Simulador financiamento habitacional CAIXA

Simulador financiamento habitacional CAIXA

1794
Fonte: Click Habitação
COMPARTILHAR

Banco disponibiliza simulador financiamento habitacional CAIXA. Saiba como efetuar a simulação de financiamento e conheça mais os detalhes sobre prazos e condições

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Vamos mostrar como fazer simulação para você saber como adequar o seu ‘bolso’ ao financiamento.

Para isso você deve ter em mãos as seguintes informações (reais ou desejadas):

  • Valor da renda
  • Data de nascimento do participante mais velho
  • Tipo de imóvel
  • Residencial ou Comercial
  • Novo, usado, terreno, construção, material de construção, reforma ou ampliação
  • Valor do imóvel
  • Valor de entrada
  • Prazo
  • Valor de prestação (limitado a 30% da renda)

Para saber mais sobre essas condições, veja a apresentação abaixo:

Vamos usar os seguintes dados para efetuar a simulação.Simulador financiamento habitacional CAIXA

Como utilizar os dados acima ao preencher o simulador?  Veja o passo a passo.

1) Acesse o site com o simulador da CAIXA.

2) Preencha os dados solicitados. São 4 telas até o resultado final.

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Simulador financiamento habitacional CAIXAApós o preenchimento dos dados, o simulador apresentará um resumo do que foi preenchido. Faça a conferência!

  • No “item 3 – Opções” será apresentado a modalidade. No nosso exemplo, o financiamento foi enquadrado no SBPE.

Veja qual das opções se enquadra na sua situação.

  • Para esse exemplo vamos usar o SBPE – Taxa Balcão, que significa que não tenho nenhum relacionamento com a CAIXA (não possuo conta no Banco).
  • As outras opções são para quem deseja ou já tem relacionamento com o Banco, ou mesmo convênio. Para esses casos, as condições melhores.

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Na “opção 4 – Resultados”, o simulador apresenta o resultado final.

Veja que o simulador já traz:

  • Valor mínimo de entrada: R$ 71.728,22.
  • Prazo máximo de financiamento: 420 meses
  • Sistema de amortização: SAC

Repare que para os três campos, existe a opção ALTERAR.

Para o cenário resumido, o simulador ainda traz os valores de prestação. Os valores variam de acordo com a Seguradora.

Para saber o CET – Custo Efetivo Total e CESH – Custo Efetivo de Seguro Habitacional, clique em calcular.

Saiba mais no vídeo CET x CESH.

Ainda, debaixo do valor da prestação, aparece a opção DEMAIS PRESTAÇÕES. Ao clicar nela, será apresentado a evolução de todas as prestações ao longo do prazo. Atentar que não há incidência de TR, então trata-se apenas de projeção.Simulador financiamento habitacional CAIXA

Como temos opção de alterar os campos Valor de Entrada e Prazo, cujo valor de prestação será impactado, vamos fazer algumas alterações para simular outras condições.

Para isso, basta clicar em ALTERAR no campo desejado, que o simulador irá trazer as novas condições.

No exemplo abaixo, vamos aumentar o valor de entrada. O valor da prestação utilizada é o menor valor entre as Seguradoras.

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Se no exemplo acima, a renda familiar mensal bruta fosse a partir de R$ 8.000,00, o valor de entrada mínimo passa para R$ 50.000,00.

Isso devido ao comprometimento de renda limitado a 30%, ou seja, quanto maior a renda, maior o valor da prestação e menor o valor de entrada.

Para o próximo cenário, vamos diminuir o prazo. Proporcionalmente o valor da prestação irá aumentar pois o valor da renda não comporta manter o mesmo valor de prestação.

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Para que possamos aumentar o valor da prestação, ou seja, se tenho condições de pagar mais por mês, posso diminuir o prazo.

Para isso, criamos novo cenário com valor de renda de R$ 15.000,00, pois possui maior possibilidade devido ao comprometimento de renda de 30%.

Simulador financiamento habitacional CAIXA

Atenção:

Não fizemos nenhuma alteração com relação ao sistema de amortização pois entendemos que o SAC é a melhor opção.

O PRICE, na simulação pode parecer mais atrativo, por apresentar uma prestação inicial menor e maior valor de financiamento, porém no decorrer da evolução do contrato, não apresenta vantagens.

Ainda, no PRICE, com a elevação dos juros no mercado atual, muda o valor da TR, a qual atualiza o saldo devedor dos financiamentos habitacionais e pesando no valor da prestação, quando do seu recálculo ou atualização.

Assim, é possível afirmar que o decréscimo mensal que ocorria em passado recente para os contratos com sistema de amortização SAC era, em parte, decorrente de TR num patamar mais baixo que o atual. Já os contratos com sistema de amortização PRICE passarão a ter recálculos das prestações com maior acréscimos de valores.

O recálculo reequilibra a relação entre a prestação (A + J) e o saldo devedor, e por consequência limita o eventual saldo devedor residual ao período entre o último recálculo (anual ou trimestral, em geral) e o mês do decurso (final) do prazo contratual.

Conclusão

Lembre-se: você pode simular a sua situação atual ou a que deseja no futuro. O importante é você saber se planejar financeiramente.

Atentar para o longo prazo do contrato, mudanças podem ocorrer nesse período em sua vida.

Portanto se tiver condições, dê o maior valor de entrada possível, reduza o prazo, não faça pelo maior prazo possível. Saiba mais no artigo Vale a pena aumentar o Prazo do financiamento?

E ainda no decorrer do financiamento, faça amortizações da dívida.

Patricia Matayoshi

Especialista no Crédito Imobiliário

4 COMENTÁRIOS

  1. Posso utilizar o PIS para amortizar a entrada de um imóvel? Ou somente o FGTS?
    Sabem me dizer se em 1982 era possível utilizar o PIS?

    Obrigado!

    • Olá Julio

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que desconhecemos legislação que previu ou preveja qualquer possibilidade de uso do PIS no financiamento habitacional.

      Equipe Click Habitação

  2. Porque eu não consigo um financiamento para comprar um imóvel no valor de $280.00 mil reais,com renda de $4.500 reais.

    • Olá Bia,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      A renda de R$ 4.500,00 hoje é atendido pelo Minha Casa Minha Vida, que nas novas regras vão até R$ 6.500,00.
      Porém, o valor de imóvel deveria ser de até R$ 145.000,00 conforme definição do Agente Operador no MCMV.
      Se realmente deseja um imóvel no valor de R$ 280.000,00 você pode financiar na modalidade pró-cotista (fizemos uma simulação no site da CAIXA).
      Nesse caso, como sua renda é incompatível com o valor do imóvel, você teria de dar de entrada um valor de pelo menos R$ 128.000,00.
      Isso se você tiver os pré-requisitos. Para saber mais dos duas modalidades que você pode se encaixar, veja os seguintes artigos:

      Minha Casa Minha Vida fase 3 – O que mudou?

      O que é pró-cotista? Como funciona?

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.