Corretor de imóveis: Quanto é a comissão?

Corretor de imóveis: Quanto é a comissão?

467
Fonte: Imobex
COMPARTILHAR

Certamente quem trabalha com corretagem imobiliária ou deseja exercer essa profissão, já teve, em algum momento, a dúvida de quanto um corretor de imóveis ganha de comissão

 

Compra do primeiro imóvel

Saber os ganhos financeiros e se esta carreira lhe trará bons rendimentos no futuro é um questionamento que traz tanto expectativas quanto incertezas para quem está pensando em trabalhar no mercado imobiliário.

Antes de tudo, é importante deixar claro que o corretor de imóveis está enquadrado na categoria de profissional autônomo. Logo, o valor que ganha um corretor de imóveis não é um salário, de acordo como rege a CLT, mas sim uma comissão sobre suas vendas de imóveis, devendo o profissional recebê-la a partir do seu resultado obtido, ou seja, quando efetivada uma venda ou locação imobiliária. Entretanto, em alguns casos, o corretor de imóveis pode ter a sua carteira assinada pela imobiliária em que trabalha, recebendo um salário fixo, além de ganhar o dinheiro da sua própria comissão.

pagamento da comissão do corretor de imóveis é cabível toda vez que a venda de um imóvel for intermediada e concretizada por este profissional. Nesse caso, o valor pago ao corretor pela sua prestação de serviço deve sempre obedecer à tabela de remuneração estabelecida em seu Conselho Regional (CRECI), jamais ultrapassando as porcentagens do órgão regulador.

Sendo assim, os ganhos por cada venda dependem muito do tipo de imóvel que é negociado, o que pode fazer crescer ou não o valor do rendimento mensal. Um corretor de imóveis que vende uma casa na cidade de São Paulo, por exemplo, recebe como comissão o valor de 6% sobre a propriedade vendida. Nesse caso, se a casa vendida apresentasse o valor de R$100 mil, em tese, o corretor receberia uma comissão de R$ 6 mil.

Além disso, quando um corretor de imóveis atua dentro de uma imobiliária, o valor da sua comissão pode, muitas vezes, se tornar abaixo do percentual de 6%. Isso acontece pois o valor é dividido entre a imobiliária e o corretor e também porque há a possibilidade de uma transação envolver mais de um corretor de imóveis, devendo, assim, a imobiliária repassar o pagamento da comissão a todos os participantes envolvidos na negociação de venda do imóvel.

Confira abaixo os percentuais de comissão estabelecidos pelo CRECI de São Paulo e praticados em boa parte pelos demais Conselhos:

PERCENTUAL DE COMISSÃO PARA VENDA DE IMÓVEIS

  • Comissão para vendas de imóveis urbanos – 6% a 8%
  • Comissão para vendas de imóveis rurais – 6% a 10%
  • Comissão para vendas de imóveis industriais – 6% a 8%
  • Comissão para venda judicial – 5%
  • Comissão para vendas de empreendimentos imobiliários – 4% a 6%

 PERCENTUAL DE COMISSÃO PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEIS

  • Comissão para aluguéis de imóveis – Equivalente ao valor de 1 aluguel
  • Comissão para aluguéis de temporada, com prazo de até 90 dias –30% sobre o valor recebido

Como pode ser visto, os ganhos de um corretor de imóveis variam muito em questão de quantidade de vendas. Além disso, é importante lembrar que o corretor não se limita apenas em vender imóveis. Por sua área de atuação ser bastante ampla, o profissional pode trabalhar também com avaliações imobiliárias, serviços de locação, elaboração de contratos, trâmites de documentos, administração de aluguéis e condomínios e tantas outras atividades. Sendo que para cada uma dessas áreas, há uma oportunidade de ganho diferente.

Por isso, como em qualquer outra profissão, ganhar bem ou não somente vai depender da qualidade profissional do indivíduo. Se você tem dúvidas de quanto vai ganhar trabalhando no ramo imobiliário, faça a si mesmo a pergunta: o quanto estou disposto a me empenhar na profissão? Lembre-se: um bom corretor de imóveis pode ter a chance de obter excelentes ganhos com o seu trabalho, mas, para que isso realmente possa acontecer, é preciso esforço e dedicação constantes, pois somente assim você terá resultados surpreendentemente positivos.

Fonte: Imobex

Veja mais:

Corretor de Imóveis: Saiba a importância

SEM COMENTÁRIO

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.