo devedor deve estar estipulado no contrato com a Construtora.
      Inclusive deve existir as cláusulas sobre as condições de atualização monetária e cobrança de juros. Assim, orientamos a ler as cláusulas do contrato.
      Em caso de dúvida, peça ajuda ao PROCON ou a um advogado de sua confiança.

      Equipe Click Habitação

  132. Não é possível saber o valor para quitação. independente de contato com a Caxa diretamente?
    O financiamento foi feito em 2010.

    • Olá Vilma,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no boleto de pagamento consta o saldo devedor na data do vencimento do encargo.
      Se for quitar em data diferente haverá acréscimo dos juros diários e atualização monetária pro-rata.
      Para obter o boleto na internet veja no artigo:
      Boleto Habitação CAIXA – Como emitir>

      A CAIXA disponibiliza serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos. Verifique se o valor para quitação está disponível nos serviços.

      Equipe Click Habitação

  133. Boa Noite!
    Gostaria de saber o seguinte: vendi meu apto que estava financiado pela construtora, quitei e preciso passar pro nome da compradora. Existe a cessão de direitos onde eu já tinha pago quando comprei de outra pessoa. Agora que vendi a compradora diz que preciso fazer essa cessão novamente. Um valor alto pra mim. A pergunta é, já paguei uma vez pra mudar pro meu nome, preciso pagar de novo pra mudar pro nome dela? Quitei com o dinheiro que a compradora pagou. Nunca gastei com outras despesas como Registro, ITBI, etc.
    Obrigada!! :)

    • Olá Fabiana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a procurar o Cartório de Registro de Imóveis e verificar o que precisa ser efetivado objetivando o registro do imóvel em nome da compradora do imóvel.

      Equipe Click Habitação

  134. Quero trocar meu apartamento que esta financiado por uma casa, da para transferir o financiamento do apartamento para a casa?

  135. GOSTARIA DE TIRAR UMA DUVIDA COMPREI UM APARTAMENTO FINANCIADO PELA CAIXA, TERMINEI DE PAGAR EM NOVEMBRO DE 2006, E NÃO PASSEI PRA MEU NOME PORQUE TEM UM SALDO DEVEDOR ONDE VARIAS VEZES TENTEI COM A CAIXA UM ANALISE DO CONTRATO DEVIDO AO SALDO DEVEDOR SER ALTO, QDO FOI AGORA A CAIXA QUER QUE EU PAGUE 95.000,00 ONDE O APT SO FALE 100.000,00 E O QUE PAGUEI EM 16 ANOS FICA COMO, ESTOU TENTEI NEGOCIAR COM UM VALOR DE 5.000,00 MAIS NÃO ACEITARAM, E PEDIRAM QUE FIZESSE OUTRA PROPOSTA E ESTOU PENSANDO EM COLOCAR 20.000,00 MESMO ASSIM ACHO QUE NAO VAO ACEITAR, O QUE DEVO FAZER ESTOU COM MEDO DE PERDER ESTE BEM , COMO DEVO PROCEDER

    • Olá Sandra,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      O seu contrato deve ser antigo e com certeza os valores dos encargos mensais não acompanharam a evolução do saldo devedor, este desequilíbrio é que gera o saldo devedor residual.
      Veja detalhes no artigo:
      Saldo Devedor Residual no Decurso do Prazo

      Em geral estes contratos foram cedidos pela CAIXA à EMGEA.

      Oriento a efetivar uma proposta de negociação diretamente no site da CAIXA:
      Proposta de negociação

      Equipe Click Habitação

  136. Meu imóvel ja foi quitado porem ja me separei da pessoa que estava no contrato tambem.Realizei a compra da parte dela no processo de separação .Como faço para deixar somente em meu nome.Tenho todos os comprovante e contrato feito por advogados reconhecido em cartorio.Obs:ainda nao reconheci firma da quitaçao em cartorio.
    Obrigado!!

    • Olá Sergio,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando que o imóvel está quitado orientamos a procurar um Tabelião para lavrar escritura de compra de parte ideal do imóvel.
      Essa escritura deverá posteriormente registrada no Cartório de Registro de Imóveis.

      Para ter uma ideia segue artigo sobre a Transferência com financiamento:
      Transferência de financiamento habitacional

      Equipe Click Habitação

  137. Terminei uma união não legalizada a dois anos.Temos um imóvel que financiamos juntos. Agora gostaria de passar o financiamento para ela para deixar o apartamento e, ao mesmo tempo, financiar um outro. Ela possui renda comprovada de R$8.000,00. Falta pagar R$ 98.000,00 e as prestações são de R$1.400,00. O que devo fazer para manter o mesmo contrato e somente retirar meu nome. Obrigado pela atenção. Forte abraço

  138. Olá.
    Meu pai fez um empréstimo e colocou a casa como garantia. Agora queremos quitar, mas no contrato não menciona desconto ou abatimento (já mostrei para um advogado ) Fui até o Procon e me disseram que todo empréstimo, quando antecipado deve ter desconto.
    O que podemos fazer para saber se realmente existe desconto?
    Grata!

    • Olá Débora,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional o sistema de amortização no cálculo das prestações de amortização e juros (A+J) não implica em apurar juros futuros, ou seja, os juros são apurados a cada evento, no caso em pauta mensalmente, pelo método juros simples (j=i/1200*C), na data do evento o valor presente é o próprio saldo devedor.

      Diferentemente dos créditos comerciais os juros não estão embutidos no saldo devedor.

      Os juros contratuais são calculados mensalmente em função da taxa de juros e do saldo devedor na data do vencimento do encargo. Assim, na liquidação antecipada os juros são calculados pro-rata, desde o último vencimento até a data da liquidação. Não há juros futuros embutidos.

      Os descontos nos contratos habitacionais que existiam no passado foram prerrogativas dos bancos e do Governo em função do desequilíbrio dos contratos. Os contratos de financiamento atuais são equilibrados e, em geral, os bancos não tem interesse na liquidação antecipada dos empréstimos e não concedem descontos.

      Equipe Click Habitação

  139. EU POSSO COMPRAR UM IMÓVEL ONDE O VENDEDOR SÓ ME APRESENTA A CARTA DE QUITAÇÃO E UMA PROCURAÇÃO DO ANTIGO DONO .DANDO PLENOS DIREITOS A ESTE MESMO IMÓVEL A SER VENDIDO .POSSO COMPRAR SEM NENHUM PROBLEMA .OU TEM OUTRO RECURSO .

    • Olá Darley,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pelo que relatou provavelmente houve transferência por contrato de gaveta.
      O contrato de gaveta existem riscos. Veja no artigo:
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos

      Oriento antes de fechar o negócio procurar o Tabelião do Cartório de Imóveis e solicitar avaliação da procuração, se está válida e se pode ser utilizada para assinatura da escritura de compra e venda.
      Outra questão é efetivar a averbação imediata do Termo de Quitação junto ao Cartório de Imóveis.
      Seja prudente e conservador neste caso.

      Equipe Click Habitação

  140. Olá!! Tenho um imóvel financiado pela caixa econômica, gostaria de quita-la com recursos próprios, gostaria de saber se posso pedir um desconto para quitação, pois um amigo disse que há um artigo do banco central (art. 52) na qual me possibilita isso. Isto é possível?

    • Olá Rogério,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Nos contratos habitacionais o cálculo das prestações de amortização e juros (A+J) não implica em apurar juros futuros, ou seja, os juros são apurados a cada evento, no caso em pauta mensalmente, pelo método juros simples (j=i/1200*C), na data do evento o valor presente é o próprio saldo devedor.
      Assim, diferentemente dos créditos comerciais não existem juros futuros embutidos no saldo devedor e nem nos encargos mensais. E portanto não se enquadram em descontos para quitação.

      Os contratos habitacionais estão equilibrados não há margem para concessão de desconto, pois independente do sistema de amortização utilizado, o capital emprestado retorna à sua origem/fonte pelo fluxo dos pagamentos. Os bancos não estão concedendo descontos para quitação antecipada.

      Os descontos que existiam eram para contratos antigos e desequilibrados.

      Equipe Click Habitação

  141. Boa tarde,

    Comprei um apto com meu noivo, financiado pelo caixa econômica.Minha dúvida é a seguinte
    eu pretende quitar esse financiamento com o dinheiro da venda de outro imóvel que esta em meu nome. Depois da quitação esse apto pode fica somente em em meu nome?

    • Olá Rosa,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que para que o imóvel fique somente no seu nome você precisará adquirir a parte ideal do seu noivo.
      Haverão custos com ITBI, escritura e registro no Cartório de Registro de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

    • Se vc ainda n casou, pode vender e colocar o apto em seu nome, em caso de separação (o q n vai acontecer) ele eh somente seu. (Comunhão parcial de bens). Se já casou, aconcelho a n se desfazer, pois o novo imovel por lei passa a ser dos 2, mesmo q somente em seu nome.
      Abcs

    • Prezado Ozeas,

      Boa noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Lembramos que o imóvel está em nome dos 2, assim, independentemente do estado civil, o imóvel pertence a ambos.
      Se ela vender imóvel somente dela para quitar o imóvel em nome dos 2 poderá ser prejudicada na divisão, a não ser que haja acordo entre as partes.

      Equipe Click Habitação

  142. O QUE GOSTARIA DE SABER TENHO UM ARRENDAMENTO E ESTOU QUITANDO O QUE EU QUERO SABER QUAL O VALOR DO IMPOSTO QUE PAGAREI PARA ESSA QUITAÇÃO, POIS O QUE ELES ME
    PASSARAM FOI QUE EU ASSINAREI O CONTRATO E RECONHECEREI FIRMA E DEPOIS TEREI UM PRAZO DE 3 MESES PARA SAIR A ESCRITURA.

    • Olá Eleossandra

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Oriento a procurar a Prefeitura para verificar o valor do ITBI.
      E o Cartório de Imóveis para ver os custos da escritura e registro da aquisição.

      Equipe Click Habitação

  143. Comprei uma casa pela Caixa Econômica, e tenho um terreno que é meu. A Caixa aceita esse terreno como parte da quitação do meu saldo devedor….

    • Olá Andréa,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos somente aceitam dinheiro ou FGTS, se cabível o uso, para efetivar o pagamento.

      A solução é você vender o terreno e utilizar o valor para a quitação.

      Equipe Click Habitação

  144. Olá, estou ainda na fase de construção e queria quitar o meu financimento, é possível ou tenho que esperar a fase de amortização?

    • Olá Anna Carolina

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a quitação do financiamento na fase de construção é perfeitamente possível.
      Mas, precisa verificar se o sistema do banco permite tal procedimento, considerando que existe o controle de parcelas a liberar, bem como a definição do saldo a ser pago, pois parte do saldo pode ainda não ter sido liberado.
      Uma contrato de construção isolada os procedimentos seriam mais simples, mas um empreendimento talvez possa encontrar alguns problemas.

      Lembre-se que atualmente as taxas de juros de investimentos estão em alta e dependendo da taxa de juros e CET – Custo Efetivo Total do seu financiamento pode ser vantajoso deixar o dinheiro aplicado, desde que o rendimento seja superior ao cobrado pelo Banco.

      Equipe Click Habitação

      Verifique com o Banco.

      Equipe Click Habitação

  145. Boa tarde, quitei meu apartamento com a CAIXA, recebi os seguintes documentos:
    – Duas vias de “AUTORIZAÇÃO PARA CANCELAMENTO DA PROPRIEDADE FIDUCIARIA FINANCIAMENTO DE CREDITO IMOBILIARIO”, e
    -uma via da “CÉDULA DE CREDITO IMOBILIARIA”, e de firmas(assinaturas) reconhecidas de funcionários do banco.
    Pergunta: Qual dos documentos acima ficam comigo e qual fica com o cartório?
    Segunda pergunta: Para solicitar a escritura definitiva do imóvel já sem o financiamento da CAIXA e com apenas meu nome, eu tenho que levar a escritura antiga que obtive no inicio do financiamento para o cartório?
    OBS: Estou fazendo estas perguntas para estar melhor orientado e não ser vítima de nenhum golpe. Obrigado pela atenção.

    • Olá João Alberto

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deve levar ambos os documentos ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Não precisa levar o contrato, o Cartório já tem.
      Solicite uma Certidão de matrícula atualizada contendo a baixa da garantia do banco.
      Não há necessidade de nova escritura, pois os contratos no SFH ou SFI tem força de escritura e já são a escritura de compra e venda. Você apenas averbará a quitação da dívida com o Banco.

      Mais detalhes sobre o registro veja no artigo:
      Registro de Imóvel – Veja os detalhes

      Equipe Click Habitação

  146. Bom dia !
    Quitei minha casa a algum tempo e fui orientado a ir ao cartório com a baixa da Hipoteca emitida pela Caixa Econômica. Feito este procedimento necessito de mais algum documento ou executar mais algum procedimento para que o imóvel esteja em condições de venda?

    • Olá Bruno,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em relação ao tema e conforme sugerimos no artigo entendemos que seria importante solicitar uma Certidão de Matrícula atualizada contendo o cancelamento da hipoteca ou alienação fiduciária sobre o imóvel.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Carlos,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pressupomos que esteja perguntando sobre as custas cartorárias para averbar o Termo de Quitação entregue pelo banco, esclarecemos que este valor varia de Estado para estado.
      Verifique o valor para seu Estado por meio do link do Portal do IRIB:
      Tabela de Emolumentos por Estado – IRIB

      Informamos que se foi um financiamento habitacional será necessário apenas a averbação do Termo de Quitação do Banco.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Agnaldo,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a entrar em contato com a agência do seu contrato.

      Se for contrato da CAIXA existe a disponibilização serviços de pós-venda da habitação pelos 3004.1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800.726.0505 (demais regiões), aos clientes com contratos imobiliários ativos. Verifique se este tipo de serviço pode ser feito pelo telefone.

      Equipe Click Habitação

  147. Estou com um financiamento pela caixa que será quitado amanhã, após esta quitação minha atual esposa pode fazer um financiamento pela caixa. Casados em comunhão parcial de bens.
    E qto tempo demora para desaparecer o meu financiamento do sistema. Obrigada

    • Olá Vinicius,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que normalmente o sistema de avaliação de risco demora cerca de 30 dias para atualizar e retirar a parcela do financiamento do comprometimento mensal para seu CPF.

      Se são casados necessariamente o financiamento terá de ser em nome dos dois cônjuges.
      Verifique com seu gerente as condições para agilizar a saída do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  148. Boa noite
    Quitei meu imóvel, peguei declaracao de quitação, tenho interesse em vender será que com essa declaração de quitacao a pessoa consegue fazer financiamento?

    • Olá Heverton,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o primeiro passo é levar o Termo de Quitação entregue pelo Banco junto ao Cartório de Registro de Imóveis para averbação e liberação da garantia (imóvel).
      Após, peça uma Certidão de matrícula atualizada.

      Feito isso. O imóvel estará passível de novo financiamento para o novo comprador, se for o caso.

      Equipe Click Habitação

  149. Boa noite.
    Comprei uma casa financiada pela CEF de terceiros, mas tenho a procuração do mutuário para a primeira transferência e dessa para segunda (eu). Quitei este mês, ainda vou pegar o termo de quitação da CEF. Como devo proceder para passar este imóvel para o nome da minha filha que tem 21 anos? Na minha procuração me dando poderes consta o nome do meu marido.
    Por favor me ajude.

    • Olá Jeancley

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a pegar o Termo de Quitação no Banco e solicitar orientação do Tabelião do Cartório para fins de elaborar a escritura de transferência e verificar a possibilidade de efetivar em nome de sua filha.

      Equipe Click Habitação

  150. Estou fazendo o processo de baixa de alienação fiduciária de imóvel financiado na CEF. Já tenho o documento de quitação do Banco e levarei ao cartório. Qual é o custo estimado dessa baixa? Resido em SP capital e a primeira informação do cartório seria de R$ 430, valor que considerei muito alto pelas demais taxais cartorárias.

    • Olá Marcelo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os emolumentos cartorários variam de Estado para Estado.
      Verifique no link abaixo a tabela de custas do seu estado:
      Tabela de Emolumentos do IRIB

      Equipe Click Habitação

  151. Olá!
    Tenho um saldo de financiamento de imóvel SFH com meu marido, estamos pagando direitinho. Minha mãe vendeu um imóvel e gostaria de quitar meu financiamento e colocar o nome dela na escritura conosco. Isso é possível?
    Ela quer fazer isso para nos liberar das parcelas e investir o dinheiro.
    Obrigada!

    • Olá Cristiane,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os bancos não aceitariam a inclusão de sua mãe no financiamento.
      Mas, a quitação do saldo devedor do financiamento é possível. E depois de averbar o Termo de Quitação na matricula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis poderá ser efetivada escritura de compra e venda de parte ideal do imóvel para sua mãe.
      Haverão custos da escritura, registro e ITBI. Avaliar o custo/benefício da operação.

      Equipe Click Habitação

  152. Boa noite! Estou comprando um apartamento novo e que já está pronto. No contrato de compra e venda foi estipulado o valor da entrada e respectiva forma de pagamento. Assim que o apartamento estava com habite-se e ok fui encaminhada para um correspondente caixa. Foi feita uma nova análise financeira e a caixa me liberou um valor maior de financiamento, segundo o correspondente este valor poderá ser usado para quitar parte do saldo devedor da entrada estipulada no contrato. Consultei a construtora e solicitei um aditivo ao contrato considerando a nova condição de pagamento. Eles me informaram que não é necessário e não vão fazer o aditivo, e emitiram um boleto com o valor restante das prestações que pagarei sem utilizar o financiamento. Terei problemas com isso? Ou o fato de assinar o financiamento e quitar o saldo devedor mesmo não sendo como está nas cláusulas já é o comprimento do contrato de compra e venda?

    • Olá Cirlene

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o importante é você ter como comprovar que todos os valores foram pagos a Construtora. Pegue todos os recibos.
      No final o contrato de financiamento é que ficará registrado na matricula junto ao Cartório de Registro de Imóveis.

      Equipe Click Habitação

  153. O que fazer e a quem recorrer para agilizar a liberação do Termo de Quitação do financiamento imobiliario pela CEF. O imóvel está localizado e foi financiado em São Paulo Capital. Onde é feita esta liberação? Em São Paulo em algum endereço específico ou em outro local?

    • Olá Marlene,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o caminho natural é você requerer o Termo junto ao gerente de atendimento da agência da CAIXA.

      Outra opção é verificar se o atendimento telefônico da CAIXA pode verificar a situação da demanda: 0800-7260505.

      Por último, sugerimos a abertura de um SAC e pedir informações sobre o andamento da liberação do Termo de Quitação.

      Equipe Click Habitação

  154. Boa tarde, em 30/04/2015 assinei o contrato com a CEF de financiamento do meu apartamento.Quando fui compra-lo não pude usar meu FGTS para a entrada pois o antigo proprietário o utilizou a menos de 3 anos (em 13/06/2013).Porém agora esse mês eu perguntei se eu podia usar o FGTS para amortizar parte do saldo devedor ou usar meu FGTS para abater nas parcelas, porém a pessoa responsável da CEF insiste em me dizer que eu não posso fazer isso porque preciso aguardar completar os 3 anos.Mas no caso de amortização não são dois anos de cada trabalhador?Eu nunca usei meu FGTS para nada, será que não posso realmente fazer nada antes de completar esses 3 anos?

    • Olá Patricia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os tipos de utilização e os intervalos entre as utilizações são independentes.
      Assim, o fato de não poder utilizar o FGTS na entrada (concessão) não impede o uso para amortização/liquidação, bem como para pagamento de parte da prestação, desde que atenda as condições de uso do FGTS.

      Provavelmente é um desconhecimento do atendente do Banco. Retorne a agência e explique a situação.
      Se não resolver abra um SAC e peça para submeter a uma instância técnica superior.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Equipe Click Habitação

  155. Valéria bom dia: Eu tenho um imóvel financiado; Gostaria de saber se eu optasse pela quitação desse imóvel eu terei algum desconto? E qual seria a porcentagem? E também, se há necessidade de retirada de matricula do imóvel?

    Grato.

    • Olá Marcos

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os contratos atuais apresentam equilíbrio financeiro e assim os bancos não tem interesse na quitação antecipada e portanto não concedem descontos.
      Os juros contratuais não estão embutidos no saldo devedor, pois são cobrados mensalmente junto com a sua prestação.
      Sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento
      Os descontos existem para contratos antigos e com desequilíbrio financeiro.

      Após a quitação o Banco entrega num prazo máximo de 30 dias o Termo de quitação. Você deve averbar o Termo junto ao Cartório de Registro de Imóveis e pedir uma Certidão de matrícula atualizada para seu controle e arquivo.

      Equipe Click Habitação

  156. Estou tentando comprovar um apartamento de uma pessoa que efetuou o financiamento via internet banking no banco bradesco. pretendo pagar o saldo devedor do proprietário e o banco informou ao proprietário que não pode emitir boleto bancário para quitação, exigindo o depósito do saldo devedor na conta corrente do proprietário. assim não tenho garantia da transferência do imóvel após a quitação. como proceder? não pretendo financiar e sim quitar o saldo devedor. obrigada.

    • Olá Rosane

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que pelo que relatou trata-se de critério do Banco.
      Assim, a alternativa é efetivar um contrato de compra e venda em Cartório de Notas e efetivar um recibo do valor do depósito em conta do vendedor.
      Estabelecer prazo e multa no contrato para elaboração da transferência definitiva do imóvel no Cartório de Registro de imóveis.

      Equipe Click Habitação

  157. Bom dia! Valéria, estou comprando, à vista, um imóvel comercial para uma pequena empresa. O imóvel está com alienação fiduciária à Brazilian Mortgages. Considerando que não vamos nos utilizar de financiamento e que a BM nos informa que Interveniente Quitante precisa de ser instituição financeira, como devemos proceder para quitarmos o financiamento existente em nome do vendedor, recebendo a baixa do gravame relativo a ele com segurança e obtendo recibo de que fomos nós que pagamos?
    Antecipadamente grato pela sua atenção.

    • Olá Luiz

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a esclarecer a Instituição Financeira que não haverá financiamento e que a transferência será por meio de quitação da dívida.
      O interveniente quitante neste caso será o próprio vendedor.

      Outra alternativa seria quitar a dívida e obter o Termo de Quitação e depois efetivar uma escritura de compra e venda junto ao Cartório.
      Mas, esta operação deverá ser necessariamente em 2 etapas.

      Na dúvida orientamos a abrir um SAC com o banco e se não for atendido abrir uma Ouvidoria junto ao Banco Central:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  158. Boa noite. Tenho um financiamento imobiliário pela CEF com saldo devedor de 28000,00. Tenho saldo de 26000,00 no fgts. È vantagem amortizar esse saldo agora ou aguardar um ano e quitar todo o financiamento? È necessário esperar 2 anos pra usar fgts pra quitação/amortização?Obrigada.

    • Olá Viviane,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a utilizar o FGTS HOJE para amortizar o financiamento com a redução do prazo remanescente.
      Em breve, poucos meses, você efetivará a quitação do financiamento em função do fim do prazo.
      A principal razão é remuneração do FGTS que é muito baixa e superior aos juros cobrados no financiamento.

      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      As vantagens de amortizar com redução do prazo

      Equipe Click Habitação

  159. Boa noite, gostaria de saber se posso ir ao banco para quitar uma casa que está financiada no nome de outra pessoa, pois a pessoa dona da casa não está morando nela.

    • Olá Heillon,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não existe legislação que proíba tal procedimento. Entendemos que é perfeitamente possível.
      Mas, pode ser que o Banco alegue sigilo bancário. Verifique com o Banco.

      Temos conhecimento que a CAIXA aceita este tipo de quitação.

      Equipe Click Habitação

  160. Por favor me passa seu endereço que vou mandar um presente devido ao quanto tenho incomodado.. rsrs. Bem, é a Andrea novamente… A situação continua a mesma, a corretora está nos dizendo que é possível que o avaliador da Caixa mude a avaliação… enquanto isso continua tudo parado. Eu já sei que de nossa parte está tudo certo, está no sistema online da caixa, inclusive podemos financiar mais do que precisamos. Tenho algumas perguntas:
    1) Ele pode mesmo mudar? Se sim, é um procedimento fácil? É só isto que está trancando.
    2) Se ele não mudar, eu não sou obrigada a completar o valor do imóvel com recursos próprios, certo? Verifiquei no contrato que há uma clausula que obriga a completar com recursos próprios caso não tenha o valor suficiente de FGTS – o que não é nosso caso, mas nao contempla este caso (avaliação do valor do imóvel a menor da Caixa).
    3) Eu sou obrigada a tentar em outro banco? Sinceramente não quero porque as taxas são maiores.
    4) Há uma clausula q diz que após a regularização do imovel para que se torne financiável, temos 90 dias para resolver a questão do financiamento. Passando este prazo, não estamos obrigados a nada?

    Sinceramente estou muito decepcionada, pois esta situação nao se resolve. O vendedor é grosseiro e inflexível, acho q nem tentarei negociar o valor com ele. O fato é que nao tenho como desembolsar 25 mil de recursos próprios – que é a diferença. Acho que vou ter que desistir do negócio. E o pior de tudo é q é a segunda vez q temos problema, o primeiro imovel que fizemos proposta foi vendido. Estao me dizendo agora que se nao der certo este tenho q aguardar 6 meses. É verdade isso? Por favor me ajude.

    • Olá Andrea

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com relação as suas indagações podemos falar:
      1) Sim, pode mudar. Eu pessoalmente já tive experiência neste sentido.
      2) O valor da avaliação será a base do valor financiável. Assim, a questão é negociar o valor ou pagar a diferença.
      3) Você não é obrigada a nada. Outro banco é apenas uma alternativa para viabilizar o negócio.
      4) Orientamos a ler atentamente o contrato e verificar as penalidades. A perda do sinal já pago, se for o caso, por exemplo.

      Com relação a avaliação de risco de crédito é política interna no Banco e tem validade. A questão será negociar diretamente com o Banco, para uma nova avaliação, se necessário for.

      Equipe Click Habitação

  161. Boa tarde,
    Comprei um imovel na planta, o qual já está pronto. Tenho um saldo devedor com a construtora e gostaria de utilizar meu FGTS para quitá-lo. Fui em uma agência da Caixa que me informou que esse processo leva de 45 a 60 dias e é muito parecido com um financiamento, tendo vistoria, análise de contrato, etc, além de cobrarem uma tarifa de uns 2.000 reais. É isso mesmo?

    • Olá Luis,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que é possível a aquisição de imóvel à vista com uso do FGTS.
      Para saber os detalhes sugerimos a leitura do nosso artigo:
      FGTS para compra de imóvel à vista

      Equipe Click Habitação

  162. Boa Tarde! É a Andréa novamente…
    Pois então, hoje era a data prevista para sair o tal contrato. Acontece que fechamos o valor com o vendedor em 170 mil, e a Caixa alegou que o avaliador engenheiro avaliou a casa em 145 mil. O corretor que nos vendeu e os despachantes não sabem nos dizer o que será dessa negociação. O que deverá ser feito agora? Você pode me ajudar? Agradeço imensamente desde já.

    • Prezada Andrea,

      Considerando as informações prestadas os valores negociados pelo imóvel devem ser alterados ou o comprador terá que desembolsar mais dinheiro fora do valor do financiamento.
      O valor máximo de financiamento será baseado na avaliação da CAIXA ou do banco.
      A solução é procurar as partes e negociar ou procurar outro banco para financiar ou desfazer o negócio.

      Equipe Click Habitação

  163. Boa tarde!
    Estou tentando fazer um financiamento habitacional.
    O fato é que a documentação dos compradores e vendedores já foi entregue ao despachante. A informação que temos é q a Caixa aprovou nosso crédito, e estão agora confeccionando o contrato. Nesta etapa, podem surgir problemas, como por exemplo, a não aprovação por algum motivo? Não tínhamos e não temos restrições no SERASA. Agradeço se puder me responder! Grata!

    • Olá Andrea

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o Correspondente Bancário já efetua a pesquisa cadastral, portanto não haverá problemas com isso.
      O que ocorre na realidade, é uma conferência e verificação da conformidade dos procedimentos efetivados pelo Correspondente, por uma área interna do Banco e posteriormente os procedimentos de autorização e assinatura.

      Fique tranquila, em breve deverás assinar o seu contrato. Parabéns!

      Equipe Click Habitação

  164. Ola, boa tarde!
    Tenho um financiamento com a CAIXA e quero quitar.
    Gostaria de utilizar o FGTS e o restante um debito em conta.
    Eles informaram que esse recurso so pode ser feito via o 0800 deles.
    com isso fiz esse procedimento e eles informaram que iriam fazer isso!
    Como eles não podem dar prazo, eu gostaria de saber qual a média de dias que eles concluem esse processo.

    E assim que eles usarem meu FGTS e debitarem da minha conta corrente o restante,
    o que devo fazer?
    Ir ao Banco e solicitar o termo de quitação?

    Estou inseguro pelo fato de fazer tudo por telefone e eles só poderem informar via SMS.

    Desde Já agradeço a atenção.

    • Olá Heitor,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o serviço de pós-venda e atendimento telefônico pela CAIXA está sendo ampliado e apresenta diversos serviços para facilitar a vida do cliente.
      As ligações são gravadas e você pode fazer vários negócios sem precisar se deslocar até a agência.
      Com relação ao prazo para efetivar o serviço deverá ser perguntado quando da solicitação for efetivada.

      Após a quitação do financiamento o Banco tem até 30 dias para entregar o Termo de Quitação para averbação junto ao Cartório de Imóveis.

      Mas, cremos a opção pelo serviço é uma prerrogativa do cliente.
      Se você quiser o atendimento na agência deve insistir nisto e pode fazer uma reclamação via SAC do Banco.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  165. Ola tenho um financiamento junto a caixa de 130 mil gostaria de fazer a quitação do mesmo, gostaria de saber se quando for quitar esse valor ele tera juros embutidos ou pagarei somente os 130 mil?

    • Olá José,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no financiamento habitacional os juros não estão embutidos no saldo devedor.
      Os juros são cobrados mensalmente junto com o encargo mensal: Prestação (A-Amortização + J-Juros) + Acessórios (Taxa de administração e seguros).

      Assim, na liquidação antecipada na data do vencimento do encargo mensal não haverá incidência de juros, mas você deverá pagar o encargo no dia do vencimento.
      Se a quitação for em data diferente do vencimento haverá incidência dos juros proporcionais desde o vencimento do encargo até a data da quitação.

      Para entender melhor a evolução do saldo devedor. Sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  166. Prezados, bom dia!
    Estou comprando um apartamento que está financiado pela caixa. Com meu pagamento, o vendedor quitará sua dívida com a caixa. Minha pergunta é: quais seriam o passo-a-passo para que a dívida seja quitada e o imóvel seja passado para o meu nome? No momento da quitação é possível emitir documento para o meu nome? E depois? Qual seria o procedimento?
    No aguardo, Obrigado.

    • Não sei se entendi direito, mas não é uma transferência de financiamento. Com parte do dinheiro que vou dar ao vendedor ele quitará sua dívida com a caixa. O que quero saber é como a caixa procede. Ela emite um Termo de Quitação e o titular então faz uma escritura em seu nome e depois passa para o meu nome ou no ato da quitação ele poderia pedir a caixa para fazer a escritura já em meu nome? Como é esse processo?
      Obrigado

    • Olá Cleyde,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se for liquidar o contrato em nome do financiado. O Termo de Quitação deverá ser emitido em até 30 dias.
      O Termo de Quitação deverá ser averbado junto ao Cartório de Registro de Imóveis.
      Após essa averbação a escritura de compra e venda deverá ser elaborada e posteriormente registrada no Cartório de Registro de Imóveis.

      Considerando que irá liquidar o contrato com a CAIXA, o banco não elabora a escritura de compra e venda. O documento deverá ser elaborado pela partes (comprador e vendedor) no Cartório.
      Somente se o financiamento fosse transferido a CAIXA elaboraria o contrato.

      Orientamos a procurar o Tabelião para ver os tramites de elaboração da escritura.

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  167. Boa noite,
    Caso eu queira quitar que comprei em 2007 no valor de 55 com prestações de 270,00 eu perderia o subsídio que ganhei no valor de 11 mil já paguei 8 anos.
    Caso eu use o FGTS sai mais vantajoso para quitar, ganho algum benefício?
    Atc,

    • Olá Patrícia,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os contratos atuais do Carta de Crédito FGTS – CCFGTS ou do Programa Minha Casa Minha Vida não preveem a devolução do desconto ou subsídio quando da liquidação antecipada do contrato.

      Informamos que tal medida está prevista para a nova fase (III) do Programa Minha Casa Minha Vida.

      Com relação eventual desconto de juros em função da quitação antecipada esclarecemos que nos contratos habitacionais os juros contratuais são cobrados no cálculo das prestações de amortização e juros (A+J) não implica em apurar juros futuros, ou seja, os juros são apurados a cada evento, no caso em pauta mensalmente, pelo método juros simples (j=i/1200*C).
      Quando da liquidação haverá apuração dos juros contratuais proporcionais desde a data do último vencimento do encargo mensal até a data da liquidação. Assim, não há desconto de juros, pois eles são pagos junto com as prestações mensais.

      Para entender como funciona a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      A vantagem na liquidação é ter a casa quitada e não ter de pagar taxa mensal e seguros habitacionais obrigatórios.

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  168. Pretendo comprar à vista um imóvel que está financiado junto a uma construtora (o proprietário deve cerca de 40% do financiamento). Mas, tenho dúvidas sobre o procedimento correto a seguir neste caso (ainda não assinei nada): o correto seria assinar contrato de promessa de compra e venda devendo eu assumir o compromisso de pagar o boleto de quitação para depois o vendedor e eu fazermos a escritura de compra e venda no cartório de notas? A averbação da quitação no registro de imóveis deve ser feita em que momento e quem deve pagar? Será que vc poderia me dizer a forma mais segura de comprar este imóvel para que eu não tenha problemas no futuro? Obrigada.

    • Olá Alzira,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando que pretende comprar o imóvel à vista o ideal seria combinar com a construtora, efetivar uma escritura de compra e venda, sendo que a Construtora entraria como Interveniente Quitante.
      Ou seja, num mesmo documento já registraria a compra e venda do imóvel e quitação da dívida com a Construtora.

      Esclarecemos que o Tabelião pode auxiliá-los a elaborar o documento.

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  169. Boa noite , estou quitando um imovel financiado pela caixa , conversei com o gerente , eo ,mesmo me informou que pode durar ate 30 dias para entregar o termo de quitaçao, ate ai eu entendi ,mas minha pergunta e a seguinte;
    quando eu levar para ele o boleto quitado , ele me fornece algum documento? que conste que sera dado entrada no Termo?
    grato

    • Olá Petref,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Sugerimos solicitar ao gerente um protocolo, se é de seu interesse.
      Lembramos que para os contratos com garantia de alienação fiduciária o prazo legal é de 30 dias para entrega do Termo de Quitação. Mas, o documento deve ser gerado antes.
      Negocie com o gerente a entrega.

      Equipe Click Habitação – 3º ano!

  170. Bom Dia!!

    É Financeiramente interessante usar o FGTS para quitar o Financiamento Imobiliário CEF, tendo em vista que as parcelas mensais seja de baixo custo?

    • Olá Albenis,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      O FGTS é um fundo criado para que o trabalhador tenha direito a uma espécie de poupança em função do tempo trabalhado.
      Se considerarmos que o FGTS tem remuneração baixa se comparado aos juros de financiamento habitacional, o uso do FGTS para amortizar ou quitar pode ser considerado uma opção interessante.

      Para saber mais veja no artigo FGTS: tire suas dúvidas sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

      Equipe Click Habitação

  171. Boa tarde! Acabei de voltar da Caixa Econômica com a certidão de quitação do meu imóvel e chegando em casa verifiquei que digitaram o número do cartório errado. Devo retornar a Caixa e pedir a correção? Obrigada.

    • Olá Vanessa,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que sim! Retornar ao Banco e pedir a emissão do documento correto.
      Se possível e tiver leve copia da Certidão de matrícula.

      Equipe Click Habitação

    • Fui novamente até a caixa e descobri que tenho somente a cópia da matrícula do imóvel. Como consigo a original? Tenho visto que dá para solicitar via internet. Qual o site? É seguro? Obrigada pela ajuda

    • Olá Vanessa,

      Esclarecemos que a matrícula original fica no Cartório de Registro de Imóveis.
      Você poderá pedir uma Certidão de matrícula atualizada.
      O ideal seria averbar o Termo de Quitação do financiamento e requerer a Certidão de matrícula atualizada após a averbação. Mas, terá de ir ao Cartório de Registro de Imóveis.

      Existem serviços online de emissão de documentos e certidões cartorárias.Sugerimos usar o site Registradores:
      Central de Registradores de Imóveis

      Equipe Click Habitação – 3º ano

  172. Boa tarde…
    solicitei o documento de quitação do imóvel na Caixa, porém eles disseram que não consegue encontrar. É agora o que devo fazer?

    • Olá Eva,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      A situação é estranha. Oriento você a buscar uma certidão de matrícula atualizada junto ao Cartório de Imóveis e juntar toda a documentação que possuir: recibos, boletos, etc. Formalize uma carta e protocole junto ao Banco pedindo a emissão do Termo de Quitação.

      Caso não tenha resposta. Abra Uma Ouvidoria junto ao Banco e posteriormente junto ao Banco Central.
      Veja no artigo:Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

    • Olá Cleidilane,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Em primeiro lugar parabéns pela quitação do financiamento!
      Esclarecemos que você deve procurar o Termo de Quitação na agência que concedeu o seu financiamento.
      Após o recebimento do Termo de Quitação deverá averbar junto ao Cartório de Registro do Imóveis e pedir um Certidão de matrícula atualizada para guarda pessoal.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

    • Olá Geni,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitacional.

      Nos contratos habitacionais (Pós-fixados) existe cláusula de atualização monetária, em geral, o índice constante é a Taxa Referencial – TR. Esse índice influencia na evolução do saldo devedor do contrato. Os valores da TR somente são divulgados diariamente, não há antecipação de divulgação.
      Outra questão é que o valor do seguro habitacional de Morte e Invalidez Permanente – MIP é calculado em função do saldo devedor de cada mês.

      Considerando estes 2 fatores não há como calcular o valor exato das parcelas mensais futuras.
      Na data da contratação os Bancos emitem uma Planilha de Evolução teórica do contrato (sem a atualização monetária – TR = ZERO) para fins de apuração do Custo Efetivo Total – CET e para fins de comparação de valores entre os bancos.

      Desta forma, não se emite antecipadamente as parcelas nos financiamento habitacionais.

      Sugerimos a leitura dos artigos:
      Como consultar saldo devedor do financiamento
      Seguro habitacional varia pela idade

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  173. Prezados senhores,

    Acabei de postar um relato sobre a quitação que efetuei de um imóvel junto a Caixa – CEF e só agora percebi que o vosso site não é o da Caixa Econômica Federal – CEF, embora mencione dados e informações relativas a negócios com a mesma.
    Não obstante e para que não nos cause maiores preocupações, pediria que enviassem resposta sobre o ocorrido e por este segundo contato, para que possamos ter a certeza de que houve confirmação, tanto de um como de outro contato, via desta ferramenta – email, feitos.

    Atenciosamente e no aguardo de vosso prestimoso contato.

    Gilberto Luiz da Costa.

    • Prezado Gilberto,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Considerando a quitação do financiamento orientamos a procurar o Termo de Quitação na agência de concessão do financiamento.
      A solicitação poderá ser verificada por telefone 08007260505.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  174. Quitei o imóvel urbano, objeto do Contrato 8.2079.0003.611-0, em nome de CLAÚDIO TELES DAS CHAGAS, RG3107813-502537 – SSP/GO, CPF 781.093.021-49. em 12 de Agosto de 2015, no valor de R$5.678,81 (Cinco mil e seiscentos e setenta e oito reais e oitenta e um centavos), via da Agência 3348, debito em conta corrente N. 13-006858-5, do Santander – Internet Banking, do titular Nova Opção Papelaria e Prestadora LTDA M. Como proprietário e com Documento de Procuração de caráter irrevogável, irretratável CERTIDÃO atualizada e datada de 28 de Julho de 2015, referente as anotações no Livro 1529-P, FL. 015, PROT. 00571526, do Cartório Índio Artiaga e seguintes, tudo acostado a devida quitação de tudo e conforme já consta QUITADO no site da Caixa Econômica Federal – CEF, preciso confirmar a Emissão do Termo Geral de Quitação, do referido imóvel, de acordo como nos informou o atendente da própria Caixa que, a QUITAÇÃO deveria ser liberada, após o pagamento do boleto final, entre (08) oito dias até (25) vinte e cinco dias – no máximo, o que deverá, a partir daí, ser Escriturado diretamente em nome de RONALDO FRANCISCO ARÊBALO.
    Destarte, queremos solicitar de Vossas senhorias, a participação – informando-nos, a emissão da quitação para que busquemos na Agência da Avenida Anhanguera, esq de Rua 24 (vinte e quatro) no centro – em Goiânia – GO.
    Cônscios de vossa prestimosa atenção, subscrevemo-nos, mui atenciosamente.

    Goiânia GO, 20 de Agosto de 2015.

    Gilberto Luiz da Costa.

    • Prezado Gilberto,

      Informamos que retiramos os dados pessoais da sua indagação, pois eles ficariam públicos.

      Ratificamos a orientação de ligar para 08007260505.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  175. Equipe Click Habitação, vocês não sabem o quanto eu estou feliz pela resposta de vocês. Gostaria muito de agradecer a vocês por estarem disponibilizando parte do seu tempo e das suas ricas informações sobre habitação, com todos nós, leigos no assunto, e desejo que vocês possam realizar os sonhos que almejam em seus corações e, que os mesmos, transbordem de felicidade pelo resultado de suas batalhas e conquistas. Fiquem com Deus. Abraços!

    • Olá Ricardo!

      Agradecemos e informamos que nosso objetivo é repassar como conhecimento a todos os interessados.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  176. Boa tarde. No dia 08 de Julho de 2011 adquiri um imóvel que teve um desconto no valor de R$14.777,00, subsidiado pela CEF. No meu contrato consta na “CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA – LIQUIDAÇÃO ANTECIPADA – É facultada ao(s) DEVEDOR(ES)/FIDUCIANTE(S) a liquidação antecipada da dívida, sendo esta composta pelo saldo devedor e eventuais débitos em atraso.” No meu boleto mensal da CEF constava no dia 01 de Agosto de 2015, como saldo devedor teórico, a quantia de R$68.678,45. Eu já tenho essa quantia para quitar esse saldo devedor teórico e não possuo nenhum débito em atraso. Eu gostaria de saber se: eu quitando esse saldo devedor teórico, não possuindo nenhum débito em atraso com a CEF, eu vou ter que devolver o subsídio que o governo me deu no valor de R$14.777,00, ou só tenho quitar esse saldo devedor teórico e esperar pelo meu termo de quitação?
    Antecipo desde já o meu agradecimento pela resposta dada. Abraços!

    • Olá Ricardo,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os financiamentos assinados na data citada não precisam efetivar a devolução do desconto obtido (subsídio) na concessão do crédito.

      Informamos que provavelmente para a próxima fase do Programa Minha Casa Minha Vida estudos revelam que a devolução do desconto em caso de liquidação antecipada será implementada.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  177. Prezados, boa tarde,
    adquiri um imóvel financiado pelo SFH e utilizando o FGTS, eu já possuía um imóvel em outra região (não limítrofe). Na ocasião eu morava e trabalhava na cidade onde comprei com o FGTS e me enquadrava normalmente dentro das regras. Passados dois anos da compra fui à agencia CEF para pedir a liquidação do saldo devedor utilizando o FGTS, porém me foi pedido o último IRPF e carteira de trabalho, os quais não havia levado. Estou com receio de efetivar a liquidação desta forma, pois apesar de declarar anualmente corretamente o imóvel comprado com o FGTS, não o coloquei como residência atual em nenhum ano, pois devido a problemas familiares, logo após a aquisição do imóvel, retornei para meu primeiro imóvel, o qual sempre constou como minha residência atual, e o imóvel comprado com o FGTS ficou fechado desde então. Nesta situação, onde não tenho como comprovar que morei no imóvel comprado com o FGTS e este não constou como minha residência oficial em nenhum ano após a compra, e pelo fato de agora a CEF estar pedindo o IRPF entre outros documentos para fazer a liquidação do saldo devedor com o meu FGTS, eu corro algum risco da mesma indeferir meu pedido ou algo pior?
    Desde já agradecido pela atenção e parabéns pelo site e pela ajuda aos que o recorrem.

    • Olá Rodrigo,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Considerando que você já utilizou o FGTS na contratação, entendemos que não há necessidade de comprovar novamente a documentação para enquadramento de uso do FGTS.

      Para que você possa liquidar o saldo devedor do seu financiamento com uso do FGTS, sugerimos usar o novo canal disponibilizado pela CAIXA.
      Basta ligar no 0800 726 0505 opção 7.

      Após a liquidação, pedir o Termo de Quitação no Cartório de Registro de Imóveis.

      Para mais informações, veja o artigo Liquidação

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  178. Boa Tarde!
    Tenho um imóvel que foi adquirido junto com meu marido pelo minha casa minha vida, cada um de nós temos 50% do imóvel. Estou me divorciando e quero adquirir outro imóvel pelo minha casa minha vida, eu consigo adquirir outro imóvel? Como faço?

    • Olá Letícia,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Assunção de Dívida na separação com financiamento

      Assim, a primeira coisa é definir como ficará o financiamento após o divórcio.

      O cônjuge que não ficar com o imóvel será permitida a concessão de financiamento, proprietário de imóvel, desde que: na qualidade de titular de imóvel residencial perca o direito de residir no imóvel.

      O trâmite da nova concessão será semelhante a primeira, acrescentando-se a documentação da separação devidamente legalizada no Cartório de Imóveis e junto ao Banco.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  179. Bom dia!!

    Comprei um imóvel e gostaria de utilizar o FGTS e para tanto, fiz um financiamento- o itaú só saca o fgts junto com um financiamento e optei pelo itaú devido a caixa ter feito a avaliação acima dos 650mi – td isso orientado pelo meu agente imobiliário…Ao final pegamos 85 mil de empréstimo, 18 mil de entrada do uso do fgts…estamos na segunda parcela e conforme explicamos, queremos usar o resto do FGTS para quitar de imediato, eu posso?
    Nágila

    • Olá Nagila,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se o financiamento foi regularmente efetivado no SFH.
      O uso do FGTS é possível de ser efetivado de imediato, respeitadas as demais condições de uso.
      A regra de intervalo entre as utilizações não se misturam, assim se usou o FGTS na aquisição (para diminuir o financiamento) pode de imediato utilizar para amortizar/liquidar ou para pagamento de parte da prestação.

      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  180. Possuo um sobrado em Taboão da Serra-SP que já foi quitado a mais de 10 anos, mas nunca providenciei junto ao Banco e Cartório a baixa do financiamento. Agora já dei o 1º passo, indo ao Banco para solicitar a carta de quitação. Eles me disseram que esta carta é enviada pelo correio quando terminado o financiamento, mas tenho certeza que nunca recebi este documento e a informação que tenho da época é que eu teria que preencher um formulário para solicitar e isto eu nunca fiz. Então que agora seria uma 2ª via, e para isso teria que pagar R$250 reais, tendo que aguardar 30 dias. Isto é correto?
    Bem, resolvido isto sei que tenho que ir ao cartório fazer a averbação desta quitação e que também tem um custo. Este valor depende do valor do imóvel ou é uma taxa pré-determinada do Cartório?
    Mais uma pergunta: Este imóvel está no meu nome e no da minha irmã que na época entrou para composição da renda apenas. Agora quero que o imóvel fique só no meu nome e minha irmã não tem nenhuma objeção, pois sabe que ela apenas “emprestou” o nome. Então quero saber se é possível ela fazer um documento de doação para mim e como e onde seria feito este documento? Provavelmente haverá um custo e este custo depende do que?
    Agradeço e aguardo resposta.
    Abraços!

    • Olá Heloisa,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a cobrança da tarifa é possível se estiver cadastrada na Tabela de Tarifas do Banco.
      Com relação ao questionamento do envio você pode reclamar por meio da Ouvidoria do Banco, e caso a resposta seja insatisfatória pode abrir reclamação junto ao Banco Central.
      Veja no Artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Com relação a custas de cartório depende da legislação de cada Estado.
      Veja a tabela para seu estado no link abaixo:
      IRIB – Custas e emolumentos por Estado

      Com relação a regularização da propriedade oriento a procurar o Tabelião do Cartório e verificar os trâmites e custos envolvidos.
      Haverá Imposto (Imposto Sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos-ITCD) e custos com escritura e registro.

      Sugerimos a leitura dos seguintes artigos:
      Usufruto de imóvel com doação garante moradia

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  181. Valéria, bom dia.

    Parabéns pelas informações, muito bem elaborada.
    Estou com dúvida referente aos custos de cartório. Após quitar o financiamento, e comparecer ao cartório com toda documentação, quais taxas são cobradas no cartório? Saberia informar mais ou menos os valores?
    Ao comprar o imóvel recebi um desconto de 50% de algumas taxas de cartório, por ser financiando pelo SFH e primeiro imóvel na cidade. Teria esse desconto também para as taxas de cartório?

    • Olá Estevão,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que os valores das custas e emolumentos cartorários são definidos e variam de Estado para Estado.
      Assim é necessário verificar o valor para seu Estado.

      Quanto ao desconto semelhante ao registro do primeiro imóvel no SFH informamos que não existe previsão na lei 6015/73, mas somos sabedores que alguns Estados tem descontos para emolumentos de averbação para contratos no SFH. Verifique.

      Verifique os custos em seu Estado por meio do link do IRIB – Instituto de Registro Imobiliário do Brasil:
      IRIB – Custos e Emolumentos por Estado

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  182. Boa noite, tenho um financiamento de imóvel em meu nome e estou vendendo o imóvel via contrato de gaveta para uma pessoa confiável e gostaria de saber se após o término do pagamento do financiamento a pessoa que me comprou este imóvel poderá lavrar uma escritura do imóvel direto no nome dela sem que eu precise registrar a escritura.

    Gostaria de saber quais as etapas terei que seguir para transferir e registrar este imóvel em nome do comprador para que o imóvel conste legalmente em nome dele.

    • Olá Aldemir,

      Boa Noite! Agradecemos o seu retorno no Click Habitação.

      Esclarecemos que hoje em dia não vemos necessidade em vender imóvel por contrato de gaveta, considerando que os contratos atuais são equilibrados e que o encargo mensal pode ser enquadrado na capacidade de pagamento do comprador, por meio da transferência de financiamento junto ao Banco.

      A única hipótese seria algum impedimento para contratação por parte do comprador, o que deveria ser visto com reservas.

      Sugerimos a leitura do artigo e vídeo abaixo:
      Contrato de Gaveta – O que é e os seus riscos
      Contrato de gaveta não legitima como parte de ação judicial

      Com relação a etapas para fazer um contrato de gaveta:
      – elaboração de contrato particular ou compromisso de compra de venda, o qual pode ser efetivado de modo particular ou num Cartório;
      – normalmente existe a figura de um procurador para a efetivar a transferência do financiamento no futuro;
      – demais condições entre as partes

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  183. Bom dia! Tenho um contrato habitacional, onde peguei como parte de pagamento de minha casa 126 mil, deste ja paguei em torno de 70 mil e hojê procurei a caixa pare quitação e o saldo deve dor ainda estar em 121 mil reais, pode isso.

    • Olá Jorge,

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Cremos que do valor de R$ 70.000,00, grande parte seja a entrada, a qual não tem relação com o valor efetivamente financiado.

      O Encargo mensal no financiamento habitacional é composto da prestação (amortização e juros) e acessórios (taxa e seguros). Mas, somente parte da prestação relativa a amortização é que é deduzida do saldo devedor financiamento.

      O valor da prestação é calculado em função: do valor do financiamento/saldo devedor, da taxa de juros, do sistema de amortização e do prazo de financiamento.

      O saldo devedor trata-se da dívida a pagar, que é corrigida periodicamente, de acordo com a cláusula contratual, normalmente de forma mensal e usualmente é utilizada a TR, acrescenta-se o juros contratuais e deduz-se a amortização constante no encargo periódico ou eventual amortização extraordinária.

      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Retorne caso permaneça dúvida sobre a questão.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  184. Estive na CEF com toda documentação necessária para realizar a amortização de minha divida do SFH, primeiro ninguem sabia muito sobre o assunto, tive diversas dificuldades, entreguei a documentação e o sistema não aceitava. depois de muita especulação apareceu uma funcionária e disse o seu imovel foi comprado por R750.000,00 e o Sr. não pode utilizar o FGTS para amortizar as prestações. Perguntei em qual documento isso estava estabelecido e não obtive resposta. Saí da CEF frustado, pois pensei que pudesse reduzir minha divida com a CEF e ficar mais tranquilo.
    Voce pod eme ajudar informando em que norma, lei, decreto está vinculado este impeditivo? os valor para Brasilia não subiram para R750.000,00? Gostaria muito de reduzir minha divida com a CEF
    Obrigado!

    • Olá João,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o FGTS somente pode ser utilizado em financiamentos regularmente enquadrados nas normas do SFH na data de sua contratação.
      A utilização dos recursos do FGTS está condicionada a observância dos requisitos do trabalhador e do imóvel.

      FGTS quando não posso usar?
      Existem situações em que o uso do FGTS não é permitido pela legislação vigente. Este artigo busca repassar e esclarecer quais são e as especificidades relacionadas aos impedimentos:
      – Não pode utilizar o FGTS quem não constar no contrato de financiamento ou não ser proprietário do imóvel.
      – É vedado o uso do FGTS para pagamento de taxas, impostos e demais despesas na aquisição ou portabilidade do crédito habitacional.
      – É proibido ainda o uso do FGTS para o pagamento de eventuais despesas incorridas pelo serviço de intermediação do saque nas modalidades de amortização, liquidação e pagamento de parte de prestação.
      – É impedimento para uso do FGTS se o imóvel não for financiável no âmbito do SFH.
      – É fechado o uso do FGTS fora dos Limites de Avaliação e Financiamento do SFH.

      Sugerimos a leitura dos seguintes artigos:
      Impedimentos para uso do FGTS
      SFH – Limites de Avaliação e Financiamento

      A Normatização de uso do FGTS consta no Manual de Moradia:
      Manual do FGTS – Moradia

      As regras de utilização são distintas para cada tipo de utilização e estão previstas em Lei (8036) ou em Resoluções do Conselho Curador do FGTS.

      O uso na aquisição não exige que o contrato esteja financiado no SFH, mas esteja nos limites de avaliação e financiamento do SFH ou seja o imóvel deve ser financiável no âmbito SFH.

      Mas, o uso do FGTS na fase de retorno do financiamento exige que o contrato esteja devidamente concedido no âmbito do SFH, dentre outras exigências previstas na legislação.

      Assim, se seu contrato estiver FORA DO SFH não há como administrativamente utilizar o FGTS para: amortizar, liquidar ou pagar parte da prestação.

      A alternativa para quem assinou fora do SFH era a chamada Transposição (Transferência) de contratos de Fora do SFH para o SFH até recentemente era utilizada pelo mercado imobiliário.
      Veja o artigo do Click Habitação:
      Transferência de Financiamento para o SFH e Uso FGTS

      Mas, em termos de normalização somente existia menção do MMP – Manual de Moradia Própria – Uso do FGTS (norma do agente Operador do FGTS).
      A nova versão do MMP de 22/04/14 retirou essa prerrogativa do texto.

      Assim, não existe norma permitindo tampouco proibindo a chamada Transposição para o SFH.

      O mercado (Bancos) utilizava a transposição, mas recentemente houve uma mudança de postura e todos passaram a não aceitar, em especial o Banco Central.

      A ação judicial sempre será uma hipótese, e podemos afirmar que existem decisões judiciais favoráveis para o uso do FGTS em contratos em situação semelhante ao seu. Cabe a você avaliar a conveniência de contratar advogado de sua confiança.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

  185. Atualmente segundo o boleto com vencimento em 11.01.2015 da CEF meu saldo devedor teórico é 73.800,00. Solicitei o boleto para quitação do saldo devedor do meu financiamento habitacional e a CEF emitiu um boleto com valor maior que o demonstrado (valor do boleto com vencimento em 10.01.2015 = R$ 74.480,00).
    Está correto isso, ou seja, o valor do boleto para a quitação ser maior do que o saldo devedor teórico especificado no demonstrativo do financiamento?
    Obrigado.

    • Prezado Eduardo,

      Agradecemos a presença no Click Habitação!

      O que ocorre, provavelmente, pois não temos o boleto e a planilha de evolução do saldo devedor do contrato em mãos, é que o saldo devedor informado no boleto corresponde ao saldo devedor teórico na data do vencimento do encargo.
      Este saldo devedor teórico, não considera atrasos e já considerou com o pagamento da sua prestação (A + J) de jan/15 e portanto deduziu o valor da amortização (A) da prestação com vencimento em 11/01/15. Ou seja, em 11/01/15 você deverá pagar a prestação de jan/15.
      Assim, se você somar o saldo devedor informado no Boleto apresentado ao valor da prestação de jan/15 verá que o valor será superior ao saldo devedor apresentado pelo Banco para liquidação no dia 10/01/15.

      Para que você possa entender melhor como funciona o desdobramento das prestações mensais e a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do nosso artigo abaixo:
      Financiamento Habitacional – Saiba mais sobre prestação e saldo devedor

      Em caso de mais esclarecimentos fique a vontade para retornar.

      Click Habitação
      Fique atualizado com o conteúdo do Click Habitação!
      Inscreva-se no site: http://www.clickhabitacao.com.br/
      ASSINE NOSSO NEWSLETTER

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.