Tarifas cobradas no crédito imobiliário

Tarifas cobradas no crédito imobiliário

6251
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

Ao financiar um imóvel, os Bancos cobram tarifas para a formalização do contrato de financiamento e outras tarifas durante a manutenção do financiamento

Tarifas cobradas no crédito imobiliário

Desde 30/04/2008, quando da regulamentação pelo Conselho Monetário Nacional, houve alteração no disciplinamento da cobrança de tarifas pelos Bancos.

A regulamentação atualmente em vigor (Resolução CMN 3.919 de 2010) classifica em quatro modalidades os tipos de serviços prestados às pessoas físicas pelas instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central:

Serviços essenciais:

Aqueles que não podem ser cobrados;

Além dos serviços essenciais, também não pode ser cobrada tarifa por liquidação antecipada em operações de crédito e de arrendamento mercantil financeiro pactuadas com pessoas físicas para contratos assinados a partir de 10.12.2007.

Serviços prioritários:

Aqueles relacionados a cadastro, contas de depósitos, transferências de recursos, operações de crédito e de arrendamento mercantil, cartão de crédito básico e operações de câmbio manual para compra ou venda de moeda estrangeira relacionada a viagens internacionais.

Serviços especiais:

Aqueles cuja legislação e regulamentação específicas definem as tarifas e as condições em que aplicáveis, a exemplo dos serviços referentes:

    • Crédito rural;
    • Sistema Financeiro da Habitação (SFH);
    • Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
    • Fundo PIS/PASEP;
    • “Contas-salário”;
    • Microcrédito.

      Serviços diferenciados:

      Aqueles que podem ser cobrados desde que explicitadas ao cliente ou ao usuário as condições de utilização e de pagamento.

      São exemplos de serviços diferenciados: o aditamento de contratos; aval e fiança; envio de mensagem automática relativa à movimentação ou lançamento em conta de depósitos ou de cartão de crédito; fornecimento de atestados, certificados e declarações.

      Também não pode haver cobrança pelo fornecimento de atestados, certificados e declarações nas situações em que o fornecimento é obrigatório por determinação legal ou regulamentar.

      Destacamos que não são considerados aditamento de contrato:

        • Contratos por adesão, exceto no caso de substituição do bem em operações de arrendamento mercantil;
        • Liquidação ou amortização antecipada, cancelamento ou rescisão de contratos.

Veja mais:

Financiamento Habitacional – O que considerar?

Publicidade e Divulgação das tarifas

Os Bancos são obrigados a divulgar, em local e formato visível ao público, nas suas dependências e nas respectivas páginas na internet.

Devem disponibilizar para consulta, na internet e em outros meios utilizados para comunicação com o cliente, informações sobre o pacote de serviços contratado, bem como sobre a existência de outros pacotes disponíveis para contratação.

Tarifas no crédito imobiliário

Ao financiar um imóvel é prevista a cobrança de certas tarifas para a formalização desse contrato de financiamento. Estes custos variam de Banco para Banco e dependem do grau de relacionamento do cliente com a instituição.

Basicamente, o cliente deverá arcar com valores referentes à avaliação do imóvel, à análise jurídica da documentação, ao custo de administração/manutenção do contrato, entre outros.

De acordo com a regulamentação emitida pelo Banco Central (BACEN), as tarifas cobradas pelos agentes financeiros devem constar de tabelas expostas nos canais de atendimento, em locais de fácil visualização pelo cliente.

É vedada a cobrança de valores não estipulados na tabela de Tarifas do Banco, devendo ser comunicados ao Banco Central os casos ali não previstos, constatados pelos compradores.

Criação e aumento do valor das tarifas bancárias

O aumento do valor de tarifa existente aplicável a pessoas físicas deve ser divulgado com, no mínimo:

  • Quarenta e cinco dias de antecedência à cobrança para os serviços relacionados a cartão de crédito;
  • Trinta dias de antecedência à cobrança, para os demais serviços, inclusive para os pacotes padronizados de serviços prioritários.

A instituição financeira pode passar a cobrar tarifa anteriormente não cobrada, desde que a tarifa esteja prevista na regulamentação, e que exista previsão contratual ou autorização prévia do cliente e sejam obedecidas as regras da Resolução CMN 3.919, de 2010, inclusive as exigências descritas para aumento de tarifa.

Compare o quadro de tarifas cobradas por alguns bancos para o crédito imobiliário:

Caixa Econômica Federal

Banco do Brasil

Santander

Itaú

Bradesco

HSBC

Ao financiar o imóvel os Bancos cobram tarifas para a formalização do contrato de financiamento. Existem  as tarifas como: avaliação do imóvel, análise documental, análise jurídica da documentação, Tarifa de Aquisição à vista com utilização do FGTS e a tarifa de administração/manutenção do contrato.

A tarifa de avaliação é paga para cobrir os custos com a avaliação do imóvel que tem por finalidade definir o valor da garantia e do financiamento.

Nos financiamentos captados com Recursos do FGTS é cobrada a Tarifa de Avaliação do Imóvel, referindo-se a Taxa de Acompanhamento da Operação prevista no Manual do Programa Carta de Crédito Individual do FGTS e destina-se a cobrir os custos com a avaliação do bem.

A tarifa de administração é cobrada mensalmente junto com as prestações do financiamento , com objetivo de ressarcir os custos de administração desse contrato.

É vedada a cobrança de valores não estipulados na tabela de Tarifas do Banco, devendo ser comunicados ao Banco Central os casos ali não previstos, constatados pelos compradores.

Destacamos que não podem ser cobradas tarifas sobre:

  • Liquidação ou amortização antecipada, cancelamento ou rescisão de contratos.

Veja também:

Custos para comprar imóvel

As cobranças mais usadas do crédito imobiliário para pessoa física são:Tarifas cobradas no crédito imobiliário

Gilberto Ribeiro de Melo

Especialista no Crédito Imobiliário

121 COMENTÁRIOS

  1. Assinei o contrato de compra e venda, e perguntei de todas as possíveis taxas e cobranças futuras, todas as informações transparentes. Já foi liberado FGTS para entrada. Agora estou prestes a assinar o contrato com a CAIXA do financiamento, a construtora informou que ao assinar com a caixa, será cobrado um valor de R$ 50,00 ( taxa a vista, taxa cobrada para emissão do contrato) e mais uma taxa R$ 400,00 (à vista referente ao seguro da caixa), pois são “Obrigatórios” e sem isso não seria possível aprovação do contrato. A corretora informou que não sabia de nada disso. Solicite maiores explicações sobre esse 2 valores para a construtora a mesma não retornou o contato, mesmo telefônico, e a caixa não informa que seguro é esse e essa taxa de contrato esta correta. Está tudo certo ???

    • Olá Rodrigo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que quando da contratação existem tarifas e algumas são cobradas na contratação, a denominada taxa à vista, que inclui a primeira parcela do seguro habitacional obrigatório.

      Os valores informados são estranhos. Orientamos a questionar na pagina do Facebook da CAIXA. Eles lhe darão um retorno.
      https://www.facebook.com/caixa/?fref=ts

      Equipe Click Habitação

  2. Boa Noite,
    Gostaria de esclarecer sobre taxas cobradas no ato da assinatura do contrato do financiamento de terreno e construção pela CEF.
    Assinei hoje e levei um susto com o valor cobrado:
    Taxa à Vista R$ 2.142,82 (Esta Taxa pelo que vi é legal e consta na tabela de tarifas, né?), Ela seria um percentual do valor do Financiamento?
    Taxa de Cadastro R$30,00 cada (titular + conjuge)
    Taxa de Complementação de Engenharia R$ 3170,38 – Esta taxa fiquei desconfiada pois o gerente não soube me explicar só disse que eu teria a opção de revertê-la em produtos da caixa, ou seja, 3 seguros de vida na qual ja estavam até prontos para assinatura sendo um no valor de +/- R$2300,00 e outros 2 seguros prestamistas de R$ 310,00 cada. Disse que eu não queria os produtos e ele disse que tudo bem, mas teria que pagar a taxa mesmo assim.
    Como faço para confirmar se esta última taxa é realmente legal, ou se o gerente esta fazendo a venda casada? Liguei no SAC da Caixa e eles não souberam me informar.. Estou perdida por favor me ajudem?
    Obrigada e Parabéns pelo site!

    • Olá Aline

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que esta “tarifa de complementação de engenharia” não existe. Cremos que deva efetivar uma consulta por meio de comentário no facebook.
      A CAIXA tem uma equipe que acompanha e responde os comentários.
      https://www.facebook.com/caixa/?fref=ts

      Caso não seja atendida sugerimos abrir uma Reclamação junto ao Banco Central, com certeza se trata de tentativa de venda casada. Não caia nessa!

      Equipe Click Habitação

  3. Bom dia!

    Preciso de uma ajuda.
    Comprei um imóvel no valor de R$ 220.000,00 paguei R$ 120.000,00 de entrada e estou financiando pelo CEF o valor de R$100.000,00
    O banco cobrou cesta de produtos para abrir a conta e agora marcou a assinatura da minuta de contrato para segunda, porém pediu que levássemos em mãos R$ 3000,00 para pagamento de taxa administrativa referente a 3% do valor financiado sistema FGTS
    isso é devido?
    Obrigado
    Daisy

    • Olá Daisy

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que existe tarifa definida pelo Conselho Curador do FGTS:
      1,5% s/ valor financiamento, sendo: R$400,00-na Entrega da documentação – Valor restante – na Assinatura do Contrato

      O artigo tem link para a Tabela de Tarifas do Banco.

      Sugerimos conversar com seu gerente e verificar.

      Equipe Click Habitação

    • Fiz um contrato de financiamento de obra previsto no cronograma a liberação dos recursos em 6 etapas. A cada mês solicitava a vistoria e o engenheiro vistoriava e ok cobrava 400 reais cada mes. Ocorre q essas etapas já foram concluidas estou providenciando o habite-se o q demora um pouco, porém a caixa continua lançando mensalmente essa tarifa de 400 reais na minha conta. Isso é devido? Não encontro previsão no contrato para essa cobrança. pagar por serviço de vistoria sem ela estar sendo realizada?

    • Olá Alessandra

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a vistoria tem tarifa de R$ 150,00, de acordo com o cronograma da obra.
      Pelo que disse você pedia a vistoria.
      Orientamos a verificar com o gerente da Agência o que está acontecendo.
      Cremos que não deveria ter cobrança sem vistoria realizada.

      Você pode abrir um questionamento pelo facebook, eles costumam entrar em contato (durante a semana) e esclarecer ou orientar:
      https://www.facebook.com/caixa/?fref=ts

      Equipe Click Habitação

  4. Boa Tarde:
    Estou em processo de financiamento pelo BB que já foi aprovado desde final de Setembro.
    Todos os documentos foram entregues (comprador, vendedor e imóvel), a taxa de vistoria já foi paga e o imóvel já foi validado.
    Hoje, a correspondente do banco me informou que a proposta foi aprovada novamente (???) e que se não houver nenhuma pendência tudo estará resolvido até o início de Dezembro.
    Minha dúvida é: nessa etapa, os documentos já foram avaliados pelo jurídico do banco ou não? E o que é avaliado nessa análise jurídica?
    Obrigado.

    • Olá Eduardo

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a documentação é enviada ao Banco para análise da conformidade das informações geradas e cadastradas nos sistemas de avaliação de risco do Banco. Ou seja, vão checar se a documentação apresentada está ok.
      O banco deverá avaliar, juntamente com as documentação pessoais dos envolvidos, a situação do imóvel para saber se ele não possui nenhum problema, garantindo assim a segurança dos processos para ambas as partes.
      Se a documentação estiver correta não se preocupe.

      Equipe Click Habitação

  5. Olá.

    Uma dúvida. Vou construir uma casa, e como parte dos recursos utilizarei o FGTS e o restante com recursos próprios. Fui até uma agencia da caixa para me informar sobre o procedimento para retirada do FGTS e me informaram o seguinte: Tem uma taxa da vistoria do engenheiro para avaliação do imóvel ( no caso o terreno) e posteriormente, terei que pagar uma taxa MENSAL até a averbação do imóvel, por exemplo se a obra demorar 10 meses , terei que pagar mensalmente uma taxa que varia de 400. (Acredito que o atendente inventou isso para não fazer o processo e se livrar). A taxa inicial eu tenho ciência que é cobrada…. Pensa a obra dura 10 meses e durante esse período vou gastar no mínimo 4mil de engenheiro + a taxa de assinatura do contrato que é algo em torno de 4mil) Por que nada é de graça, infelizmente para você retirar o seu FGTS tem custo.
    Gostaria de saber se tem algum procedimento onde está descrito essa TAXA MENSAL para o engenheiro.

  6. bom dia, é obrigatório pagar a taxa de corretagem ? pois quando dei entrada nas papeladas do meu financiamento o corretor não me disse nada disso, ai pesquisei em alguns foruns que essa taxa existe, e não é nada barata!!! dizem que o primeiro financiamento da pessoa de imovel novo é isento de algumas taxas tambem… alguem pode me ajudar? obrigado, bom dia a todos.

  7. Boa Tarde parabens pelo site, um ou o melhor em explicação nas resposta, merecia um Premio!!

    Mas minha duvida é o que seria ”Gihab” liguei pra o engenheiro e ele respondeu q já avaliou e mandou pra ”gihab” demora muito pra passar na caixa e assim ir na agencia? quais proximos passos..aqui no seu aguardo, obrigado..

    • Olá Gabriel

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que GIHAB é a Unidade de Engenharia da CAIXA.

      Cremos que agora, se a documentação já tiver sido totalmente entregue, haverá análise da conformidade dos documentos, a qual tem um prazo de 5 dias.
      Se aprovada a conformidade documental estará liberada a assinatura do contrato junto a agência.

      Equipe Click Habitação

  8. Boa Tarde,

    Estou financiando um apartamento pelo Bradesco. o proprietário tinha um processo, devido à isso o banco está cobrando uma taxa de $2.900 por assessoria jurídica. Isso é legal?

    Obrigado,

  9. Olá boa noite,
    Gostaria de saber de quem é a responsabilidade de pagar a taxa que a Caixa cobra para que o engenheiro faça a avaliação do imóvel antes do financiamento?
    O representante da Caixa quer que nós compradores façamos o pagamento, mas não vejo sentido em pagar pelos custos da venda de imóvel que só será meu se o financiamento for aprovado.
    Sou obrigada a pagar ?

    • Olá Lana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a avaliação do imóvel gera custos ao Banco.
      Todos os bancos cobram a vistoria antecipadamente.
      Assim, avalie se realmente é o imóvel que pretende adquirir e se realmente você tem condições de efetivar o financiamento, pois este custo não será restituído em caso de não aprovação do crédito.

      Equipe Click Habitação

  10. Boa noite.
    Ontem fui assinar o financiamento da Caixa para meu primeiro apartamento e foi me cobrado à parte duas taxas, sendo elas um seguro de vida Multipremiado (R$ 1960,63) e uma taxa chamada “taxas à vista” (R$ 3348,63).

    Por favor, podem me informar se estas taxas são obrigatórias? Obrigada!

    • Olá Patricia

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o seguro de vida multipremiado com certeza não é obrigatório.
      Se não era sua vontade orientamos a abrir um SAC e pedir o cancelamento e devolução de valores.

      A taxa à vista relativa aos serviços de avaliação, análise documental, pesquisas cadastrais, análise jurídica, risco de crédito e contrato é passível de cobrança e consta na tabela de tarifas.
      Todos os bancos cobram.

      Equipe Click Habitação

  11. Financiei um imóvel pela CEF já recebi, quando da assinatura do contrato me informara que as prestações iriam diminuindo gradativamente, ocorre que todo mês ao invés de diminuir faz é aumentar; já paguei 12 meses e só aumenta.
    O que devo fazer, a quem procurar?
    Desde já agradeço a atenção!

    • Olá Antonia

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se você optou pelo sistema de amortização SAC, normalmente o encargo mensal tende a cair mensalmente em função da amortização do saldo devedor.
      O que acontece é que desde 2013 a economia começou apresentar sinais de crise e os juros do mercado financeiro aumentaram.
      Os contratos habitacionais são indexados e tem atualização monetária, de forma idêntica a poupança e a conta do FGTS.
      O índice adotado é a Taxa Referencial – TR, a qual também teve aumento nos índices, prejudicando a amortização do saldo devedor.
      Este mês começou o viés de baixa nos juros (SELIC) e esperamos que isto reflita no índice da TR e por consequência da atualização dos saldos devedores dos financiamentos habitacionais.

      Nos contratos habitacionais (Pós-fixados) existe cláusula de atualização monetária, em geral, o índice constante é a Taxa Referencial – TR. Esse índice influencia na evolução do saldo devedor do contrato.

      Por que a prestação do financiamento pode aumentar?
      Elevação ou a queda dos juros no mercado muda o valor da TR, a qual atualiza o saldo devedor dos financiamentos habitacionais e pode pesar ou aliviar na prestação, quando do seu cálculo mensal, recálculo periódico ou atualização.
      Assim, é possível afirmar que o decréscimo mensal que ocorria em passado recente para os contratos com sistema de amortização SAC era, em parte, decorrente de TR num patamar mais baixo que o atual. Já os contratos com sistema de amortização PRICE passarão a ter recálculos das prestações com maior acréscimos de valores.

      Para entender a evolução do saldo devedor sugerimos a leitura do artigo:
      Como consultar saldo devedor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  12. Boa tarde, estou fechando a compra da minha casa e na sexta-feira irei ate o banco assinar o contrato, mas fiquei sabendo que alem do ITBI tenho de pagar 1,5% para a caixa, me assustei, pois o imovel esta avaliado em R$ 217.000,00 com R$ 44.000,00 de entrada e financiamento do restante de R$ 173.000,00 de financiamento, como estou no PR sei que o ITBI gira em torno de 2,7 sobre o valor avaliado, ME AJUDA, o que seria esse 1,5% pois não estava contando em pagar alem de 5.425,00 DE ITBI mais 1,5% sobre o valor do imóvel ou financiado? Enfim me ferrei, me ajuda ai com a explicação.

    • Olá Jonathan

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se trata da taxa de contratação, que inclui a vistoria, analise documentação, jurídica e contrato. Todos os bancos cobram.
      Seu corretor ou quem lhe atendeu deveria ter lhe informado.

      Para saber os custos da compra de imóvel sugerimos a leitura do artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

    • Olá Júnior

      Boa Noite!

      Será sobre o valor do financiamento. Assim, sugerimos conferir com o gerente ou Correspondente que está lhe atendendo o valor do financiamento que constará no seu contrato.

      Equipe Click Habitação

  13. Bom dia !

    Um imóvel de R$ 150.000,00, o valor liberado como financiamento pela caixa foi de R$ 112.000,00, sendo o restante em Subsidio, FGTS e Entrada no valor de R$ 38.000,00.

    Gostaria de saber se a taxa de 1,5% é cobrada sobre o valor total do imóvel, ou apenas sobre o valor liberado pela caixa ? Já foi pago R$ 400,00 para avaliação do imóvel.

    • Olá Júnior

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a tarifa definida pelo Conselho Curador do FGTS é de 1,5% sobre o valor do financiamento.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Sueuda

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que desconhecemos banco que financiei a taxa de avaliação.
      Alguns financiam as despesas de registro e ITBI. Verifique com seu Banco.

      Equipe Click Habitação

  14. efetuei a compra de um imóvel, mediante carta de crédito de uma cota contemplada de um consórcio de imóveis do banco do Brasil. já fazem 3 meses, paguei as taxas da prefeitura, cartório e agora o banco descontou de minha conta o valor de R$ 1.340,00 (pgto. analise jurídica), não fui informado sobre esta taxa e ao questionar o gerente o mesmo me informou que é uma taxa cobrada nas transações imobiliárias, esta informação procede? é licita essa cobrança? Obrigado!!!!

    • Olá Marcos

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que todos os bancos cobram tarifa relativa contratação/análise/avaliação de financiamento.
      Provavelmente é a mesma tarifa, mas o Consórcio deveria ter lhe avisado.

      Sugerimos questionar ao Consórcio e se não for atendido abra uma Reclamação junto ao Banco Central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  15. Bom dia,
    Comprei junto com meu marido um APT ano passo pelo financiamento da caixa econômica.
    Já fizemos mais de 1 ano pagando o financiamento e a minha dúvida é referente a taxa de administração que o banco cobra todo mês. Essa taxa é obrigatória até o fim do financiamento?

    Desde de já agradeço
    Claudiane

    • Olá Claudiane

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a cobrança da taxa de administração está prevista na Resolução CMN 3.932/10. Assim, se estiver na tabela de tarifas do banco ele poderá cobrar durante todo o financiamento.

      Veja detalhes no artigo:
      SFH – Condições de financiamento

      Para diminuir os custos finais do contrato, quando e se puderem façam a amortização para redução do prazo, para minimizar o numero de meses com pagamento de seguros e taxas. Veja no artigo:
      As vantagens de amortizar com redução do prazo

      Equipe Click Habitação

  16. Boa Tarde . Pedi um finaciamento no valor de R$ 250.000,00, de um imovel avaliado em 500.000,00 e o gerente na assinatura do contrato me pediu um deposito de R$ 7.000,00 na conta que já foi aberta na CEF , e alegou que seriam as taxas desse finaciamento. Não estamos usando FGTS. Financiamento Habitacional pessoa juridica. Gostaria se isso procede, pois pelo que vi seria o valor de 1,5% sobre o valor financiado. Voces poderiam me ajudar?

    • Olá Ana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a tarifa de contratação para recursos do FGTS é 1,5% do valor do financiamento.
      Para recursos da poupança (SBPE) é um pouco diferente. Verifique na tabela de tarifas, se for o caso.

      Cremos que o pedido do valor é relativo a abertura da conta e não relativa a tarifa do financiamento. Veja com seu gerente.

      Você terá outros custos. Veja no artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

  17. Ola,
    Eu e minha esposa estamos passando o verdadeiro calvário com o Bradesco.
    Assinamos um contrato no dia 15/09/2016, onde após isso estamos correndo com Imposto e Registro.
    Ocorre que o Bradesco só libera o valor do financiamento ao vendedor (pessoa que comprei o imóvel) após o registro.
    Todavia, o banco já emitiu a primeira parcela para vencimento em 15/10/2016, mesmo não sendo liberado ainda o valor. Nesta parcela temos a amortização, juros, seguro, taxa administração, etc.
    Como podem cobrar a parcela sem mesmo terem efetivamente liberado o empréstimo?
    Como cobrar juros de um valor ainda não liberado?
    Pelo pouco que entendo, isso é um verdadeiro caso de enriquecimento sem causa.
    Gostaria de saber se esta cobrança “antecipada” de uma parcela sem ter sido liberado o dinheiro é lícita. Pra mim é totalmente descabido e ilegal.
    Por favor me deem uma luz.

    Agradeço desde já

    • Adriano,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      O processo de liberação do valor do financiamento após o registro é praxe de todos os Bancos conforme norma do Banco Central.
      Isso porque é uma forma do comprador efetivar o registro no cartório, que é a garantia do Banco para o financiamento.
      Geralmente o registro no Cartório ocorre em 30 dias, portanto vai vencer a primeira prestação.
      Porém o fato de liberar o recurso não tem nenhum vínculo com a cobrança de prestação, uma vez que o contrato do financiamento já está vigente e a prestação vence 30 dias após a assinatura (geralmente).
      Até porque o valor do financiamento é liberado ao vendedor e o pagamento de prestação é uma obrigação do comprador.

      Equipe Click Habitação

  18. Olá, foi aprovado o financiamento na caixa econômica federal conforme afirmou a assessoria. Já assinei o contrato com a construtora, que mais o meu FGTS parcelou o restante da entrada. Estou aguarodando ser chamada na Caixa para assinar o contrato de financiamento. Corre algum risco nesse meio tempo de o banco negar meu financiamento? Se sim, por qual motivo. Obrigada!

    • Olá Jéssica

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que haverá análise da documentação apresentada e jurídica por parte da conformidade do banco.
      Poderá ser exigido algum documento complementar ou algum esclarecimento, se necessário for.

      Equipe Click Habitação

  19. Boa tarde,

    Estou fazendo um financiamento caixa na compra de um apartamento usado. A correspondente me falou sobre uma “taxa a vista” , que seria de 2,5% sobre o valor do empréstimo. Eu achei estranho, esse valor tão alto. Olhei as tarifas da caixa e a maior taxa que vi foi de 1,5% sobre o valor do empréstimo. Gostaria de saber qual o valor real e se esse valor vem direto da caixa ou a corresponde tem poder para aumentá-lo?

    • Olá Eugênia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se o financiamento for com recursos do FGTS, ou seja, por meio do Programa Carta de Crédito FGTS a tarifa estipulada pelo Conselho Curador do FGTS é de 1,5% sobre o valor do financiamento.

      Agora se for com recursos de poupança (SBPE) não há regra e o valor deve constar na tabela de tarifas do Banco.

      Orientamos a efetivar uma reclamação por SAC no site do Banco, se for o caso.

      Equipe Click Habitação

  20. Olá.
    Tentei financiar um imóvel pelo BB pelo pro cotista. O imóvel não foi aceito como garantia e debitaram quase R$ 4.000,00 da minha conta sem avisar nada. Debitaram antes mesmo de avisar que o imóvel não foi aceito. Entendo ter que pagar pela vistoria do imóvel, pelo trabalho do engenheiro, enfim. Ocorre que como o imóvel não foi aceito, não houve financiamento, esse valor não é abusivo? O que posso fazer para recebê-lo de volta?

    • Olá Juliana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Orientamos a solicitar a devolução ao banco ou pedir a isenção na próxima avaliação de imóvel.
      Caso não haja acordo sugerimos procurar o PROCON.

      Equipe Click Habitação

  21. Olá gostaria de tirar umas dúvidas pois sei que voces estão são bastante solicitos e esclarecedores.

    Uma consultoria ligada a construtora que adquiri meu 1 movel me passou algumas taxas que estou na dúvida se são coerentes. O Imovel que adquiri possui valor total de 285mil e vou financiar 210mil sendo 10mil pelo FGTS (A Caixa foi o banco patrocinador da obra). Estou usando o plano Pro-Cotista. Segundo essa consultoria a taxa com despesas de documentoes apenas da CEF sairá em 5mil reais. Além disso gastarei em torno de 4% do valor do imovel com cartorio R$ 11500,00. Imovel é de Santo Andre – SP. Alem disso disseram que por ser Plano Pro Cotista, nao posso usar diluir esses valores nas prestaçoes do financiamento. Resumo da opera, pagarei quase 15 mil reais nisso. Está coerente? Me ajudem por favor.

    • Olá Mario

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existem diversas despesas para contratação do imóvel.
      Os custos podem variam de 3% a 7% do valor do imóvel.

      Somente a tarifa de contratação do produto Pró-cotista é 1,5% do valor do financiamento.
      O ITBI varia de cidade para cidade. Verifique a alíquota na sua cidade.
      Os custos Cartorários variam de Estado para Estado.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

  22. Olá! Enviei meus dados através de um site que faz o intermédio com bancos parceiros para financiar 70 mil reais, com bem como garantia. No site, é informado que este cadastro é encaminhado para estes bancos e, os mesmos entrarão em contato com propostas.
    Pois bem, um dia depois vejo debitado em minha conta, o valor de 3.000,00 pelo Itaú, um dos bancos no qual tenho conta. Pergunto, sem ter recebido nenhuma informação sobre tarifas, valores, etc, esta cobrança é legal?
    Como posso recorrer? Banco Central, boletim de ocorrência?

    • Olá Maria

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Muito estranha a situação.
      Se não foi de sua vontade orientamos a reclamar preliminarmente junto ao seu gerente ou SAC do banco.
      Caso não seja atendida sugerimos efetivar uma reclamação junto ao banco central. Veja no artigo:
      Reclamações Banco Central – Canais de atendimento

      Equipe Click Habitação

  23. Olá boa tarde, gostaria de saber se o Banco Caixa pode me cobrar alguma tarifa na conta corrente que só foi aberta para pagar a prestação das parcelas do imóvel dentro do programa Minha casa minha vida via débito, onde a movimentação é para depósito de valores e débito com cartão. Obrigada.

    • Olá Isabela,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Esclarecemos que a abertura e manutenção de conta possui tarifas como qualquer outra conta em qualquer Banco.
      O débito em conta da prestação do financiamento é para trazer facilidade e agilidade no pagamento.
      Caso não concorde com essa cobrança, sugerimos verificar a possibilidade de cancelamento, ou mesmo trocar a conta de débito para poupança.

      Equipe Click Habitação

  24. Ola! O santander me cobrou 2880 alegando avaliação de garantia.
    Gostaria de saber quanto a legalidade dessa cobranca..
    grato

    • Olá Ayrton

      Boa Noite!

      Esclarecemos que não existe tabela de tarifas para avaliação de garantia para produtos de mercado.
      O valor cobrado deverá estar na tabela de tarifas do Banco.

      Somente para financiamento com funding do FGTS o Conselho Curadora estabelece limite de 1,5% do valor do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  25. Estou iniciando o processo de compra de um apartamento e irei financiar 90% do valor do imóvel. Sou servidor público e o financiamento será pela CEF. Não tenho FGTS. A Correspondente da CEF me passou um valor que tenho que pagar pra CEF correspondente a 1,5% do valor do imóvel ou do valor financiado. Pelo que li aqui esta informação está incorreta não é mesmo? Se eu não utilizar FGTS a tabela é outra?

    • Olá Emerson

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não importa se você vai usar FGTS ou não.
      O importa é a linha de crédito que vai usar, se a origem dos recursos for do FGTS: Minha Casa Minha Vida ou Carta de Crédito FGTS a tarifa será de 1,5% do valor do financiamento.

      Se for com recursos da poupança (SBPE) é de R$ 2.500.

      Veja na tabela de tarifas cujo link consta no artigo.

      Equipe Click Habitação

  26. Olá, paguei R$ 400,00 reais referente a uma avaliação do engenheiro. Segundo a corretora apos essa avaliação seria liberado um crédito de financiamento na Caixa de R$123.500,00. Contudo, todo esse valor não foi aprovado e a aquisição do imóvel não foi concluida. Gostaria de saber se a cobrança desse valor está correta, e se esse valor pode ser devolvido, tendo em vista que não houve a compra do apartamento?

    • Olá Thaysa

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que este tipo de tarifa não é devolvida pelo banco, considerando que foi contratado e pago profissional para efetivar a avaliação.

      Sugerimos verificar o motivo da rejeição e verificar o que é possível fazer.

      Equipe Click Habitação

  27. Boa noite, minha duvida parecida com as que li, acredito estar esclarecida.Mas mesmo assim vou escrever.Financiamento esta aprovado na caixa e a Gerente nos forcando a autorizar o debito de R$4100,ja paguei valor de R$400 referente a vistoria de engenharia,num primeiro momento ela me ofereceu seguro,neguei e mesmo assim ela diz que tem que fazer o debito dos R$4100.
    1.5% avaliacao de bens sobre R$170.000,00 financiados R$2550.00.Este contrato vale como escritura.Ela disse que tenho que pagar taxa de cadastro disse ser 60 reais, e vi no link 30 reais.
    Fazendo as contas. 2550-400=2150 +30 reais de cadastro. Devo pagar na assinatura R$2180.Esta correto?

    • Olá Juliana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que o débito em conta deve ser sempre uma opção do comprador e deve ser para comodidade do cliente.

      Com relação as tarifas não localizamos a citada tarifa de cadastro citada, pois cremos já estar inclusa na tarifa de avaliação de bens.

      Equipe Click Habitação

  28. olá bom dia…. Equipe. estou comprando um imovel em fortaleza. valor de 160.000 reaiss. irei financiar 115.000mil pela caixa economica. estou com duvida é justamente nas informações que o correspondente imobiliário me passa. ele me diz que irei ter gasto de:
    –> 400 reais da engenharia – ok correto concordo
    –> 0,5% e 2,0% do itbi – que faz referente ao valor financiado e o valor de entrada. – ok correto concordo
    –> 2500 referente a uma taxa da caixa. o qual ele me cobra 2.500 reias. porem nao deixa claro: diz que está incluso 1200 reais da escritura caixa + pacote cesta…
    –> cartório 4%. sendo 50% de desconto para minha primeira aquisição.

    Minha duvida é justamente nessa taxa caixa! pois nao consigo entender esses valores !!! o correto teria que pagar o seguro e um pacote cesta apenas que não passa de 1300 reais.

    me expliquem por favor???

    • Olá Abraahão

      Bom dia! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Existe uma informação errada passada pelo Correspondente. O valor de avaliação da engenharia é de R$ 2.500,00. Os R$ 400,00 é cobrado como entrada da taxa.
      O restante você deve pagar no ato da assinatura.

      Confira na tabela de tarifas da CAIXA na página 17.

      Equipe Click Habitação

  29. Boa tarde, gostaria de saber se quem tem conta salário na CAIXA pode ser isento da tarifa de 1,5 por cento sobre o valor financiado, é que ja assinei o contrato e até agora ainda não teve cobrança, a primeira parcela será paga em setembro. Tenho medo de ser cobrada em algum momento em que não tenha o dinheiro.

    • Olá Amanda

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se não houve a cobrança a mesma deverá ser efetivada no encargo mensal seguinte.
      Desconhecemos qualquer isenção.

      Equipe Click Habitação

  30. Olá, bom noite.
    Gastaria de saber qual o valor que o banco deve cobrar pelo engenheiro que vistoria o imóvel. Existe alguma porcentagem que deve ser seguida ou varia de banco para banco?!. Grata.

    • Olá Karol,

      Bom Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Para as operações de mercado cada banco pode disciplinar e estabelecer os valores, ou seja nas operações com recursos do banco ou da poupança.
      Já nas operações com recursos do FGTS o valor é disciplinado pelo Conselho Curador do FGTS: 1,5% do valor do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  31. Boa noite, estou fazendo um financiamento imobiliário na caixa econômica no plano minha casa minha vida, valor financiado de 90.000 reais. Ontem o corretor me informou, que eu teria que levar 2.100 reais para despesas de taxas,,,, pedir a descrição das taxas para o gerente da agência ele disse que eu tinha que ver com corretor. Gostaria de saber quais são as taxas obrigatória que tenho que pagar no ato da assinatura do contrato, pois estou suspeitando de venda casada.

    • Olá Fernando,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Na contratação, você deve pagar a taxa de avaliação do imóvel que corresponde a 1,5% do valor do financiamento e análise da operação.
      Porém sugerimos abrir SAC para ter por escrito exatamente as taxas e valores da operação a serem pagos afim de evitar outras cobranças.

      Equipe Click Habitação

  32. Boa tarde! Parabéns pelo site! Dei entrada em um correspondente bancário minha documentação para financiamento de um imóvel usado, após avaliação do crédito que segundo eles estava aprovado paguei a taxa de avaliação da engenharia e agora me disseram que devo esperar de 5 a 7 dias úteis para autorizar o uso do fgts? Demora isso tudo mesmo? E após isso qual é a próxima etapa, só aguardar o contrato? Após mandarem tudo para a conformidade ainda corre o risco de não aprovarem e etc? E por fim para eu comprar um imovel junto a minha noiva obrigatoriamente teriamos ja de ter casado ou ter algum documento de uniao estavel? Muito obrigado.

    • Olá Rodrigo

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o débito dos valores do FGTS demoram até 5 dias para o ressarcimento do valor ao Banco. Mas, em geral o valor fica disponível em 3 dias úteis.

      Se a documentação estiver correta e conforme não haverá problema na aprovação do financiamento para assinatura.
      A CAIXA aceita a composição de renda entre solteiros, outros bancos tem critérios próprios. Veja no artigo:
      Compor Renda para financiamento imobiliário

      Equipe Click Habitação

  33. Bom dia ,estou adquirindo um imovél porem me surgiu uma duvida e correto o corretor e que tercerizado pela imobiliara cobrar taxa para passar a documentação para o banco isso eu que devo pagar ou a imobiliaria pois e uma terceirado pela propria imobiliaria.

    Att,
    Jéssica

    • Olá Jessica

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se o Terceirizado for Correspondente Bancário do Banco não deve pagar, pois quem pagará será o Banco.
      Em caso de dúvida sugerimos consultar o PROCON.

      Equipe Click Habitação

  34. Boa tarde! A taxa cobrada pelo conselho curador do FGTS pode ser parcelada ou tem que ser em espécie no ato da assinatura do contrato de financiamento? Abraço!!

    • Olá Roberto

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a tarifa é autorizada pelo Conselho Curador do FGTS, mas a tarifa é receita do banco. Assim, cremos que não há parcelamento. Alguns bancos possibilitam incluir as despesas de registro e ITBI no financiamento. Verifique esta possibilidade com o Banco.

      Sugerimos a leitura do artigo sobre os custos no financiamento:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

  35. Boa tarde!

    Hoje me ligaram falando que saiu a autorização de assinatura do meu contrato com a Caixa, e solicitaram que leve 500 reais em espécie para pagamento de despesas bancárias com o contrato.

    Isso é correto? Acho um absurdo e se eu não tiver?

    Sds

    • Olá Gabriela

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a compra de imóvel tem diversos custos. Assim, você deverá reservar cerca de 3% a 6% do valor do imóvel para pagamentos.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Informamos que se você não pagar as tarifas o banco não liberará o crédito do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  36. Boa noite!
    Fiz um financiamento pela caixa, terreno mais construção e me informaram que durante o periodo da construção tenho que pagar todo mês vistoria do engenheiro da caixa.
    Essa cobrança é devida?

    • Olá Marcio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a vistoria do engenheiro na construção deve ser compatível com a liberação de recursos e a programação da obra.
      Sem a vistoria do engenheiro não haverá liberação de recursos para construção. A visita do Engenheiro precisa ser remunerada e faz parte dos custos de financiamento para construção.
      Na Tabela de Tarifas do banco consta a tarifa pelo serviço de vistoria do engenheiro credenciado.
      Taxa de Reavaliação de Bens Recebidos em Garantia – Na Fase de Construção (vistoria).

      Equipe Click Habitação

  37. gostaria de saber que alem de pagar as prestaçoes do financiamento do imovel (depois da entrega da chave) ainda tenho que pagar por um pacote de tarifa mensal e qual e o valor correto a ser cobrado pois no meu caso pago 50 reais

    • Olá Bruno

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que existem tarifas do financiamento habitacional e tarifas bancárias.

      Pelo que disse, essa tarifa de R$ 50 é uma tarifa bancária relativa a manutenção da conta corrente com o Banco. Você não é obrigado a abrir conta no banco.
      Mas, muitas vezes em função de relacionamento o banco oferece condições especiais para quem abre conta e faz débito automático, compra cartão e faz cheque especial. Assim, verifique se é este o caso. Muitas vezes a redução nos juros do financiamento habitacional vale a pena a manutenção da conta.

      Você pode escolher um pacote de conta mais barato, se for o caso.

      Sugerimos a leitura do nosso artigo:
      Compare o Custo Efetivo Total – CET

      Equipe Click Habitação

  38. Bom dia. Estou financiando a construção em meu terreno pelo MCMV na Caixa. E me surgiu uma duvida, o valor do imóvel ficou em R$145.000,00 , prazo 360 meses, subsídio de R$7.140,00, entrada no valor de R$70.000,00 e valor do financiamento R$67.860,00 , totalizando o valor dos R$145.000,00. JÁ PAGUEI A TAXA DE R$400,00 REFERENTE A AVALIAÇÃO DO ENGENHEIRO. NO ATO DA ASSINATURA DO CONTRATO PAGAREI 1,5% EM CIMA DO VALOR FINANCIADO R$67.860,00? OU SOBRE O VALOR DO IMÓVEL R$145.00,00?

    AGUARDO RESPOSTA…

    ATT

    ANDRESSA

    • Olá Andressa

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que conforme consta na tabela de tarifas da CAIXA:
      1,5% s/ o valor liberado. Assim entendemos que deverá ser sobre o valor do financiamento

      Equipe Click Habitação

  39. Gostaria de saber se a caixa coloca no valor total financiado os custos com o registro do imóvel.
    também qual a média de tempo para começar a pagar a primeira parcela.
    Outra dúvida seria sobre o engenheiro que avaliará o imóvel, este é pago pelo comprador?

    • Olá Marcia,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Com relação aos seus questionamentos, temos a informar:
      – a caixa coloca no valor total financiado os custos com o registro do imóvel? Sim, existe a opção de financiar as custas com o cartório e ITBI. Mas você deve pedir essa opção logo ao dar entrada no pedido de financiamento.
      – qual a média de tempo para começar a pagar a primeira parcela? a regra geral é de 30 dias após a assinatura do contrato. Você pode no ato da assinatura já solicitar alteração do vencimento, para adequar ao dia de seu recebimento.
      – Outra dúvida seria sobre o engenheiro que avaliará o imóvel, este é pago pelo comprador? Sim, é pago pelo comprador, mesmo que haja desistência do financiamento.

      Equipe Click Habitação

  40. Olá. Minha mãe esta finalizando um financiamento imobiliário pela Caixa no valor de R$160.000,0 sendo uns trinta e pouco de entrada, usando o FGTS também. Gostaria de saber se é legal a cobrança de taxa de avaliação do imóvel e analise jurídica? Pois estão cobrando da minha mãe, sendo que ligaram avisando um dia antes p ela comparecer na Caixa e levar R$2.000,000 para pagamento de taxas. Ela só tem dinheiro para pagar a documentação e não para essa “taxa”. Como devemos proceder?
    Grata!

    • Olá Letícia

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click habitação.

      Esclarecemos que nas operações com lastro do FGTS o Conselho Curador do FGTS autoriza a cobrança de taxa de 1,5% do valor do financiamento pelo Banco.

      Lembre-se que além desta taxa ainda tem: ITBI e custas de Cartório. Além de mudança, móveis, etc.

      Orientamos a verificar se o Banco não aceita financiar parte destes custos junto com o financiamento.

      Para saber os custos de um financiamento veja no artigo:
      Custos para comprar imóvel

      Equipe Click Habitação

  41. Boa noite!!! Estou iniciando um processo de financiamento pela modalidade Pro-cotista no Banco do Brasil e não me sinto segura nas informações passadas. Peço o seu apoio em informar as taxas que são, efetivamente, cobradas nesta modalidade. Em relação a taxa de avaliação fui informada que será cobrado o valor de $ 2500, o que achei muito alto. Seria realmente este o valor? Não seria um percentual em cima do valor financiado?

    Uma coisa que achei um absurdo é o fato da avaliação ser feita ao mesmo tempo que o parecer jurídico. Não deveria ser a última coisa, já que pode haver algum impedimento jurídico no imóvel? Além disso, me falaram que a taxa de avaliação pode ser cobrada todas as vezes que a vistoria for reprovada por alguma razão. É isso mesmo?

    Por último, posso utilizar o FGTS para amortizar o financiamento já no segundo mês? Informo que nunca utilizei o FGTS.

    Grata.

    No aguardo.

    • Olá Laise,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Informamos que a tarifa para Pró-Cotista é de 1,5% do valor do financiamento, esta tarifa é estipulada pelo Conselho Curador do FGTS.
      Avaliação de Bens Recebidos em Garantia – FGTS, PMCMV e Pró-Cotista (Tarifa incidente sobre o valor financiado) – 1,5%
      (22) Tarifa cobrada para viabilizar a contratação de proposta de financiamento imobiliário pessoa física nas linhas de crédito específicas, conforme previsto no Manual de Fomento Pessoa Física do FGTS. Fonte: Tabela de tarifas do BB.

      Você poderá utilizar o FGTS na entrada para diminuir o valor financiado e posteriormente no financiamento poderá utilizar após o registro do contrato no Cartório de Registro de Imóveis. Veja nos artigos:
      Pró-cotista: O que é? Como funciona?
      Quantas vezes posso usar o FGTS no financiamento?

      Equipe Click Habitação

  42. Fiz um financiamento com a caixa, só depois de um mês que a caixa começou a cobrar a taxa de assinatura de contrato junto com a minha fatura, no valor de 2038,00 reais, isto e certo? sendo que na assinatura não me falaram nada???

    • Olá Douglas,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Existem tarifas que são cobradas na data de assinatura conforme informado no artigo. Os valores devem ser informados sim com antecedência, tanto pelo correspondente bancário quanto pela Banco.
      Alguns Bancos, quando não recebem a vista da data de assinatura, efetuam a cobrança na data de pagamento da 1ª prestação.
      Sugerimos entrar em contato com o Banco, para averiguar se este valor realmente se trata dessa tarifa. Se não for atendido sugerimos abrir um SAC.

      Equipe Click Habitação

  43. Estou financiando um apartamento junto a Caixa Economica Federal pelo programa Minha Casa Minha Vida. Fui aprovada no financiamento, negociei as taxas e valores de entrada com a construtora, contudo me chamaram agora para assinar o contrato com a caixa econômica federal e estão me cobrando, além das taxas de cartório e escritura, um valor de R$ 600,00 em contratação de serviços com o banco (que deverá ser levado em dinheiro no dia da assinatura do contrato) e me disseram que é obrigatório essa taxa para que eu possa assinar o contrato, bem como abertura de conta corrente (com limite, taxas e cartão de crédito). Gostaria de saber se isso é legal e está correto? Sou obrigada a contratar esses serviços? Eles podem vetar meu contrato e aprovação por causa disso?

    • Olá Adriana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que todo financiamento existe a taxa de contratação pelo banco. Isto deveria ter sido explicado desde o início da compra. No caso do Minha casa Minha Vida é inclusive autorizada pelo Conselho Curador do FGTS. Esta taxa paga todas as despesas do banco com o elaboração do contrato, pagar o engenheiro que faz a vistoria e outras despesas.

      Avaliação de Bens Recebidos em Garantia – 1,5% s/ valor financiamento, sendo: R$400,00-na Entrega da documentação Valor restante – na Assinatura do Contrato.
      Esta cobrança está prevista na tabela de tarifas da CAIXA, conforme link que consta no artigo.

      Equipe Click Habitação

  44. Assinei contrato imobiliário dia 28/04/2016, na agência me informaram que a construtora, depois do registro do contrato, entraria em contato comigo para entregar minha via. No cronograma de pagamento as parcelas começariam dia 10/05, houve um débito de taxa de manutenção de contrato no valor de R$22,00 em dia diferente deste e agora tem programado para o dia 10/06 o mesmo valor. Na agência e no SAC não sabem me explicar, gostaria de tentar entender se além dessa existem outras taxas a serem cobradas, se me avisarão com antecedência e quando realmente começaria a pagar as parcelas do financiamento.

    • Olá Luana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Entendemos que o valor que está sendo cobrado de sua conta é a manutenção da conta corrente e não tem relação com o financiamento.
      Orientamos a conversar com seu gerente do Banco.

      Equipe Click Habitação

  45. Desistir de financiar com o Banco Santander. Temos email dizendo que a tx de avaliação seria cobrado após assinatura do contrato. O que não ocorreu. E agora o bco debitou a tx em minha conta corrente. O que eu faço? ?
    Não assinei contrato.
    Temos email dizendo que essa taxa seria cobrado após assinatura. Questionei com o banco e eles dizem que a tx é devida. O que fazer?

    • Olá Ana Débora

      Boa Noite!

      Esclarecemos que é normal os bancos cobrarem antecipadamente a avaliação dos imóveis, pois existe o pagamento ao engenheiro, independentemente de contratação ou não do financiamento.

      Se existe esta informação de que a cobrança seria posterior orientamos consultar o PROCON sobre quais providências a adotar.

      Equipe Click Habitação

  46. Pode um banco cobrar tx de avaliação de imóvel. Mesmo sem ter sido assinado o contrato do financiamento? ???

    • Olá Ana Débora

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que a maioria, se não a totalidade dos bancos, cobra antecipadamente a avaliação do imóvel.
      Lembramos que os bancos tem de pagar o valor aos engenheiros, assim a cobrança é normal no mercado imobiliário.

      Equipe Click Habitação

  47. Adquirimos um apto na planta. E quando da entrega nos foi passado que se fizessemos o financiamento habitacional com o bco Santander. (Que é o financiador da obra). Teríamos a vantagem de receber logo as chaves.
    Bem passamos toda a documentação para o referido financiamento. Só que era pra ser mais rápido demorou muito. E as txs tmb estão maiores que na CEF. Tivemos que abri uma conta corrente a 4 meses atrás. Estamos pagando um seguro obrigatório. E devido à demora. Resolvemos cancelar o processo de financiamento junto ao Santander e fazer em outro bco. SÓ QUE ESTÁ SENDO COBRADA. JÁ FOI DEBITADA NA CONTA CORRENTE. QUE ESTÁ NEGATICA INCLUSIVE A TX DE AVALIAÇÃO DE CADASTRO.
    TENTAMOS QUESTIONAR QUE O VALOR É INDEVIDO POIS TEMOS EMAIL DA NEGOCIACAO ONDE CONSTA QUE ESSA TX
    SERIA DEBITADA EM CONTA DEPOIS DA ASSINATURA DO CONTRATO. O QUE NÃO OCORREU.

    O BANCO SANTANDER INSISTI QUE É DEVIDA. E QUE A PESSOA QUE NÓS INFORMOU DA COBRANÇA POSTERIOR A ASSINATURA NÃO ESTÁ MAIS NO BANCO.
    O QUE DEVO FAZER?
    .

    • Olá Ana Débora,

      Boa Noite!

      Considerando as informações orientamos a procurar o PROCON para verificar o que pode ser efetivado no seu caso.
      Eles poderão analisar a documentação e dar um posicionamento mais preciso.
      O seu caso exige uma uma análise da documentação.

      Equipe Click Habitação

  48. Boa Tarde, estava com o uma proposta de financiamento em andamento na Caixa desde janeiro, já estava tudo ok (imovel avaliado, documentação entregue) e estávamos apenas aguardando a finalização do processo e assinatura do contrato, porém não foi finalizado o processo por falta de verba da linha pró-cotista, devo pagar as taxas sobre o financiamento? O que pode ser cobrado?

    • Olá Ana

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Se você não fechou o financiamento cremos que não deva efetivar pagamento de tarifa alguma.
      Na dúvida procure o PROCON.

      Equipe Click Habitação

  49. Estou financiando um imóvel, e o rapaz da Caixa me ligou dizendo que eu teria que comparecer na Agencia levando R$ 1.400,00, para assinar o contrato. Não sei para que esse valor, e se forem de taxa o que se refere . Obrigado!

    • Olá Junio,

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que deve se trata da tarifa Avaliação de Bens Recebidos em Garantia – 1,5% s/ valor financiamento, sendo: R$400,00-na Entrega da documentação. Valor restante – na Assinatura do Contrato.

      Esclarecemos que o Correspondente Bancário ou gerente da agência deveriam ter lhe explicado. Lembramos que existe uma link para a Tabela de tarifas dos principais bancos do mercado imobiliário.

      Equipe Click Habitação

  50. Estou comparando um imóvel, no valor de 100.000,00 pela Caixa Economica Federal. Estarei financiado 80.000,00 e 20.000,00 de entrada sendo 7.200,00 de FGTS e 12.800,00 em dinheiro. Meu financiamento será ” Carta Fundo” . Você sabe quanto que pagarei de Taxa a vista? E quais outras taxas pago para o banco?

    • Olá Matheus

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que no artigo consta um link para a Tabela de tarifas dos principais bancos que fazem crédito imobiliário, inclusive da CAIXA.

      Localizamos: Avaliação de Bens Recebidos em Garantia – 1,5% s/ valor financiamento, sendo:
      R$400,00-na Entrega da documentação – Valor restante – na Assinatura do Contrato

      Orientamos a perguntar ao Correspondente Bancário ou gerente que está lhe atendendo sobre o que e quanto será cobrado. É um direito seu.

      Equipe Click Habitação

  51. Bom dia!!!

    tenho uma dúvida!

    Meu crédito foi aprovado dia 22/03 no dia24/04 fui assina os formulários para enviar para conformidade, ja houve o saque do fgts . Mais agora fui mandada embora.. será que ainda posso perde financiamento?

    • Olá Luana

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o banco sozinho não tem como verificar o acontecimento. Cremos que não haverá problemas para a assinatura do contrato.

      Lembramos que agir com prudência e planejamento financeiro visando passar por esta fase com sucesso.

      Equipe Click Habitação

  52. Ontem fui assinar a papelada, durante o atendimento a gerente da Caixa me disse que eu teria que pagar um seguro de vida, até ai ok, quando ela me mostra o valor ….R$2.000, rss eu disse ..nossa muito caro, e ainda teria que pagar a vista, assinei com aquela dúvida na cabeça, porque nesse momento eu estava nervoso, por adquirir um dívida tão longa,.. enquanto ela fazia coisas no computador ,,, dei um google no meu celular e li que isso não era obrigatório, pensem num cara nervoso, questionei se eu era obrigado a adquirir esse seguro, ela fecha a cara e diz que não, mas que existe uma comissão julgadora na caixa, que pode ver isso como uma coisa ruim e impactar até na liberação do financiamento, Isto tudo depois do crédito já liberado e fundo debitado, e que devido a minha profissão de risco rs ( comissário de bordo) o seguro era indicado. *(risco é viver no Brasil)
    Eu me considero uma pessoa esclarecida e quase cai numa venda casada, imagina quem não lê nada, aliás já li e reli este site completo e deixo este texto para alertar os futuros compradores a se informarem sempre. Bons imóveis a todos.

    • Olá Michel

      Boa Noite!

      Parabenizamos pelo sua compra e lamentamos o ocorrido.

      Orientamos a abrir um SAC no site do Banco, reclamar e pedir providências.

      Equipe Click Habitação

  53. click habitação boa tarde , efetuei a compra de um imovel por 160.000 mil, mas o imovel foi avaliado em 175.000 mil fui informado que devo pagar de custas com documentação o valor de 12,500 reais ?
    gostaria de saber se esse valor está correto?
    forma de pagamento = 3000 de entrada em dinheiro + 31000 fgts + 126.000 financiado pela caixa (SFH) = 160.000 totais / esse é meu primeiro imóvel – e no meu financiemanto aparece que eu sou pro-cotista.
    Estou com duvida em relaçao aos valores pois todos os calculos que eu faço não é equivalente ao que é me cobrado.

    grato

    • Olá Thiago

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Pelo visto você deve estar falando de custos diferentes, pois você terá o custo de contratação com o Banco, que consta na Tabela de Tarifas do Banco. No programa Pró-cotista a tarifa deverá ser de 1,5% do financiamento. Para isto consulte a Tabela de Tarifas do Banco no artigo.

      Existem outros custos como registro do contrato no Cartório (este varia de Estado para estado) e do ITBI que varia de município para município.
      Sugerimos a leitura do nosso artigo sobre custos para comprar imóvel:
      Custos para comprar imóvel

      No artigo para você consultar as custas de cartório no seu Estado.
      Já o ITBI você deverá procurar o site de sua prefeitura para efetivar o calculo.

      Equipe Click Habitação

  54. Click Habitação, boa tarde.

    Vocês sabem me informar se a caixa cobra a taxa de abertura de crédito (TAC)? Se sim, qual o valor?

    Abs.

    • Olá Cássio

      Boa Tarde!

      Lembramos que a TAC é uma taxa cobrada no crédito comercial pelo bancos e financeiras. Cremos que não foi adotada no Crédito imobiliário.

      Verifique na tabela de tarifas do banco disponível (por link) no artigo.

      Equipe Click Habitação

  55. Boa tarde!
    Quando fiz a compra do meu imovel fui informado pelo corretor que poderia solicitar desconto de 50% na escritura. porem ao assinar o contrato não me concederam esse desconto. Paguei o valor integral por falta de informação. Eu posso recorrer para tentar recuperar esse valor de alguma maneira?

    Obrigado

    • Olá Rogério

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação

      Esclarecemos que se já recolheu as custas a devolução será complicada.
      Poderá pleitear a devolução no Cartório, mas cremos que administrativamente não será efetivado.

      Sugerimos a leitura do artigo:
      Desconto registro primeiro imóvel SFH e Desconto ITBI

      Equipe Click Habitação

  56. Vi na sua matéria que pode ser cobrada taxa de manutenção no financiamento imobiliário. Já em outro site diz que nao pode ser cobrada, ou mrlhor podee ate a 12° parcela somente. Isso é verdade.
    Obrigada

    • Olá Marli

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que a cobrança da tarifa está autorizada pelo Conselho Monetário Nacional e consta na Resolução CMN 3932.

      “o valor de tarifa mensal eventualmente cobrada do mutuário de contrato de financiamento imobiliário com o objetivo de ressarcir custos de administração desse contrato, limitado a R$25,00 (vinte e cinco reais) por contrato;”

      Na Resolução não consta limitação a 12 prestações.

      Veja mais no artigo:
      SFH – Condições de financiamento

      Equipe Click Habitação

  57. Financiei um imóvel pelo Itaú e gostaria de saber se, ao fazer a declaração de imposto de renda, as tarifas cobradas pelo banco devem ser incluídas no valor do imóvel (situação em 2015). Também não sei se incluo as despesas de cartório no processo da compra.
    Seria o valor que dei de entrada + soma das prestações pagas em 2015 + tarifas + ITBI + despesas cartoriais?
    Ressalto que não houve amortização nem uso de FGTS.
    Desde já agradeço!

    • Olá Andréa

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que todos os custos relativos ao financiamento poderão ser incluídos na sua declaração. Veja mais detalhes no artigo:
      Custos com aquisição imóvel no IR

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.