5. Análise do Crédito

5. Análise do Crédito

537
COMPARTILHAR

Analise de CreditoPassos para comprar um imóvel – Análise do Crédito

A partir dos documentos de comprovação apresentados, o Banco faz a análise documental, cadastral e da capacidade de pagamento para análise do crédito

Passos para comprar um imóvel - Análise do CréditoA apuração da renda irá considerar as características dos rendimentos apresentados em relação à sua continuidade, às variações de curto prazo e à duração de seu recebimento.

Com certeza o grau e o tempo de relacionamento serão considerados. Quando houver a comprovação de mais de uma renda, a apuração normalmente será feita separadamente.

Os critérios para apuração da capacidade de pagamento e de risco de crédito variam para cada tipo de documento apresentado, bem como com os estipulados por cada Agente Financeiro.

Definida a capacidade de pagamento, poderá ser verificado o valor máximo de financiamento. A aprovação do crédito tem validade. Veja e fique atento ao prazo estipulado por seu Banco.

Apresentamos abaixo três variáveis importantes que devem ser consideradas:

Composição de Renda

A questão da composição de renda nos financiamentos depende de posicionamento de cada Banco. Há alguns que aceitam, mas outros exigem vínculo familiar, que podem ser:

  • Marido e mulher
  • União estável
  • Noivos
  • União homoafetiva
  • Pais e filhos e parentes

Existem Bancos que aceitam até amigos que comprovem renda e idoneidade cadastral.

Os bancos normalmente aceitam a composição de renda do casal. Os demais tipos de composição de renda: como união estável, noivos, pais e filhos, irmãos dependem da consulta junto ao banco, pois varia muito a aceitação de uma instituição financeira para outra. Em muitos casos, a aceitação, se ocorrer, virá acompanhado de solicitação de documentação complementar.

No caso um dos candidatos ter problema de restrição cadastral, com toda certeza o crédito não será aprovado, mesmo para débitos (ou pendências) antigos ou de pequeno valor.

Comprometimento de Renda

O comprometimento de Renda no máximo de 30% mas o ideal é que seja em torno de 20%, ou o menor possível. A avaliação da capacidade de pagamento deve levar em consideração o comprometimento da renda com outras obrigações financeiras previamente assumidas pelo pretendente ao crédito, bem como as despesas necessárias a suprir o seu mínimo existencial.

O comprometimento de renda deve ser apurado com base no maior encargo mensal admitido contratualmente, na hipótese da existência de cláusula contratual que preveja a amortização negativa do saldo devedor em qualquer prestação ao longo do contrato ou a alteração da taxa de juros durante o prazo contratual, ainda que o exercício da cláusula seja prerrogativa do pretendente ao crédito.

Quer saber mais: Veja os artigos:

Compor renda para o financiamento imobiliário

Comprometimento de renda

Autônomos

A comprovação de renda para pessoas que trabalham por conta própria ou profissionais liberais pode ser efetivada de diversas maneiras.

A renda não comprovada é geralmente originada por meio de atividade de prestação de serviço, venda (comércio) ou de confecção de produtos. Pode ser efetivada por profissionais independentes e de forma individual, como por exemplo: barbeiro, doceira, pedreiro, pintor, manicure, costureira, encanador, lavador de carros, eletricista, etc.

Outra possibilidade de renda não comprovada é aquela exercida por profissionais especializados, com escolaridade superior ou técnica. Em geral são profissionais liberais que prestam serviços qualificados ou produzem bens com valor mais alto, como exemplo: professor, decorador, arquiteto, engenheiro, programador ou analistas de sistemas, etc.

Os bancos atualmente utilizam o conceito de capacidade de pagamento, onde além dos fatores de renda comprovada e renda não comprovada (informal), aproveitam-se as informações do histórico de comportamento interno e externo do cliente (ex. média de aplicações ou de utilização de crédito rotativo, registro de cheques sem fundos, inadimplências, etc.), além da situação cadastral, das condições do crédito pleiteado, da capacidade financeira e do cenário macroeconômico.

Saiba mais no artigo Como o autônomo pode financiar casa própria

 

26 COMENTÁRIOS

  1. Tenho uma renda informal de consultoria, mas sem contrato, somente os comprovantes, o correspondente pediu um contrato de prestação de serviços assinado, firma reconhecida e com a data do começo do serviço, dia 1° de Janeiro de 2015, fui pedir ao contratante para lavrarmos esse contrato, devidamente assinado e reconhecido firma. Acontece que o contratante tá com medo que gere cobrança de impostos, isso pode acontecer? Meu crédito foi aprovado com essa renda informal e sem isso fico sem documento para aprovação. O que eu posso fazer? E a caixa faz cruzamento de dados do contratante? Sou PF prestando serviço para pessoa jurídica.

    • Olá Karina

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que qualquer rendimento acima do limite de isenção de imposto de renda na fonte da Receita Federal deve ser comprovada.
      É por este motivo que o Banco quer este tipo de comprovação.
      Veja detalhes no artigo:
      Comprometimento de renda

      O ideal seria você formalizar a sua atividade.

      O contrato de prestação de serviços é somente para comprovar a vinculação da atividade, não haverá cruzamento de dados com a Receita Federal.

      Equipe Click Habitação

  2. Olá,
    Boa tarde

    Estou em processo com a CEF, na compra de um imóvel novo. Semana passada fui para uma entrevista(pois parte da renda é informal) e essa semana fui assinar uma ficha cadastral. a Correspondente me informou que minha carta foi aprovada mesmo antes da avaliação do Engenheiro ao imóvel(que também foi antes dessa entrevista). Pode dar algo errado ainda no meu financiamento ou já está tudo ok? quanto tempo tenho que esperar para assinatura do contrato definitivo ?

    • Olá Luana

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que se a documentação estiver tudo ok não haverá problema para a marcação da assinatura do contrato.
      A análise de conformidade tem prazo de até 5 dias.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Lisiane

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que depende da politica de crédito de cada banco.
      Acreditamos que é efetivada na etapa de análise de risco de crédito e na aprovação do limite.

      Equipe Click Habitação

  3. enviei as documentações para o correspondente envia para análise , mas recebi a notícia que não foi aprovado , nunca tive nenhuma pendência com a caixa estou com o nome limpo , a renda está legal tenho FGTS e etc, poderia me informar por qual motivo foi reprovado ???

    • Olá Adeilson

      Bom dia! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não temos como saber o motivo.
      Solicitamos questionar ao Correspondente e verificar se foi o valor de financiamento pleiteado, pois de repente para um valor menor pode existir aprovação.
      Caso não seja atendido orientamos a questionar por SAC junto ao Banco.

      Equipe Click Habitação

  4. Olá, boa noite, se puder ajudar com minha dúvida.
    Preenchi a ficha cadastral da caixa e entreguei toda documentação a corretora, eles informaram que enviaram esse documentação para a caixa, acontece que já vai fazer 20 dias e a única resposta que tive é que: a caixa entrará em contato comigo para fazer uma entrevista, mas até o momento não recebi qq ligação da caixa. Poderiam por gentileza informar se realmente é assim que funciona e , que fase seria essa entrevista ( tipo início,ja analisaram a documentação ou não…)… desde ja agradeço…

    • Olá Jefferson,

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que o prazo de 20 dias já é suficiente para ter uma posição mais adiantada da análise.
      Sugerimos que retorne ao Correspondente Bancário e peça uma posição atualizada.
      Caso não seja atendido orientamos abrir um SAC no site do Banco.

      Equipe Click Habitação

  5. Bom dia!

    Gostaria de saber qual é o prazo limite para que o processo de financiamento com a Caixa seja concretizado? Já ouvir falar que temos um prazo até 30 dias. Liguei na agência onde a minha correspondente está fazendo o processo e o gerente me falou que temos até 60 dias para concretizar. é verdade isso?

    Obrigado!

    • Olá Bruno

      Boa Tarde! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Esclarecemos que não há um prazo formal definindo isto, porque depende de cada processo.
      Orientamos a obter a informação diretamente na agência.

      Caso não tenha sucesso sugerimos abrir um SAC no site do Banco.

      Equipe Click Habitação

  6. Bom dia,
    Existe um limite de ficar corrigindo e enviando a documentação para o órgão que faz a
    “Análise Documental – Conformidade” da caixa?

    • Olá Bruno

      Boa Tarde!

      Cremos que se a documentação estiver completa e correta não haveria devolução.
      A função da conformidade é exatamente da conferência da documentação, portanto não há limite de devolução.

      Se tiver alguma crítica ou sugestão sobre o seu atendimento pelo Correspondente Bancário ou agência do Banco orientamos a abertura de SAC no site do banco.

      Equipe Click Habitação

  7. Bom dia!
    Estou realizando um financiamento na Caixa pelo programa MCMV, minha renda bruta mensal é bem próxima ao limite da Faixa II, porém nao ultrapassa. Ao levar a documentação para a correspondente da caixa a mesma analisou minha declaração de imposto de renda e disse que eu ultrapasso o limite da faixa II devido ao rendimento de uma poupança que tenho na própria caixa, ela pegou o valor desse rendimento do ano anterior, dividiu por 12 e somou na minha renda bruta mensal. Disse que é assim que funciona.
    Gostaria de saber se isso realmente existe, pois fiquei prejudicado por guardar um dinheiro para justamente dar a entrada da casa e agora terei que pagar um juros maior.
    Obrigado

    • Olá Jorge,

      Boa noite! Agradecemos sua presença no Click Habitação.
      Por se tratar de rendimento e não saldo de poupança, o Banco pode sim considerar como renda mensal e somar a sua renda familiar.
      Infelizmente nesse caso, você será enquadrado na faixa III.

      Equipe Click Habitação

    • Olá Bruno

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que o prazo é de até 5 dias.
      Mas consulte o seu Correspondente Bancário para mais informações.

      Equipe Click Habitação

  8. Por favor não entendi sua resposta o dano ao imóvel é o cupim isso não e considerado dano?
    Obrigada
    Lourdes

    • Olá Maria de Lourdes

      Boa Noite!

      Esclarecemos que cupim pode ser considerando um fator de manutenção do imóvel, de forma semelhante: a limpeza de calhas, do telhado, a fiação elétrica, etc.
      Isto pode ser comum em imóveis mais antigos ou para imóvel usado.
      Se você comprou o imóvel nestas condições o vendedor deverá responder sobre o fato, verifique com o PROCON.

      Equipe Click Habitação

  9. Olá,
    Em qual momento é feita à consulta do CPF , nos órgãos como Serasa , por exemplo.
    Estou aguardando a assinatura com a CEF.

    • Olá Lisiane,

      Boa Tarde!

      Esclarecemos que a pesquisa cadastral é efetivação no momento de avaliação de risco e de definição do valor máximo a financiar pelo Banco.

      Equipe Click Habitação

  10. Estou comprando um apartamente ja estou na fase de assinatura do contrato de financiamento. Antes de fechar a negociação com a construtora resolvi ir em dois bancos e ambas forneceram uma carta de crédito para levar ao vendedor.
    Com tudo resolvido, pedi que ambas as instituições financeiras mandassem por e-mail o fluxo de pagamento das prestações, assim como as taxas e as condições do financiamento.
    De posse dessas informações escolhi o Banco do Brasil, pois a diferença entre ele e o Santander era mínimo, e por receber salário no BB achei mais prático.
    Já recebi a mensagem de que meu contrato de financiamento já está disponível para assinatura, porém ao me dirigir a agência vi que as condições do contrato estavam totalmente diferentes da proposta, aumentando as taxas do custo efetivo em 2%. Evidentemente que me recusei a assinar aquele contrato. Pedi q a gerente entrasse em contato com o setor e resolvesse a situação.
    Bom a única resposta q obtive foi: Leia o contrato se não quiser não assine.
    E agora estou com muitas dúvidas.
    1- Quando (qual o prazo ) que posso pedir para o Santander rodar o contrato de financiamento por lá, pois não assinei o do Banco do Brasil?
    2- Minha renda está comprometida no Bacen? afinal o Banco do Brasil rodou o contrato e foi Eu q optei por não assinar?
    3- Pq o Banco do Brasil ja cobrou as taxas do financiamento se eu não assinei o contrato com eles?
    4- Qual o prazo que Eu tenho para assinar esse contrato do Banco do Brasil sem perder a validade?
    5- E por fim, posso pedir ao Santander que confeccione o contrato de financiamento sem desistir efetivamemte do contrato do Banco do Brasil? ( tenho consciência que pagarei $950, 00 para o Santander se acaso eles ordem o contrato e eu veja q as condições do Banco do Brasil são melhores, mesmo trazendo uma taxa diversa ao da proposta).

    • Olá Pollyanna

      Boa Noite! Agradecemos a presença no Click Habitação.

      Com relação as suas perguntas podemos comentar:
      1) Cremos que o fato de não ter assinado com o Banco do Brasil é suficiente para pedir a contratação em outro Banco de imediato.
      2) Considerando que o contrato não foi assinado em hipótese alguma o banco poderá informar ao Banco Central.
      3) As taxas de contratação na maioria ou totalidade de bancos são pagas antes da assinatura, para cobrir os custos de pesquisas, avaliação e contratação.
      4) Não temos este tipo de informação. Orientamos a perguntar ao banco.
      5) Cremos que poderá efetivar as tratativas de contratação com qualquer banco e escolha a que melhor lhe convier.

      Sugerimos pesquisar os custos dos seguros habitacionais, eles costumam variar e podem ser diferentes de um banco para outro.

      Equipe Click Habitação

  11. Boa tarde. Em 2012 comprei um apartamento, mas como não possuía renda na época a operação foi feita no nome da minha mãe. Como hoje já tenho renda e a parcela no nome dela se torna muito alta em função do seguro, quero fazer uma operação de compra e venda para passar para o meu nome. No entanto, a imobiliária está com a seguinte dúvida: existe um normativo da caixa de 2014 que impede a venda do imóvel entre familiares. Isso ainda está em vigor? Possui exceções? Obrigada!

    • Olá Mariana,

      Agradecemos sua presença no Click Habitação!
      Esclarecemos que neste tipo de financiamento, o Banco pode pedir anuência dos descendentes/cônjuge do alienante, o que não significa ser impeditivo.
      Se você tiver irmãos e pai, cujo regime de casamento for diferente do regime de separação total de bens, estes devem consentir essa venda.

      Equipe Click Habitação

DEIXE SUA PERGUNTA, COMENTÁRIO OU SUGESTÃO.